Conquista

UOL
   E AÍ, TUDO BEM?

Não lhes contei no outro post, acabei esquecendo! No sábado, após o VP, entrei numa lojinha na Tijuca tipo "tem-tudo", onde comprei umas poucas coisinhas que precisava em casa. Paguei c/ cartão, embora o valor fosse baixo, pois não encontrei rapidamente o dinheiro na bolsinha que estava usando. Já saindo da loja, fiquei cabreira e resolvi dar outra espiada na bolsa. Descobri que estava sem grana, na pressa de sair de casa, não transferi meu dinheiro da bolsa que usei p/ trabalhar na 6ª feira p/ esta que costumo usar p/ zanzar, fazer compras etc. Na bolsinha de moedas, o valor não dava nem p/ passagem de volta. Ali perto tem uma agência do meu banco, chegando lá a surpresa: caixas c/ defeito.
Tive que ligar p/ casa e meu marido saiu de Botafogo, onde moramos, p/ me resgatar na Tijuca. Enqto aguardava-o, pois ele ainda foi se vestir p/ sair de casa, fiquei dando voltas na Pça Saens Pena, uma forma de me exercitar e matar o tempo. Foi apertando a fome, na pressa tb não tinha comido nada. Explico: mamãe sob meus cuidados, sabia que eu sairia cedo, mas na horinha em que eu terminava de me aprontar ela resolveu querer tomar o remédio que antecede o seu desjejum, me atrapalhou toda c/ um monte de perguntas e preocupações, saí de casa atordoada. Não me dei conta antes pq fui de metrô e havia na tal bolsa de moedas o suficiente p/ a ida. Nem imaginei que não tivesse mais nada na bolsa.E a fome apertou.Não tive outro jeito, entrei numa lanchonete onde já fui várias vezes e me identifiquei p/ a moça do caixa, pedindo p/ fazer um 'desconto' num salgado, pois nem p/ isso eu tinha. Ela topou e assim, não desmaiei de fome. É mole? Comecei bem meu fim de semana. Já estava p da vida c/ Filizola e agora mais esta...rs
Não me faltavam motivos p/ sair jacando não é? Mas como digo sempre:
Se vc vem pela rua e sem querer pisa no cocô de um cachorro c/ o pé direito, por acaso aproveita e pisa c/ o pé esquerdo tb, p/ ficar tudo igual? Claro que não. É a mesma coisa c/ a tal da jaca após a chateação. É igualzinho a pisar na merda de novo.

Pensando assim, segurei minha onda o máximo que pude. 
Filizola que se lixe, eu me amo e não será um peso diferente do que eu quero/mereço que vai me afastar de mim mesma. O Vi me resgatou e fomos ao hortifruti comprar mais legumes, verduras, frutas e o cottage que adoro. Depois ao supermercado pegar uns iogurtes lights e o queijo minas que amo. Já em casa, cuidei de minha mãe, cuidei dos meus amorecos em casa e cuidei de me fazer feliz, descansei só um tiquinho, mas já foi bom. Trabalhei remotamente, porém menos que no findi passado. Consegui até dar uma cochilada à tarde no sábado, deliciosa! E namorei muito!

Fez-se um milagre e em plena manhã de domingo aproveitei o tempo chuvoso e iniciei uma arrumação que venho prometendo há mais de ano fazer. Mudei móvel de lugar, comecei a mexer naquele bendito quarto de empregada, ali vai ser trabalho p/ meses (rs). Mas já saí do zero. Vcs não tem noção da qtde de coisas que só nesta 1ª mexidinha eu mandei embora!
 Maridão me ajudou mas tb estranhou, sabe que não sou chegada a arrumação e brincava, fazendo cara de assustado e dizendo: "medinho! medinho!". Que figuraça! Detalhe: Posso caminhar vários km, posso pedalar muito que não sinto nada. Fui me meter c/ arrumação, que não é minha praia e nesta 2a feira estou toda quebrada. É uma incompatibilidade total mesmo!

Duas alegrias especiais durante a arrumação:
1) Joguei fora diversas revistas "Manequim tamanhos especiais" que encontrei guardadas. Imagine só se eu preciso disso! haha Mas já foram minha alternativa p/ vestir algo bonitinho, comprava tecido e mandava fazer. Isto é passado. 
2) Como gosto de roupa jovial e nem sempre achava no meu tam. ou num preço que pudesse pagar, era comum olhar vitrines normais e copiar o modelo, eu mesma desenhava adaptando ao meu corpo p/ mandar fazer (às vezes, só p/ sonhar). Achei alguns destes croquis e rasguei, feliz por saber que a realidade hoje é outra.

A alimentação não foi tão nota 10 no domingo, não comi muito mas tb não fiz as melhores escolhas. Andei na contra-mão do que sei, do que digo e procuro praticar no cotidiano e cá no fundinho eu sei que foi uma rebeldiazinha sim. Já não segurei a onda como no sábado. Paciência.

 À tarde dei um pulinho no Rio Sul c/ meu amor. E se não pude me dar um prêmio por evolução, como costumo fazer, ganhei um de consolo, o maridão me deu um bolerinho preto super fofo, da Afhgan. Sim, sou eu aproveitando a 'febre de shopping' sem ser p/ sapatos e brincos, agora eu aproveito liquidação, promoção, banca e o cacete a quatro c/ roupas tb! Sim, sou eu comprando mais uma peça em loja normal, desta vez numa loja onde jamais antes havia encontrado algo p/ mim. EBA!

Estava na lojinha de conveniências do condomínio qdo chegou uma senhora que não conheço, moradora daqui, mas nem sei qual bloco, nome dela, nada! Me olhou e disse: "Emagreceu mesmo hem!". Eu sorri e disse: É, emagreci.
Ela me parabenizou, eu fiquei feliz da vida.

A noite de domingo p/ 2a feira foi torturante, a partir das 00:55 comecei a trabalhar por telefone, agitando algumas coisas importantes do projeto, acreditam? Acordei hoje  no bagaço, sono picadinho ninguém merece.

Estou na linha, c/ atenção e força de vontade, não caminhei hoje pq choveu muito o dia todo e qdo cheguei do trabalho o corpo cansado e c/ sono pedia cama, cama e cama. Não deu p/ atendê-lo, pois logo começaram de novo alguns telefonemas de trabalho, agora há pouco eu estava numa áudio-conferência p/ uma decisão importante. Eu devia ganhar por minuto de estresse...rs

Estou comendo direitinho, anotando até pensamento em comida...rs, numa boa, sem neuras e procurando realmente conter a ansiedade. Imaginem só, é tanta vitória, é tanta coisa boa que já posso curtir, falta tão pouco, ahhh eu vou é valorizar o bom e trabalhar p/ muar o que não está legal. E a Lisa no comentário dela me mostrou isso, valeu!

Falando nisso, Lisa querida, obrigada tb pelas dicas, lembro que vc havia me sugerido antes e vou observá-las sim! Sobre a sugestão literária, achei maravilhosa. Eu não foco só o tema emagrecimento na minha vida, que é bem movimentada, apenas dedico este blog 99% ao tema pq é o objetivo principal dele. Mas sempre é bom receber dicas interessantes e inteligentes, eu saquei o que vc procurou alertar e agradeço de coração, viu? Valeu mesmo.

Chegando agosto, mês em que nasci, dentro de alguns dias completarei 50 aninhos de gostosura, estou feliz da vida, como é bom chegar nesta fase assim, c/ tanta coisa boa a agradecer a Deus!

Amigas que me enviaram o questionário "Pepino", perdoem a demora, responderei logo ok?

No próximo post vou falar daquela reflexão que citei no post passado, algo que a reunião do VP me cutucou. Beijocas e até lá! E já sabem hem! Em frente, SEMPRE!



 Escrito por Beth ?s 21h36
[] [envie esta mensagem]


 
   TALVEZ SEJA ESTE O APRENDIZADO MAIS DIFÍCIL: MANTER O MOVIMENTO PERMANENTE, A RENOVAÇÃO CONSTANTE, A VIDA VIVIDA COMO CAMINHO E MUDANÇA. (Mª Helena Kuhner)

Esta frase se encaixa muito no nosso processo. A renovação constante da força é essencial. Há quem diga ‘É agora ou nunca’ que a princípio é uma frase entusiasta que dá uma idéia de atitude efetiva c/ resultados bons e a alegria da conquista. Avaliando um pouco mais,  como  atrás do “é agora” vem um fatídico “ou nunca”, há quem fique na dúvida sobre o que, então, valorizar. No proc. de emagrecimento, meu “É agora” começou qdo decidi entrar p/ o VP, iniciei esta trajetória que há 3 anos me dá alegria, me ensina tanto e me traz resultados positivos, embora c/ tropeços e chororôs tb, claro!
Mas há quem se fixe no “ou nunca”, este ‘nunca’ não serve p/ nada, passa a idéia de que se a pessoa falhar naquela tentativa, então é pq realmente não adianta nada ficar tentando, aí poderá parar, apropriando-se de um sentimento de incompetência que não tem nada a ver, é uma involução e quem anda p/ trás é caranguejo. O certo é mesmo entrar numa empreitada c/ força, fé, positividade e dizendo “É agora!”, não tem sentido começar nada já achando de antemão que será um fracasso, isto nem dá ânimo de fazer nada direito, afinal, se não vai dar em nada mesmo! A gente tem que começar sabendo o que está sendo iniciado, qual o objetivo, porque se tem aquele objetivo, quais os benefícios de alcançá-lo, de que forma queremos chegar lá etc. e c/ segurança do caminho escolhido. E logicamente, acreditando que é algo factível e que se houver falha, ainda assim pode ser corrigida e que continuaremos na luta, fazendo de novo e fazendo melhor.
Eu costumo dizer “É agora”, o “ou nunca” eu já disse muito e acabei aplicando-o em diversas ocasiões, mas isto é coisa do passado, qdo eu ainda não tinha a consciência que tenho hoje, nem esta determinação p/ emagrecer da qual depois me apropriei e não largo mais.
Hoje a reunião do VP foi ótima. A energética orientadora Cíntia (e mais magra, a danada) falou sobre o recarregamento das nossas baterias, ou seja, a renovação da motivação, da força de vontade, do interesse em mantermo-nos atentos fazendo sempre o melhor possível. E mostrou seu lado ‘gente’, pois orientadora do VP é sempre uma ex-gorda, às vezes ex-obesa e sabe direitinho o que nós sentimos e passamos. Ela eliminou 50 kg e mantém há 10 anos, e sempre comenta sobre seus percalços durante o processo e até hoje, já tão reeducada e mesmo sendo orientadora passa tb por seus momentos de falha e esmorecimento. Mas ela dá a volta por cima, aprendeu né? Uma coisa bacana que ela conta sempre é que até conseguir emagrecer e se tornar a bonitona que é hoje, ela entrou 5 (CINCO) vezes no VP, a 1ª vez pesando 80 kg e a última, 120 kg. E tem gente que fica c/ vergonha de retornar qdo sai e engorda em vez de emagrecer, hem!   Se a Cíntia tivesse ficado c/ vergonha e não voltasse, como será que estaria agora? Deus é quem sabe! Felizmente, ela não entrou numa de “É agora ou nunca” da forma errada, entrou do jeito certo, acreditou e deu no que deu.

Eu tb tive mil tentativas erradas, no VP qdo entrei foi p/ ficar e qdo interrompi por pouco tempo e depois retornei foi por problema sério de saúde na família e tb no campo profissional. Tão logo a situação foi ficando razoável eu retornei e nunca mais saí (não esperei a situação ficar ótima, maravilhosa, bastou ficar possível, o resto coube a mim).

O tema de hoje eu já assisti outras vezes, mas bateu de uma forma especial, sei lá, me comovi. Fui ouvindo a orientadora falar e pensando em como aquilo se encaixava tão bem em mim. Deus do céu, me sinto tão forte, tão vitoriosa, me acho tão campeã e tem momentos em que percebo que tenho tanto, mas tanto a melhorar! Nunca achei que estaria já no auge do “sei tudo”, nunca se sabe tudo. Mas hoje me toquei de muitas coisas importantíssimas que preciso, quero e vou refletir bastante e podem deixar, eu trarei p/ cá, vai virar post, claro, pois escrever me ajuda pacas a pensar e entender tantas coisas.
Mas então a reunião evoluiu super bem e fiquei novamente gratificada por ter sido dada como bom exemplo, ela pediu e eu fui lá na frente dar meu depoimento. Espero em Deus que muita gente ali tenha sentido a sinceridade das minhas palavras e emoção que sinto a cada relato e que isto tenha contribuído p/ a motivação, a renovação da energia de cada um ali. É mais gostoso ainda que vencer, saber que nossa caminhada ajuda alguém a vencer junto.
 Só após a reunião fui me pesar, pois cheguei na hora H dela começar a falar e levei outra trauletada da balança, sem ter nem porque. Confesso que não tenho idéia do que está havendo. Tenho sido atenta, dedicada, focada e procurado dar o melhor de mim. Estava tranqüila, certa de um bom resultado, me sentindo mais leve, esta semana mais roupas ficaram mais largas e uma calça que comprei há pouco tempo sem fechar direito fechou bem, trabalhei c/ ela 6ª feira e recebi elogios.
Tenho me exercitado, diversificado a alimentação etc. E ainda assim, subi mais um pouco, chegando a algo que não queria de jeito algum, retornei à casa dos 90 (novo peso: 90,6). Claro que não gostei, mas a reação foi bem melhor do que na última vez. Apesar do cansaço e stress por conta do trabalho, eu realmente trabalhei minha cabeça e procurei seguir as orientações do médico, dando uma desencanada (não das atitudes corretas e sim da ansiedade). E isto me ajudou hoje a não me sentir tão mal c/ a paulada da Filizola. Seja lá o que estiver acontecendo, vou descobrir, vou batalhar e vou reverter.
Eu seria mentirosa e falsa – e eu não sou, se antes de pesar fizesse todo aquele discurso lá na frente, contando da minha determinação, da renovação constante do que sinto e quero, da vontade e da força p/ seguir nesta minha fase final que parece interminável mas vai ser concluída SIM e depois de pesar jogasse fora tudo. Falei o que penso, o que sinto, o que procuro praticar. E graças a Deus, minha atitude pós-pesagem foi coerente. Coerente na chateação, já que ninguém gosta de dar o melhor e receber um retorno ruim. Mas coerente tb na convicção de que vou chegar lá sim, se estou errando e não estou vendo, vou achar e corrigir e se estou acertando e algo precisa ser ajustado de outra forma, vamos ajustar.
Sou mais eu!

Gente, eu desejo que todos, sem exceção, estejam felizes c/ seus resultados desta semana. Mas se alguém não estiver, vamos combinar uma coisa: só persistindo a gente dá a virada. Não importa qto falta, importa que a gente saiu do zero. Eu estou na reta final, há quem esteja na metade, há quem esteja no 1º passo. E um passo já é sair do nada. Estamos de parabéns e por isso vamos nos renovar, vamos pensar no que queremos e vamos agir esta semana da melhor maneira que pudermos para evoluir, está bem? É AGORA ou...AGORA! Beijocas, tenham uma semana simplesmente linda!



 Escrito por Beth ?s 14h46
[] [envie esta mensagem]


 
   O SONHO DE KARINA... O SONHO DE CADA UM DE NÓS!

Já postei o texto abaixo (em verde) há uns...quase 2 anos, acho! Mas ele é ótimo e se aplica tanto a algumas situações que vivemos, que não pude deixar de trazer de novo p/ nossa reflexão, vamos lá?

O SONHO DE KARINA
"Desde pequena Karina só tinha conhecido uma paixão: dançar e ser uma das principais bailarinas do Ballet Bolshoi.  Seus pais haviam desistido de lhe exigir empenho em qualquer outra atividade.  Os rapazes já haviam se resignado: o coração de Karina tinha lugar somente para o ballet.  Tudo o mais era sacrificado pelo objetivo de um dia tornar-se bailarina do Bolshoi.
Um dia, Karina teve sua grande chance.  Conseguiu uma audiência com o diretor Master do Bolshoi, que estava selecionando aspirantes para a companhia.  Nesse dia, Karina dançou como se fosse seu último dia na
terra.  Colocou tudo o que sentia e que aprendera em cada movimento, como se uma vida inteira pudesse ser contada em um único passo.  Ao final, aproximou-se do renomado diretor e perguntou-lhe: "então, o senhor acha que posso me tornar uma grande bailarina?"  Na longa viagem de volta à sua aldeia, Karina, em meio às lágrimas, imaginou que nunca mais aquele "não" deixaria de soar em sua mente. Meses se passaram até que pudesse novamente calçar uma sapatilha, ou fazer seu alongamento em frente ao espelho.
Dez anos mais tarde, Karina, já uma estimada professora de ballet, criou coragem de ir à performance anual do Bolshoi em sua região. Sentou-se bem à frente e notou que o senhor Davidovitch ainda era o diretor Master.  Após o concerto, aproximou-se dele e contou-lhe o quanto ela queria ter sido bailarina do Bolshoi e quanto lhe doera, anos atrás, ter ouvido dele que ela não seria capaz disso."Mas, minha filha... - disse o diretor - eu digo isso a todas as aspirantes."  Com o coração ainda aos saltos, Karina não pôde conter a revolta e a surpresa dizendo: "como o senhor poderia cometer uma injustiça dessas? Eu poderia ter sido uma grande bailarina se não fosse o descaso com que o senhor me avaliou!" 
Havia solidariedade e compreensão na voz do diretor, mas ele não hesitou ao responder: "perdoe-me, minha filha, mas você nunca poderia ter sido grande o suficiente, se foi capaz de abandonar o seu sonho pela opinião de outra pessoa."


Deu peninha da Karina não foi? Mas aí, lembrando de algo que conversamos bastante no último encontro eu agora pergunto aqui: Quem de nós não ouviu, algum dia, algum comentário, piadinha etc. dando a entender que não seríamos capazes de emagrecer? Quem de nós não se sentiu desacreditado e isto doeu tanto? Eu escutei mil vezes! E quem mais apontava o dedo e endurecia o olhar p/ acusar o qto eu estava ‘enoooorme’, ‘horroroooosa’ etc. era justamente quem mais usava ‘frases de efeito’ (contrário, claro) como ‘ihhh dieta de novo, vai começar e daqui a pouco já para de novo’ e tantas outras que vcs conhecem, eu já mencionei isto aqui várias vezes e sei que infelizmente boa parte ou todos vcs já devem ter ouvido tb.


Sei que é chato, triste, duro demais a gente ver que as pessoas à nossa volta acreditam na nossa capacidade de vencer determinada(s) dificuldade(s). Duro mesmo, conforme foi tb debatido no encontro, é vc ser a 1ª pessoa a desacreditar, aí a coisa pega mesmo. Se vc não confia no seu taco, quem confiará, não é isso que eu falo sempre?
O fato é que se a personagem do texto confiasse mais em si mesma, tivesse dentro dela aquela força, aquele pensamento firme de “sou capaz, vou me esforçar e conseguirei”, a menos que ela fosse totalmente inapta verdadeiramente (nem todos nascem c/ certos talentos), não adiantaria o tal diretor dizer a ela que não teria chances, ela iria sentir-se mal c/ a resposta mas iria batalhar p/ TRANSFORMAR O NÃO EM SIM, qdo o NÃO representa a estagnação, a falta de estímulo, de entusiasmo, de auto-confiança e força p/ virar o jogo e qdo o SIM representa a conquista. Não sei se a Karina da história acima seria, realmente, uma grande bailarina mas uma coisa é certa: ela nem tentou muito.

E nós no proc. de emagrecimento? A cada ‘não adianta’, a cada olharzinho de descrença, a cada gracinha sem graça nenhuma e até mesmo coisas ditas na lata, sem sensibilidade alguma, vamos botar o galho dentro e entrar numa de ‘realmente, eu não sou de nada’ ou vamos usar aquilo como adubo p/ nossa motivação?
Sempre usando bom senso, sempre sem desprezar críticas realmente construtivas, claro! Mas daí a deixar que a opinião alheia e pior ainda, uma opinião negativa a nosso respeito nos faça realmente ficar pra baixo e desistir do que quereos, nem pensar.
Vou ser curta e grossa (mais grossa do que curta, claro): críticas negativas e que visam somente baixar a bola de quem está tentando vencer algo bacana, são como cocô, ninguém precisa levar pra casa. Porém, transformando a coisa toda, nada mal lembrar que esterco de cavalo é um excelende adubo, as plantas adoram, não é? É isso aí! Que falem, que pensem, que desacreditem. Vamos responder sabe como? VENCENDO!
paloma.gif (6450 bytes)
Recados:  1) A blogosfera light carioca logo será um berçário lindo! Gravidinhas no momento: Marcinha, Jana Furtado e as mais novas futuras mamães do pedaço: Karina e Clarice. Parabéns meninas e futuros papais!
2) Peço desculpas à Fabiane, que me enviou e-mail pedindo orientação p/ ir ao encontro e, por alguma maluquice minha ou problema no servidor, só recebi/li um pouco antes de sair de casa já no domingo. Até respondi correndo, mas pelo visto não adiantou mais. Fiquei chateada, Fabi, espero que compreenda. no próximo vai dar tudo certo, ok?
3) As fotos do encontro que tenho mostrado são gentilmente cedidas – na marra (estou roubando mesmo) pelas amigas que levaram máquina ok?

Beijinhos!



 Escrito por Beth ?s 21h23
[] [envie esta mensagem]


 
   PRODUTIVIDADE

 

“Consulte não a seus medos, mas as suas esperanças e sonhos. Pense não sobre suas frustrações, mas sobre seu potencial não usado. Preocupe-se não com o que você tentou e falhou, mas com aquilo que ainda é possível a você fazer.”  - Papa João XXIII

  Esta frase estava entre as que levei ao encontro de domingo e ninguém a sorteou. É uma das minhas preferidas, embora eu goste de todas.Mas, na minha opinião, é a frase que melhor consolida tudo que foi expresso no nosso momento light, é uma espécie de fecho deste colar de pérolas lindo, valiosíssimo, que cada um de nós compõe a cada dia e reforça a cada encontro.
Quem não tem receios,suas dúvidas, períodos de 'tô nem aí'? Quem não titubeia de vez em qdo e não se vê às vezes acuado diante de um mau resultado ou de uma insegurançazinha básica que pinta no pedaço sem ser convidada? Quem, por mais que saiba que está nesta estrada pra valer não sente aquela coisa esquisitaça que aperta o peito, dá um nozinho no estômago, um “será?” que tenta minar a auto-confiança e botar em dúvida o alcance do que está sendo buscado? Não há quem, mesmo super consciente do próprio valor e da própria capacidade de superar dificuldades e vencer, não tenha um momentinho sequer de ‘opa, o que é isso?’
Sei lá, se há este alguém, não sou eu, garanto. Sou normalzinha , como conto sempre. Claro que sou aguerrida e se tem algo que gosto nesta vida é de vencer desafios, me sentir forte mesmo que a fraqueza cutuque eventualmente, qdo relato as minhas superações não tento mostrar somente o quanto eu sou valente mas, sobretudo, o quanto eu tb tenho estas coisas tão comuns ao ser humano, o quanto eu tb sinto angústias e receios, enfim, comigo acontece muito do que acontece c/ todo mundo. O que eu faço c/ estas coisas, a forma como enfrento e converto em ganhos sim, pode ser o diferencial algumas vezes, pois entram fatores como personalidade, vivência, a intensidade do meu querer, o grau de conscientização, o efetivo aprimoramento que se consolida a cada dia (sem com isso eu deixar de ser suscetível a muitas falhas etc.), enfim...

www.tecepe.com.br/olimpiadas/NicCestaJanete.htm 

Dou tb meus tropeços e é verdade, me abalo algumas vezes c/ situações que não me agradam ou não eram esperadas por exemplo, mas escolho, sempre e sempre, sair da lona o mais rápido possível. A energia que gastaria me lamentando, me sentindo a última bostinha do planeta eu procuro usar como combustível a mais na minha recuperação. Resmungando, sim, que de ferro não sou, santinha muito menos. Mas dando produtividade ao lance, senão não adianta.

Qtas vezes na vida, neste e em outros projetos, perdemos tempo/energia valorizando muito mais os medos do que o alvo do nosso trabalho? E qtas destas vezes nós nos propusemos a avaliar o motivo de algum insucesso e da frustração que ele gerou por outro ângulo, não só vendo o ‘não deu, não rolou,snif’ e sim fazendo uma análise honesta p/ identificar O QUE PODERIA TER SIDO FEITO MELHOR, O QUE NÓS SOMOS CAPAZES DE DAR A MAIS (ou até a menos, conforme a situação) p/ garantir um resultado favorável?   É tão comum a gente ficar encerando em cima de um mesmo ponto, geralmente amargando indefinidamente o dissabor, remoendo a mágoa, ressentindo a angústia, supervalorizando a dor por mais que ela já seja por si só, tão doída! É tão aparentemente mais fácil sentir-se vítima dos acontecimentos e dos resultados do que parar, pensar e encarar uma realidade que nos diz na cara que nós é que poderíamos ter feito a diferença!
A função desta avaliação não é acrescentar culpa nem raiva de nós mesmos ao leque de insatisfações que se abre qdo algo não sai como queremos. O objetivo é justamente parar de se sentir fracassado (pq não é) e usar a força do seu pensamento e gerar energia de forma produtiva, direcionada ao que se quer realmente fazer, que é dar a volta por cima ou melhorar o que se sabe que pode e deve ser melhorado.

E  é isto que eu procuro fazer. Se consigo 100% das vezes? Claro que não, eu sou movida a emoção e mesmo a km percorrida (de vida, de processo, de tudo) não fez de mim nada tão espetacular assim...rs Mas é como eu penso, é no que eu acredito, é o que eu já sei na prática que funciona e que me leva p/ a frente e é o que eu mesmo falhando busco praticar. E eu recomendo, de coração, vale a pena!  E como receitar remedinho é mole mas tomar nem tanto, asseguro a vcs que estou de verdade tratando disto em mim neste momento, estou  recomendando mas estou fazendo, ok?

Mais sobre o último encontro:
1) Esqueci de registrar no último post e peço desculpas à querida Janice, tão gentil e amorosa, que nosmimou c/ lindos ímãs de geladeira em formato de borboletinhas coloridas e cintilantes (que o filhote gatíssimo ajudou a preparar), representando a metamorfose pela qual estamos passando e que nos levará ao sucesso total! Lindas e dadas c/ tanto carinho, valem muito! Obs.: ‘Jaque-saradona’, as suas borboletinhas estão guardadas comigo, qdo nos encontrarmos entregarei ok?  2) Menção honrosa p/ o bolo levado pela Mari (ñao comi pq não gosto de fubá e milho mas o maridão elogiou muito depois)! E menção honrosa tb p/ o bolo integral delicioso (quero a receita) que a Jaqueline fez, está prendada a garota hem! 3) Alessandra ligou na hora do momento light p/ dar abraços em todos, fiquei de retornar p/ não interromper a Mari e...ESQUECI. Perdão Alê! Fica o abraço dela, gente!

Então, vamos lá, vamos ser produtivos e concentrar no que podemos fazer de melhor em vez de ficarmos girando em cima do “ai  não deu”, ok? Combinadinho? Combinadíssimo. Beijos!



 Escrito por Beth ?s 19h38
[] [envie esta mensagem]


 
   MAIS UM ENCONTRO E DE NOVO, MARAVILHOSO!


Da esq. p/dir: 1ª fila: Sele e Janna c/ a filhotinha Carla
2ª fila: Daniela, Mari, Jaque, Vitória (Marília) e Janice
Ao fundo: Jackie e eu

Depois de um sábado em que trabalhei muito, de casa mesmo, numa espécie de plantão em que o celular pendurado na orelha o tempo inteiro não me permitiu esquecer nem um pouquinho da empresa, amanheci neste domingo exausta e completamente rouca. Uma voz pra lá de sensual (rs) e irritante, pelo menos p/ mim que gosto de falar muiiiiiiiito e assim não dá...bom, até dá né, pq p/falar eu sempre dou um jeitinho rs   Continuei antenada no andamento das coisas na empresa mas já menos que ontem, a pressão foi menor, pelo menos isso, não queria que nada atrapalhasse muito a participação no encontro.

Eu e o Vi chegamos na casa da Janna pouco depois da hora marcada e ela se surpreendeu pois eu QUASE sempre chego atrasadinha... Tivemos 4 estréias maravilhosas:
1) Mari, que foi c/ seu marido Luciano, que casal bonito e simpático! Vieram de Búzios, deixaram aquele paraíso num dia ensolarado e quente por causa do encontro, que maravilha!
2) Vitória (que na verdade, se chama Marília) c/ o marido Marcelo, outro casal lindo e cativante!
3) Daniela, um docinho mineiro que vive no RJ há cerca de 1 ano e já conquistou a gente!
4) Janice, que não tem blog mas nos visita e há cerca de 1 mês conversa comigo por e-mails e já caiu no coração da galera!
E do grupo antigo além de mim (c/ meu amor) havia a Jackie, a Marsele (c/ seu amor Vinícius), a Jaqueline e naturalmente a Janna, dona da casa. O marido dela, muito simpático tb, nos recebeu super bem. E a mãe dela tb foi lá e ficou um pouquinho conosco.

 
Janna, Daniela, Janice e a mamãe da Janna
e ao fundo as minhas pernas passando...rs

O momento light foi novamente recheado de emoção. Enqto nós abríamos o coração na sala, os nossos amores conversavam e jogavam um baralinho na área externa (porém, atentos ao nosso papo - o que é excelente, isto chama-se PARCERIA).

Marsele (visivelmente mais magra e mais bonita ainda) foi a 1ª a falar. Foi lindo ouvi-la contar sobre suas últimas reflexões e perceber o amadurecimento crescente desta amiga especial que a blogosfera light me deu de presente.

Marsele e eu, esta foto nunca pode faltar!
(ao fundo, meu maridão querido)

Em seguida a Mari nos falou sobre sua luta c/ o peso que vem desde a infância, falou das dificuldades mas tb das vitórias que vem conquistando desde que se determinou a emagrecer de forma saudável, efetiva e a principal vitória: ela está se aprimorando, passando por uma transformação interior profunda que, entre tantos benefícios, está trazendo o emagrecimento como consequência natural. Ou seja, ela está no caminho certo. Resultado: vai vencer!

Depois foi a vez da Jackie, que compartilhou conosco muita emoção, nos forneceu a oportunidade de darmos as nossas mãos a ela c/ firmeza p/ ajudá-la a se fortalecer e superar adversidades que estão aí p/ ensiná-la a crescer, bater asas e voar. E tenho certeza de que em breve já assistiremos a um lindo vôo, viu Jackie!

Em seguida a Jaqueline, nossa "Jaque saradona" que andava sumidinha e felizmente pôde vir desta vez, mostrou que continua c/ tudo em cima apesar da correria, muito trabalho e alguns probleminhas de saúde que já estão sendo tratados e logo ela estará livre deles. Como sempre, a gente ouve e vê a Jaque e não tem dúvida do qto ela é forte e vencedora.

Chegou minha vez e, mesmo cada vez mais rouca falei sobre meu momento, o empacamento do peso que está sendo administrado novamente c/ serenidade (depois de ter me abatido c/ aquele resultado ruim e injusto, como vcs sabem) e reafirmar minha perseverança e determinação em fazer o melhor possível a cada dia p/ chegar à minha meta que está tão próxima!

O povo sentando p/ dar início ao Momento light
e eu passando no meio (encolhendo a barriga, pelo visto...rs)

Depois a Daniela nos contou sua história e mostrour que não está p/ brincadeira, desde que resolveu dar um basta ao processo de engorda que vinha acontecendo sem que ela percebesse claramente mas tão logo a ficha caiu ela enfiou o pé na estrada e já mandou vários kg embora, ela está muito bem mesmo!

Maravilhoso o relato da Janice, esta guerreira bonita e simpática que encarando de frente suas falhas, identificando c/ honestidade o que a fazia retroceder qdo já estava vencendo e decidindo-se a promover mudanças importantes na sua forma de pensar e agir está dando um 'olé' agora e alcançando os resultados tão desejados e merecidos? Um espetáculo!

E nossa amiga Vitória Marília ou Marília Vitória...rs, uma jovem mulher linda e sorridente que tb resolveu dar a volta por cima e está mostrando p/ D. Gordura quem é que manda, quem é que vai e quem é que fica? Deu gosto ouvi-la e sentir que ali está uma vitoriosa!

Janna, nossa querida anfitriã, mais uma vez nos encantou e comoveu ao falar tão honestamente do que vem sentindo e vivendo e, principalmente, reconhecendo algumas fragilidades pontuais que são tão comuns a todos nós mas que só qdo compartilhamos entendemos que não estamos sozinhos e que podemos transformá-las em força! Ainda assim, ela vai emagrecendo e conquistando passo a passo seus objetivos!

Olha nós de novo!

P/dar mais incentivo às amigas, levei umas tirinhas de papel c/ frases de motivação e cada uma sorteou 2, que ficaram como 'lembrete'. Engraçado foi ver que as frases caíam perfeitamente na situação de cada um. Será coincidência? Não, isto não existe. Eu acredito que para nós vem sempre o que é nosso!
E como minha dica p/ hoje era uma nova margarina light da Batavo que tem gostinho de manteiga, levei 1 pote que foi sorteado e Jackie foi a contemplada! Vai comer torradinha c/ saborzinho especial, né lindona? Tomara que goste!

Senti muita falta de quem não apareceu. Para quem foi, o encontro serviu ao que se propõe, primordialmente: compartilhamento, cumplicidade, compreensão, afeto, troca de apoio e de informações, renovação de tudo que precisamos para nos mantermos firmes no nosso propósito e nas atitudes que nos levarão ao sucesso. A união faz a força e tb nesta estrada do emagrecimento estarmos juntos é importante e nos ajuda a compreender melhor certas situações e seguir na direção certa,vencendo as dificuldades!

Tenham uma semana positiva, cheia de alegria e força de vontade. Beijão!



 Escrito por Beth ?s 23h37
[] [envie esta mensagem]


 
  

CHEGOU O DIA!!!!


17º ENCONTRO OFICIAL DA BLOGOSFERA LIGHT CARIOCA

NESTE DOMINGO, DIA 23/07, A PARTIR DAS 13h NA CASA DA JANNA PENEDO!

ENDEREÇO: QUEM AINDA NÃO PEGOU, ENVIE E-MAIL URGENTE (SE MANDAR P/ MIM, POR FAVOR, ATÉ NO MÁXIMO 11h DE DOMINGO, POIS DEPOIS ESTAREI JÁ ME PREPARANDO PARA O ENCONTRO, FORA DO MICRO....rs) QUERO ESTAR LINDONA PARA ABRAÇAR MINHAS FLORES!!!!

POR QUE IR AO ENCONTRO?

1 - Pq é maravilhoso rever / conhecer pessoas que estão no mesmo processo que nós, mesmo que às vezes por caminhos diferentes, mas c/ mesmos objetivos, que sabem o que sentimos, o que passamos!
2 - Pq é muito bom compartilhar assim ao vivo e a cores de tudo que vamos aprendendo nesta estrada!
3 - Pq modéstia à parte nós somos maravilhosos, queridos, alegres e se tem algo que sabemos fazer é trocar energia positiva!!!
4 - Pq todos, sem exceção, precisamos falar sobre nossos processos com quem nos entende, sempre há algo mais a aprender ou a transmitir!
5 - Pq saímos sempre dos encontros fortalecidos p/ mais uma etapa de muita batalha e com uma vontade renovada de fazer o melhor por nós!
6 - Pq a gente merece se dar tudo de bom e os encontros são, efetivamente, tudo de bom!
7 - Vá você também e garanto que completará esta lista com mais itens super positivos!

Eu estarei lá abraçando um a um com imenso carinho! Beijos no coração!



 Escrito por Beth ?s 21h38
[] [envie esta mensagem]


 
   VOLTEI, AQUI É MEU LUGAR TRA LA LA LA LA LA LA.......rs

 Amigos, desculpem o sumiço, andei enroladaça. Preparei um post p/ publicar na 2a feira, mas cheguei do trabalho muito molenga e qdo vi, estava c/ febre (que se estendeu pela noite toda). Na 3a pela manhã fui a SP a serviço, fiquei 2 dias lá, cheguei ontem à noite exausta e hoje tb foi um dia de muito trabalho.
Em Sampa revi a querida Adri e sua filha linda Ariadne, foi ótimo jantar c/ elas e bater um gostoso papo.
O bloguinho bombou, qtas visitas! É muito carinho e eu fico toda boba, feliz da vida, vs são de uma generosidade incrível, mil beijos e obrigada, podem ter certeza de que são muito importantes p/ mim. Agora vou, na medida do possível ler/responder e-mails, atualizar visitas e tb conhecer os blogs de gente nova que me visitou, que coisa boa, sejam sempre bem-vindos! Já sabem, eu demoro (só pela falta de tempo) mas apareço! 
Quem me comentou e não tem blog, pode ter certeza de que responderei por e-mail tb (se tiver deixado o end.), senão deixarei a resposta lá mesmo na área de comentários do post passado, ok?


 Está chegando o dia! Como é gostoso ver que a gente consegue manter esta regularidade, pelo menos 1 encontro/mês, pensar que o 1º foi em out/04 e de lá p/ cá, foi ficando cada vez melhor. Já fico pensando em mil coisas, antecipando a alegria do próximo domingo, imaginando quem estará lá, como vai ser, fico que nem criança em véspera de festa. Estarmos juntos é sempre uma festa. Quem já foi sabe! Quem não foi, vá e pode ter certeza de que estará no meio de amigos, de pessoas que estão ali de coração aberto, p/ COMPARTILHAR carinho, amizade, vivências.
E o melhor: somos todos, rigorosamente todos igualmente importantes, igualmente lindos, igualmente vitoriosos, SEMPRE. Só de estarmos na estrada, não importa em qual km, já merecemos todo o respeito e admiração deste mundo. E é assim que nos vemos, que nos reconhecemos, que nos abraçamos e consolidamos isto que nos une. Respeito, acima de tudo. E um amor que só aumenta, vixe que bom que é isso, gente!


VOU BATER NUMA TECLA REPETIDA, SOBRE 'FALANDO POSITIVAMENTE' OK? Vou falar do negativismo e da força do ‘não’ na nossa maneira de falar. Por mais que sejamos habituados a um certo modo de dizer certas coisas sempre podemos mudar, se sabemos que ele não é legal e nos atrapalha muito no que queremos conquistar! Em todo exercício de neurolinguística, controle da mente etc. sempre tem um ex. assim:

- O orientador diz aos presentes: “Não pensem num elefantinho”. Qual é a 1a coisa que o povo pensa? No tal do elefantinho! Aí sim, rapidamente, lembram-se de que não é p/ pensar nele e tentam eliminar a imagem do bichinho da mente.  Aí o orientador diz: “Pensem numa girafa”. O que vem à mente de todos? Uma girafa, claro! Se alguém ouve a orientação e pensa num elefantinho, sem mais nem menos, temos um problema bem mais sério! rs
Leio e ouço muito isto: ‘não quero mais ficar gorda’"não quero pensar tanto em comida", “não vou desistir”, “não vou mais comer tanto chocolate”,não vou mais pisar na jaca”, “não vou voltar atrás” etc.  Isto não é legal, pois o cérebro primeiro entenderá/registrará aquilo que a gente NÃO QUER p/ depois então entender o que a gente quer. Mas aí, babau, a 1a coisa registrada já está lá, acaba ficando mais difícil, é como fazer um percurso pelo caminho mais longo, no qual a gente pode até se perder. Então p/ não ter dúvida alguma, aliás, P/ TER CLAREZA NO QUE SE QUER REGISTRAR (olha aí um jeito melhor de falar) é melhor pensar/falar a coisa do jeito que ela é desejada.
Qdo
vc cumprimenta um aniversariante diz 'Espero que vc não seja infeliz e que não morra cedo' ou 'Felicidades, muitos anos de vida''?  Qdo torce pelo seu time diz 'vai vencer' ou 'não vai perder'?
Num casamento cumprimenta os noivos falando 'espero que não briguem muito e não se separem' ou 'sejam felizes p/ sempre?'
 
E qdo se refere ao seu emagrecimento, vc usa o jeito adequado de falar?  Em vez de dizer: ‘não quero ficar gorda’, diga ‘quero ficar magra’ ou ‘vou ficar magra’; em vez de “não vou desistir”, diga “vou persistir” e “vou em frente, sempre” ou algo assim” Em vez de “não vou mais comer tanto chocolate” diga “terei controle”, “comerei c/ atenção e controle”, “evitarei excessos”, por exemplo! Em vez de “não vou mais pisar na jaca” diga “vou fazer o melhor possível”, “vou ter me disciplinar”, “vou me comportar muito bem”.
E o mais importante: ACREDITE no que está dizendo, pensando, registrando na sua mente como quer fazer as coisas, colabore né? rs
 

Atenção tb c/ o "MAS" E o "PORÉM" pois, dependendo de como usamos, tb dão um tom negativo ao que falamos, vejam só:
Jeito ruim ==>  Emagreci 3 kg mas ainda faltam 27!  (percebam como isto é desanimador)
Jeito bom ==> Já emagreci 3 kg dos 30 que vou eliminar! (notaram que isto é mais positivo?)

Como será cada dia, nem sempre podemos prever, há imprevistos, há milhões de possibilidades, não somos os mesmos todos os dias, nossas emoções sofrem influências diversas, nosso corpo também responde a uma série de coisas, podemos amanhã estar ótimos de saúde ou c/ uma gripinha, uma coisinha qquer que afete nossa digestão, as mulheres têm a variação hormonal que geralmente causa impactos etc. Mas podemos ao menos nos preparar mentalmente de forma totalmente positiva, p/ fazermos o melhor, p/ conquistarmos mais e mais! Se algo depois não sair como mentalizamos a gente ajusta, vê o que dá p/ fazer, mas se desde já impregnamos o nosso cérebro p/ um “talvez não dê certo” ou um “poxa, já fiz um pouco mas só um pouco”, aí a gente estará se programando p/ o insucesso. Nada a ver!
Fiquem com Deus, beijocas mil!



 Escrito por Beth ?s 19h32
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!