Conquista

UOL
   CULTIVAR O AMOR...

Nós temos esta dádiva que é o amor, mas o amor é como uma planta preciosa. 
Você não pode apenas aceitá-la e deixá-la num vaso ou achar
que ela sobreviverá por si própria.

Você tem que continuar "regando".
Você precisa realmente  tomar conta dela e  nutri-la.
John Lennon

Começamos a semana falando de amor, tem coisa melhor? Amor à vida,  a Deus, a nossa família, nossos amigos, nossos animaizinhos, nossa natureza, nosso planeta. AMOR!


Mas aí, a reflexão que trago para hoje: E o amor a nós mesmos? Acharam que eu tinha esquecido não é? Mas não esqueço não!
Pq o amor a nós mesmos é essencial, ele é direito nosso, mais que isso, é DEVER nosso.
Fomos criados com amor, não é certo nos tratarmos de jeito diferente.
Quanta ingratidão receber a vida com amor e não cuidarmos amorosamente de nós!

Muita gente consegue se dar inteirinha a alguém, fazer o máximo que pode por aqueles que ama e esquece justamente de fazer o melhor por quem mais deve amar em 1º lugar, que é a si mesmo!
Penso, sinceramente, que p/estar capacitado a amar efetivamente alguém – seja quem for, é preciso antes amar-se e muito.

É comum eu ouvir/ler sobre a forma rígida, muito crítica e até áspera como algumas pessoas se enxergam e isto influencia negativamente na maneira como se tratam. E sempre digo a elas, se tenho oportunidade:"Ame-se! Olhe-se c/generosidade!  Cuide-se do mesmo jeito que cuida de outras pessoas/coisas que você ama!"  Eu acredito nisto, de verdade.

Cuidar da saúde é demonstração de profundo amor por si mesmo. Cuidar do corpo, sem aquela neura de ter que virar “Giseles e Luanas etc.” mas p/ se sentir mais bonito, viver melhor, ter mais agilidade, uma vida prática realmente “prática” e a auto-estima em alta é sinal de amor. Cuidar do emocional,  auto-conhecer cada vez mais, buscar as respostas p/as dúvidas, se entender, é amor.
Um amor legítimo que ajuda a viver mais e melhor, c/ alegria e garra,  é o que nos faz superar dificuldades, enfrentar desafios c/ raça, compreender nossas fragilidades e trabalhá-las melhor, evoluir sempre, expandir a mente e ampliar capacidades, sem aquele rigor injusto dos que dizem: “Eu sou isso...”, “Eu nunca conseguirei aquilo” etc.

É o amor por nós mesmos que nos faz querer o melhor e não estou aqui pregando o egoísmo ou egocentrismo, apenas digo- pq acredito e procuro seguir, que quem não se ama não está pronto p/ amar e ser amado.

Assim é com o processo de emagrecimento, que deve ser levado com amor. Quem se determina a cumpri-lo, está dizendo: “Me amo e farei isto de bom por mim”. E assim, regando seu processo com este imenso amor por si mesmo, será mais fácil percorrer a estrada.
Ao traçar o objetivo, faça-o c/ amor, pois assim será mais consciente e estabelecerá uma meta alcançável, que vá realmente lhe satisfazer e ser boa p/vc.
Ao escolher o caminho, que seja com amor, assim evitará trilhas perigosas que lhe trarão mais problemas que benefícios.
Com amor, entenderá que não importa tanto o tempo que levará p/ percorrer o caminho mas sim a maneira como o fará e o quanto irá aprender, as flores que irá observar e colher, os amigos que fará, os obstáculos que conseguirá transpor e que com perseverança e fé em si mesmo chegará onde quer.
Não desanimará na primeira dificuldade, o amor por si mesmo o levará a analisá-la, entender seu significado e decidir a maneira melhor de rompê-la.
Com amor por si mesmo, deixará de se sentir um “trapo” qdo tropeçar ou cair, terá forças e vontade de levantar e prosseguir.
E este amor todo por si mesmo o levará ao seu objetivo e ao chegar lá, você verá que valeu a pena.
Festejará não só a chegada, a vitória maior será pq chegará uma pessoa melhor, mais aprimorada e se amando ainda mais.

Esta é minha mensagem p/iniciarmos a semana: Amem-se muito! E façam o melhor por si mesmos, com amor. Depois me contem, tá?
Beijos com amor!




 Escrito por Beth ?s 07h38
[] [envie esta mensagem]


 
  

 AQUI OS CARDÁPIOS DE SÁBADO E DOMINGO!!!!!



 Escrito por Beth ?s 07h06
[] [envie esta mensagem]


 
    Felizmente, esta foi uma semana bem tranquila no trabalho e c/ bons acontecimentos no campo pessoal e profissional. Estou feliz, gratificada.

Hoje cedo levantei no maior pique, rapidamente estava pronta e lá fui eu, fui a 1a a chegar e a cair na piscina, já estava aquecendo qdo o simpático casal chegou p/ter aula. O professor, novamente super atencioso, me pôs para fazer exercícios especiais, diferentes dos do casal, no primeiro 1/3 da aula, notei que ele me fez trabalhar mais os glúteos, musculatura de braços e só depois comecei a fazer a aula normal, com muita ênfase em pernas e abdomen. Adorei novamente. Fiz toda a aula, apenas em um exercício senti um pouco, ele era puxadinho e eu até diminuí o ritmo para fazê-lo direito.  Mais uma vez, voltei p/ casa com as pernocas tremendo por dentro mas feliz da vida.

Vocês sabem que eu uso todo recurso p/ renovar sempre minha motivação, então saibam desta: Mesmo no auge da obesidade, nunca me privei de ir a praia, piscina ou qquer coisa. Mas há anos eu fugia das escadinhas p/ entrar e sair da piscina. Geralmente, p/ cair na água eu mergulhava ou pulava brincando ou mesmo descia naturalmente, sentando na borda e descendo. Só que p/ sair, não usava a escada. Motivo: Em 1990 fui morar num outro condomínio c/ piscina e no dia em que estreei a dita-cuja, depois de brincar c/ meu filho, ainda criança e nadar um pouco (adoro), fui pela escada e o miserável do degrau quebrou justamente qdo pisei nele. Fiquei super sem graça.  Se fosse um magrinho que quebrasse (aquela m.... é fraca mesmo) tudo bem, mas se é um gordo já sabem né...sempre que chama uma atenção "especial" . 
E a partir daquele dia passei a sair assim: Ia até a parte rasa, sentava na borda, girava o corpo, ficava de quatro, apoiava a mão no chão (aí eu ficava igual a uma SAPA) e subia o corpo, logicamente jogando o bundão p/ cima  Era meu jeito personalizado de levantar e ensinei a várias amigas gordinhas o método, aprovado! Na 4a feira,  ao terminar a aula de hidro, dei um mergulho final (p/ajeitar o cabelo) e de repente me flagrei saindo naturalmente da piscina, pela escada. Notei isto já ao pisar na própria borda, ou seja, os 3 degraus foram galgados sem que eu ao menos parasse p/ pensar se deveria ou não testar. E foi tão tranquilo! Hoje, já totalmente consciente, terminei a aula e subi pela escada.

Para que não é ou nunca foi obeso e nunca passou por uma situação assim, de ficar com medo de pagar mico quebrando escadas, cadeiras de plástico etc.,  isto pode parecer uma coisa boba, mas não é, isto significa muito, uma evolução das boas. Uma pequena grande vitória a mais. Mais uma etapa vencida! No corpo e na mente!

Hoje foi dia de VP. Ganhei de D. Filizola, justo na semana em que ela teria razão p/ me bater, depois da "farra do boi" do último fim de semana. O resultado foi - 700g, um lucro fantástico nas circunstâncias e fiquei muito contente. 

Os elogios do dia (da série "Não tem preço"):

1) Realizem: eu no trabalho, indo ao bebedouro encher minha garrafinha c/ água e ao chegar lá, ouço isto de um colega: "Beth, você cada dia está mais show de bola hem". Aiiiiiiiiii logo cedo! Que coisa boa, amei, fiquei toda boba! 

2) Ainda cedo tb, trabalhando qdo tocou o telefone, era o maridão querendo saber se cheguei bem, estava tudo legal etc. (faz sempre isso) e, antes de desligar, disse: "Você está muito gatinha hoje viu?" Hummmm que coisa boa! Meu amor sempre me elogiou, mesmo no auge da minha gordura, sempre fui gatinha, princesa e muitas coisas gostosas mas a diferença é que agora EU ME SINTO, entendem? Tem um sabor p´ra lá de especial ouvir estes elogios, por eu considerá-los hoje justos, que convencimento hem... hahaha Imaginem daqui a menos 30 kg... que coisa... rs

Beijos meus anjos, neste fim de semana estarei por aqui, espero encontrá-los!



 Escrito por Beth ?s 15h03
[] [envie esta mensagem]


 
  



 Escrito por Beth ?s 14h04
[] [envie esta mensagem]


 
   NÃO TENHA MEDO DE FALHAR

Gente amiga, não imaginam meu estado ontem (4a feira) à noite. Quebradaça, um caquinho de gente por conta da hidroginástica,claro! Doía tudo. Cada músculo das pernas, dos braços, no final eu andava em casa feito uma pata, só vendo. Felizmente, o massoterapeuta deu um jeito. Só que não pude caminhar hoje, a programação foi adiada p/ 2a feira (amanhã tem hidro de novo).

Quero hoje falar de uma coisa importante: FALHAS. Isso mesmo! Falhar, algo que acontece com qquer um, mas só acontece com quem está na luta, tentando acertar. Coisa que acontece com quem não está parado, esperando que caiam do céu suas realizações. Li algo interessante que quero compartilhar, vejam só o resumo-com base em texto do prof. Narciso Machado:

NÃO TENHA MEDO DE FALHAR
Você já falhou muitas vezes,ainda que não se lembre. Na 1ª vez que tentou caminhar, levou tombo. Qdo tentou nadar, quase se afogou, não foi? Conseguiu marcar o gol na 1ª vez que jogou futebol? Muitos goleadores natos que já marcaram centenas de gols, tb já chutaram p/ fora inúmeras vezes.  Temos uma lista imensa de pessoas muito bem sucedidas nas suas áreas de atuação que falharam muitas vezes até tudo dar certo.
Não se preocupe com o fracasso e sim, com as oportunidades que vc perde qdo você nem sequer tenta.
Por que as pessoas são bem sucedidas? Por seus atributos pessoais! Veja algumas características produtoras de sucesso e avalie as que vc possui e, aquelas que não tem e se esforce para desenvolvê-las:  SENSO DE HUMOR – PERSISTÊNCIA – ESTABILIDADE – GRANDE ENERGIA – OBJETIVOS –- CONHECIMENTO EM EXPANSÃO- RESPEITO PELOS OUTROS – CAPACIDADE DE PERDOAR- AUTO-IMAGEM SAUDÁVEL- ATITUDE POSITIVA.

Por que as pessoas fracassam? Devido a características pessoais criadoras de fracasso, por ex.: EGOÍSMO- MEDO DE RESPONSABILIDADE – FALTA DE EMPATIA – MENTE FECHADA – FALTA DE CAPACIDADE DE ENXERGAR A SITUAÇÃO POR INTEIRO – PREGUIÇA – TENDÊNCIA P/ CULPAR E CRITICAR OS OUTROS

Você precisa planejar suas metas p/ ter sucesso e, p/ trabalhar nela até cumpri-la tem que entender o processo, como ele funciona, pq vc e seus hábitos, seu comportamento e seus pensamentos fazem parte do processo.  Ele inclui a resposta a 4 perguntas:

- Onde vc está agora?   - Onde quer chegar?  - Como vai chegar lá? - Quais são os pontos de avaliação ao longo do caminho p/se certificar de que está no caminho certo?

 

A disciplina leva ao sucesso. Você precisa dela p/ continuar avançando qdo as coisas ficarem difíceis. Pode transformar o fracasso em sucesso, tendo disciplina p/ melhorar. É uma fórmula: FRACASSO + DISCIPLINA = SUCESSO 

É preciso ter o desejo de tentar mais.  Vc perderá mais, mas tb ganhará mais. A fórmula então é: TENTAR MAIS = Perder mais + Ganhar mais

 

Esteja sempre pronto. Faça o que os outros fazem, mas faça mais. Empenhe-se, persista, sua disciplina o ajudará. Lembre-se destas três coisas indispensáveis p/ o sucesso: DISCIPLINA, PERSISTÊNCIA, EMPENHO. Lembre-se sempre e sempre que vc precisa delas para seu sucesso.

 

PARA PENSAR: Aja rapidamente, pense lentamente – Provérbio Grego.

                             Pode ser que vc fique desapontado se falhar, mas se não tentar, ficará mais prejudicado ainda. Beverly Sills.

 

Então, minha gente, é isso. Eu, vocês, cada um de nós vez ou outra, falhamos, com maior ou menor frequência, somos humanos, aprendizes. Mas pq estamos tentando, estamos em movimento. Aprendendo c/ os tombos, nos reerguendo c/ alegria e fortalecendo-nos a cada vez que respiramos fundo e tentamos novamente, vamos chegando onde queremos. Só não chegará quem desistir no caminho. Eu vou seguir, vou em frente. E vocês?  Querem erguer esta bandeirinha não é?

Beijinhos



 Escrito por Beth ?s 19h54
[] [envie esta mensagem]


 
  

 



 Escrito por Beth ?s 12h34
[] [envie esta mensagem]


 
  

A imagem abaixo representa muito bem a maneira como penso e encaro este processo e tudo em minha vida. 

O despertador tocou, a cama estava quentinha e gostosa. Quase não acreditei que estava na hora de levantar, mas havia algo especial planejado p/ esta manhã.  Sentei na cama, olhei pela janela e estava tudo cinza, uma névoa encobria a parte superior dos prédios vizinhos e o Corcovado, a estátua do Cristo totalmente escondida, uma chuvinha fina e chata e eu pensei: Será que vai ter aula? Lembrei das palavras do professor ontem, ao telefone: “Mesmo se chover pode ir que tem aula”. E fiquei na dúvida: mas que tipo de chuva ele mencionou? Qual é o limite? Vou ou não vou? Será? “  Mas a resposta veio dentro de mim, como aquele comercial da cerveja: “Seráááá! Seráááá!”  Levantei decidida e me arrumei p/ a minha primeira aula de Hidroginástica. 
Não estreei o meu maiô novo, ele não é apropriado, usei um mais antigo que ficou feio, pois como não tenho mais o avental, sobra licra e então, qdo o estico no corpo, a parte do busto vem parar no pescoço haha  Que situação! (ótima, claro).  Resolvi na hora que sábado, sem falta, vou comprar um maiô especialmente para a hidro.  Ê gastança! Mas é investimento...

Fui p/ a piscina do prédio, cheguei  5 min antes da aula e só encontrei o guardião e o funcionário da limpeza, iniciando seus trabalhos no local. Fiquei sentadinha pensando: “Serááá? “  Até que, na horinha certa, chegou ele: o professor. Um cara simpático,  bem objetivo, passou credibilidade e experiência. Conversamos um pouco, recebi algumas orientações e logo depois chegaram outros 2 alunos e a aula começou.
Um ponto legal: são poucos alunos no horário. Pelo que entendi, estamos em 5 ou 6 pessoas apenas, mas como 2 ou 3 estão viajando, neste mês seremos 3.  Ou seja, mesmo com a turma completa, é quase uma aula particular, ele consegue dar atenção especial a todos. E ele foi muito dedicado a mim que, modéstia à parte, me saí muito bem, fui elogiada por ter um bom ritmo, por ter uma boa coordenação motora, facilidade de assimilar etc. e por estar motivada, atenta e concentrada.
A aula foi maravilhosa, eu adorei. Os exercícios são bem puxadinhos, mas a água amortece e a gente acaba fazendo bastante esforço sem sentir muito. Qdo saí da piscina foi que percebi o quanto havia sido exigida, a musculatura tremia tal qual acontecia antigamente, qdo fazia ginástica convencional em academia.
Cheguei em casa contentíssima por ter vencido mais uma etapa, por ter dado mais um passo na direção do que quero alcançar. Por ter saído da cama apesar de quentinha, por ter saído de casa apesar da chuva, por ter gostado do professor, ter feito uma ótima aula e por estar feliz, gratificada, uma coisa bonita de sentir orgulho de mim mesma. Como se tivesse me dado um presente. E foi isso mesmo. Me presenteei com mais uma ação a meu favor.

Agora falta começar novamente a andar pela manhã,  vamos ver se nesta 5a feira o tempo ajuda. Meu marido sugeriu que no começo façamos a caminhada  no próprio condomínio, até pegarmos ritmo. Embora eu não goste muito, pois amo andar na beira da praia, concordei. Mas espero logo voltar para meu calçadão. 

Se tem uma coisa que gosto mais do que "ficar na linha" é, depois de "sair da linha", voltar para ela renovadíssima, cheia de gás, com mais disposição e garra ainda. É um desafio a mais e como gosto de vencer desafios... estou aí, com paciência mas muita raça. Afinal, depende de mim não é mesmo?

Não estou postando o cardápio de hoje por problemas técnicos, o arquivo ficou no trabalho, amanhã eu coloco aqui ok?

Agora vou tentar visitar todo mundo, favor deixar aguinha gelada e um petiscozinho light aí para me receber, já estou indo no bloguinho de vocês! haha

Beijos carinhosos!



 Escrito por Beth ?s 09h06
[] [envie esta mensagem]


 
  

Um "Olá" bem saltitante para vocês, parecidinho com o jeitinho como estou me sentindo agora, tá? 

Ontem à noite fui ao cinema com o maridão e a filhotinha. Vimos "Doze homens e outro segredo". É bom, mas ainda preferi o primeiro.

Hoje ia reiniciar as caminhadas matinais. De madrugada caiu um toró e na hora em que eu a sair ainda chovia. Resultado: fiz o "sacrifício" de dormir um pouquinho mais!   Ia compensar, então, fazendo bicicleta depois do trabalho, mas resolvi encarar c/ o maridão e a filhota o Horti-Fruti, comprar legumes e frutas, queijo cottage, pão integral etc., coisas que preciso ter para garantir uma alimentação equilibrada. Qdo saímos de lá, um toró danado de novo, chegamos em casa ensopados. Até mudar a roupa toda, guardar tudo etc., acabei ficando sem o exercício. Mas tudo bem... calma aí... vocês estão achando que estou fazendo corpo mole é? Então olhem só a novidade: 

Lembram que eu ia tentar começar a Hidroginástica em fevereiro? Pois bem, começo JÁ, nesta 4a feira mesmo! E o melhor: vou fazer no próprio condomínio onde moro, pois agora há um horário ótimo p/ mim, 7h da manhã, dá tempo de fazer 1 hora de aula, depois correr p/a casa, tomar um banho rápido, comer algo e sair batida p/o trabalho, vai dar direitinho! Fiquei super contente. E o bom é que o preço lá é legal. Farei às 4as e 6as então, por causa do horário, o planejamento da atividade física “oficial” ficará assim:

Caminhadas: 2as, 3as e 5as, às 5:30 da manhã
Hidroginástica: 4as e 6as, às 7h
Bicicleta ergométrica: Duas vezes por semana, depois do trabalho, em dias ainda a serem definidos.
Esteira: Somente qdo não for possível caminhar (chuva etc.).

E mais: uma vez por semana, continuarei com as 2 sessões de massoterapia, para relaxar e como ele faz tb drenagem linfática - uma ajudinha mais, tanto para eliminar os edemas que ainda existem em quantidade na área operada como no resto...

Muito legal!Tenho certeza de que isto me fará muito bem e irá ajudar  no emagrecimento. Voltar a caminhar é tudo que quero, sinto uma falta enorme. Já a Hidro eu nunca fiz, mas sempre tive vontade. Conversei por telefone c/ o professor e já o achei bem simpaticão, tomara que esta empatia role pessoalmente, mas acho que ela já é certa. Aiii estou feliz!!!  Meu marido queria fazer comigo, mas neste horário ele não pode, na próxima semana já recomeça c/ estudo e trabalho. Infelizmente, desta vez ele sobrou...Mas na caminhada ele estará lá comigo e na bicicleta tb.

Estou cuidando novamente da alimentação, mas tenho consciência de que levará ainda um tempinho para que meu organismo compreenda isto, depois do "oba-oba" do fim de semana. Assim como ele nem sempre assimila, de imediato, uns abusinhos que cometemos, também não é de uma hora para outra que ele  os "esquece" , tudo tem que ser processado e a seu tempo eliminado ou armazenado, ou transformado, conforme o caso. Então, não estou esperando para a próxima pesagem já um resultado positivo p´ra valer, correspondente ao controle retomado, mas sei que é questão só de persistir e não há jeito, D. Filizola vai se render, cedo ou tarde, como sempre aconteceu neste ano e meio de estrada. Isto é algo que digo a mim mesma, como sempre digo, é fundamental ter consciência de como tudo acontece, toda a relação entre minhas atitudes e emoções com as respostas que meu corpo me dá, isto é aprimoramento, auto-conhecimento, é entendimento do processo para realmente administrar direitinho o projeto.
Para isto, é preciso dizer a mim mesma coisas que parecem óbvias, mas como sou humana, muitas vezes me pego com expectativas aquém ou além do ideal, então faz parte de tudo isto parar, refletir, assimilar.

Amanhã venho contar como foi o encontro com o professor de Hidro, como foi a primeira aula e tudo mais. Nem preciso dizer que estou toda feliz, como menininha que vai pela primeira vez à aulinha, não é? haha 

Beijocas gente linda!Fiquem com Deus!!!



 Escrito por Beth ?s 10h16
[] [envie esta mensagem]


 
  

  Não!!! Esta bonitona aí, de corpo escultural definitivamente não sou eu (rs). A semelhança, neste momento, é unicamente o saquinho de papel escondendo a cara... Por que será hem??? Alguém aí adivinha? Bom... aqui vai mais uma dica:  

Bom, agora não deve mais restar nenhuma dúvida. É isso mesmo. PISEI NA JACA, com os dois pés.

Neste fim de semana eu fui a Beth de outrora, sem dó nem piedade, sem o devido controle, aquela cujos olhos eram maiores que a boca. Tudo começou na madrugada, peguei o ônibus-leito p/ SP à 1:40, horário em que geralmente estou dormindo e, portanto, não estou comendo. Mas o ônibus fornece lanche, ao entrar nele recebi minha "merendinha" e lá dentro, entre outras coisas, 1 saquinho de batatas ruffle, suquinho etc. Precisava? Não. Mas ainda assim, "só de onda", comi a batata, tomei o suco e ainda mordi o bolinho recheado do meu marido. Tomei água e dormi. É mole?  

Chegando em Sampa, café da manhã na casa da tia do meu marido. Ali fui comportadinha. Depois, fomos p/ o hotel deixar nossas coisas e de lá para o shopping Iguatemi, bater perna. Almoçamos num restaurante em que havia a opção de buffet e La Carte. Minha consciência me sacudiu e eu sacudi a do marido, qdo percebi que meus olhos brilhavam e a boca estava cheia d´água só de ver boa parte dos pratos do buffet. Lembrei que era uma opção perigosa, na qual eu acabaria botando no prato TUDO que me agradasse e como, tirando a feijoada (que detesto) o resto quase todo me atraiu, corri dali. Sentamos felizes por termos nos dado conta previamente da besteira que íamos fazer e escolhemos nossos pratos La Carte. Ufa! Foi por pouco. Mas durou pouco esta sensatez toda!   Nossas escolhas não foram tão light como pretendíamos (afinal, tínhamos uma festa de casamento à noite). Mas nada de sobremesa. E confesso: não foi por juízo. Foi falta de espaço mesmo na barriga, eu não sou mais habituada a comer aquela qtde de comida, gente! O pote estava cheio!  

Depois, andamos mais um pouco p/fazer digestão e eu acabei comprando 2 vestidos muito bonitinhos e uma calça capri bem lindinha p/ mim. Não comprei mais por cansaço e falta de tempo, os preços estavam bons (promoção na loja) mas eu não me aguentava de pé. Voltamos p/ o hotel, onde dormimos por 2 horas. Acordei mais 'leve', felizmente. Depois de um banho delicioso, uma ajeitada bacana no cabelo e maquiagem (feita por mim, não quis pagar o preço extorsivo que o salão cobrou e eu mesma fiz, ficou ótima). E, finalmente, saímos para o casamento. Modéstia à parte, estávamos lindos eu e meu maridão, depois vocês verão a foto tá?

O casamento foi lindo e comovente e a festa foi maravilhosa, repleta de gostosuras. E eu, que já sei direitinho como agir nestas ocasiões e havia planejado comer bem, mas sem gula excessiva, meti o pé na jaca. Não houve uma bandeja que passasse por mim, nas primeiras horas, que minhã mãozinha boba não pegasse um salgadinho. Só mesmo qdo já estava novamente "empanzinada" comecei a rejeitar, ainda assim dependendo do salgado eu ia lá e pegava. Alás eu e meu marido, sempre ali juntinho, parceiro em tudo e até na hora de fazer m... (rs). Havia DJ na festa, o povo dançou até de madrugada e eu não pude me soltar muito, pois a cirurgia repuxa por dentro, fiquei sentada conversando (e comendo). Como meu marido adora dançar mas só comigo, ficou ali, do ladinho, me "ajudando" a encher o papo. Aiiiiiiiiiii eu não quero nem ver como vai ser na próxima 6a feira com D. Filizola, se cuidando direitinho ela ganhou de mim 2 vezes seguidas imaginem agora!!! Vou subir na balança com os olhos tapados! haha

Na hora do bolo e dos docinhos, comi apenas um pedaço pequeno e 3 docinhos e por aí parei. Não vou mentir para vocês: se coubesse, eu comia mais...vixe...

Domingo pela manhã, desjejum no hotel e eu, acostumada a passar por isso com tranquilidade, pois viajo bastante a serviço e estas mesas de café da manhã já não me impressionam, resolvi me fazer de boba e comi novamente mais do que devia. Nada absurdo, desta vez não foi uma pisada inteira na jaca, mas ainda assim me rendi a coisas que eu não fazia questão, não me enchiam tantos os olhos nem o apetite, foi por pura falta de controle. Comi por comer, estávamos ali, frente a frente, as mesas e eu, então eu comi. No resto do dia, já consegui segurar melhor a onda, em termos de quantidade mas não de qualidade, porém já foi uma retomada de leve.

Gente, não costumo ter culpa e nem incentivo isto, é algo que não ajuda ninguém em nada. O grande barato é justamente saber o caminho de volta e eu sei. Estou voltando sim, desde já, esta 2a feira já é um recomeço dos bons e não por ser 2a feira mas porque, casualmente, é o primeiro dia depois dos abusos. Mas não vou negar uma certa raiva. Não por ter comido, mas pelos motivos. Falta de controle, comendo sem fome, com os olhos e até sem esta vontade toda. Apenas por ter me rendido aos velhos hábitos. Pura bobeira. Que agora terei que assumir. E reverter. E claro que é assim que vou agir. Mas gosto de mostrar a vocês a realidade, eu sou como todos vocês, eu também me descontrolo sim, mesmo que seja raro, eu piso na jaca sim, com os dois pés, mesmo que eventualmente e eu sigo em frente, assim mesmo. Aprendendo com isto.

Nesta 2a feira estou totalmente nos eixos, seguindo o cardápio planejado e até envolvendo um lanchinho no shopping, depois do cinema. Comecei o dia com 2 sessões de massoterapia, que incluiram a drenagem linfática manual no abdome.

A novidade é que recomeçarei a atividade física a partir desta 3a feira, voltando a caminhar cedinho. Cumprindo as orientações médicas, vou levar uns 10 a 15 dias para me recondicionar, enquanto isto começarei a andar num passo mais lento e por menos tempo que o normal, gradativamente irei acelerando e aumentando o tempo até fazer o percurso anterior nos 50 min. Na próxima semana, acrescentarei a bicicleta ergométrica e, se tudo der certa (graninha), muito em breve estarei matriculada na hidroginástica. Bom, fazendo as coisas do jeito certo e me exercitando assim, quem duvida que não demoro a dar uma surra na D. Filizola hem?

Até amanhã gente querida, olha o que deixo p´ra vocês!

 

 



 Escrito por Beth ?s 13h45
[] [envie esta mensagem]


 
  



 Escrito por Beth ?s 13h37
[] [envie esta mensagem]


 
   PONTO DE VIRADA

Sexta-feira, a primeira depois do meu retorno, acreditam que nem senti a semana passar? haha Isso é agora, quero só ver daqui a um tempinho!  Saí de casa toda serelepe, estreando meu vestidinho rosa de alcinhas, um dos presentes de Natal do meu marido. Modéstia à parte, gente, eu estava tão bonitinhaaaa! (eita modéstia...)

Dia de VP, lá fui eu novamente e ela ganhou de novo. ELA, a Filizola. Por pouquinho, mas ganhou. Não me perguntem como, nem porque, mas ela acusou + 200g. É como eu disse ontem, "titia" é temperamental e exigente, isto deve ser ainda por conta do reveillon. Está bem, está bem. Sabem o que vou fazer?
Vou continuar indo em frente, ué! Alguém aí por acaso acha que isto me detém? Vixe... mas não há chance!
Já levei muita cipoada da Filizola e já dei muito nela também, é briga feia mas com uma vencedora final garantida: EU !

Claro que isto tudo me leva a pensar um pouquinho melhor sobre o que ainda posso fazer para melhorar meu modo de agir, embora esteja legalzinho e, de maneira geral, bem eficaz. Como sou aprendiz SEMPRE, mesmo com tudo que já passei e já consegui emagrecer, certamente uma boa avaliação me levará a identificar pontos que podem ser aprimorados, coisas que ainda precisam de ajustes. E como eu quero e vou conseguir emagrecer a outra metade que falta, o negócio é não chiar e sim agir.

Aliás, isto me lembra uma frase que li hoje na camiseta de um ambulante, na rua: Se chiar resolvesse, sal de fruta não morria afogado.  
Rs... gostei disso. Só não esperava usar aqui tão cedo

A MALA - SEM ALÇA, SEM RODINHAS E ENCERADA:  Eu MEREÇO! Uma senhora, associada do VP, fazia mil comentários (totalmente errados) a respeito do programa, reclamando pq come pouco e emagrece gramas e uma amiga dela come muito e emagrece quilos e eu, vendo que ela só falava besteiras achei que podia ajudar e meti meu pitaco. Fui esclarecer alguns pontos a ela, com base na minha experiência no processo e o que aconteceu? A criatura sentou do meu lado, antes da reunião começar me alugou geral, só falava abobrinha, entendi o pq dela não ter conseguido emagrecer direito até agora: Ela simplesmente frequenta a reunião do VP mas não segue o programa! Não leu/compreendeu o método, está FECHADA ao entendimento, passa fome (ou seja, faz dieta e não reed. alimentar), não faz NADA direito e ainda reclamou. Passei um tempão explicando tudo a ela, com paciência, a mulher parece que saiu de lá mais desentendida do que entrou, eu fiquei pasma! E depois, claro, fui brincar com a orientadora, fui pedir metade do salário dela de hoje, eu mereço... ah mereço! hahaha  Depois, só depois, fiquei sabendo por outras pessoas que a tal da criatura é meio "fora do cabo" mesmo rs... e eu lá, doutrinando a dita cuja... Se reproduzisse o papo aqui o queixo de vocês iria cair! Ok, de repente ganhei uns pontinhos na minha purificação, quem sabe haha

Hoje à noite - aliás, no início da madrugada, irei p/ SP, de ônibus leito, chegarei lá bem cedinho  e, depois do café da manhã na casa da tia do meu marido, deixarei a sogrinha por lá e vou p/ o hotel, depois espero "bundear" bastante pelo comércio e, no final da tarde, será a hora de me preparar p/ o casamento. Espero ficar bem bonita, depois vou postar uma foto aqui.

Obs.: Bia e blogueiras queridas de Sampa, não posso me comprometer c/ vocês desta vez, embora eu esteja planejando ter um bom horário livre, não dá p/ garantir que tudo sairá como estou querendo e como no domingo já virei embora antes do almoço, acho que desta vez será difícil combinar algo. Mas aguardem, costumo ir a SP com certa frequência, a trabalho e acredito que não demore a começar a ir novamente, então vamos bolar alguma coisa sim, claro que quero conhecê-las!!!

Para o final de semana, vou deixar uma mensagem bacaninha, p/ refletirmos. Acho que já a postei há alguns meses, mas ela é nos dá um 'toque' que nunca é demais ler/reler e pensar/repensar! E agir, reagir, para ter resultados positivos, obter sucesso e ser feliz né gente? Afinal... nós merecemos!

PONTO DE VIRADA

Chega uma hora em que a vida nos leva ao "Ponto de Virada".
Ou seja, ela nos mostra a necessidade de mudar. E, mudar prá valer!
Por que continuar insistindo em coisas que nos trazem infelicidade?
Conservar as mesmas atitudes leva-nos aos mesmos resultados.
Procure enxergar o seu "Ponto de Virada".
E veja-o como uma oportunidade para melhorar sua vida material e interior.
Prosperidade pede ousadia.
Ninguém veio ao mundo para sofrer, viver em conflitos, ser depressivo...
Lembre-se: Você é uma criação única...ninguém pode viver ou resolver seus problemas e aflições.
Tudo depende de você.
Olhe-se no espelho, encontre-se e ai está o seu "Ponto de Virada".
Seja Feliz!

Fiquem com Deus, tenham um lindo final de semana! No domingo à noite ou segunda-feira venho aqui contar as novidades! Bye bye! Beijocas estaladinhas!



 Escrito por Beth ?s 12h09
[] [envie esta mensagem]


 
   PONTO DE VIRADA



 Escrito por Beth ?s 07h52
[] [envie esta mensagem]


 
  

Obrigada pelos elogios que deixaram, sobre as fotos que postei ontem e anteontem! Vocês são uns amores, gentis demais!

Tive um ótimo dia.  No trabalho, tudo correndo muito bem, mesmo as coisas mais críticas estou levando numa boa.
A readaptação à rotina está tranquila. A única dificuldade é acordar cedo. Um olho abre, o outro fecha e assim ficam os dois até o despertador me lembrar, pela quarta vez, que preciso tomar coragem e sair da cama. Mas depois que levanto, tudo normaliza.

Como estou sem carro, tenho ido de ônibus, tb sem problemas. Subo e desço numa boa, só me incomodam alguns solavancos que me fazem sentir como se houvesse uma pedra dentro da barriga e ela pulasse junto do ônibus.   O percurso de casa até o ponto de ônibus, pela manhã, não é longo mas envolve uma escada e uma rampa suave, que percorro sem problemas, sem dor, só uns repuxões por dentro que tiro de letra, já sei que eles vão me acompanhar por um bom tempo e não ligo.

A alimentação, durante o dia, está bem controlada, eu realmente tenho muito mais facilidade assim, trabalhando e comendo fora de casa.   À noite, não chego a fazer nada tão errado, mas já preciso de atenção, talvez devido à disponibilidade dos alimentos, aquela vontadezinha de beliscar de vez em quando cutuca, mas eu geralmente tenho ficado na minha. E se belisco, é bem menos do que antes.

Amanhã é dia de VP. Não sei o que D. Filizola dirá. Tenho me comportado. Mas ela é daquele jeito que a gente já sabe (rs), muito temperamental e exigente pro meu gosto. Dá que resolve contabilizar agora os excessos das festas, né? Enquanto isto, fico neste vai-e-vem até que consiga me afastar da casa dos 3 dígitos o suficiente para não retornar mais. É uma queda de braço que está sendo vencida cada semana por uma. Só que eu não me rendo. Ainda dou-lhe uma torcida de braço que ela vai pedir arrego, ah se não vai! 

Hoje na hora do almoço fui ao salão, cortei o cabelo – ficou ótimo, fiz tb as mãos e entreguei meus pezinhos p/ o podólogo de fé cuidar e ele caprichou, eu saí de lá quase deslizando ao invés de caminhar (rs).  É tão bom a gente se cuidar né... dá um gosto! 

Já comprei as passagens para irmos a SP na 6a à noite, para o casamento do qual seremos padrinhos. Está tudo prontinho, já comprei tudo que precisava  e fiz uma "pequena" lista para não esquecer de levar nada.
Resolvemos ficar num hotel e não na casa dos parentes, assim teremos privacidade.
Minha sogra fez uma cara meio “assim-assim” ao saber, acho que ela pensa que estamos ‘jogando dinheiro fora’ e/ou com frescuras, querendo conforto etc., mas não é nada disso, adoramos todos mas queremos aproveitar p/ curtir tb sozinhos, depois da festa dos noivos vem a nossa hehehe 

Meu renovadíssimo espírito consumista já está batendo palminhas só de pensar que na manhã de sábado estarei batendo perna em algum shopping paulista, o que é prenúncio de uma comprinha mínima que seja...ah eu mereço.  O casamento é à noite e não há porque me confinar ao invés de zanzar não acham?   

Estou parecendo “mãe da noiva”. Adotei minha sogra p/ este casamento. Ela é lindinha, mas muito simples e eu resolvi produzi-la, na medida do possível e do adequado a ela, especificamente p/ o evento. E ela, que antes estava conformada mas, intimamente (sem demonstrar, mas eu captei), triste pq mais uma vez não estaria arrumada compativelmente com a ocasião e os demais convidados, agora parece uma debutante esperando o grande dia, dá gosto. Estou feliz demais em vê-la assim.  Ela irá usar uma roupa muito bonita que eu ganhei mas dei a ela, já fez os ajustes necessários e até desfilou para nós em casa. Ganhou uma linda sandália de uma amiga minha e depois de anos e anos irá usar um saltinho alto, que bonitinha! Comprei ontem gargantilha, brincos, anel e pulseira para ela usar, bijouterias mas finas, que fazem vista e depois ela poderá usar em ocasiões mais corriqueiras tb. Marquei hora no salão para ela fazer pé, mão e sobrancelha na 6a feira aqui no RJ mesmo mas, de surpresa, marquei tb outro salão em SP para ela fazer o cabelo. Cada coisa que invento deixa ela mais contente, embora entorpecida pela falta de hábito de dedicar-se a si mesma, ela que é ‘esposona, mãezona, avozona e sogrona’ e se deixa por último, ou seja, fica sempre para trás nas prioridades que estabelece. Desta vez, na marra, está sendo diferente.  E eu, não vejo a hora de ver a nossa "véinha" toda arrumadinha, linda de viver lá na igreja, curtindo o casório do sobrinho e afilhado.

Até amanhã! Beijocas!



 Escrito por Beth ?s 15h16
[] [envie esta mensagem]


 
  



 Escrito por Beth ?s 12h59
[] [envie esta mensagem]


 
  

A maluca aí na foto sou eu, na festa de fim de ano da empresa. Era festa a fantasia, mas eu de licença médica há um tempão, não podia chegar lá vestida de Cleópatra né... ficava mal (rs). Então usei alguns dos adereços que estavam dando lá e pronto, fiquei esta figuraça!

Quem for mais observador notou que a foto tem um risco, uma área demarcada. É a área de onde saiu meu ex-avental. Ele era deste tamanho sim, gente, é que com roupa não mostrava tanto. Mas ele caía exatamente neste ponto da coxa onde está marcado. Viram só do que me livrei? Até "elazinha" agora aparece hahaha (que papo hem... vixe...)

Que bom que vocês gostaram da foto minha e da Valeria (post anterior) e do texto da ex-gorda. Calma, não vamos ficar chatos não, ao contrário, vamos ser os ex-gordos mais bacaninhas do pedaço, que isso, alguém acha que nós vamos ficar enchendo o saco dos outros?    Mas é bom não vacilar, senão a gente entra de sola e eu, que já adoro uma frase do tipo “se eu consigo você consegue” (rs... me vi ao ler  esta frase no texto) vou apelar mesmo hehe

Falando sério, é preciso muita consciência, muito bom senso e um tremendo de um “simancol”,  sabemos muito bem o qto nos incomoda, mesmo agora que já estamos em pleno processo de emagrecimento, ouvir abobrinhas - já comentei isto aqui.   Até pq há maneiras e maneiras de abordar o assunto e nem todo mundo tem tato.
Jamais abordo um estranho ou mesmo conhecido espontaneamente p/ oferecer dica de emagrecimento sem que me seja pedido. E não foram poucas as vezes que alguém que nunca me viu “nem mais gorda, nem mais magra” veio me ajudar c/palpite, indicação de médico, remédio etc. Tudo depende de como a coisa acontece.   Há situações em que até nos vemos compelidos a dar um toque, mesmo assim precisamos de muito jeitinho. Nós sabemos que ninguém mais do que a própria pessoa está tão incomodada e triste por ter-se deixado chegar onde chegou.  

Então, gordos ou magros, precisamos sempre respeitar e compreender nosso próximo, seja qual for a situação da pessoa, tendo toda a delicadeza necessária qdo formos mencionar algo, mesmo que isto nos seja pedido.
Agora, ao estarmos mais íntimos da situação/pessoa, podemos nos soltar mais, na medida da liberdade que nos for concedida, assim como acontece hoje nesta nossa gostosa blogsfera   , na qual nos comunicamos tão livremente, trocamos apoio e afeto mas muitas vezes nos damos puxões de orelhas carinhosos, qdo necessário, sempre p/ ajudar nossos amigos a seguirem em frente e nunca p/ afundar mais quem, por ventura, está se sentindo por baixo. 

Sou  ex-fumante (parei de uma vez só, há 16 anos atrás) e nada chata, pode fumar do meu lado que eu não ligo, o cheiro e a fumaça dificilmente me incomodam. Mas concordo c/ a lei que impede o fumo em áreas fechadas. Se rolar o papo de parar até dou meu pitaco, sempre deixando claro que cada um é que sabe o que quer p/ si.  Mas como tenho total consciência do mal que o cigarro faz e do qto fiquei muito melhor depois que o larguei, se houver abertura e  for oportuno claro que dou a maior força, inclusive contando como foi comigo. Senão, fico quietinha! Cada um na sua. 

Sou ex-roedora de unhas e não torro o saco de quem rói (menos meus filhotes, destes eu encho o saco), mas se a pessoa começa a enfiar todos os dedos desesperadamente na boca e eu tenho um mínimo de intimidade, fico doida p/perguntar: “tá com fome?”  que saco hem... (odiava qdo alguém falava isto para mim) hehe 

Mudando radicalmente de assunto: Alguém aí pode fazer o favor de amarrar minhas mãos, picotar meu cartão de crédito, lacrar minha carteira, rasgar meu talão? Tudo que eu vejo eu quero, agora acho que tudo que me cabe tem que ser meu... SOCORRO!!!

Beijinhos, fiquem com Deus, amanhã tem mais. 



 Escrito por Beth ?s 14h25
[] [envie esta mensagem]


 
  

 



 Escrito por Beth ?s 12h52
[] [envie esta mensagem]


 
  

Olhem só, eu e nossa querida Valeria (Blog da minha dieta) no reveillon em Copacabana (Pr. Leme)! Depois mostrarei foto minha c/meu amor ok?

 

O 2º dia de retorno ao trabalho foi ótimo, já cheio de problemas p/resolver (do jeito que gosto), reuniões pesadinhas,voltei já aprontando   Nem senti o dia passar, assustei qdo vi que já estava na hora de almoçar e, depois, que já era hora de voltar p/ casa. Não estou ficando até mais tarde, não tem sido ainda necessário e eu aproveito p/ ir me readaptando aos poucos, o organismo sente um pouco, afinal foram 2 meses paradinha.

Hoje levei roupas p/ a costureira apertar, coisas que “salvei” da faxina que fiz recentemente no armário. Foram 2 calças, 1 saia jeans e 1 terninho de verão. Só a saia eu vesti recentemente, o resto eu não havia experimentado ultimamente mas sabia que estariam largos. Ao vestir e fechar a 1a calça, ela simplesmente desceu inteirinha pelas pernas, como se jamais tivesse sido minha. Eu arregalei os olhos e a costureira tb. Mas é uma calça que eu adoro, toda levinha, boa p/ bater perna, vai ter que ajustar muito! A outra calça ficou igualmente larga, mais do que eu esperava. Esta, além de apertar, vai virar calça capri. A saia eu já sabia como estava, é que outro dia vesti e, conversando de pé, botei a mão no bolso de trás e a saia desceu, fiquei com a bunda de fora (sério!) e a sorte é que estava em casa. Mas gosto tanto dela que achei que vale a pena apertar e usar um pouco mais. E o terninho, mandei fazer em dezembro/03 e usei poucas vezes, logo ficou frouxo e agora vai ser ajustado em 4 dedos de cada lado. Que delícia hem... Já separei 3 saias que amanhã levarei tb, afinal tenho comprado umas pecinhas mas não tenho grana p/renovar o guarda-roupa assim, de uma vez eu hem... rs

O texto abaixo eu recebi de um amigo ontem por e-mail, o interessante é que ele nem imagina que eu estou em processo de emagrecimento, não me vê há cerca de 2 anos e meio, por aí...só trocamos e-mails. Mas eu me diverti com ele e resolvi mostrar a vocês.  Não que eu concorde, ele esculhamba um bocado, mas é engraçado. Ah, acho que vou escrever  p/ o meu amigo, só de sarro, contando que estou emagrecendo haha Espero que gostem, levando na esportiva, claro!

Não tem nada pior na vida de uma gorda do que encontrar uma amiga gorda que virou ex-gorda. Ex-gorda, quanto te encontra, não quer saber como você está, quer saber como você acha que ela está. Se você não diz que ela está magra, ela puxa o assunto:  "mas como você está gorda".
Não tem jeito: você será obrigada a ouvir como ela está se sentindo melhor depois que emagreceu. Seja qual for a sua frase inicial.  Já fiz todo o tipo de tentativa. 

Tentativa 1
- Rosinha, você sumiu.
- Você reparou? Perdi uns 30 quilos. Estou me sentindo outra... 

Tentativa 2
- Rosinha, como é que você tem andado?
- Tenho andado com menos dificuldade. Depois que eu perdi uns quilinhos... 

Tentativa 3
- Rosinha, por onde é que você anda?
- Eu tenho andado na praia, 15 km por dia. Depois do regime... 

Tentativa 4
- Rosinha, eu tô com a maior pressa, não vai dar pra falar agora, mas eu te ligo...
- O meu número mudou.
- Fala o novo.
- Agora é 42. Estava usando 54, mas depois do regime...

Tentativa 5
- Silvia, não fala mais com as amigas?
- Rosinha?! Desculpa, é que eu não tinha te visto...
- É, agora está mais difícil de me ver. Depois que eu emagreci....

Não tem jeito.Ex-gorda vira uma espécie de evangélica da boa forma, uma crente da Igreja Universal do Reino dos Vigilantes do Peso. Só fala nesta porra o tempo inteiro e depois de 15 minutos quer te converter. Aí começa: "Vou te levar na minha nutricionista"  " se eu consegui, você consegue" e não pára mais.
Ex-gorda é um ser tão desagradável quanto um ex-fumante. Só que num restaurante, em vez de fazer careta para a fumaça alheia, fica falando mal da gordura da tua picanha, critica o molho de 4 queijos do teu talharim,a fritura da tua batata portuguesa e o caramelo do seu pudim. E depois ainda faz cara de superior quando o garçom traz o franguinho grelhado com panaché de legumes. É simplesmente irritante. Ex-gorda é chata pra chuchu, cozido e sem sal.

Por isso, de uns tempos para cá, sempre que eu encontro uma ex-gorda eu finjo que não conheço. Funciona que é uma maravilha. Além de escapar do constrangimento, ainda dá para curtir com a cara da ex-gorda. É mais ou menos assim:

- Silvia, não está lembrando de mim? Rosinha!!!
- Rosinha?
- Rosinha, da faculdade, lembra?
- Desculpa, mas eu não tô lembrando.
- Rosinha, irmã da Florentina...
- Você vai me desculpar Rosinha mas eu nunca te vi mais gorda...
- Como assim, nunca viu mais gorda? É lógico que você já me viu mais gorda.
- Juro que não. Eu nunca te vi mais gorda. Nunca te vi mais gorda mesmo! U
m abraço, tchau!

Pois é, gente, logo seremos ex-gordos... ei...que isso, seremos magros! Que espetáculo, hem? Só depende de nós! E quem quiser, ah... quem quiser que nos ature hahahahaha

     Beijocas 



 Escrito por Beth ?s 16h22
[] [envie esta mensagem]


 
  

Primeira 2a feira do ano,começando tudo de novo, voltei hoje ao trabalho depois de pouco mais de 2 meses de licença.
Foi bom, adorei reencontrar a galera, fui recebida c/ muito carinho (e elogios, VIVA! ). Mas foi uma sensação engraçada, parecia que eu tinha estado fora mais tempo, até esqueci a senha da minha máquina, levei um tempão rasgando papelada antiga sobre a mesa, enfim não trabalhei quase nada, foi dia de readaptação e de tomar conhecimento de projetos novos sob minha responsabilidade.

Mas antes de tudo, fiz 2 maravilhosas sessões de massoterapia, já incluindo drenagem linfática no abdomen, c/ ênfase na área da cirurgia. Depois, a consulta c/a médica da empresa,minha "anjinha da guarda" de lá, p/ receber o meu carimbo de “Apta” p/poder reassumir. Formalidades, somente, mas tem que ser cumpridas.
 
Tudo tinha gosto de “novo”, até a básica ida ao Shopping Tijuca p/almoçar gerou alegria. Escolher o restaurante, pegar a fila, c/ a bandeja na mão, a contagem silenciosa dos pontos à medida em que os alimentos iam sendo escolhidos/colocados no prato, tudo isto parecia uma grande novidade, que bobinha que sou...rs Daqui a uns dias estarei já chiando, ao chegar a hora de almoçar: “Hummm shopping de novo... aiii estou enjoada de lá” haha
 

O cardápio de hoje foi enxutinho. Foi difícil ficar no mínimo da faixa, não consegui, em função do excesso de ontem certamente não me fará mal um apertinho, mas vou reajustando isto ao longo da semana. A reambientação aos horários das refeições influenciou o apetite, que ficou reduzido na hora em que deveria estar grande e ficou grande na hora que deveria ser pouco. Mas segurei muito bem a onda, com chá verde e bastante água.

Estou realmente decidida a fazer o melhor, o máximo possível p/ que este ano seja tb de muito sucesso neste processo e que eu consiga emagrecer bons quilos. Quantos? Quantos forem possíveis, dentro do que necessito eliminar, mas sempre de forma equilibrada e saudável. Não tracei uma meta de peso para o final do ano. A experiência adquirida neste ano e tanto de processo me faz sabedora de que o importante é seguir em frente, c/ passadas firmes, determinação e paciência, se eu fizer tudo direitinho o resultado vai aparecer, foi assim que quase 40 kg no total foram embora e é assim que tudo que falta irá também.
A meta é emagrecer, evoluir sempre. Se ainda este ano eu conseguir o resultado final, ótimo. Mas se isto não acontecer, ficarei feliz por todo o progresso que obtiver - pq eu vou ter sim, já que depende muito de mim. E tem alguém melhor que eu mesma p/ fazer o melhor por mim? Só Deus né? Então, Ele fazendo a parte dele, como sempre tão carinhosamente e eu fazendo a minha!

Isto é algo que precisa ser avaliado e compreendido por todos que estão nesta jornada. É bacana, é saudável e é importante termos um objetivo, um foco e trabalharmos p/alcançá-lo. Mas é fundamental que seja uma meta alcançável e, mais essencial ainda, não estabelecermos prazo fixo para que N quilos sejam eliminados. Tudo dependerá não só do nosso esforço, mas tb da reação de cada organismo, das condições gerais de cada um de nós.  Mulher, principalmente, que tem ciclo menstrual, TPM etc. já sabe que há um pedacinho de cada mês em que tudo se descontrola um pouco, mas logo se reajusta. Não adianta pressa, eu digo sempre. Pressa gera ansiedade e ansiedade gera descontrole. Descontrole gera atitudes erradas, ações precipitadas, desvios por caminhos que não são bons, que levam a um resultado que tanto vem como vai embora na mesma rapidez. E isto gera frustração e desânimo. Alguém aí quer isso para si mesmo? Estou certa que não.  Eu, absolutamente convicta de que estou fora!

Quando comecei a emagrecer eliminava em média pouco mais de 5 kg por mês. Hoje, c/ o passar do tempo, esta média reduziu. E eu sei que é assim mesmo. A reed. alimentar já não é novidade, deixou de ser algo que surpreende o meu corpo, ela é um hábito novo, ao qual ele agora responde serenamente, vai processando, se readequando, vai eliminando sim, pode até dar uma boicotada, entrar num platô mas não tem jeito, como eu não desisto, ele acaba cedendo e mandando embora mais quilinhos. Tudo com calma, paciência e persistência (insistirei nestas palavrinhas sempre), desta forma é inevitável chegar onde quero.
 

Bom, tenho os meios p/ dar uma aceleradinha, de repente! Voltarei em poucos dias a fazer minhas caminhadas matinais (EBA!) e a bicicleta ergométrica 2 vezes por semana. E estou contando os “caraminguás” p/ ver se poderei pagar uma hidroginástica a partir de fevereiro. Isto, sem dúvida, vai dar uma ajuda tremenda, qdo eu me exercitava os resultados sem dúvida eram mais significativos.  

É isso aí, gente amiga, temos um aninho bacana pela frente, quanta coisa p´ra fazer e p´ra contar hem?
Beijinhos mil, amanhã conto mais!

 



 Escrito por Beth ?s 14h43
[] [envie esta mensagem]


 
  

Café da manhã (06:50): ½ x iogurte light 0% de morango (0,5) + 1 fatia pão light iogurte c/granola (0) + 1 cs queijo cottage (0) = 0,5
Almoço (12:40): tomate (0) + 4 bastões de kani-kama (1) + pedaços de manga e abacaxi (1) + couve-flor dorê (5) = 7
Lanche (15:45): 2 maçãs (2) = 2
Lanche2 (18:35): 1 banana prata (1) = 1
Jantar (20:30): pão light de iogurte c/granola (1) + cottage (0) + patê (1) + coca light (0) + 1 salsicha (5) = 7
Ceia (22:30): 2 tangerinas (2) = 2

 

AVALIAÇÃO DE 2a FEIRA
FAIXA DIÁRIA DE PONTOS: 26 A 32 PONTOS
TOTAL DE PONTOS DO DIA: 19,5
PONTOS POUPADOS:  12,5
POUPANÇA UTILIZADA: 0
PONTOS EXTRAS: 0
PTOS EXTRAS UTILIZADOS: 0
POUPANÇA ACUMULADA: 36,5

Cumprimento das Chaves dos Pontos Ativos:

..Atividade física: Não - ainda não permitida
..Consumo de legumes/verduras/frutas: OK (maçãs, tangerina, tomate, couve-flor)
..Consumo de água etc.: OK  (mais de 2 litros de água e chá)
..Consumo de alimentos ricos em fibra: OK vegetais, frutas e pão integral
..Consumo de alimentos c/cálcio: Não
..Consumo de gorduras/doces:  Ótimo


 



 Escrito por Beth ?s 13h47
[] [envie esta mensagem]


 
   ANO NOVO, VIDA NOVA!

Não é assim que se diz? Não é isto que ouvimos e repetimos sempre, desde que nos entendemos por gente? Eu andei pensando e acho que tem tudo a ver: Ano Novo, Vida Nova!
Mas gostaria de dar uma 'mexidinha' neste texto, aqui p/ nós. Gostaria de dizer, a partir deste momento: Dia novo, vida nova! Ou quem sabe... Hora Nova, Vida Nova? Minuto Novo, Vida Nova? Segundo Novo, Vida Nova?
Pois é! Porque a renovação não pode e não deve esperar um novo ano para acontecer. Aproveitemos esta nova etapa do calendário sim, para projetarmos nossos sonhos, planos e decisões para todo o ano, mas vamos entender que é a cada dia, hora, minuto, segundo que fazemos com que algo aconteça. Com que algo mude. Com que algo melhore. Então, já que temos nas mãos esta responsabilidade grande e bacana, esta força que Papai do Céu nos concedeu e nos ajuda a fortalecer, usemos isto a cada segundo de nossas vidas. Sem perder tempo.

A virada do ano foi na praia do Leme, em Copacabana, com meu marido, minha filhotinha Thamiriz e minha sogra e com a companhia agradável e alegre da nossa amiga blogsférica Valéria (Valdiet) e seu marido Felipe. Apesar da fumaça que encobriu a beleza dos fogos de artifício, valeu estarmos ali juntos, comemorando a chegada de um novo ano e energizando para que ele seja simplesmente maravilhoso.
Fogos podem ser encobertos por nuvens de fumaça. Sonhos não. Sonhos nós é que criamos e nós é que permitimos ou não que algo obscureça. E como não permitiremos...

O cardápio de reveillon em minha casa foi meio Light e meio EngorDIET (rs). De tudo um pouco. Comi mais que o normal, menos que em anos anteriores. Não contei formalmente os pontos nos dias 31/12 e 01/01. Mas tenho noção de que não ultrapassei a faixa, no entanto não cumpri os as chaves dos pontos ativos. Tudo isto será devidamente regularizado a partir de  HOJE. Sim, HOJE... DOMINGO! Numa boa.

Nesta 2a feira volto a trabalhar, depois de 2 meses de licença médica. Volto feliz. Saudades do ambiente de trabalho, daquela poltroninha onde meu bumbum se encaixa tão bem (rs), da minha mesa e dos anjinhos que a ornam, dos tantos bons colegas, alguns já AMIGOS que tornam aquele ambiente tão mais acolhedor, até mesmo dos problemas do dia-a-dia que nos desafiam e realimentam nossa garra, nossa criatividade, nossa força e estimulam a mente. Já começarei o dia com 2 sessões de massoterapia, que início gostoso hem... De volta à vida normal, de volta à rotina da qual sinto falta e logo estarei reclamando novamente...rs

Como eu disse no post anterior, este será um grande ano sim, porque assim nós o faremos. A minha parte, eu garanto, farei direitinho sim. Metas renovadas, disposição ainda maior, confiança em Deus e em mim mesma, certeza da companhia linda de vocês e das pessoas do meu convívio pessoal com quem sei que conto para tudo nesta vida. Passo firme, passo forte, sorriso nos lábios e alegria no coração. Com o peito em festa e o coração a gargalhar, sigo em frente, pronta para dar prosseguimento à Conquista que, não por acaso, intitula este espaço.

Gente linda, neste momento estou me unindo a todos vocês num abraço, estamos todos abraçados, bem juntinhos, unidos na fé, na força, na garra, na luz, no amor, na esperança, na solidariedade, na amizade, no apoio, na motivação, na VONTADE e na CERTEZA de que tudo que quisermos de verdade conseguiremos, porque faremos o melhor para isto. Como os jogadores da seleção antes de cada jogo, oramos - cada um do seu jeito e conforme seu credo, mas oramos com fé e alegria, com convicção de Deus nos estar ouvindo e seguimos, vamos lá, cada dia é um jogo deste campeonato em que sairemos vencedores. Digamos juntos: SEMPRE COM DEUS A ME GUIAR:Tudo posso, tudo alcançarei.

Beijos carinhosos! 

 



 Escrito por Beth ?s 07h26
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!