Conquista

UOL
   Se você acredita, parece verdade!

Quantas vezes já dissemos: " Eu sou assim mesmo " ou " É, as coisas são assim ".
Essas frases na realidade estão dizendo que isso é o que acreditamos como verdade p/ nós e geralmente aquilo em que acreditamos não passa da opinião de outra pessoa que incorporamos no nosso sistema de crenças.
Sem dúvida, ele se ajusta a todas as outras coisas em que cremos.

Você é uma dessas pessoas que acordam numa certa manhã, vêem que está chovendo e dizem: "Que dia miserável"?

Não é um dia miserável. É apenas um dia molhado. Se usarmos as roupas apropriadas e mudarmos nossa atitude, podemos nos divertir bastante num dia chuvoso.
Agora, se nossa crença for a de que dias de chuva são miseráveis, sempre receberemos a chuva de mau humor. Lutaremos contra o dia em vez de acompanharmos o fluxo do que está acontecendo no momento.

Não existe "bom" ou "mau" tempo, existe somente o clima e nossas reações individuais a ele. Se queremos uma vida alegre, precisamos ter pensamentos alegres. Se queremos uma vida próspera, precisamos ter pensamentos de prosperidade. Se queremos uma vida com amor, precisamos ter pensamentos de amor.  

Tudo o que enviamos para o exterior, mental ou verbalmente, voltará a nós numa forma igual.
Extraído do livro Você pode curar sua vida - Louise Hay

E é assim mesmo, a gente enxerga as coisas do jeito torto, tortas elas ficam mesmo. E a gente mais mal-humorado ainda, é ou não é? E perdemos um tempo danado lamentando ao invés de extrairmos o melhor que a ocasião pode nos propiciar.
Fiz um curso há muitos anos em que o instrutor sempre dizia: "Você é aquilo que você acredita". E eu concordo com ele, aprendi isto aos poucos, c/ a vida, acreditando certo e acreditando errado.
Da mesma forma, as coisas são do jeito que eu acredito. Se entender um dia complicado como um desafio, passarei melhor por ele. Se entender como um castigo, sofrerei demais da conta, chegarei no fim do dia arrasada de cansaço, desgaste emocional e físico.
Tudo que encaramos c/ desânimo, descrença, desconfiança, falta de vontade, desanda. Não tem jeito. 

E falando agora do nosso emagrecimento: Entramos num processo destes se acreditamos que somos capazes de levá-lo adiante e ter sucesso. Persistimos, apesar dos obstáculos, se acreditamos no nosso potencial, na nossa força, no poder da nossa vontade. Se acreditamos que somos maiores e mais poderosos que as dificuldades e mais potentes que os maus hábitos impregnados na nossa mente e corpo. E que podemos ser tão pacientes qto necessário p/ aguardar resultados gradativos, porém definitivos se conquistados c/ ações equilibradas, seguras, que envolvam aprendizagem, aprimoramento interior antes de tudo.
Se começarmos algo já achando que não conseguiremos chegar ao final e ter resultado positivo, melhor nem começar, é perda de tempo, é plantar frustração. E porcaria não se planta, não é?
Se você vive dizendo: "Eu sou fraca diante da comida", "A comida manda em mim", "Não consigo resistir", "Não sou persistente", "Sou muito complicado" etc., você passa a acreditar cada vez mais nisto e a programar em si mesmo o insucesso. Você é o que você acredita ser!

Eu só sigo adiante porque ACREDITO que posso, então EU POSSO. Comecei meu processo dizendo: "Agora eu vou conseguir". E digo todos os dias: "Estou conseguindo porque posso, vou em frente". Qdo alguém me diz: "Você não desanima?"  eu respondo: "Não. Nada me tira do meu propósito". Digo isto e vou impregnando cada vez mais a crença poderosa de que eu posso sim. Não é mágica. É trabalho, conscientização, é fortalecimento interior, é colocar bateria nova, todos os dias, no meu querer e na confiança em mim mesma.
Qdo comecei sei que muita gente não acreditou que eu levaria esta história até o fim. Mas eu acreditei e é por isso que eu já caminhei tanto e ainda caminharei tudo que precisar.

Somos como acreditamos ser. Somos o que acreditamos ser. Estou sendo repetitiva. Mas nunca é demais reforçar. Se é assim, então acreditemos, ora bolas, que somos SUPER! E vamos agir como tal! 

Vamos pensar positivo, pensar grande, pensar puro, pensar amorosamente, vamos pensar que somos tudo de bom, porque somos mesmo. Vamos refletir isto. E assim, isto será nossa realidade.
Concordo com Louise Hay: Se você acredita, parece verdade!  Mas com uma alteração, c/ licença dela: Se você acredita, PODE VIRAR VERDADE! Aliás, SERÁ VERDADE!


 



 Escrito por Beth ?s 12h09
[] [envie esta mensagem]


 
  

ANTES DO CARDÁPIO, ALGUNS RECADOS:

1) CÍNTIA (do blog Levando na boa): Não consegui hoje comentar no seu blog - dá erro de sistema!
2) CÍNTIA (R@dical Chiq): Esperamos você sábado no encontro, confirme sua presença e pode levar o maridão hem!!!
3) GALERA TODA DO RJ, POR FAVOR CONFIRMEM A PRESENÇA NO ENCONTRO!
Até agora confirmados: Lu Coelho e 12 amigos, Valéria e maridão Felipe, Beth (eu) & maridão Vicente, Marcinha e maridão Leandro e filhotinha, Denise e namorado Marcelo, Gabi (falta confirmar) e maridão VH, Déia (Dietstory c/marido e filho). Quem vai perder esta hem????

CARDÁPIO DE TERÇA-FEIRA - 15/03/2005

Desjejum (6h - antes de caminhar): 1 copo de limonada c/ adoçante (1) =0
Café da manhã (7:20): 1 banana prata (1) + 1 iogurte light 0% sabor morango (1) = 2
Lanche (10h): chá (0) + 1 maçã pequena (1) = 1
Almoço (12:30): sopa de legumes (1) + 2 ameixas frescas médias (1) + 1 maçã pequena (1) = 3
Lanche (16h): 1 barra de cereal light - Trio Manga  (2) + chá verde misturado c/ chá de laranja, mamão e maracujá (0) = 2
Jantar (20h): sopa de legumes (1) + 1 omelete: 2 ovos (4) batidos c/ cebola (0), alho-poró (0) + salsinha (0) + queijo ralado (2) + 1 cc azeite (1) + 1 picolé de limão (1) = 9
Ceia (23h): chá de maracujá (0) + 1 pedaço médio queijo minas light (1) = 1

Total dos pontos:  18  
Faixa diária: 24 a 30
Poupados no dia: 12
Poupança acumulada: 25,5
Pontos extras adquiridos: 3 (caminhada moderada, 45 min)
Pontos extras usados: 0



 Escrito por Beth ?s 22h18
[] [envie esta mensagem]


 
   PENSAMENTOS E AÇÕES

Seus pensamentos (por Ralph Marston)
O que aconteceria se a única coisa que você pudesse fazer fosse pensar?
E se fosse impossível tomar qquer tipo de ação?
Mesmo que você só tivesse idéias geniais, elas não serviriam para nada, porque ficariam para sempre presas dentro da sua mente.
Se você pode ler estas palavras, então tem habilidade de fazer mais do que apenas pensar.
Pensar é vital, mas não é o suficiente. Para fazer uma diferença significativa, idéias e pensamentos devem ser expressos através de ações; devem ser testados e revisados através de ações; dev em ser comunicados e construídos baseados em ações.
Como seria frustrante se não pudéssemos fazer nada a não ser pensar. Mas infelizmente é exatamente isto que acontece com frequência – ficamos presos pela nossa própria vontade (ou será a falta dela?).
Todos os dias, existem idéias e pensamentos cruzando sua mente, muitos deles com todo potencial para se tornarem um sucesso. A única coisa que estão esperando é você dar-lhes a energia vital que necessitam para crescer, através de suas ações.

E aí, gostaram do texto? Eu adorei, já tinha lido antes, nem sei se já postei sobre ele.
Mas vale a pena, mesmo que repetidamente, avaliarmos juntos esta idéia associando ao nosso processo.
Lembro que antigamente, durante anos, eu pensava em fazer algo efetivo p/ me livrar do excesso de peso e de tudo de negativo que aquilo me acarretava.  Tinha idéias...muitas idéias!
Não falo de qdo, tantas vezes, optei por soluções erradas que só me levaram a piorar a situação.
Refiro-me às inúmeras vezes em que parei e pensei, sonhei, arquitetei um monte de circunstâncias favoráveis que eu criaria p/ chegar ao meu objetivo.
Muitas destas idealizações eram boas, eu montava cardápios semanais – que não cumpria, criava listas de compras adequadas p/ supermercado, feira etc. – que não utilizava, planejava começar a andar, a me mexer inicialmente nas próprias ativ. do dia-a-dia – e não andava,  jurava que ia me programar financeiramente p/ pagar alguma ativ. – natação, hidroginástica  ou algo assim – e não seguia a programação, enfim, eu pensava muito e não agia. Não fazia rigorosamente nada que viabilizasse a transformação do pensamento/sonho em ação/realização do sonho.
Para vcs terem idéia, muitos amigos qdo queriam dicas, me procuravam! Eu tinha a teoria, eu sabia o que fazer, um tanto do “como fazer” mas não aplicava.
Ou seja, gerava bons pensamentos, boas idéias, coisas que me ajudariam mas não serviam p/ nada, só p/ aumentar a frustração. Porque, não tem jeito, a força do pensamento é um espetáculo, ela é capaz de coisas fantásticas, mas só ela não emagrece e ponto final. Tem que pensar e AGIR!
E aí nós vemos tanta gente que teoricamente não teria condições de se movimentar e no entanto, faz o quase impossível, nossos atletas paraolímpicos que o digam! Imagine só, se eles tivessem vontade de praticar algum esporte e até mesmo talento p/ isto e não pudessem efetivamente realizar! 
E quem pensa numa obra de arte e não tenta criá-la? Podemos ser a nossa própria obra de arte!
Lembro na minha infância e adolescência, de um homem que ficava em frente ao cinema Roxy, em Copacabana, sob uma marquise, ele desenhava lindamente, com os pés – pois não tinha braços. Tinha as idéias dos desenhos e concretizava, deu o jeito dele e era bom parar ali e apreciar.  Ele fez acontecer.
E nós, tantas vezes, ficamos com a vontade de fazer isto e aquilo, pensamos em tudo, criamos nossos sonhos, idealizamos o caminho e fazer, que é bom, fica p/ amanhã, p/ depois...
É um desperdício  e nós não merecemos jogar fora a oportunidade de transformar nosso sonho em realidade, principalmente qdo este sonho é possível sim e depende de nós, fundamentalmente.
Então gente amiga, quem já está na estrada p/ valer, quem está mais ainda titubeia, quem pensa em entrar mas não põe o pé p/ valer, todos enfim, que tem seu objetivo, sua meta, seu sonho, sua vontade: Vamos lá, vamos AGIR, vamos EFETIVAR aquilo que desejamos, vamos DAR A ENERGIA necessária aos nossos pensamentos p/ que eles impulsionem nossas atitudes e vamos dar VIDA a isto tudo que está latente e que, ao começar a acontecer, vai nos tornar mais felizes, mais saudáveis, mais de bem com a vida!

Recados: 1) Miss Magra, seu blog não me deixa comentar (não está configurado p/ Anônimos...) snif!
              2) Mais abaixo, o convite p/ o 3º encontro blogueiras light RJ, em torno da nossa amiga Lu Coelho, não percam isto!
              3) Galera Weblogger, não abandonei vcs, mas neste domingo vários blogs não abriram, reclamem lá no servidor hem!
              4) Tem gente nova linkada, vale a pena ir lá pessoal. Menção especial p/ o blog da F. Mell, agora Lucky Girl, grande pessoa que retorna à blogsfera c/ seu cantinho sempre especial!
              5) Georgia querida, quero linkar seu blog e não consigo o endereço certinho, me avise ou quem tiver me passe, please!!!
              6) Cardápio de domingo lá embaixo. O de hoje tb, pois embora ainda seja cedo, estou convicta de que cumprirei o planejado.

Beijocas mil, tenham uma linda semana! E amanhã eu estou de volta!



 Escrito por Beth ?s 08h40
[] [envie esta mensagem]


 
  

ATENÇÃO PESSOAL, ESTÁ CHEGANDO A HORA!!!
NESTE SÁBADO, NOSSO 3º ENCONTRO DE BLOGUEIRAS LIGHT DO RIO DE JANEIRO
DESTA VEZ, EM TORNO DO ANIVERSÁRIO E DESPEDIDA DE 'COMILANÇA' DA AMIGA LU COELHO!!!
POR FAVOR, CONFIRMEM SUA PRESENÇA, POIS ESTOU RESERVANDO AS MESAS!!!!



 Escrito por Beth ?s 15h51
[] [envie esta mensagem]


 
  

CARDÁPIO DE SEGUNDA-FEIRA - 14/03/2005

Café da manhã (7h): 2 polenguinhos light (2) + 1 copo de suco natural de laranja (2) = 4
Lanche (10h): chá verde (0) + 1 xícara de uvas (2) = 2
Almoço (12:30): sopa de legumes (1) + iogurte 0% de ameixa c/ cereais (1) + 1 maçã (1) = 3
Lanche (15h): chá verde (0) + 2 x pipoca comum de microondas (2) = 2
Jantar (20:20): sopa de legumes (1) c/ cubinhos de 2 fatias médias de queijo minas light (2)+ 1 bife (3) + 1 caqui (1) = 6
Ceia (22:30): doce diet de pera [1 pera cozida c/ adoçante LowSugar] (1) + fatia pequena catupiry (2) = 3

Total dos pontos: 20 (só hoje, estrategicamente, abaixo do mínimo da faixa)
Faixa diária: 24 a 30
Poupados no dia: 10
Poupança acumulada: 13,5
Pontos extras adquiridos: 0 (não caminhei, foi dia de massoterapia - cedo)
Pontos extras usados: 0

CARDÁPIO DE DOMINGO - 13/03/2005

Café da manhã (8:15): 1 copo suco de laranja natural (2) + 2 polenguinhos light (2) + 1 banana prata (1) = 5
Lanche (11h - praia): 1 pacote e meio do biscoito GLOBO (4,5) + 1 copo Guaraplus diet (0) = 4,5
Lanche2 (13:30 - praia): 1 queijo coalho (4) + 1/2 lata coca light (0) = 4
Almoço (16:15): 1/2 x arroz branco (2) + agrião (0) + cottage (1) + queijo ralado (1) + filé de frango grelhado (3) + fatia torta de maçã (5) = 12
Refeição leve (21h): 1 pão árabe médio (1) + cottage (1) + uvas (1) = 3

Total dos pontos: 28,5
Faixa diária: 24 a 30
Poupados no dia: 1,5
Poupança acumulada: 3,5
Pontos extras adquiridos: 0
Pontos extras usados: 0

Conclusão: Dia positivo. Foram 6 deliciosas horas na praia, em que me esquivei c/ facilidade de comer diversas coisas que me foram oferecidas, simplesmente por não ter vontade. Qdo tive, comi o biscoito polvilho que é minha paixão e o queijo de coalho p/ botar sal no organismo, que já pedia e eu não ia embora tão cedo. Valeu a pena. Comprei uma fatia pequena de torta de maçã na saída da praia, foi a sobremesa do almoço. Desta vez, por realmente querer, me dei de presente e valeu a pena tb.



 Escrito por Beth ?s 15h37
[] [envie esta mensagem]


 
   PENSE E FALE POSITIVAMENTE!

Minha orientadora do VP perguntou ontem na reunião: - Alguém aqui já disse alguma vez: “Este ano eu tenho que emagrecer” ?
Todos responderam: SIMMMM !!!
Ela reformulou a pergunta: -E alguém já disse QUERO emagrecer? Aí o povo ficou meio na dúvida, um “sim” esquisito...rs
E ela alertou: tudo que fazemos, p/ ser bem feito, tem que ser c/ carinho, vontade própria, boa vontade e não por obrigação. O que fazemos por obrigação ou p/ atender a algo que não seja nossa própria vontade, já não fazemos direito.
”Tenho que emagrecer” é uma frase pesada, a gente já fala c/ angústia, desespero, aflição, ela nos remete à idéia de sacrifício, algo que vamos fazer ‘só pq é preciso’ e não ‘pq queremos’. 
Já “Quero emagrecer” reforça o mais importante, que é a nossa vontade, o nosso querer que está por trás das atitudes que tomaremos. E assim, já temos meio caminho andado p/ fazer tudo melhor, c/ mais amor, dedicação e acerto.
Por mais que gostemos dos elogios, por mais que saibamos que amigos, familiares etc. vão ficar contentes por nos verem mais magros e bonitos, o que deve estimular nossa ação é o nosso próprio desejo de emagrecer, sabendo direitinho o(s) porque(s).
E foi por isso que ontem houve aquela lista e é por isso que eu estou sempre renovando minha lista, ticando o que já consegui, mostrando a vocês mas primeiro a mim mesma, pois isto me motiva.  O que ainda não consegui me desafia, me faz querer mais e mais. E o que já consegui me mostra que sou capaz e me empurra p/ conseguir o resto que quero.
Mas como pensar e falar sobre o que desejamos? Positivamente, claro!
Uma senhora na reunião leu assim sua lista:
1) Me sinto feia; 2) Me acho velha; 3) Não gosto do meu braço embora faça muita ginástica p/ melhorá-lo; 4) Não quero que me olhem como se eu fosse desgostosa da vida; 5) Não consigo me locomover c/ rapidez... 6) Não gosto que me recriminem por estar gorda..
E assim ela foi relacionando os itens que, na sua concepção, a motivam a fazer a reed. alimentar.
Qdo ela acabou de ler estava péssima, claro e nós que ouvíamos tb. Jeito pesado que a leva p/ baixo e não p/ a frente, notaram?
Uma outra senhora, da mesma faixa de idade, disse: 1) Quero ter mais mobilidade; 2) Quero voltar a ter vontade de sair p/ passear, dançar, ir à praia; 3) Quero poder brincar melhor c/ meus netos; 4) Quero rejuvenescer... etc.
Perceberam a diferença? Duas mulheres c/ os mesmos interesses. Mas uma pensou, falou e neste momento energizou em dobro O QUE ELA QUER PARA SI. A 1a disse quase a mesma coisa, só que do jeito negativo, o jeito duro que faz c/ que ela faça o processo por obrigação enqto a colega faz p/ atingir objetivos bonitos. Iguais, só que do jeito que cada uma mencionou, ficaram diferentes.  
Já uma adolescente, foi clara no 1º item que leu: Quero ficar mais magra p/ arrumar namorado. Gargalhada geral e aplausos, claro. Ela foi sincera, uma menina novinha e linda, nem tão gorda, mas a motivação principal dela é essa. Não importa naquele momento o qto ela é capaz de conquistar um rapaz mesmo com uns kg a mais (poucos), ela listou coisas que são importantes p/ ela, esta foi a primeira, mas ela falou tb das roupas da moda, do manequim menor, da graciosidade no dançar...E está certa!
Se falasse: não arrumo namorado, danço feio, só uso roupa cafona... estaria dizendo mais ou menos a mesma coisa, só que do jeito pesado que deprime e não do jeito positivo que impulsiona.
Eu fui logo falando: Quero usar biquíni de novo! Quero usar manequim 44! E outras coisas.
O jeito positivo deve prevalecer. Para motivar-se, pense sempre no que QUER e não no que não quer. Se é p/  jogar a semente, que seja uma semente de flor, de fruto gostoso. Porcaria a gente não precisa, nem merece.
Então, vamos ensaiar:
-Ao invés de dizer “Não quero ser gorda”, diga “Quero emagrecer” ou melhor “Vou emagrecer”;
- Ao invés de “Não consigo” diga “Conseguirei”;
- Ao invés de dizer: “Não quero mais comprar roupa GG” diga “Vou usar manequim P, M (o que quiser e for possível, claro);
- Ao invés de dizer: “Não quero usar maiô fechado”, diga “Quero – Vou usar biquíni ou maiô assim, assado... etc...”
É assim que se pensa, é assim que se fala e é assim que se trabalha c/ mais afinco para alcançar o objetivo. E é assim que a gente chega lá.
Beijos!  Bom domingo para todos!



 Escrito por Beth ?s 13h38
[] [envie esta mensagem]


 
  

CARDÁPIO DE SÁBADO - 12/03/2005

Café da manhã (8h): 1 copo de iogurte light morango 0% (1) + queijo minas (2) = 3
Lanche ( 11:15): 1 copo suco natural laranja (2) = 2
Almoço ( 13:50): salada de agrião (0) c/ kani + 1/2 x arroz branco (2) + cottage (1) + queijo ralado (1) + 2 salsichas light de peru Perdigão (6)  + 1 banana prata (1) + 1 caqui (1) = 12
Lanche (16h - na praia): guaraplus diet (0) + biscoito globo - 2 sacos- não resisti  (6) = 6
Refeição Leve (20:30): 1 pão árabe médio 0% gord. (1) + alface, tomate, cebola (0) + molho de alho (0) + requeijão light (2) + guaraná diet (0) = 3
Ceia (23h): gelatina (2) = 2

Total dos pontos: 28
Faixa diária: 24 a 30
Poupados no dia: 2
Poupança acumulada: 2 (começando a contar hoje)
Pontos extras adquiridos: 3 (caminhada moderada - 50 min)
Pontos extras usados: 0

Conclusão: Dia super positivo, alimentação leve e equilibrada. Sinto-me super bem, apesar da TPM estar alterando o humor. Caminhei moderadamente no início da noite, após a praia, no calçadão de Ipanema e Leblon. Adquiri pontos extras mas não os utilizei, pois mesmo  me alimentando bem fiquei com tranquilidade dentro da faixa diária do VP. Chegando da praia, meu marido parou na lojinha do condomínio p/ comprar sorvete. Eu podia, mas não tinha vontade e não tomei. Havia uma tortinha de limão bonita na vitrine, pensei em comê-la mas qdo perguntei ao funcionário da lojinha se era fresca, enqto ele respondia eu senti meu corpo dizer "não, vc não está com vontade". Então desisti. Na boa, acho que se comesse me arrependeria, por ter comido algo só por estar bonitinho e não por realmente estar querendo. Comeria por olho grande. E sinceramente, nem era tão bonita assim!



 



 Escrito por Beth ?s 07h38
[] [envie esta mensagem]


 
   AUTO-MOTIVAÇÂO, QUANDO ESTAMOS ENCANTADOS!

Como faço para motivar-me?
Alguns dizem que é buscando a sua lenda pessoal. Outros dizem que o sucesso é ser feliz, outros que é definir uma meta, eu digo que é ter brilho nos olhos.
Ninguém pode nos motivar para ação alguma. Podem ser fonte de inspiração, servir de exemplo, referência, mas a verdadeira motivação vem qdo achamos o que faz sentido para nós, qdo descobrimos quais são nossos motivos, necessidades e desejos. Desejo é seguir uma estrela... Não podemos nos auto-motivar sem estarmos emocionados, mobilizados p/ uma direção. A motivação implica movimento, mudança, sair de um ponto A para um ponto B.
Estamos motivados qdo estamos envolvidos com algo de forma a não nos abater com torcidas contrárias.
Estamos motivados quando estamos encantados, antenados, plugados.
Parece hipnose, parece paixão...
É uma sensação agradável, confortável e saudável a sensação de estarmos motivados.
Manter esse estado o máximo possível e redescobri-lo quando ele nos escapa é o grande desafio!
Perceba que estratégia você usa para motivar-se.
Complete a frase: Quando estou motivado... (Faço o que? Sinto-me como? Penso o que? Percebo o que?)
Podemos ser nossos grandes incentivadores a cada instante.
" Quando a gente está contente, tanto faz o frio tanto faz o quente".
Descobrir um frescor em cada coisa ou momento que vemos, ouvimos ou tocamos é motivar a nós mesmos.
É encantamento. É sedução.
Lúcia Guimarães Monteiro
Diretora da VISÃO CONSULTORIA, psicóloga clínica e organizacional, c/experiência em desenvolvimento de equipes, trabalhos motivacionais e de qualidade de vida.

Hoje pulei da cama atrasada, mas caminhei, às 5:45: já estava na rua c/ meu marido e o cachorrinho.
Às 6:50 já estava na piscina, o prof. disse que talvez viajasse, mas avisaria se fosse faltar. Não avisou e não apareceu.  Assim mesmo fiz a hidro por conta própria, repetindo vários dos exercícios que já conheço. Meu amor ficou lá comigo, conversando e relaxando enqto eu malhava. Voltei p/ casa muito feliz comigo mesma, por ter feito meu exercício independente da ausência do prof., me deu uma sensação muito boa, acho que este encantamento que a autora do texto acima citou. Encantada c/ minha vontade firme, c/ minha determinação em fazer o que é preciso.
É interessante. A motivação me faz agir do melhor jeito possível, este jeito me traz bons resultados e os bons resultados me alegram, esta alegria reforça minha vontade e a minha vontade renovada me motiva ainda mais. Assim é o ciclo. Bendito ciclo!
Na hora do almoço fui para o VP confiante, tudo indicava que o esforço a mais desta semana, a retomada ‘a sério’ do controle iriam surtir o efeito desejado. Tia Filizola foi justa, apontou  - 2,1 kg e eu fiquei feliz demais.  E eu estou em pleno período pré-menstrual.
O tema da reunião hoje teve tudo a ver com meus penúltimos posts. Falava da Motivação e do fato dela ser alimentada pelo nosso querer.  Cada um de nós preparou na hora uma lista c/ pelo menos 10 itens do que quer alcançar c/ o emagrecimento.
Minha lista estava pronta, foi só passar p/ o papel parte do que mostrei a vcs esta semana, as conquistas que já obtive e as que desejo pela frente.
Algumas pessoas foram convidadas a lerem sua lista e eu fui uma delas. Falei c/ tanto entusiasmo que no final aplaudiram.  Mas é que eu avisei que ia dizer parte das coisas que eu ainda vou alcançar e outra parte que eu já estou alcançando. E qdo disse que ainda vou botar um biquini de novo, foi c/ tamanha convicção que até achei engraçado o meu jeito.

Saí de lá me sentindo gloriosa. Pq sei que este resultado é fruto do esforço, do trabalho bem feito, da conscientização, do ‘pegar de novo as rédeas c/ firmeza’. Agora vou em frente. Esta vitória a mais é mola propulsora, me joga ainda mais p/ cima. Não é só o nº na balança que me deixa assim, mas saber que eu fiz isto acontecer. Gosto desta sensação de “eu conduzo esta história”.  E isto me dá o brilho nos olhos que a autora acima menciona tb. Olho no espelho, me reconheço, me sinto forte, vencedora.
 
E sinto a tal emoção que ela cita tb e sem a qual nada seria igual.
Este nosso processo é regado por emoção, vontade, garra, paixão.
Qdo ela fala em sedução, eu até me arrepio.  Falei sobre isto c/ uma amiguinha querida por telefone estes dias.
É legal encarar o processo como uma sedução. Estamos seduzindo a nós mesmos. Eu me seduzo me enfeitando, caprichando na escolha da roupa, no batom, no adereço. Me seduzo qdo faço algo que me deixe mais bonita, mais feliz. São presentes que me dou p/ me seduzir ainda mais. Me seduzo qdo me olho no espelho c/ carinho, olhar amoroso,  me paquerando, me admirando, vendo o que mais posso fazer p/ me alegrar, me fazer mais bonita, saudável etc. Me seduzo cada vez que me agrado c/ minhas próprias ações e depois c/ o resultado positivo delas.
Por isso trouxe o artigo, espero que tenham gostado e, fazendo o exercício proposto pela autora, fazendo sua lista tb, identifiquem direitinho o seu jeito próprio de se motivarem, se agradarem, de extrairem de tudo um motivo a mais p/ seguirem em frente c/ alegria e confiança de que vão chegar lá!
Tenham um maravilhoso final de semana. Se puderem venham aqui, eu vou postar!
Beijos felizes e motivados e motivadores! 



 Escrito por Beth ?s 14h51
[] [envie esta mensagem]


 
  

CARDÁPIO DE 6A FEIRA - 11/03/2005

Desjejum (5:40 - antes de caminhar): 200 ml suco light laranja
Café da manhã (8:20): queijo minas + 1 iogurte light de ameixa c/ cereais 0% gord.
Almoço (13h): suco natural de laranja com cenoura + pastelão de frios
Jantar (21h): "Falsa pizza light" : 1 pão árabe médio c/katchup, muzzarela, requeijão light, oregano + 1 coca light + uvas



 Escrito por Beth ?s 08h44
[] [envie esta mensagem]


 
  

MAIS BONITAS DO QUE SARDAS
Aconteceu num dia em que estava c/ a minha filha no zoológico. Vi uma avó que estava c/ uma garotinha cujo rosto era salpicado de sardas vermelhas e brilhantes.  As crianças estavam numa fila aguardando que o artista pintasse suas faces c/patinhas de tigre.
-Você tem tantas sardas que ele não vai ter onde pintar -  um menino gritou na fila.
Sem graça, a menina abaixou a cabeça. A avó ajoelhou-se perto dela e disse: - Adoro suas sardas.
- Mas eu detesto - ela replicou.
- Qdo eu era menina sempre quis ter sardas - disse a senhora, passando o dedo pela face da neta.  - Sardas são tão bonitas!
A menina levantou o rosto. - São mesmo?
-Claro! - disse a avó. - Quer ver? Diga uma coisa mais bonita do que sardas!
A garotinha, olhando suavemente p/ o rosto da avó, respondeu serenamente: - Rugas!
Aquele momento me ensinou p/ sempre que, se olharmos p/ os outros c/ os olhos do amor, não veremos o que possam ter de feio. Só o que têm de bonito.
Sue Monk Kidd - Histórias para Aquecer o Coração das Mulheres
Jack Canfield & Mark V. Hansen & Jennifer R. Hawthorne & Marci Shimoff

É por isso que eu bato sempre na mesma tecla: temos que nos olhar com amor, muito amor, merecido amor.
O amor por nós mesmos não pode ser uma consequência daquilo que enxergamos no espelho. Muito ao contrário. O amor por nós mesmos tem que ser A CAUSA de nos cuidarmos, de nos admirarmos, de nos respeitarmos, de nos tratarmos bem e de nos amarmos mais ainda.
Qtas vezes em frente ao espelho alguém diz: Estou um lixo. Estou horrorosa. Estou gorda. Estou um bucho.
Muitas vezes a pessoa nem está tão gorda, não é feia, não tem os problemas que enxerga ou, se tem, estes podem até ser menores. Mas os olhos críticos, cheios de vontade de procurar defeitos, cheios de mágia, raiva, preocupação excessiva, só conseguem ver o que está ruim e, não tendo nada ruim, arrumam. E aí, isto resulta em que? Algumas vezes, pode resultar numa ação efetiva de aperfeiçoamento, resolver fazer algo a respeito. Mas penso que a ação escolhida depende do rigor da avaliação no espelho. Qto mais rude a pessoa é consigo mesma, maior a chance de procurar métodos indevidos, perigosos, ineficazes p/ solucionar ‘o problema’.
O amor por si mesmo faz diferente. Faz com que olhe-se e encontre tb pontos que não estão tão legais, mas enxerga tb as qualidades. Entende o que está por trás de cada pedaço daquele corpo bem ou mal tratado, procura respostas mais profundas e a escolha da solução p/o que não está bom é feita c/ amor e, consequentemente, c/ critério. Por que? Pq ao invés de estar se punindo por não estar c/ tudo em cima, esta pessoa que se olha c/ amor estará se presenteando, amorosamente, c/ as ações que irá promover!
De novo vem aquilo que sempre falo: tudo começa na cabeça. O aprimoramento inicial é nela. A ação p/ ajeitar o corpo será compatível c/ a forma de pensar e de se ver. Mente aperfeiçoada gera ações aperfeiçoadas.
 
Quem se olha e vê um monstro (mesmo não sendo) se desespera e quer logo partir p/ algo bombástico, rápido, louco... E se cobra, se ilude. E quer mágica. Quer resultados toda hora, todos os dias. E se decepciona, muda p/ método mais radical ainda. Corre por todo lado, sem rumo. E se decepciona de novo, cedo ou tarde. E fica c/ mais raiva, olha-se c/desapontamento e entra num buraco que afunda cada vez mais, o pior buraco que pode existir, que é o desamor crecente por si mesmo.  É auto-punição mesmo. A pessoa é a 1a a dizer a si mesma que estando "daquele jeito" não merece ser amada. por si mesma nem pelos outros. E,  mesmo que ande pelas ruas, esconde-se numa aura de insatisfação, de baixa auto-estima, anda com um letreiro na testa dizendo: Não me enxerguem.
E depois sofre! Acho tremendamente injusto, neste mundo de tanta discriminação/valores invertidos sermos nós os 1os a nos olharmos desse jeito negativo que nos faz tanto mal. Eu me recuso.  Quem se olha e vê um ser humano, c/ qualidades e defeitos, acertos e erros,  beleza e pontos a melhorar, parte c/ serenidade p/ ações  equilibradas, busca caminhos que assegurem não só resultados no corpo, mas que envolvam saúde, alegria, expansão do conhecimento, bem-estar.  Pq não está se punindo. Está se presenteando, repito. Encara as ações como mimos que está se dando e consegue perceber em cada progresso uma bênção, em cada pequeno sucesso um motivo p/ ser ainda mais feliz e se amar mais. Porém, não precisa disto p/ se amar. O amor por si mesmo causou aquelas ações, não é um simples: Já que estou magra, então agora eu me amo. Isto não está com nada. Pq o amor por nós mesmos tem que ser incondicional.
Não é tapar o sol c/ a peneira, fingir que não vê defeitos, é ver sim, mas c/ compreensão, carinho e vontade de entender o pq daquilo e definir c/ cuidado o que fazer. Todos querem ser olhados c/ compreensão, carinho, respeito, valorização das suas qualidades, da sua essência, não é? Qdo isto não acontece, qdo só enxergam nossos defeitos, ficamos tristes. Então, pq sermos nós os primeiros a fazer isto conosco?
Como a vovó e a menina do texto acima, vamos nos olhar do jeito que gostamos, queremos e merecemos ser olhados  pelos outros. Mais ainda. Pq nós temos responsabilidade imensa p/ conosco.Não é preciso sermos falsos e achar lindo celulite, flacidez, varizes... Mas somos bem mais que isso. 
Vamos olhar tb c/ amor nossos companheiros de jornada. Entendendo que aquela pessoa que estamos reparando o defeito, a deficiência, podia ser a gente. E do jeito que for olhada, pode sentir-se muito triste ou feliz! Beijo!



 Escrito por Beth ?s 06h37
[] [envie esta mensagem]


 
   É SACRIFÍCIO OU PRAZER?

Como você encara seu processo de emagrecimento? Um prazer ou um sacrifício? Alegria ou motivo de angústia? Ganho ou uma perda? Sinceramente, hem! Pq são respostas que nos ajudam a entender melhor como estamos vivenciando isto e ajustar alguns pontos, se necessário.  Tudo é questão de ponto de vista, vejam o exemplo:
Antes eu comia a qquer hora, o que dava vontade, mesmo sem fome, sem critério,  fazia o que dava na telha.

Hoje eu sigo o VP, como de tudo mas tenho que ter controle, fazer as refeições em intervalos regulares, contar pontos – tentar me manter dentro da minha faixa diária, seguir as chaves dos ptos ativos, me pesar semanalmente etc.  
Analisando friamente, o que eu perdi qdo iniciei este processo? Dependendo do ângulo, diria: Não posso mais comer tudo que quero a qquer hora,  tenho que me pesar semanalmente, sendo obrigada a saber como meu corpo reagiu ao meu comportamento – adequado ou errado, encarar a realidade – que nem sempre corresponde ao que eu desejo. Que mais? Ah, tenho que  pensar antes de comer: estou com fome? Estou ansiosa? Esta quantidade é legal? Posso substituir este alimento por aquele que é menos calórico e mais saudável? E dependendo da resposta, tenho que tentar não comer, desviar a atenção p/ outra coisa etc. Que saco hem... rs  Vamos ver... hum... ah...Me cobro por um resultado positivo, mesmo que eu não faça tudo direito quero chegar lá e pesar menos, quero chegar aqui e contar meu progresso. Não aceito insucesso. Isto me deixa aborrecida!  Não posso mais cometer exageros, senão ferro tudo... etc...

Mas se eu encarar de outro jeito, ou seja, no que eu ganho, o resultado muda! A lista parcial dos meus ganhos eu tenho publicado, vcs acompanham. Então,  nos pratos de uma balança, qual vai pesar mais? Com toda a certeza serão  os GANHOS. Pq eles são muito mais significativos. Nada daquilo que coloquei ali em cima é perda, na verdade! É o jeito de olhar que faz parecer assim!

Alguém aí gosta de perder a saúde, diminuir a mobilidade, perder roupas pq ficaram justas, baixar auto-estima etc? Pois é, o grande barato é associar as coisas ao que elas realmente nos trazem.  Descontrole me traz obesidade. Obesidade me traz problemas de saúde -pressão alta,  me causa tb impossibilidades/limitações físicas diversas, me impede de usar roupas que gosto, me faz ficar insatisfeita comigo mesma enfim...é uma série de coisas ruins e o lucro verdadeiro é ZERO.
Controle, embora às vezes chatinho de exercer, me faz emagrecer c/ saúde, o que me traz oportunidades de ficar ainda mais alegre, me permite mais atividades, favorece em coisas que parecem simples, mas são deliciosas, que gosto e vocês tb!  Eu não encaro o processo como sacrifício. Sacrifício é comprar uma roupa bonita e cara mas que não tem nada a ver comigo, pq  outra não me cabe. Ou seria ter que seguir uma dieta rigorosa por ter perdido a saúde, não tendo me cuidado melhor enquanto havia tempo. 
Então onde está o sacrifício? Posso ir ao Mc Donalds,  rodízio de pizza, churrascaria, o que for. Só não posso fazer isto todos os dias e lá, comer até estourar. Até pq isto dá depois um mal-estar digestivo que ninguém merece! Então, não estou perdendo nada. Até pq a gente fala como se todos os dias tivesse que fazer estas coisas! Eu hem...
Ah, eu tb queria ser daquele tipo que “não engorda de ruim”, tem gente que é assim, não é? Mas não sou. Se vacilar, 'danço'. E quero dançar, mas uma música que eu goste, que me deixe feliz. E esta música não é a obesidade nem os problemas e desconfortos que ela provoca.
Não sou mais forte que vocês, garanto. Tenho rigorosamente TODAS as dificuldades momentâneas que vcs, sinto muitas vezes vontade de chutar o balde e tem dia que chuto mesmo que de leve, mas chuto. Há o chute consciente, há aquele que a gente nem sente (ou finge não notar), e eu faço sim
.
Mas o que me deixa forte e me faz assumir sempre perante vocês mas principalmente perante mim mesma que vou chegar à minha meta e me manterei nela é o seguinte: Sei onde quero chegar. E sei onde não quero. E a escolha é minha. Escolho ter um peso normal, garantir melhor saúde, mais bem-estar, e tudo isto que venho conquistando aos pouquinhos. Não serei eu a me derrubar né...  Esta é uma das chaves da persistência e, consequentemente, do sucesso: Encarar este caminho como algo bonito, suave, repleto de descobertas interessantes, de aprendizados, de ganhos, ou melhor, CONQUISTAS.  Tudo depende de como você vê a coisa.
Não é p/ olhar o Hot-Dog como inimigo, mas como o amigo que vc não precisa ver todos os dias. Pq vê-lo esporadicamente é um prazer, vê-lo sempre dá encrenca. E há outros amigos, bacanas, vamos diversificar! Fazer um esqueminha legal, que envolva coisas gostosas sim, que envolva saídas, lugares diferentes, comidas variadas,sem culpa, só c/ controle! Vale a pena.  Associe o seu processo a LUCRO, GANHO, SUCESSO, ALEGRIA e os hábitos antigos e ruins a RETROCESSO, PROBLEMAS, INSATISFAÇÃO, GORDURA EXCESSIVA, SAÚDE RUIM etc. Afinal  não é mentira nenhuma! Não é teoria, tá? Se pensar assim repetidamente, a idéia entra no sangue e tudo fica mais fácil. 
HOJE:
1) Caminhei cedinho e fiz hidroginástica depois. Valeu.
2) Dia de elogios, acho que a roupa que escolhi ajudou, fiquei até impressionada, em todo lugar que fui ouvi que estava bonita, elegante etc.
3) Alimentação firme e forte, dentro da programação, cardápio lá embaixo.

Sem sacrifício, mas com alegria! Tudo varia conforme o jeito que olhamos, lembrem-se disto! Beijo!



 Escrito por Beth ?s 12h22
[] [envie esta mensagem]


 
  

CARDÁPIO DE QUARTA-FEIRA - 09/03/05

Desjejum (5:45 - antes da caminhada): 200 ml suco natural de laranja
Café da manhã (8:30): 2 bananas pratas + 1 cs queijo cottage
Almoço (12:30): sopa de vegetais + 2 polenguinhos light + ameixas frescas + 1 maçã (era p/ o lanche, mas estava cheirosa e eu comi logo hahah)
Lanche (16h): 1 maçã
Jantar (19:30: sopa de vegetais + 1 bife grelhado + iogurte de ameixa c/ cereais light
Ceia (22:30): 1 pera



 Escrito por Beth ?s 12h01
[] [envie esta mensagem]


 
   NOSSO DIA!!!

Tenho amigas que vivem dizendo que se houver nova chance, querem renascer homens. Eu não. Eu quero, se puder escolher, voltar mulher. Sempre. Permita Deus que eu possa sempre viver esta coisa bonita, digna, importante e sublime que é sentir intensamente sem medo de demonstrar, chorar onde quer que esteja, se desejar - seja por algo incomensurável ou sobre a beleza de um sorriso de criança, uma borboleta colorida, um comercial de TV... Quero menstruar sim, sinal que funciono conforme meu Criador programou, sinal que estou dentro dos requisitos. Quero engravidar sim, gerar no meu ventre um ou qtos seres maravilhosos Deus confiar a mim, quero parir e ajudar a evoluir este lindo ser, quero rir, quero brincar, quero batalhar, quero ser esta força que nós somos, que nós mostramos do jeito mais frágil que conseguimos, afinal tem força maior do que a coragem de parecer frágil, os homens não suportariam se fosse diferente não é? Rs
(imagem a seguir encontrada na Internet - desconheço autor)

Fui dormir pensando na caminhada de hoje. Parecia novidade, véspera de festa.  O relógio tocou às 5h, ninguém se mexeu haha Mas eu estava atenta, é que lembrei que sendo recomeço, precisamos ir c/ calma, iniciar c/ menos tempo e depois aumentar aos poucos, até chegar na nossa média anterior. Então, pudemos levantar 15 min depois. Passado este tempo, perguntei ao marido, animada: "E aí, vamos lá?" E antes dele responder avisei: "Eu estou indo" e pulei da cama. E ele pulou atrás, claro!   Logo nos aprontamos, tomamos um suco e lá fomos nós e nosso cachorrinho! 
Foi ótimo! Um bom alongamento, uma gostosa caminhada que envolveu rampa, escada, fizemos diferente, não fomos à praia mas exploramos parte do nosso condomínio e do quarteirão onde moramos. Ao término, um novo alongamento e a volta p/ casa felizes da vida, contentes de verdade por vencermos a estagnação, o "vamos recomeçar amanhã". O lance é HOJE!
É como comentei c/ meu marido enqto andávamos: "Se não sair no 1º dia, não haverá o segundo". E não é assim mesmo?
Amanhã tem de novo e depois, vou p/ a hidroginástica que é às 7h. Agora sim! Andei me desconhecendo nos últimos tempos, mas já estou me achando!

Agora, mais alguns itens da lista PORQUE PROSSEGUIR que mostrei a vcs há 2 posts atrás, isto me motiva e espero que contribua p/ reanimar quem precisar ok?
19) Pq é estimulante comprar lingerie menor/mais bonita/sexy e o melhor: Soutian - não ter que usar 3 EXTENSORES (pq o peito cabia mas as costas não. Agora, somente p/ 1 determinado soutian (meia-taça - s/alça) eu uso 1 extensor. No mais, nada de extensores.

20) Pq é bom conseguir entrar no quarto de empregada lá de casa, sabiam que anyts eu  me espremia toda p/ passar entre o portal e uma estante, nem preciso dizer como é entulhado o tal cômodo né? hahaha Agora passo - acabou a desculpa de não ir de vez em qdo dar uma ajeitada
21) Pq voltar a olhar minha sombra no chão e não ficar horrorizada c/ o tamanho e a forma, principalmente c/ a diferença entre minha sombra e a de outra pessoa ao meu lado. Nunca disse a vcs, mas a sombra era pior que o espelho...

22) Pq é gratificante voltar a cruzar as pernas "do jeito feminino". Inclusive em poltrona do cinema, do ônibus, cadeira do metrô etc.
23) Pq é bom demais passar, sem aperto, no caixa do supermercado (antes, em alguns supermercados, eu me espremia e ainda empurrava a moça do caixa ao lado...) - o carrinho passava e eu não!!!

24) Sabiam que eu e meu marido não podíamos sentar juntos em poltronas de ônibus que tivessem braço? Só dávamos nas sem braço! Uma vez eu sentei e ele, p/ se acomodar do meu lado, teve que fazer força, se encaixou e quase não saímos mais de lá... uma cena hilária p/ quem estava assistindo - eu VI um cara quase morrer p/ segurar o riso, foi ficando roxo...mas segurou, coitado! Isto acabou!
25) Parei de quebrar cadeiras de praia, uma atrás da outra! Agora, qdo quebra, é pq é vagabunda mesmo ou está velha haha
26) Esta tb já contei, mas antes não podia abrir a bandeja p/ refeições no avião, usava a do vizinho (qdo conhecia) ou segurava tudo na mão. Agora abro, acomodo o lanche, na boa!
27) E tem aquela do degrau da escada da piscina... já contei...
28) O elevador "quase" cheio, dá ainda uma pessoa, o ascensorista me chama. Antes ele esticava a mãozinha indicando: chega! É que não dava. Eu era maior que uma pessoa. Eita...

29) Conseguir dar uma "corridinha básica" (porém leve hem...) p/ pegar a condução, atravessar a rua etc...é bom (e conveniente!).
E o melhor de tudo: ter um monte de coisas p/ listar, a ponto de até esquecer. Mas aos pouquinhos vou lembrando e listando mais coisas, graças a Deus no dia-a-dia sempre tenho constatado avanços que são importantes, por mais simples que sejam, representam algo que eu passei a poder fazer ou, no mínimo, fazer melhor.  Mas há muita coisa que ainda quero testar. Por exemplo:  andar de pedalinho na Lagoa sem medo, adorava fazer isto mas depois fiquei cismada de que ele ia virar comigo pelo peso, andar naqueles triciclos tb na Lagoa, tipo charrete mas com pedal, voltar a andar de bicicleta... 

A alimentação continua conforme planejei. Uma exceção, fui ao cinema hoje e pesquei umas pipoquinhas do marido. Mas só. E sem excesso. No mais, sopinha, frutas, sucos, chá, água. E satisfação. Lembro novamente que isto é um tratamento de choque, só p/ intimidar meu metabolismo, logo estarei cumprindo direitinho as chaves dos pontos ativos, eu faço VP e é nele que vou continuar, esta apertada que estou dando é p/ 'tremer as bases'. Já já estarei com um cardápio mais equilibrado.

Coisa linda, ganhei do maridão uma calça comprida grafite chiquérrima, presente do Dia Int. da Mulher. E chegando em casa, outra surpresa: um arranjo maravilhoso de Lírios - aqueles cor laranja. Amei. Beijos meu amor, obrigada, amo você!


Bom, fico por aqui, senão não paro mais, estou com vontade de escrever muiiiito
.

Um beijinho. Fiquem com Deus.

Obs.: Pri, não sou autora dos gifs, recebo das amigas (Lana, Diana, Claudinha) e pesco na Internet.



 Escrito por Beth ?s 08h02
[] [envie esta mensagem]


 
  

Cardápio de 3a feira (08/03/05):

Desjejum (5:25 - antes da caminhada): 200 ml suco natural laranja
Café da manhã (7:25): 300 ml suco light de goiaba + 1 fatia requeijão catupiry
Lanche (9:40): chá verde + 1 banana prata
Almoço (12:30): sopa de vegetais + uvas
Lanche (16h): chá verde + 1 banana prata
Lanche2(20:10) : coca light + algumas pipocas
Ceia (22:30): ameixas frescas



 Escrito por Beth ?s 07h49
[] [envie esta mensagem]


 
   A REAÇÃO

Então chegou a segundona, que preguiça de levantar, meu Deus, eu agarrei o travesseiro, que me agarrou de volta, nem meu marido enchendo de beijinhos nem meu cachorrinho fazendo festa me convenciam a despertar. Mas tudo bem, eu me rendi. Começar de novo...
Eu esqueci de lhes contar, mas não me pesei oficialmente semana passsada. Não foi rebeldia, me enrolei c/  trabalho, à noite tinha compromisso, no sábado de manhã fiquei presa devido a um serviço que seria feito em minha casa, então não fui. Mas pesei em casa, deu empate. Ainda nos 99 kg.  Vocês tem acompanhado esta minha avaliação e sabem que eu vou em frente haja o que houver. E é isto que estou fazendo.

Li em algum lugar que a diferença entre o sucesso e o fracasso não é qtas vezes vc foi derrubado e sim a velocidade c/ que se levanta.
Eu concordo. O tempo que levamos nos lastimando representa atraso.
Se tratamos de avaliar a questão, identificar o que podemos fazer p/ mudar a situação, como agir e partir p/ a ação, usaremos este tempo produtivamente e a nosso favor.
O negócio é ter foco, saber p/ onde quer chegar e ir, para a frente, claro!
Conforme planejei, comecei a cumprir um esquema que montei p/ esta semana, pegando bem firme e c/ total controle meu processo, fazendo um cardápio muito rígido, embora não apoie radicalismos, vou dar uma puxadinha estes dias.   Acontece que eu preciso dar um sustinho no meu organismo, no metabolismo...
O que ocorre? Ele pensa que eu estou em manutenção. O comportamento seria até bacaninha, mas se eu já estivesse no peso definido como meta. Oxalá, qdo chegar lá, ele se comporte assim e eu tenha esta facilidade toda em ficar no peso hehe
Então esta semana irei mostrar a ele quem manda em quem. Preparei uma sopa especial, à base de vegetais, bem nutritiva. E a danada ficou gostosa, pois botei muita cebola, caldinho de carne 0% de gordura, alho, orégano...e bati tudo no liquidificador, bem batido, pq eu detesto boa parte dos vegetais que usei e assim, tudo batidinho, eu tomo c/ prazer, fica boa mesmo!
Esta semana não comerei pão, batata, biscoito, nada doce, mesmo não havendo proibição no VP, a idéia é realmente ‘fazer diferente’ por uns dias p/ o corpo se tocar de que ainda não chegou a hora dele se manter,  muito ao contrário, temos que trabalhar em dobro.
Ficarei na base da sopa, frutas,  um grelhadinho em uma das refeições, um iogurte ou queijo ou leite p/ não ficar carente em cálcio.  Muita água como sempre, chás e ativ. física. O grande e principal detalhe: Não imaginam como estou FELIZ  por estar fazendo isto, por estar impulsionando esta reação. Como um vulcão que volta a se manifestar. Só de constatar que saí do planejamento p/ a ação efetiva, já me sinto outra. Uma animação danada, uma confiança imensa, já me olhei no espelho várias vezes hoje e notei que meu olhar já é de mais respeito, de mais satisfação, eu me olho e digo a mim mesma, com o olhar:  É isso aí, mulher, esta é você!

O massoterapeuta hoje caprichou na drenagem e na massagem anti-stress e aproveitou p/trabalhar alguns pontos da obesidade, então temos ajuda extra! Ele é um grande incentivador meu, tb aprovou esta minha atitude “de virada”.  Aliás, como ele mesmo disse, “a hora é essa!”.

Me emocionei muito c/ os comentários que vcs fizeram  no post anterior. Eu me comovo qdo sinto que através do que vivencio chego mais perto de cada um de vcs e das suas próprias vivências, isto nos aproxima ainda mais, é qdo sinto as mãozinhas ainda mais apertadas e tenho a certeza de que, mais do que nunca, estamos juntos nesta estrada, nos ajudando, apoiando carinhosamente e caminhando, cada um no seu passo, mas sempre caminhando.
E falando em caminhar, amanhã (3a feira) eu e meu amor recomeçamos a andar no finzinho da madrugada.  Ele já teve alta médica p/ o joelho há quase 1 mês, mas a gente bobeou, retardou isto, porém agora vamos mesmo voltar, que bom, adoramos esta caminhada e ela nos faz tão bem! Já separei tênis, meias, bermuda, camiseta etc., 5h da manhã vai tocar o despertador, vou resmungar alguma coisa, agarrar o travesseiro mas vou tomar coragem, levantar e sair! EBA!

Então é isso pessoal, vim contar a vcs que estou ‘nas paradas’, firme e forte, muito consciente, não espero que esta puxada da semana já dê resultado imediato, mas servindo p/ ‘acordar’ meu organismo já está muito bom.
E lembrem-se, no dia 19 tem o reencontro, lá embaixo o convite, vamos prestigiar galera do RJ, vamos abraçar a amiga Lu Coelho, vamos nos abraçar, vamos curtir esta coisa boa que é estarmos vivos, juntos, felizes  e caminhando para mais felicidade ainda!
Beijocas e mais uma vez, obrigada pela doce companhia que me fazem! (já viram que tem gente nova na blogsfera? novos links===>)



 Escrito por Beth ?s 12h17
[] [envie esta mensagem]


 
  

Cardápio de 2a feira (07/03/05):

Café da manhã (7h): suco de laranja
Lanche (10:30): 2 ameixas frescas 
Almoço (12:40): sopa de vegetais + 1 pera + 1 maçã
Lanche: 1 copo de mate diet
Jantar: Sopa de vegetais + 1 cs requeijão light + 1 manga
Ceia: Gelatina sabor pêssego



 Escrito por Beth ?s 15h47
[] [envie esta mensagem]


 
   PROSSEGUIR? POR QUE?

Para esta interrogação, as respostas são simples:
1) Pq eu já provei a mim mesma que sou capaz, já emagreci 40 kg, sem remédios, sem radicalismo, só c/ reed. alimentar e ativ. física;
2) O VP foi minha luz e ótima orientação neste caminho e é através dele que estou chegando aos poucos onde quero. Confio totalmente no programa e é nele que quero e vou continuar;
3) Pq acredito no que estou fazendo, cada dia mais eu constato mais o equilíbrio, saúde, bem-estar, alegria envolvidos nisto;
4) Pq hoje me olho não desvio mais meu olhar do espelho, me olho c/ atenção e carinho, vendo o que ainda precisa melhorar mas o tanto que já progredi, não me olho mais c/receio do que verei, SEI que vou gostar do que vou ver;
5) Pq parar na metade do caminho, qdo já consegui tanto, é burrice e burra, eu não sou mesmo! rs
6) Pq é indiscritível a alegria de participar, depois de muitos anos, das liquidações (no Rio está rolando a Febre de Shoppings) e comprar roupas a ótimos preços, antes só aproveitava comprando coisa p/outros, ou sapato, mas roupa? Só agora! E é uma DELÍCIA!

7) Pq é bom demais escolher a roupa que comprarei e não comprar aquilo que me cabe, mesmo que não seja o que eu imaginei comprar! Agora eu escolho e não sou escolhida pela roupa!
8) E mais: é muito bom comprar 3 blusinhas pelo valor que antes era o da 1a parcela de apenas uma, pois as peças das lojas especializadas em tamanhos especiais são muito mais caras!

9) Pq é fabuloso perceber (notei anteontem) que já não preciso desesperadamente de corrimão p/ descer escadas, antes o barrigão tapava a visão e dava insegurança, não via o degrau seguinte, hoje consigo, seguro se quiser ou se a escada for esquisita, não por impossibilidade minha!
10) Pq é ótimo não ter que pedir 'um outro tipo de cadeira' qdo vou a barzinhos externos, em que mesas e cadeiras são de plástico. Antes vivia quebrando cadeiras e indo parar no chão ou sentava e ficava dura, imóvel, tensa, equilibrando nas próprias pernas, tentando evitar outro mico!
11) Pq está sendo maravilhoso usar de novo saltos altos, sapatos mais finos, não ter que usá-los só em ocasiões em que eu sabia que ia ficar mais sentada do que em pé, pq o peso não deixava eu usar, cansava, doía ou não me equilibrava. Comprei uns tão lindos...
12) Pq os elogios que recebo cada dia mais são muito bons de ouvir, estimulantes, ainda mais qdo vêm de gente que não tem muito contato e nem sabe o que estou fazendo!
13) Pq andar rápido na rua e não ficar c/ um palmo de língua p/ fora é tão bom!
14) Pq é ótimo subir c/ facilidade no ônibus e passar pela roleta, sem medo de entalar, me sentindo uma pessoa normal (antes, ou não entrava no ônibus eu entrava pela porta de saída, por onde passam idosos, gestantes, portadores de deficiência...)
15) Pq não viver c/ medo da pressão estar alta o tempo todo é realmente um alívio (ok, estarei sempre de olho, mas já é bem diferente);
16) Pq fazer 1 hora de hidroginástica 'pauleira', na boa, me sentindo bem-disposta e cada dia c/melhor condicionamento físico é uma sensação gostosa.
17) Pq é muito interessante olhar dois carros estacionados lado a lado e saber que vou passar entre eles sem medo de engatar no retrovisor de um dos dois ou que vou ter que dar a volta pq só na hora vi que não passo... Eu passo!

18) Pq eu me amo, me quero bem, quero fazer o melhor por mim, eu MEREÇO ISTO!
19...20...100... E tantos outros motivos, são tantos...

Nesta fase de reavaliação em que me encontro, visando dar o devido ajuste ao meu processo, várias coisas passaram pela minha cabeça nos últimos dias. E muitas vieram assim, "do nada", ou seja, pela constatação pura e simples dos avanços, coisas que eu já observei e comentei c/ vcs a tempos, outras que eu fui notando agora.
Coisas do tipo: Ih, eu  já passo aqui! Ih, eu entro ali! hahaha

Como a história da escada. Na 6a feira, c/ as mãos ocupadas, desci uma certa escadaria notando que mais uma mudança ocorrera. Eu já não precisava do corrimão, a não ser por precaução, desço c/tranquilidade uma escada comum, o que antes era impossível. Uma sensação muito boa me tomou, caminhei até o shopping onde tinha manicure marcada avaliando esta e outras coisas.
Após fazer a unha, fui na Renner e saí de lá c/ 3 blusas lindinhas e baratas, na fila eu pensava: É, finalmente estou aproveitando a liquidação c/ roupa p/mim... Novamente a sensação gostosa.
Sábado fui ao show da Ma. Bethania no Canecão, estreando uma das blusas e tb um lindo sapato fino, alto, me sentindo "a tal". E usando um relógio que tenho há 17 anos, mas que não usava há tempos, a corrêa, de correntes finas, apertava tanto meu pulso que dava dormência, prendia a circulação, doía, um horror. Agora ele fica direitinho, é lindo, adorei poder usá-lo de novo. E assim, são tantas coisas, algumas que só depois de algum tempo eu percebo que, já há meses, eu faço diferente, é gostoso demais.
Vale a pena sim.

Desanimar é jogar isto tudo no lixo, tem cabimento?
Tomei uma série de decisões importantes, p/ esta semana (e naturalmente, as seguintes), naturalmente todas voltadas p/ uma atenção redobrada, um controle bem firme de tudo, p/ sair da mesmice, do peso que fica meio que estagnado, afinal tenho ainda um caminho longo pela frente e sei que tenho total capacidade de percorrê-lo c/ a mesma alegria e bons resultados que percorri a 1a etapa. E fazer esta pequena lista foi essencial, se fosse escrever todos os ganhos não haveria espaço p/o post.
E sugiro que todos façam isto. Sentem-se às vezes cansados, tendem ao desânimo? Parem e pensem! Façam a lista dos ganhos em prosseguir! E se quiserem, façam a lista das perdas se desistirem. Verão que vale muito mais a pena ir em frente. Eu vou, cada vez mais estou convencida disto.
Nunca é tarde, nunca demais p/ interrogarmos a nós mesmos, mas principalmente, de depois trocarmos as interrogações por uma grande e forte EXCLAMAÇÃO, a seguinte: VOU EM FRENTE!

 ATENÇÃO BLOGUEIRAS LIGHT RJ, VEM AÍ O 3º ENCONTRO! NIVER DE LU COELHO, OLHA O CONVITE AÍ!!!



 Escrito por Beth ?s 18h10
[] [envie esta mensagem]


 
  

Era uma vez um grande violinista chamado Paganini. Alguns diziam que ele era muito estranho. Outros, que era sobrenatural. As notas mágicas que saíam de seu violino tinham um som diferente, por isso ninguém queria perder a oportunidade de ver seu espetáculo.
Numa certa noite, o palco de um auditório repleto de admiradores estava preparado p/ recebê-lo. A orquestra entrou e foi aplaudida. O maestro foi ovacionado. Mas qdo a figura de Paganini surgiu, triunfante, o público delirou. Paganini coloca seu violino no ombro e o que se assiste a seguir é indescritível. Breves e semibreves, fusas e semifusas, colcheias e semicolcheias parecem ter asas e voar c/ o toque daqueles dedos encantados.
De repente, um som estranho interrompe o devaneio da platéia. Uma das cordas do violino de Paganini arrebenta. O maestro parou. A orquestra parou. O público parou.
Mas Paganini não parou.
Olhando p/ sua partitura, ele continua a tirar sons deliciosos de um violino c/ problemas. O maestro e a orquestra, empolgados, voltam a tocar.
Mal o público se acalmou qdo, de repente, um outro som perturbador derruba a atenção dos assistentes. Uma outra corda do violino de Paganini se rompe. O maestro parou de novo. A orquestra parou de novo. Paganini não parou.
Como se nada tivesse acontecido, ele esqueceu as dificuldades e avançou, tirando sons do impossível. O maestro e a orquestra, impressionados voltam a tocar. Mas o público não poderia imaginar o que iria acontecer a seguir.
Todas as pessoas, pasmas, gritaram OOHHH! Que ecoou pela abobadilhada daquele auditório. Uma terceira corda do violino de Paganini se quebra.
O maestro pára.
A orquestra pára. A respiração do público pára. Mas Paganini não pára.
Como se fosse um contorcionista musical, ele tira todos os sons da única corda que sobrara daquele violino destruído. Nenhuma nota foi esquecida. O maestro empolgado se anima. A orquestra se motiva. O público parte do silêncio para a euforia, da inércia para o delírio. Paganini atinge a glória.
Seu nome corre através do tempo. Ele não é apenas um violinista genial. É o símbolo do profissional que continua diante do impossível.

E nós? Como agimos qdo nossa “corda” arrebenta?
Sentamos, nos maldizemos, choramos, xingamos e desistimos? Ou continuamos, como Paganini?
No nosso processo, cometemos deslizes que provocam (ou não) algum estrago nos nossos resultados, retardam nosso emagrecimento, o que fazemos? Nos sentimos péssimos, incapazes, derrotados? Ou prosseguimos, desafiados ainda mais em conseguirmos fazer o melhor POSSÍVEL, superar a dificuldade, o transtorno temporário e ter esta maravilhosa sensação de vitória apesar de tudo e todos?
Nosso maior inimigo em tudo que nos propomos fazer somos nós mesmos, dependendo de como encaramos a história toda! Nosso maior aliado somos nós mesmos tb, qdo nos decidimos a ESCOLHER transpor barreiras, enfrentar tudo c/fé, auto-confiança, determinação, paciência, alegria! Nós escolhemos se vamos ser nossos amigos ou inimigos. Se vamos persistir e vencer ou se vamos recuar, acomodar e ficar vendo o bonde passar sem ir junto! Paganini não parou, pq confiou em si mesmo, sabia do seu potencial e sua persistência reanimou a todos que se renderam àquela força incrível, de vontade acima de tudo. Nós não vamos parar. Porque nós temos um objetivo, temos uma vontade forte e se a alimentarmos sempre, ela ficará cada dia mais poderosa e uma vontade poderosa, ninguém derruba minha gente!
Este é um desafio que eu imponho a mim e a todos vocês, companheiros de jornada: vamos persistir. Seja qual for o problema ou dificuldade, seja qual for o resultado da semana, temos uma meta, vamos atingi-la, depende de nós. Paganini não parou porque era bom. Nós não vamos parar pq somos também capazes de prosseguir, dar a volta por cima, superar!
Alguém duvida? Eu não! Eu quero ser Beth "Paganini"! Eu SOU Beth "Paganini"! Vamos lá, repitam isto a si mesmos, encarem-se assim e SERÃO assim! E vencerão!

Um lindo final de semana para todos, repleto de alegria e, sobretudo, de auto-confiança e PERSEVERANÇA.
Beijos perseverantes!



 Escrito por Beth ?s 10h14
[] [envie esta mensagem]


 
  

Hoje acordei mau-humorada. Pudera, fui dormir mau-humorada. Deixa explicar: eu sou bem-humorada naturalmente, estar sorrindo é o meu normal, a menos que algo realmente me tire do sério, ou que esteja acumulando insatisfação em algum item da vida, em qquer segmento. Mas não sou de acumular problema, sou de resolver...E estou saindo aos poucos de uma fase complicada, uma turbulência que não se dissipou totalmente, o vôo já está mais calmo, mas ainda temos sacudidas, reflexos, enfim...cintos ainda afivelados!

Ao me vestir p/ trabalhar, olhei o tempo lá fora e pensei: o que vou vestir? Olhei p/ o armário, queria algo alegre, simples, que contrastasse c/ o cinza deste dia chuvoso. Resolvi usar algo informal, um jeans e estrear uma camisa de manga ¾ amarela, que comprei há 2 meses e, na ocasião, fechava c/dificuldade, hoje ficou ótima. Estreei tb um sapato que ganhei do meu marido ano passado e não tinha usado por ser p/tempo mais frio. Aneis, brinquinho, batonzinho e pronto, estava do jeito que queria. É impressionante como uma roupinha básica mas alegre nos faz sentir melhor. Ao entrar no elevador, me observei atentamente no espelho e gostei muito do que vi. Falei p/ o meu filho, que estava comigo: “Fala sério, sua mãe não está muito gatinha? Fala, vai... confessa... admite..”.  E o “chatolino”, só p/ não dar o braço a torcer, respondeu: “É, mas fecha este botão”. Hahaha É que eu ADORO um decote e, no caso de blusas abotoadas, é costume deixar os primeiros botõezinhos ‘descuidadamente’ abertos, aquela coisa insinuada, não mostra nada mas finge que vai mostrar, sabem como é? E o filho implica, diz que eu sou abusada. Ah, sou mesmo. 
 

Bom, eu não ando me comportando bem. Ri muito qdo a Sô se referiu a mim como “puritana”, é ruim hem...
Longe disso, muito longe haha Eu procuro sim, agir coerentemente com tudo que acredito, que sei que funciona, que gosto e que, praticando, aprendi que me leva ao meu objetivo. Mas não é sempre que a coisa flui assim, de jeito tão macio...rs
Esta semana eu estou me auto-sabotando, coisa que eu realmente abomino e me deixa super irritada.
Não falo dos deslizes bobos, que todos cometemos mas sim daquilo que eu percebo que vou fazer um segundo antes e, ainda assim, totalmente consciente, faço. Como se dissesse a mim mesma: estou fazendo m..., estou plantando m...., vou colher m.... e continuo!
Por que isso? Ah, não sei. Ou será que sei? Estou avaliando.
Desde que cheguei à metade do caminho, pouco evoluí, pelo menos no peso. Eu me sinto dando um passo p/ a frente, outro p/ tras ou, pelo menos, girando em torno dos calcanhares, mas sem sair daquele trechinho. Então, ciente disto, resolvi dar uma empurradinha, fazer uma semana mais radical (sem exageros, sabem que sou contra maluquices), algo simples, eficaz, seguro, dar o dobro da atenção. Fiz isso? Não. Não fiz e fiquei com raiva de não fazer.

Não, não estou comendo muito, estou é planejando uma coisa e fazendo outra, descumprindo sistematicamente algumas programações que são chaves de sucesso. Uma espécie de "CHUTAR O BALDE FINGINDO QUE NÃO ESTÁ CHUTANDO E SEM QUERER CHUTAR" entendem?

O fato é que amanhã é dia de VP e eu estou totalmente insegura, aliás estou segura até demais, de que não terei um bom resultado. O que incomoda não é o resultado em si. É a consciência de que mesmo com a faca e o queijo na mão, eu me permiti algo que não posso me dar direito, que é eu mesma ser o agente da minha estagnação, embora temporária, não tem cabimento eu andar na minha própria contramão.

Estou sendo severa sim, comigo mesma, alguém tem que ser e se eu própria não olhar c/ olhos de ver, quem o fará melhor? Cabe a mim alargar este passo, ou pelo menos mantê-lo curto, porém constante, sempre para a frente. Cabe a mim dar continuidade a este processo que até agora só me trouxe alegria, gratificação, bem-estar, mais saúde, tantas coisas positivas, tantas conquistas intermediárias e quero mais, quero muito mais. E sei que posso. 
 

Se eu quero, sei que posso, então qual é a minha? A minha é continuar, em frente, pegar estas rédeas com mãos mais firmes, estou segurando-as o tempo todo, mas afrouxando, me fazendo de boba, esta não sou eu, então estou tratando de acordar, andei cochilando, mas já estou jogando um balde de água fria em mim mesma, aquele que a gente dá gritinho, pula, sacode todo e arregala o olho, vê que um novo dia já começou e que a hora é essa, partir para a ação.

Espero que seja a última vez que venho com este nhem nhem nhem. Se eu voltar com isso, por favor, joguem tomates, cebolas, o que quiserem em cima tá? Ah, mas por favor, joguem coisas que não engordem, vamos colaborar né...

Beijos!



 Escrito por Beth ?s 09h34
[] [envie esta mensagem]


 
  

Pois é, a gente vive entre a cruz e a caldeirinha, que coisa!

 Ontem eu ia jantar sopa de legumes. Estava tudo certinho, combinado  (eu combinei comigo mesma). Cheguei em casa, um calor medonho, quem é do RJ sabe o qto está abafado aqui, meu ap parecia uma estufa. Meu marido havia fervido a sopa p/ mim um pouco antes, mas qdo cheguei ela ainda estava quentíssima. Não tive coragem. Guardei e fui comer uma saladinha de macarrão,parece muito mas era levinha, nada muito calórico, porém bem distante do zero pto da tal sopinha. Culpa? Não! Foi bom senso. A idéia era me alimentar e não fazer sauna...rs 

Hoje, então, levei a sopa p/ o trabalho, seria meu almoço e de sobremesa, uma pera. A sopa ficou ali, na minha frente, na bolsinha térmica que comprei especialmente p/ estas coisas. Pouco antes, a notícia: aniversário de 2 colegas, almoço na churrascaria rodízio. Pensei em não ir. Tomaria minha sopa, deliciosa, zero ptos, cheia de tomate, cebola, repolho, berinjela, nabo... E eu pensava assim: Imagine só, trocar esta delícia por um churrasco e todos aqueles acompanhamentos todos, cebolinha empanada, batatas fritas, pastéis de catupiry, saladas diversas, uma infinidade de coisas coloridas, cheirosas...hem? Hahaaha

Acontece que a idéia não é me privar da vida social, das coisas boas, mas sim ter controle. Eu realmente tinha planejado fazer diferente hoje, inclusive pelo meu planejamento, ficaria abaixo (indevidamente) da faixa diária. Mas achei melhor fazer o que ia me dar uma alegria especial, confraternizar com gente boa com quem convivo no dia-a-dia, nesta loucura que é nossa rotina de trabalho. Compartilhamos tanta confusão, stress, pressão, problemas, alegrias, gratificações, reconhecimentos e não recohecimentos, porque não compartilhar a felicidade de um dia especial, o aniversário?

Então o que aconteceu? Lá fui eu p/ a churrascaria! Não sou do tipo que se entope de carnes, mas fui pela farra, pela cebolinha, pelo evento em si, obviamente comeria mais do que estava previsto, mas sem abusar demais, mas zero ponto, nem pensar hahaha  Acabei comendo mais do que o meu normal, sempre fui do tipo que dou prejuízo a mim mesma na churrascaria, mesmo antes de começar a reed. alimentar, hoje deu a doida, comi muito, não peguei outros pratos quentes, guarnição só comi uns (!!!) pasteis de catupiry e anéis de cebola, mas comi mais carne que o normal e pior, sempre - há anos, tiro a gordura da carne e hoje não é que cismei de comer picanha c/ gordura? O que deu em mim gente do céu? Creeeeeeedo!!! Felizmente resisti bravamente, não quis saber da banana com açúcar e canela, mas confesso, é que não cabia! hahaah
 

A sensação de ter comido o boi inteiro, rindo de mim depois, a tarde toda, com esta bolsinha térmica me lembrando o tempo todo que a sopa esperou de novo. Mas satisfeita. Culpa? Não. Remorso? Não. Consciência de que agora é preciso ficar esperta em dobro esta semana? Total. E mais: resolvi que na 6a feira vou me pesar de um jeito especial, que não vai dar chance àD. Filizola. Duvido que ela consiga perceber que eu furei meu planejamento, vejam só como vou me pesar:

 

Pois é! Tem hora que a gente precisa mesmo apelar hahahaha
Tchau
meus amores, amanhã eu volto, agora vou lá tomar chá de boldo c/ chá verde c/ erva cidreira p/ desentupir hahahahahahah!

Beijos quentinhos!!!

P.S.: Falei hoje com Sissi (http://sissiaguiar.blog.uol.com.br/) linkada aí ao lado, ela fez gastroplastia em janeiro, sumiu da blogsfera mas felizmente já deu notícias, está bem e a novidade: gravidinha! Quem costumava visitá-la, acho bacana ir lá deixar uma msg para qdo ela puder voltar a blogar, vai gostar de encontrar um carinho não acham?

 



 Escrito por Beth ?s 07h39
[] [envie esta mensagem]


 
     

CARDÁPIO DE TERÇA-FEIRA (01/03/2005)

Café da manhã (7h): suco natural polpa 1 maracujá (0) + pão árabe (2) + cottage (1) + frios (3) = 5
Almoço (12:30): Salada de folhas e tomate (0) + 1/2 porção kani (0,5) + pasteis de catupiry (6) + aneis de cebola (6) + churrasco (200) = dois milhões de pontos hahahahahaha
Jantar (20h): chá
Ceia (22:30): chá

TOTAL PT:  UM MONTÃO...   === MINHA FAIXA VP: 24 A 30 === PTS POUPADOS NO DIA : 0
PTS POUP. ACUM. DESDE 19/02: zerei isto hoje!!!===   PTS EXTRAS: 0 === PTX EXTRAS UTILIZADOS HOJE: 0

 

CARDÁPIO DE SEGUNDA-FEIRA (28/02/2005)

Café da manhã (6:45): 1/2 copo leite desn. (1) batido c/ 2 cs abacate (0,5) + pão light de iogurte (1) + cottage (0,5) + mortadela (3) = 6
Almoço (12:50): Salada de folhas variadas (0) + cebola, alho-poró, tomate seco (0) + vinagre balsâmico (0) + molho light (1) + 3 azeitonas picadas (0,5) + peito de frango em pedaços (3) + queijo duro picado (3) + 1 cs bacon picado (1) + queijo ralado (2) + torradas (2) + coca light (0) = 12,5
Lanche (17h): 1 cs passas (0,5) + biscoito cream crackers (2) = 3
Jantar (20h): salada de massa (6) + suco da polpa de 1 maracujá (0) + abacaxi (0,5) = 6,5
TOTAL PT:  27,5 === MINHA FAIXA VP: 24 A 30 === PTS POUPADOS NO DIA : 2,5
PTS POUP. ACUM. DESDE 19/02: 22,5 ===   PTS EXTRAS: 0 === PTX EXTRAS UTILIZADOS HOJE: 0




 Escrito por Beth ?s 06h40
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!