Conquista

UOL
   OBA! OBA! OBA!

E VEM AÍ MAIS UM ENCONTRO CARIOCA!  DELÍCIA, DELÍCIA, DELÍCIA!
EU VOUUUUU!!!!  VOCÊ VAI, NÃO É?  DIZ QUE SIM! DIZ QUE SIM! DIZ QUE SIM!!!!!!!!
SE VC VAI PELA 1ª VEZ, NÃO SE ACANHE, SERÁ RECEBIDO C/ MUITO CARINHO! PODE LEVAR MARIDO, NAMORADO, CACHO, FILHOS, PAIS, AMIGOS, PARENTES! 
ENVIE E-MAIL P/ MIM OU P/ A MARSELE P/ RECEBER TB POR E-MAIL O ENDEREÇO!
LEVE ALGO DE BEBER/COMER, POIS NOSSO LANCHINHO É TUDO DE BOM TB!

Minha semana foi boa, graças a Deus. Trabalhei bastante, sem grande stress de novo, uiii que vou ficar mal acostumada! rs

Na 3a feira fui ao endocrinologista que me dá suporte desde o platô do 1º sem/05. Falamos desta reta final do processo, que parece interminável e sobre o qto eu, mesmo 'macaca velha', me fragilizo às vezes (como foi na semana passada). Afinal, como sempre digo a vcs, sou 'normalzinha da Silva', tenho tb minhas ansiedades e embora administre relativamente bem boa parte, há momentos em que preciso tb levar minha sacodida, ouvir aquilo que sei tão bem mas que às vezes 'esqueço'...rs
Gente, este aí é a cara dele!
O papo foi ótimo, esclarecedor, ele me tranquilizou, explicou algo que eu sei mas precisava novamente ouvir: nesta fase em que eu percorri 90% do caminho a paciência e precisa ser ainda maior do que qdo iniciei há 3 anos atrás. Meu limiar é baixíssimo hoje em dia, o organismo se agarra mesmo a tudo, a gordurinha final está sendo defendida aguerridamente mas c/ serenidade e persistência e, principalmente atitudes corretas, ela sairá sim.
Reforçou o que já havia me dito há 2 meses e não sei se já lhes contei: Dos kgs que faltam p/ chegar à meta de 77kg, somente 5 ou 6kg eu eliminarei sozinha c/ a reeducação, ativ. física etc. O restante já é gordura NÃO METABOLIZÁVEL, uma espécie de "gordura morta" que está grudadinha há mais de 20 anos comigo, enraizou e só sairá qdo eu fizer a plástica. Não nego que é muito bom saber que no que depende de mim faltam menos kg ainda, então motivação a mais na área não é?

Não fui ao VP hoje! AMARELEI, sim! rs Imaginem, logo a Beth que vive dizendo que não pode fugir da balança... E não pode mesmo! No meu caso, foi uma amarelada consentida. O médico me sugeriu dar um tempinho, deixar uns dias a questão do peso de lado (não é deixar o controle e sim a preocupação c/ o peso), fazer minha parte sem gerar ansiedade sobre as 'justiças / injustiças' da balança.

Estou marcando tb o ginecologista, já é hora do periódico e tb de avaliar como vão meus hormônios, prestes a fazer 50 aninhos de juventude e alegria e tb pq agora estou praticamente passando direto da fase de ovulação (que me altera bastante) p/a TPM, assim não dá, assim não dá rsss
E não me venham com a história de que 'quero nascer de novo sendo homem', quero vir mulher, mulheríssima, eu hem... não abro mão...rs  Mas vamos combinar, Papai do Céu, venho sem tendência a engordar, certo? Valeu!

Não direi que caprichei tanto assim na semana, p/ ser sincera eu podia ter feito bem melhor. Na 4ª feira almoço no Galeria Gourmet, de despedida de uma amiga que saiu da nossa empresa. Não abusei tanto, mas podia ter feito melhores escolhas. Olho grande é fogo.

Na 5ª à noite, churrasco de confraternização da nossa área, uma delícia rever pessoas que já saíram de lá. Tudo regado a carninha, linguicinha e queijinho coalho, não comi um boi, mas podia ter recusado 30% do que comi, sem dúvida.

Na 6ª à noite, festa junina da empresa. Não sou muito fanática por comidas típicas, ainda bem. Não comi tantas coisas, mas os 2 salsichões sozinhos já ultrapassaram meus pts todos do dia, que absurdo..rs Aí juntou a cocadinha, o churro...

Sábado lindo e ensolarado, em vez de ir à praia fui bater perna no comércio. Entrei numa loja de roupas e me interessei por uma blusinha que estava dobrada, na vitrine. Perguntei à vendedora se era sem manga ou de mg comprida e ela, 'enfática demais pro meu gosto' respondeu: "É de manga curtinha e só tem tamanho único". Pouco me lixo de só ter tam. único até pq dependendo da confecção, eu consigo usar. Não gostei foi do tom de voz dela e resolvi que ela ia pagar por isso. Olhei c/ muita naturalidade e disse: 'ah é? então por favor me traga as que tiverem na loja p/a eu ver.' E ela teve que ir lá dentro trazer as cores e estampas p/mim. Olhei, olhei, olhei e c/a carinha de pau que Deus me deu e eu cultivo carinhosamente, falei: "Obrigada, querida, mas não gostei de nada". E saí da loja feliz da vida e ela teve que ir guardar de novo tudo.
'Vá-te à merda', pensei. Eu não sou do tipo que se abate, mas tenho muitas amigas que se estivessem no meu lugar sairiam da loja arrasadas, sentindo-se por baixo. E p/ vingar as amiguinhas, fiz a mocinha trabalhar....rs
 Depois fui p/ outros lugares com o Vi e acabei na Líder, onde comprei um jeans muito lindo e uma blusinha fofa. Detalhe: Nada mais de T-Plus, eu estou comprando na parte normal, mesmo que eu goste de algo que seja T-Plus e mesmo que esteja em liquidação etc., não compro. Não permito que meu cérebro ouse pensar que voltei a usar tam. especial.  É de 48 p/ baixo, é de G p/ baixo. Tamanho GG nem que custe 1,99 não adianta, eu não compro.

Almoçamos num restaurante aonde eu não ia há anos e abortamos os planos seguintes pq meu filho avisou por telefone que estava c/ febre e a mamãe aqui tratou de vir correndo lamber a cria. Não tem essa de já ser adulto, 'tá dodói' mamãe chega junto.

Esta noite eu e o Vi devemos ir a um luau na praia do Leme, será a celebração do casamento de um amigo meu e quero muito ir. Mas só iremos ao nos certificarmos de que o filhão estará bem. Como é bem perto de casa, é fácil ir e qquer coisa voltar logo, em 5 min estarei aqui, se preciso for.

Tb tem festa junina no condomínio onde moramos, o Vi de olho comprido para as barraquinhas de quitutes que estão bem em frente ao nosso bloco hahaha ô homem guloso este, meu Deus! haha
Tenham uma ótima semana. Entrem c/ o pé direito. Assumam o compromisso de fazerem o melhor possível. Não se cobrem demais, porém nem de menos. Amem-se cada dia mais, cada hora mais, cada minuto mais. E aí, todo mundo se cuidando né?
  Da série "Eu podia matando, eu podia roubando, mas eu só pedindo": Socorra e abençoe-nos a madrinha Ana Marinho que deflagrou no final de 2005 a campanha linda "Doe cada kg eliminado em alimentos a quem precisa", lembram? Caridade material a quem realmente precisa. Caridade moral a todos nós. Pra bom entendedor, meia palavra basta. Pra mau entendedor, não há palavras que bastem. E vamos em frente. Beijos no coração.



 Escrito por Beth ?s 18h56
[] [envie esta mensagem]


 
   ME ARRUMAR PRA QUE? PRA QUEM? P0R QUE?

Este post é p/ todas as mulheres lindas e homens maravilhosos que há dentro de cada uma de vcs!
É comum eu ler em algum blog ou mesmo ouvir de alguém algo tipo ‘ah, estou tão desgostosa(o), nem tenho vontade de me arrumar’ ou ‘ih, não vou a lugar algum, então posso ficar assim mesmo’. E este “assim” é, muitas vezes, o desleixo total. Unhas por fazer ou sem cortar,  cabelo desgrenhado, nada de um batonzinho, um perfuminho! A criatura vai ao banheiro lavar as mãos, dá de cara consigo mesma no espelho e leva um susto. Vê um ser largadaço, abatido. Aí, vem o pensamento: ‘Estou feio(a), horroroso(a), sou um lixo’. E eu vivo dizendo:Quem se acha um lixo, se trata como lixo, claro! 
É assim que vc se vê, é isso que vc acha que merece se tratar ?
Posso estar mais simples, mais largadinha um dia, por opção, por preguicinha, não por desânimo, não por estar me deixando de lado. Estar chateado c/ alguma coisa, saber que andou desandando no proc. de emagrecimento e até que engordou não é motivo p/ ninguém se se auto-agredir c/ o desleixo. É a tal da culpa que sempre digo que não serve p/ nada, a pessoa se sente culpada e se castiga, geralmente virando as costas p/ si mesma. Aí se afasta ainda mais do que quer alcançar, qto mais se afasta, mais fica triste, desanima, mais se acha horrível, qto mais se acha horrível mais prefere não se olhar, não quer ver ‘aquilo’.
Peralá, galera, isto tem cabimento? Eita,claro que não! Um dia ou outro de bobeira, tudo bem. Eu estou precisando fazer sobrancelhas e buço  há algum tempo, o que salva é que o buço é fininho, clarinho e minhas sobrancelhas são ralinhas, na hora de entrar na fila por sobrancelhas bonitas, a Malu Mader entrou 3 vezes e eu bobeei, dancei...rs E só faço c/ cera quente, pois detesto pinça. Aclínica de depilação que confio, fecha antes de eu chegar da empresa, pois estou trabalhando bem distante agora. Sobra o sábado e nos últimos 2 não deu,os horários não coincidiram. Então os pelinhos esquisitos que nascem sob o queixo eu tomei coragem e arranquei c/ pinça, excepcionalmente, não tenho talento p/ mulher barbada. As sobrancelhas ficaram p/ o próximo sábado. Mas não é desleixo, é questão de oportunidade e tb por saber que se vou a outro lugar que não confio, acabo me aborrecendo. Há coisas que não dá p/ ficar trocando, à toa, ainda mais qdo envolve higiene.
Qdo me olho no espelho e vejo que é hora de retocar a tinta do cabelo, já fico de sobreaviso. Só deixei a coisa piorar qdo não deu mesmo, segurei a onda partindo o cabelo de outro jeito, até que um dia me olhei e em vez de minha cabeça, vi um gambá (havia uma faixa branca no meio que não combinou c/ o resto) e rapidinho tomei vergonha e pintei.
Claro que às vezes deixo rolar um pouco, nem sempre as unhas estão maravilhosas, nem sempre está tudo em cima, às vezes a coisa fica esquisita, mas daí a estar tudo largado como se eu não fosse nada, nem ninguém, não. Há limites.
  Não faço o tipo dondoca, nem fresquinha, mas me gosto e me olhar e odiar a imagem refletida não tem nada a ver. Se eu não odiava qdo estava hiper-obesa, pq vou odiar agora? E se olhar e não gostar, cabe a mim fazer o que? Virar de costas? Arrancar o espelho do banheiro e todos os demais da casa? Escovar os dentes/lavar as mãos de olhos fechados? Ou tratar de me ajeitar, reverter a situação, mesmo que aos poucos?  Posso estar de cabelinho preso, roupinha velhinha, super à vontade em casa. Mas ao me olhar, tenho que ter carinho pelo que vejo refletido. Aquela ali sou eu, Elizabeth, uma pessoa bacaninha que merece respeito, admiração, amor dela mesmo.

Alguém dirá: ‘Beth, acontece que eu estou desanimado(a), como faço p/ ter vontade de me arrumar?’. Respondo: Cavuque dentro de si mesmo e ache a vontade. Force um pouco, pelo menos p/ encontrar a vontade de ‘procurar o ânimo’. A gente toma remédio ruim, muitas vezes, pq não há outro jeito. Torce o nariz, se estremilica todo, mas engole o bendito (é necessário, então não precisa que haja vontade). Da mesma forma, pode se forçar a ir em busca deste outro remédio necessário, que é o ânimo. Geralmente ele não foi embora, a gente que o esconde num cantinho, finge que esqueceu. Ou até esqueceu mesmo, mas se procurar, acha. Tem gente que perde o maior tempão e muita energia procurando motivos p/ deixar de lado coisas que levam p/ frente, que fazem bem, como a mudança de hábitos alimentares, a ativ. física, beber água etc. Então “perca” (ganhe) tempo achando motivos p/ fazer o melhor por si mesmo. Vai gastar energia, que seja c/ algo produtivo que lhe traga felicidade. Já está provado que o outro jeito de agir não traz, fosse assim ninguém ficaria desanimado e sem vontade até de se arrumar.A hora é essa!
Nem sempre temos p/ onde ir, nem sempre alguém nos verá. E isto é motivo de virarmos um troço qquer?
Para que se arrumar? Para ficar mais bonito, mais ajeitado, c/ uma imagem coerente c/ o que vc quer ser, c/ o que vc é e só precisa aperfeiçoar! Pra quem? Ué, para si mesmo! Não é preciso se mostrar aos outros p/ querer se embelezar! Faça isto p/ que na hora de se deparar c/ a própria imagem no espelho vc sinta-se bem c/ o que vê. Esteja gordo ou magro, sempre será mais gostoso ver uma imagem ajeitadinha, por mais simples que esteja! Passe perfume, pode ser uma coloniazinha pós-banho básica, bem gostosa (adoro), como é bom a gente se sentir cheiroso, não precisa saber que alguém vai cafungar vc, ué!
Trate de colorir sua vida, vc mesmo e por si mesmo!
Cada vez que vc se olhar e perceber um avanço mínimo que seja, mais feliz ficará consigo mesmo e terá vontade de avançar um pouco mais. Seja c/ uma água de cheiro, um brinco, um brilho nos lábios, unhas ao menos lixadas, coisas básicas e acessíveis, cuide-se. Por que? Pq vc merece. Pq vc já gastou tempo demais andando na direção contrária. Agora já sabe o sentido certo, se ajeite e siga. Por amor e respeito  a si mesmo. Se tem dúvida sobre o qto se ama, veja só como sofre cada vez que se abandona. Vc se ama sim. Senão, a gente nem se conheceria nesta blogosferalight, né? ACOORDA GENTE!
 Beijos!



 Escrito por Beth ?s 21h42
[] [envie esta mensagem]


 
   50 DICAS DE EMAGRECIMENTO E MINHA AUTO-AVALIAÇÃO

Vejam que ótima lista e depois, o resultado da minha análise!
1. Mantenha um diário alimentar, anotando tudo que comer
2. Preste mais atenção ao ato de comer
3. Não coma lendo ou vendo televisão
4. Observe bem como tem sido seus padrões alimentares
5. Evite a "alimentação automática" (comer sem necessidade, só pq os outros estão comendo)
6. Identifique os fatores que o levam a comer em excesso
7. Procure se pesar em intervalos regulares
8. Mantenha um gráfico de peso
9. Siga um esquema alimentar previamente definido
10. Alimente-se em um local apropriado, tranquilo
11. Abaixe os talheres na mesa entre uma garfada e outra

12. Só faça compras de mercado depois de se alimentar
13. Faça uma lista antes de sair de casa e só compre o que estiver relacionado
14. Mantenha os alimentos mais engordativos fora da sua visão e, de preferência, fora do seu alcance
15. Mantenha visíveis os alimentos mais saudáveis
16. Não leve as travessas c/ comida para a mesa
17. Levante-se da mesa após terminar a alimentação
18. Evite aprender receitas de novos pratos ricos em calorias
19. Procure alternativas p/ compromissos sociais que o levem a comer ou beber (por ex., ao invés de convidar seu amigo p/ beber uma cerveja, chame-o para jogar tênis ou simplesmente bater um papo)
20. Desenvolva técnicas p/ evitar exageros qdo vc comer fora de casa. Por ex., qdo for a um churrasco coma bastante salada e pouca carne, troque a cerveja por refrigerante dietético, etc.
21. Prepare-se c/ antecedência p/ eventos especiais como festas e viagens. Tente planejar sua alimentação.
22. Planejar c/ antecedência p/ situações de alto risco. Por ex.,se vai a uma festa de casamento tente planejar antes o que vai comer e beber
23. Mantenha um diário de exercícios, anotando cada atividade física, especificando duração e intensidade
24. Lembre-se de todos os benefícios dos exercícios físicos, que não se limitam ao gasto de calorias
25. Procure caminhar mais, da forma que achar mais prazerosa

  26. Pratique atividades físicas informais, como: parar o carro numa vaga mais distante, evitar o uso de controles remotos, usar mais as escadas, ao invés de elevadores e escadas rolantes.
27. Conheça o gasto calórico de cada exercício
28. Procure praticar exercícios dentro de sua faixa ideal de trabalho, controlando o ritmo dos batimentos cardíacos
29. Planeje suas atividades físicas, de preferência com orientação profissional
30. Conheça bem as diferentes causas da obesidade
31. Diferencie fome de gula
32. Procure resistir aos desejos que o levam a consumir calorias em excesso
33. Estabeleça objetivos realistas p/ o seu programa de emagrecimento. Evite a pressa
34. Não persiga metas impossíveis. Peso ideal é aquele que você consegue atingir e manter, de forma saudável

35. Dê mais importância ao seu comportamento do que ao peso
36. Não confunda um tropeço c/ o fracasso do tratamento
37. Quando por um tropeço você exagerar nas calorias, não desanime. Recupere rapidamente o controle da situação
38. Explique aos seus familiares como eles podem ajudá-lo a atingir seus objetivos
39. Procure envolver familiares no tratamento. Peça que eles leiam esses conselhos

40. Envolva seus familiares no seu programa de atividades físicas
41. Não aceite pressões p/ que coma mais do que o planejado
42. Conheça o valor calórico dos alimentos
43. Não fique longos períodos sem alimentar-se
44. Conheça o teor de gorduras, carboidratos e proteínas de cada alimento
45. Procure ingerir carboidratos em todas as refeições, evitando o açúcar
46. Evite ingerir gorduras
 47. Torne apetitosa a refeição, mesmo c/ poucas calorias
48. Aumente a qtde de fibras na sua alimentação, ingerindo bastante verdura
49. Lembre-se sempre que o objetivo principal do tratamento é a mudança de hábitos de vida. Os antigos hábitos contribuíram p/ fazê-lo engordar
50. Tente manter sempre o equilíbrio psicológico, por mais que você tenha motivos p/ sentir-se ansioso.
 
Fiz uma auto-avaliaçao bem criteriosa e honesta, c/ base nesta lista e meu resultado foi tão bom que fiquei até boba, vejam só: Dos 50 itens, pratico naturalmente 45! Do que sobra, 4 eu pratico 'em parte' (11, 13, 16e10) e só 1 eu não pratico (ter o gráfico, mas já estou providenciando, c/ base nas anotações)! Fiquei feliz. Sempre é bom saber o que estou fazendo e se há algo que posso melhorar. Sempre há. Quem entrar numa de "já cheguei ao máximo" acaba perdendo a chance de se aperfeiçoar. Acho legal fazer esta reavaliação regularmente, p/ ver se melhorei e tb se não deixei de fazer algo legal. Sugiro a vcs que façam e identifiquem o que podem melhorar tb ok? Acho que isto vai ajudar todo mundo!
Vcs notaram? Agora no Perfil (ao lado) tem uma foto de Antes e outra Atual, fixas!
Beijão.



 Escrito por Beth ?s 20h38
[] [envie esta mensagem]


 
   VAMOS QUE VAMOS, TEM CHÃO PELA FRENTE!

Final de semana gostoso, c/ uma ressalva. Sábado fui ao VP c/ Léo e Karina. Foi dureza, fiz uma semana bacana de novo, me exercitei, comi legal e a única dif. foi usar os pts flex, o que é raro. No auge do período fértil, até estava ressabiada, mas esperava manter o peso ou aumentar um tiquinho, no máximo.
A balança foi cruel e injusta, deu + 2 kg, ela que vá se catar, não levou um bico pq depois eu ia ter que pagar o conserto e ainda por cima ter que consertar meu dedão do pé, só se livrou por isso, a carcará sanguinolenta. Claro que isso chateia, mas não me derruba, muito pelo contrário, sou boa de briga.
 Não me abalo tanto se o resultado é coerente c/ o comportamento, mas qdo é injusto eu fico fula da vida sim. Mas não tenham uma ruguinha sequer de preocupação, eu já estou ótima, tranquila, alegre, sorridente e confiante. Já sei como é isto e sei que na próxima pesagem o resultado será outro, não só pq farei o melhor que puder mas pq tb estarei fora deste período hormonal especial.   
O fato é que eu sou assim, tenho 2 períodos complicados no mês: o pré-menstrual e o de ovulação e isto eu só descobri qdo entrei p/ o VP, há 3 anos. Por isso é tão importante a gente anotar tudo, observar tudo e a si mesma, pois este processo não só emagrece e favorece a saúde, ele tb ajuda demais no auto-conhecimento, no que se refere ao emocional e ao funcionamento do nosso organismo, mesmo!

Após a reunião, um bom papo c/ Leo e Karina na cafeteria, depois encontramos o Vi e a filhotinha p/ bater pernas pelas lojas de Copacabana e almoçar c/ Karina e o maridão dela, foi ótimo. Depois do almoço nos despedimos da Karina e do marido dela e fomos p/ a Renner do Rio Sul, onde a filhota escolheu umas pecinhas e eu me dei uma blusinha azul clara, uma saia super bonita e uma calça comprida de brim branca, pois a minha estava feia e...LARGA (que chato...rs). Estreei a calça à noite, ficou ótima. Presentes de incentivo, afinal é muito bom gostar das coisas e elas me caberem e ficarem bem em mim, c/ facilidade.
A noite foi de JACA! Não pensem que fui afogar as mágoas na comida, não foi nada disso, a saída foi planejada durante a semana c/a família, eu não ia frustrar a galera por causa de um resultado ruim na pesagem. Fomos a um ótimo rodízio de crepe e pizzas escolhido pelo filho. Interessante que na reunião do VP a orientadora ressaltou bastante o fato de não ser o melhor lugar p/ se ir, inclusive eu ri qdo ela falou isto (que eu tenho consciência de que está certo), pois já sabia que iria à noite.  

Fui sim e digo mais: desta vez, comi mesmo e c/ um prazer absurdo, uma vontade danada, comi sorrindo e papeando c/ meus amores e c/ a Karina e o maridão que foram conosco. Comi c/ alegria, saboreei cada pedacinho de coisa boa que escolhi. A Karina se comportou lindamente, comeu sem exagero. Não sei se ela já atualizou o post dela, recomendo a visita, foi a 1a semana dela no VP e ela tem coisa boa p/ contar! 
Foi uma noite agradável, muito boa mesmo, de muito papo e gostosura.
No domingo o RJ amanheceu lindo e quente, levantei serelepe já pensando na praia.  Fomos até Ipanema a pé, numa caminhada deliciosa sob o sol quente, a cidade alegre, o povo todo na rua, nas areias, no mar e no calçadão, meu Deus como eu amo isto!  Foram mais de 6 km de caminhada e já ajudaram a queimar as kcal consumidas a mais, nada mal.! E c/ direito a ganhar do morzão um óculos de sol absolutamente L-I-N-D-O!

A praia estava ótima, só 
não ficamos muito tempo como gostamos pq prometemos almoçar c/ os filhos, havia reserva no restaurante e promessa p/ filhos a gente não descumpre à toa, até pq foi o único domingo da Thamiriz aqui nestas férias (p/quem não sabe, ela é minha enteadinha linda de 15 anos, filha do 1º casamento do Vi e mora no interior de SP c/ a mãe, vem nas férias, feriadões etc.)

Foi um dia muito gostoso em que não houve tanto excesso, mesmo almoçando em churrascaria. E voltando p/casa determinei que a farra do boi acabou, tudo de novo nos eixos desde já, nada de esperar a 2a feira, hoje sempre é O DIA D de voltar a ficar firme, o que eu já fiz nestes dias está feito, foi escolha minha. 

Lembram que estou contabilizando tudo que não compro p/comer a mais por gula p/ converter em presente p/ mim? Continuo nesta e até aqui já tenho R$ 18,10 só de dim-dim que não gastei comprando besteira, em poucos dias. Tb ganhei 1 cartela cheinha de cupons de um belo desconto em casquinhas do McDonalds. Está na bolsa, simplesmente pq foi onde botei na hora que recebi. Sabem qtos cupons já usei? NENHUM. Não tive a menor vontade nem lembrança disso. Contei ao Léo, que ficou de boca aberta, pois almoçamos juntos todos os dias e ele sequer sabia da existência da tal cartela.
E vai continuar SÓ SABENDO pois não há a menor intenção de usar. A casquinha (que vale 5 pts no VP), qdo for tomada, será por real vontade e não por saber que podemos tomar mais barato. Nada de pensar c/ cabeça de gordos!
No final do mês eu vou somar tb o valor de cada casquinha que poderia ter pego c/ desconto ao total economizado p/ compor o valor do meu presente. Vai dar p/ comprar algo bem legalzinho sim! Isto é um incentivo e tanto, sugiro que façam algo assim!

Frase que adorei, dita pela orientadora do VP na reunião de ontem: 'EM REEDUCAÇÃO ALIMENTAR, TUDO É PERMITIDO, MAS NEM TUDO É OPORTUNO'.  Ou seja, podemos sim comer bem, sem privações. Mas vamos usar o bom senso, vamos saber COMO e QUANDO aplicar este PODE TUDO p/realmente chegarmos onde queremos, podemos e merecemos.

E nova semana começa, cheia de alegria e luz, cheia de esperança e força! É assim que me sinto e é como desejo que todos vcs se sintam! Não importa o que houve antes de bom e ruim, de certo e errado, de justo e injusto. O tempo não volta. Vamos aprender c/ o que passou e vamos fazer melhor hoje, fazer o nosso melhor possível. É assim que as coisas acontecem, é assim que nós as fazemos acontecer.



 Escrito por Beth ?s 18h53
[] [envie esta mensagem]


 
   FALANDO DE ASSERTIVIDADE - FOI O TEMA DA REUNIÃO DO VP, SÁBADO PASSADO

Já postei sobre isso uma vez, mas o tempo que levaria p/ catar o post antigo eu prefiro usar refletindo de novo sobre o assunto, aprendendo mais e trazendo um novinho em folha p/compartilhar.
Assertividade, segundo o dicionário, é a qualidade de ser Assertivo e ser Assertivo é ser claro, é declarar algo c/ segurança, afirmar algo positivo ou negativo c/ convicção, acreditando plenamente no que está falando. Precisamos ser assertivos naquilo que afirmamos. Tudo que é dito de forma vaga, de forma vaga é assimilado. O que é declarado sem firmeza, é ouvido como algo a que não se deve dar tanto crédito. O que é falado sem que o locutor acredite no que diz, não será tb acreditado por quem ouve. E nós nos ouvimos tb, então  seremos tb os primeiros a duvidar daquilo que estamos falando.
Credibilidade é algo que faço questão de ter e não serei eu a primeira a não crer no que falo, ué
!
No processo de emagrecimento, a assertividade envolve tb a certeza, a segurança c/ que se diz algo irá desencadear uma ação/reação. Dependendo de como dizermos algo, podemos ter uma receptividade diferente da que gostaríamos, da que seria ideal e aí, vamos reclamar e muitas vezes, injustamente.
A orientadora Cíntia foi muito clara, aliás Assertiva (rs) ao nos mostrar isso na palestra. Aquilo que queremos tem que ser expresso de forma muito clara e firme, senão não causará o efeito desejado. Um exemplo, que não é exatamente o que ela mencionou mas é quase igual, pois não lembro de cada palavrinha, então fica a essência:
- Vc acaba de comer uma fatia de bolo na casa da sua amiga, vem a mãe dela e oferece o 2º pedaço. Vc olha, faz aquela cara de “bem que eu queria”, completa c/ um ar de “pobre coitada” e diz quase aos prantos: “Ai, eu não posso, está uma delícia, mas eu estou de dieta, já comi um pedaço que nem devia.....”.
Quase sempre, a reação da senhorinha será qual? Ela dirá: “Ah, que isso, só mais um pedacinho, isto não lhe fará mal algum, vc está ótima...” e ficará insistindo até que vc fará o ‘sacrifício’ (rs) de aceitar, afinal não quer ser indelicada...haha.  O caso é que de acordo c/ nossa maneira de dizer o Sim e o Não, conforme a firmeza da nossa resposta, do nosso argumento e a nossa própria postura, o que vamos passar é: “estou dizendo uma coisa, mas está na cara que é outra” ou melhor “estou dizendo não, mas eu quero dizer sim”.
Ué, a pessoa vai agir coerentemente c/ o que ela acha que vc quer de verdade, no caso a 2a fatia do bolo. Ela não fará por mal na maioria das vezes, é que ela acha que está sendo boazinha, generosa, cúmplice.
Mas se vc olhar c/ firmeza, der um sorriso e disser “Não, obrigada, está uma delícia, mas eu estou satisfeita”, isto é, se vc for assertiva (diz claramente e não demonstra que aquilo é diferente da sua vontade), pode até ser que ela insista mas não será da mesma forma.
Lilian, minha querida orientadora de fé (me aturou por quase 3 anos e que hoje já não consigo ir no horário dela em função da mudança do meu end. de trabalho) sempre diz que se a gente falar c/ tranquilidade, segurança e até complementar c/ algo que convença, fica mais fácil. Por ex.: “Não, obrigada, estou satisfeita, mas se vc quiser fazer aquele seu cafezinho gostoso eu vou adorar”.  Uma tática ótima! P/ mim não serve, detesto café...rs...mas posso pedir um copinho d´água né? E saio do foco do tal do bolo...sai tentação! Rs

A assertividade tb pode ser aplicada a um  pedido de ajuda. Sim, tem horas que nós precisamos de ajuda, estamos prestes a sucumbir, seja pq a TPM está encostando, seja pq os velhos hábitos estão achando uma brecha p/ cutucar, seja pq não somos de ferro e tem dia que a coisa fica mesmo mais complicadinha. Se na hora de pedir o Help não formos assertivos, o tiro sairá pela culatra.
Ex.: Vc e uma amiga passam em frente a uma pastelaria.  Não é hora do lanche, vc nem está c/ fome mas o cheirinho do pastel e o próprio banner na porta da loja lhe atraem. Consciente de que não é o momento, talvez seu cardápio no dia não tenha sido planejado de forma a caber aquele pastel, talvez vc esteja vindo de um resultado desfavorável, enfim, por uma série de motivos vc acha que não é conveniente comer naquela hora o pastel, sabe que pode deixar p/ outra ocasião. Aí vc chega e pede a ajuda da amiga, dizendo: “Ai, fulana, este pastel está me matando, olha que bonita a foto dele, sentiu o cheirinho?“  Ela responde: “Ué, come um!”. E vc, toda derretida: “Ah, não vou comer não, eu já abusei ontem, aiii mas o cheiro está tão bom, melhor não né, melhor deixar p/ outro dia... humm tem de camarão, ai meu Deus, o que faço, fulana?”.
Bom, pode até ser que a sua amiga lhe faça ver que é mesmo melhor deixar p/ outra ocasião, como fez a minha amiga no dia do niver do Vi, como contei aqui recentemente. Mas há chance de vc receber justamente a resposta que “não quer” (ou quer?) ouvir: “Ah, vamos lá, unzinho só não vai atrapalhar vc, está cheiroso sim, não vai engordar não, olha só ele é até sequinho!”. Aí, babau.

Assertividade na hora de pedir ajuda é tudo, tb. Tem que dizer: “fulana, vc sabe que estou levando a sério meu processo mas hoje estou meio esquisita, não me deixa fazer bobagem não, me ajuda”. Se vc disser isto c/ segurança, passando a idéia de que é aquilo realmente que vc deseja, sua amiga vai acatar como verdade e lhe ajudará (a menos que seja mais amiga da onça do que sua, afinal não é ela que vai encarar depois a Filizola né?).

O grande barato da assertividade, pelo que entendo, é que justamente por ouvirmos o que dizemos, sendo dito de forma segura, convicta, nós acreditaremos naquilo c/ firmeza e até mesmo se a amiga disser: “ah, vamos comer, pode ser que a gente mesmo diga: “não, não vou”.

Achei bacana. Serve p/ tudo. Muitas vezes vejo pessoas magoadas c/ a reação de alguém e este alguém atônito, sem entender o que fez de tão errado, justamente pq faltou assertividade na demonstração do que é esperado, do que é desejado. Isto vale não só p/ o  emagrecimento, mas p/ tudo. Relacionamentos diversos poderiam ser mais simples, menos conturbados se houvesse esta clareza toda não acham? Eu acho. Vamos ser assertivos, combinado? Eu vou falar mais sobre isso num outro post, daqui a uns dias. Beijinhos!

Nesta 6a feira, 07/07, uma amiga querida faz anos. Somos amigas há...44 anos, vcs acreditam? Minha amiga, mana e xará Beth, Deus a abençoe. Muitas idas e vindas, mas a amizade sincera permanece. Parabéns!



 Escrito por Beth ?s 20h40
[] [envie esta mensagem]


 
   A SEMANA VAI INDO BEM!



Isto não me faz mais tão feliz!!!

No último domingo eu saboreava minha refeição noturna na mesa da cozinha e perguntei ao Vi que tb comia, só que na sala, fissuradão num filme que assistia: “E aí, morzão, está legal?” (me referindo ao prato que preparei p/ ele). A resposta veio c/ entusiasmo: “Está ótimo, gata! Maravilhoso!”  Sorri e respondi: “Viu só? Melhor que se entupir de pão!”.
Comecei a rir de mim mesma. Quem diria há 3 anos atrás que um dia eu falaria isto c/ convicção e total sinceridade? Em pleno domingo à noite, preferir um bom prato de salada c/ cheesburguer feito c/ hambúrguer de chester, sem pão? Até usei, excepcionalmente, queijo cheddar p/ dar um saborzinho mais acentuado e isto não é pecado, a vida não é feita só de comida light/diet!
Esta compreensão é importante, engana-se quem pensa que p/ emagrecer tem que comer só prod. especiais e/ou só coisas sem graça, haja saco e grana! A associação indevida de emagrecimento c/ restrições, gastos elevados, comida super especial é perigosa e, em muitos casos, pode motivar deslizes, jacadas fenomenais e até o abandono de tudo sob o argumento do “não posso bancar isso”. E é fato: muitos produtos diet/light são bem mais caros que a versão normal e nem sempre a diferença é tão significativa. Além do mais, a vida da gente não é só isso, temos tb que morar, vestir, comer, estudar, trabalhar, cuidar da saúde, da beleza em geral, além da nossa cultura e lazer! E não é fácil. Aumentar muito a despesa c/ alimentação em função do emagrecimento é inviável p/ muitos.
Aqui em casa houve uma mudança grande, os gastos já eram elevados e houve um redirecionamento. Antes gastávamos c/ um monte de coisas hiper-calóricas e não tão saudáveis como congelados empanados de todo tipo, biscoitos salgados e doces, recheados e simples, c/ cobertura e sem cobertura, quadrados, redondos, retangulares, hexagonais...etc. Tirando o óleo (sempre de canola ou girassol) e prod. de limpeza/higiene, os itens normais de uma cesta básica aqui em casa eram quase nada no carrinho, 80% ou mais do que trazíamos p/ casa era supérfluo e engordativo. O óleo hoje demora muito a acabar, o que utilizávamos em 1 mês hoje dura 3 ou 4, sem exagero! Não abolimos totalmente as frituras, mas elas são muito eventuais, coisa de uma vez hoje, outra sei lá qdo! E no preparo da comida diária, utilizamos qdo necessário o azeite extra-virgem em vez do óleo, em qtde mínima.
O que antes ia na compra de muita besteirada, hoje vai no Hortifruti, p/ mim isto não é despesa e sim investimento na saúde, acima de tudo. Legumes, verduras e frutas variadas compõem grande parte do nosso orçamento e cá entre nós, é bem melhor que colocar isto em remédios, vitaminas em cápsulas, não é? Quer mais vitamina do que os vegetais nos dão?
Mas é uma consciência nova, afinal tenho 49 anos e quase 11 meses de vida e as mudanças foram iniciadas há apenas 3, já me dão tanta satisfação, tanto bem-estar, tanta segurança e tranqüilidade, me sinto tão feliz com elas que, sinceramente, ainda tem horas que me surpreendo, como se não me reconhecesse e melhor ainda: gosto muito mais deste meu jeito.
Meu maridinho aos poucos se adequou bem ao novo esquema, que não foi imposto, como já contei várias vezes aqui. Mudanças feitas sutilmente, a cada dia, a cada compra, a cada arrumação de geladeira.
O filho, bem mais resistente e totalmente avesso aos legumes e verduras, tb promove devagarinho e do seu jeito próprio, algumas mudanças na alimentação, no estilo de vida.  Não são tão efetivas como as minhas pq cada um tem seu tempo, sua forma de ver e eu sei que não é fácil crescer ouvindo a mãe aconselhar sobre alimentação saudável e correta e vê-la praticar tudo diferente, vê-la chegar à obesa mórbida e ainda por cima ela mesma garantir na geladeira e na despensa todos os itens que levavam a isso.
 A responsabilidade pelos maus hábitos alimentares que meu filho adquiriu meu filho é minha, pelo menos foi enqto eu não me modifiquei e trouxe p/ casa nova forma de pensar e agir. Hoje ele é um adulto, embora bem jovem, é muito inteligente e esperto, gosta de si mesmo, se respeita, é consciente, percebo mudanças tb sutis que apontam p/ o gradativo aprimoramento que o fará chegar, se Deus quiser (e ele tb) aonde cheguei sob este aspecto. Pq no mais, sei que ele irá longe, modéstia à parte meu garotão é o máximo! (babei, babeiiiii)
Então, enqto eu comia meu delicioso jantarzinho, ria de mim mesma, c/ satisfação e orgulho. A cada garfada em que a rúcula e a alface se confundiam c/ o tomate e a cebola, seguidos do hambúrguer grelhadinho, sem sentir falta alguma do pão (que gosto e poderia ter comido, mas PREFERI substituir por mais 1 hamburguer), eu ia avaliando como faz bem esta sensação de estar no comando, de poder escolher, porém agora, sabendo escolher. E até de saber que posso sim, um dia ou outro (distantes um do outro, de preferência) matar a saudade de algo bem mais calórico, bem mais pesadinho, quem sabe uma daquelas “ofertas” do McDonalds sem culpa alguma e conforme a combinação do cardápio do dia, isto sequer arranhar meu esquema...
A semana está indo muito bem, graças a Deus. Estou bem tranqüila e satisfeita c/ a forma como estou me comportando. É bom demais me sentir no comando, gosto disso. Desde 2ª feira estou fazendo a ativ. física diariamente. A alimentação está redondinha, o cardápio variado e equilibrado, só esta noite dei uma escorregada consciente, mas sempre escorregada, pois saí c/ os filhotes e a escolha deles foi pizza rodízio. Mas comi tanta salada antes que não abusei tanto da pizza, mas podia ter sido diferente.
HOje é nosso niver de casamento (uma das nossas datas, pois temos a data em que casamos na prática e a data da oficialização, comemoramos todas e mais algumas...rs). Dei um presente lindo ao maridão e ele me deu uma braçada enorme de flores lindas, maravilhosas, um cartão c/ uma declaração de amor linda. Não saímos pq ele deu aula até tarde, depois tiramos o atraso...rs
Se eu demorava a visitar vcs, agora piorou, pois na empresa estão bloqueando cada vez mais, não consigo mais comentar em lugar algum.comentar. Só em casa mesmo poderei percorrer a lista, mas podem ter certeza de que chegarei aí, ok? Beijocas no coração, caprichem!




 Escrito por Beth ?s 21h59
[] [envie esta mensagem]


 
   A COPA ACABOU P/ NÓS? HUMMM VOCÊS ESTÃO CERTOS DISTO?

Foi uma boa semana, no geral. Conforme me comprometi, caprichei, me alimentei bem, diversifiquei bastante o cardápio, fiquei sempre nos pts do VP. O que dependeu só de mim eu fiz e foi até fácil abrir mão da coca light no dia-a-dia, só tomei no almoço de 6a e sábado à noite. Como já disse, não vou abolir, só não quero mais tomar diariamente.
Como sempre, anotei tudo que ingeri e mantive o outro blog (Cardápio) atualizado, registrei tb o esforcinho a mais de cada dia e comentários sobre o que poderia ter sido melhor, sempre c/ muita honestidade. Isto favorece o controle, a minha auto-avaliação e a análise dos resultados.
Me cuidei bem, fiz manutenção nas unhas de silicone, retoquei a pintura do cabelo, fui ao podólogo. Ajudou muito tb não ter havido muito stress no trabalho!

No sábado levantei animada, apesar de um pesadelo, imaginem que sonhei que mesmo c/ os cuidados da semana o peso aumentava e, ainda por cima, eu levava comigo ao VP um saco de mini-sonhos, super preocupada de a orientadora descobrir, pode isso?
Cheguei no VP em cima da hora da reunião, então só qdo terminou fui pesar. O tema Assertividade foi muito bem conduzido pela Cíntia - ótima orientadora. No final ela me pediu p/ dar um depoimento e falei sobre o que já consegui c/ o VP e tb algo que sempre digo aqui: tudo passa pelo amor e pelo respeito que temos por nós mesmos, p/ que haja vontade, motivação, paciência, persistência e sucesso.  Uma outra associada vitoriosa falou tb sobre sua trajetória, já está magra e poderosa, usando a calça da filha adolescente, um belo exemplo!

Chegou a hora de encarar Filizola. Consciência tranquilíssima, mas pela vontade de dar o troco a ela, tremi na base. Deu tudo certo, Fifi se rendeu sem nenhuma chance.
Foram menos 2,400 kg
e ainda cheguei ao meu menor peso de todo o processo e tb menor peso em vinte e tantos anos:  87,8 kg. Fiquei feliz, comemorei bastante. Total geral eliminado: 52,2kg (até aqui). Estava acompanhada dos amigos lindos KarinaLéo. Ela inscreveu-se no VP, mais uma vigilante na área, prontinha p/ vencer. O resultado do Leo ele mesmo contará no cantinho dele, aguardem!
À tarde eu e o Vi fomos assistir o jogo do Brasil c/ Karina, seu marido e um casal amigo deles num restaurante no bairro do Flamengo. Depois, Karina e Kildare nos convidaram p/ ir em sua casa, onde ficamos até tarde batendo bom papo e vendo fotos da linda viagem que eles fizeram recentemente. Uma noite agradabilíssima, que amenizou muito a ressaca da derrota no jogo. São pessoas nota mil, amigos que a gente já gosta muito e quer ter mais vezes por perto.

Voltarei ao assunto "Seleção", mas não p/ ficar remoendo AQUILO a que todos assistimos e sim p/ associar ao que nos interessa mais diretamente. O que mais irritou 99,9% dos brasileiros neste jogo? Acredito que tenha sido o mesmo que me deixou muito P da vida: falta de atitude, emoção, raça, garra, determinação,  entusiasmo, vontade, iniciativa, comprometimento. Perder faz parte de qquer jogo em que não pese somente a competência e preparo de quem está jogando. Mas perder sem jogar, sem se dedicar, sem ao menos tentar fazer o seu melhor, atuando de forma apática e até covarde, é vergonhoso.
Não é vergonha perder, mas é vergonha ter capacidade e não usar, ter talento e não aplicar. Assim, fica a idéia de um time que não mereceu realmente vencer. Que até perdesse, mas jogando até o último segundo c/ o coração na ponta da chuteira.

Mas agora, o mais importante: Com relação à seleção, somos apenas a torcida. Não temos influência no que o técnico faz, nem no que cada jogador leva p/ o campo. Só nos cabe, neste caso, empurrar c/ a emoção, c/ o desejo de vê-la vencer, agitar bandeiras, gritar e xingar, pular a cada gol, lamentar a cada situação desfavorável. E amargar a ressaca deste dia seguinte em que a Copa continua, mas nós estamos fora. E isto passa sem que nossas vidas sejam diretamente afetadas. Bom, em termos, pois na próxima 4ª feira eu já não sairei da empresa às 14h e sim às 18h pq não terá jogo do Brasil...rs
Mas há outra Copa rolando e esta sim, depende da gente. É a Copa pessoal de cada um de nós, é a busca pela taça que nos compete batalhar, fazer por merecer, colocar a mão: nossa meta. Nosso emagrecimento requer não só nossa torcida (temos que ser os chefes da nossa torcida) mas nosso empenho, dedicação, carinho. A responsabilidade por fazer acontecer a vitória é nossa.
Nesta Copa, a bola rola nos nossos pés e conforme nos comportarmos em campo, se formos determinados, aguerridos e persistentes, cada vez mais nos aproximaremos do que queremos alcançar. Com emoção, alegria, paciência, arrancando em alguns momentos, tocando a bola c/ serenidade em outros, fazendo/levando algumas faltas, fazendo e tomando gol, saindo até de algumas partidas c/ resultado ruim mas sempre nos esforçando p/ jogar melhor na próxima e aprendendo mais, encarando cada momento como oportunidade de crescimento. E c/ COMPROMETIMENTO. Mudando a tática se for preciso, buscando ajuda se necessário, tendo uma comissão técnica responsável e competente (o método, os profissionais, o programa suporte) e acima de tudo confiando na própria possibilidade de superar dificuldades e VENCER.
Esta Copa acabou p/a seleção brasileira mas p/nós ela segue e o melhor: não tem dia certo p/ acabar, só encerra qdo VENCERMOS ou desistirmos e como desistir não está nos planos, desejo que a semana que entra seja repleta de alegrias e sucesso p/ todos, que lhes sobre GARRA e ENERGIA p/ capricharem e jogarem bonito, ok?
BEIJÃO!



 Escrito por Beth ?s 08h10
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!