Conquista

UOL
   NOTÍCIAS FRESQUINHAS!

 Não, não é! Hoje é 5a feira. Mas p/ mim é quase 6a!

Pra variar, trabalhando muito, sobrecarregada mas tudo bem, algumas mudanças no trabalho estão sendo benéficas embora signifique ainda mais trabalho, mais pressão e responsabilidade. Eu aguento o tranco.Por isso demorei a postar.

Tenho me alimentado bem, c/ atenção, fazendo o melhor possível. Só não estava me exercitando por orientação médica, mas já fui liberada p/ caminhar, o temor dele foi afastado pelos exames. No final de semana passada o tempo não estava tão bom e tb estava cuidando da mamãe, então não podíamos sair, aproveitei p/ atualizar visitas, devagarinho já consegui avançar muito. Infelizmente, tive que deslinkar vários blogs que estavam empoeirados há muito tempo, mas sempre torcendo p/ que sejam reativados, será uma alegria linká-los de novo. Em compensação, não para de chegar gente nova na blogosfera light, que bom! A lista não para de crescer, mesmo c/ as faxinas periódicas. E eu adoro!
Meu peso está baixando de novo, desde o desabafo já se foram 2,5 kg! Para retornar ao mínimo que obtive no processo faltam 2,6 kg. Com calma, paciência e muito foco, estou chegando novamente lá.

Tenho prestado atenção de forma bem especial às minhas principais fragilidades no processo, identificando o que eu ainda faço de errado c/ certa freqüência, mesmo ciente de que não é legal. Os principais pontos que achei:
1) Beliscar frios qdo estou tirando do pacte e guardando nas vasilhas plásticas p/ colocar na geladeira;
2) Pedir ‘provinhas’ no supermercado, na delicatessen etc. qdo compro frios. Às vezes, por não conhecer a marca ou o produto, é válido experimentar. Por ex., há queijos que não sei se são mais ou menos salgados ou se a textura é como gostamos em casa. Mas há coisas que estou careca de conhecer e peço provinha. Já tinha parado com isto, então é retrocesso;
3) No almoço (geralmente nos dias úteis) em restaurante a kg, é comum colocar frutas junto das saladas (adoro isto), mas sempre entendi que elas já contariam como ‘sobremesa’, embora estejam no mesmo prato da refeição principal. E volta e meia, mesmo tendo feito isto, depois vou catar uma sobremesinha, geralmente é algo diet/light que não atrapalha. Mas como eu antes não buscava este complemento qdo colocava fruta no prato, considero retrocesso a atitude atual.

Alguém dirá: ‘Nossa, mas só isso? Apenas 3 itenzinhos de nada, tão bobos? A Beth é um espetáculo!’ Não é por aí. Eu destaquei os mais gritantes,  que têm me incomodado,  pq dois deles (2 e 3) eu já não praticava e acreditava terem sido erradicados. E o  item 1 sempre foi um costume que se eu não presto muita atenção e me forço mesmo a segurar a onda, qdo vejo estou c/ uma lasquinha de algo a caminho da boca. E a boca abre, tá? E se alguém disser: ‘Ah, mas aí é neura! Qual o problema em beliscar um pedacinho de blanquet, ainda mais light? O que que tem comer uma sobremesinha diet só pq botou fruta no prato?’
Respondo: Aparentemente, não tem nada demais. A sobremesa diet básica que eu costumo consumir tem de 0 a 2 pts geralmente e cabe no meu cardápio diário. E uma única lasquinha do blanquet, do queijo, do chester etc. não vai me engordar.
Mas a questão não é esta. O meu processo não é só de emagrecimento, é de reeducação,  mudança de hábitos e a gula, o olho grande podem eventualmente me levar a uma bobagenzinha aqui e outra ali,  mas é preciso que eu primeiro pare de fazer disto uma atitude rotineira, uma quase que obrigação.

O que faz com que algo seja hábito é a repetição. E eu tenho que parar de repetir algo que me leva a hábitos ruins. E  tenho que repetir atitudes que eu quero que sejam o meu jeito natural. E o que não é tão natural e tão benéfico, fica p/ o eventual. Só isso. Sem neuras, sem culpa, sem me sentir um lixo pq peguei novamente a provinha. Mas c/ consciência de que não preciso provar tudo! Provo na loja, depois provo ao guardar, qdo for usar p/ uma receita provo de novo? Será que todas estas provinhas são contabilizadas? Lasquinha não é nada, mas lasquinha somada c/ lasquinha aqui e outra ali vira fatia. E fatia tem ponto! Ponto no meu processo existe p/ me ajudar a controlar o consumo diário, ficando na faixa que me favorece. Procuro registrar isto p/ que entre na contagem diária, mas se não houver muita atenção, acaba ficando fora, influenciando resultados. E  eu vou ficar com aquela cara de “Ué!”.

E mais: Se já tinha abolido ou  reduzido certas ações é pq sou capaz e pq não me fizeram falta,  só voltaram pq dei mole. Fiz a 1a vez, fiz a 2a e aí o velho hábito enostou. Uma coisa legal p/ que este abandono (ou redução da incidência) seja mais seguro é entender o que me leva a cada ação destas. Havendo alguma coisa por trás, trabalho na causa e evito a consequência. Se for só costume mesmo, é tomar vergonha e parar...rs
Um dos grandes baratos deste processo é ele ser esta fonte de oportunidades p/ refletir, me entender melhor, saber o que me move p/ certas direções. É  uma jornada em que a gente primeiro cresce por dentro p/ depois diminuir por fora. Es permite chegar ao objetivo num estágio interior muito melhor do que o do início da estrada. Por isso eu sou tão agarradinha de corpo e alma a este processo, da forma como ele é. Eu cresço...e afino.

É  bom chegar ao fim de uma jornada; mas é a jornada que conta, não o fim." (desconheço o autor da frase)
O final da semana está chegando. Não importa como cada um foi até aqui, nada de esperar 2a feira p/ ajustar o passo, o dia é sempre HOJE ok? Beijos, até domingo.



 Escrito por Beth ?s 16h31
[] [envie esta mensagem]


 
   PERSEVERANÇA NA ADVERSIDADE (José Antônio Rosa - prof. de pós-graduação em Administração, jornalista, editor e consultor)

Como dizia o poeta Gonçalves Dias, "a vida é luta renhida" - e as dificuldades fazem parte. Lógico que se deseja o maior tempo possível sem tempestades, mas há aí um risco: o ficar mal acostumado pelo mar calmo e perder a resistência p/ enfrentar a tormenta. Já que as dificuldades sempre virão ou poderão vir de uma hora para outra, é bom também aprender a lidar com elas do modo mais produtivo possível.
Em momentos difíceis, alguns comportamentos podem ser válidos:
· Antes de mais nada, salve sua cabeça. Mantenha a mente em ordem, isenta de dramatizações e preocupações exageradas. Se necessário, busque apoio.
· Busque amparo emocional maduro. As relações de sincera amizade e de amor ajudam bastante. Não se ausente e busque a convivência com amigos e parentes. Mas, se necessário, selecione aquelas pessoas que, por seu bom astral, ajudam emocionalmente.
· Trabalhe firme na solução dos problemas, com a devida concentração e uma estratégia adequada, procurando isolar as perturbações e fontes de tensão.
· Peça orientação p/ alguém que esteja vendo o problema "de fora" e pode ter uma visão mais objetiva e racional dos processos.
· Cuidado com o canto das sereias. Quem está em dificuldade fica vulnerável a idéias mirabolantes ilusórias. Cuidado com propostas fantasiosas, com promessas em geral, com conversa persuasiva de gente esperta.
· Por maiores que pareçam ser as dificuldades, não desista da luta. A persistência faz milagres.

 

Gostei deste artigo. Nem sempre é fácil lidar c/ dificuldades e mesmo eu sempre dizendo que a gente tem que manter a serenidade, nem sempre consigo isto tão bem. Longe de mim passar uma imagem falsa de quem está acima da alegria e da tristeza, da satisfação ou do emputecimento. Mas vou aprendendo c/ a vida e vendo buraco como oportunidade p/ aprender a contornar, barreira como chance de parar e pensar como fazer p/ superar.
Qdo me vi há pouquíssimo tempo atônita, sem entender a dificuldade em concluir o processo, nem assim pensei por 1 min em abandonar tudo. Abandonar a mim mesma está fora de questão, jamais serei eu a me largar de mão e jogar fora o que já conquistei, sei bem qto custou e o como foi bom alcançar cada resultadozinho parcial, constatar cada avanço mesmo que aparentemente pequeno.
Como esquecer a 1ª  passada na roleta do ônibus depois de anos, o alívio na 1ª vez que a pressão arterial mostrou que estava cedendo junto do peso, a 1ª roupa de loja normal, o 1º biquíni depois de 27 anos usando maiô etc... Perder isto? Nunquinha!
 E neste percurso não tive adversidades? Tive e de todo tipo. Doença na família, falecimentos de pessoas amadas, problemas no trabalho, crises financeiras, probleminhas de saúde e tb no próprio emagrecimento, c/ avanços significativos e tb deslizes, platôs etc. Mas eu persisti. Aos trancos e barrancos, mas não dei o braço a torcer, pois sabia que poderia continuar e se precisava de ajuda, fui buscar, assim como fiz agora. E esta situação que parecia tão igual à anterior, já é outra! Se eu ficasse feito enceradeira no mesmo pedacinho, me agoniando sem buscar o suporte a mais que precisava, não teria me dado a chance de compreender melhor a situação e assumir que cheguei “em termos” ao fim do processo.
O que quero ressaltar é que nas horas difíceis é preciso evitar deixar-se levar por pensamentos negativos,  influências externas nem sempre benéficas. Isto pode gerar atitudes inadequadas que, em vez de nos ajudarem, jogam tudo pelo ralo.

Não vou conceituar o que é dificuldade, pois isto bate de um jeito p/ cada um. Algo que p/ mim não é tão complicado pode ser uma grande dificuldade p/ outra pessoa e vice-versa. Mas que tem gente que exagera e bota uma lente de aumento ‘daquelas’ qdo olha um problema e já se exaspera sem nem parar p/ avaliar direito e resolver como vai encarar aquilo, tem sim! Do mesmo jeito que tem pessoas que negligenciam o problema, deixam de refletir e agir, ele acaba ficando potente e qdo vão ver, a coisa está fora de controle, causando estrago.
 Sei tb que depende muito de como estamos interiormente. Tem coisas bobas que nos derrubam por aparecerem qdo estamos mais frágeis, tem coisas complicadas que a gente tira de letra se chegam numa hora em que estamos mais atentos e fortes. Então, dentro do que é possível p/ seres humanos, vamos tentar ficar atentos e fortes.
Lendo as dicas do texto acima, vi como se encaixam tb num momento adverso do proc. de emagrecimento. Li e reli, refleti, comparei c/ situações já vividas e resolvi trazer p/ cá, p/ que vcs tb reflitam.
Não precisamos pular felizes por termos dificuldade, mas não precisamos tb ver o buraco e já nos atiramos nele, vamos parar, pensar e achar uma forma de contorná-lo!  As dificuldades podem ser chatíssimas, algumas exigem da gente uma força quase sobre-humana, eu sei (e como sei). Mas são oportunidades de aprimoramento, de exercício da paciência, são desafios que se a gente aproveitar a gente cresce, fica maior que as dificuldades e as vence. Há muitas maneiras de vencer. Descobrir o que a dificuldade está querendo mostrar e agir certo é vencer.
Não é o que está acontecendo comigo agora? Minha dificuldade estava me mostrando algo que eu não via! Agora, enxergando a coisa como ela realmente é, eu passei a pensar diferente, minha serenidade voltou embora eu ainda esteja digerindo isto devagarinho. A persistência faz milagres? Eu persisto.

O 'Portal Minha Vida' semanalmente indica 5 blogs p/ leitura de seus usuários e esta semana este espaço querido aqui é um dos destaques . Fiquei honrada e feliz e agradeço a indicação.
Beijos perseverantes!



 Escrito por Beth ?s 21h44
[] [envie esta mensagem]


 
   QUEM GOSTA DE DIETA É GORDO

Me inspirei num interessante texto num destes jornais distribuídos em lojas de produtos naturais etc., a autora é Yara Daros e o título, altamente sugestivo: ‘Quem gosta de dieta é gorda.’
Conheço tanta gente que vive na paranóia de estar começando ou precisar começar uma dieta (só pensa nisso) e em  seguidas crises por ter furado uma dieta ou algo assim. Quem quer mesmo emagrecer se reeduca, muda hábitos, pensa diferente, trabalha no aprimoramento interior e, sem virar neurótico de plantão, aprende a usar o bom senso no dia-a-dia p/ fazer melhores escolhas. E vive normalmente, entendendo que viver normalmente é simplesmente fazer o que é normal.
O normal não é comer desesperadamente, não é afogar as mágoas e preocupações na comida, não é achar que se não comer todos os salgadinhos e doces da festa estará perdendo a maior chance da vida, não é usar os alimentos como única ou principal fonte de prazer e tantas outras coisas. Se fizer dieta, só falar dela mas não transformar realmente as coisas principalmente dentro da cabeça, vai viver de dieta e se bobear, vai viver gordo tentando emagrecer e engordando de novo e neste vai-e-vem haja paciência, haja frustração, haja desgosto e haja saúde!

Se a gente não sabe ainda viver este 'normal', aprende! E de tanto praticarmos a nova maneira, ela acaba enraizando. Se o que era ruim e só nos prejudicava foi absorvido tão facilmente, pq não iríamos agora assimilar o que só nos traz benefícios? T
udo depende de praticarmos realmente e repetirmos mil, cem mil, 1 milhão de vezes até ‘entrar no sangue’.
O texto citava estas máximas do comportamento de gordo:
1) A partir de 2a feira a vida vai mudar, pq começarei uma dieta. É o que mais se ouve e se lê. A semana não começa na 2a feira e sim no domingo. Que tal escolher então este dia p/ dar início a algo sério? Eu comecei p/ valer num sábado!
2) Só vou comer salada e frango. Já vai começar mal. Ninguém aguenta viver só disso, enjoa logo e não há necessidade. Melhor planejar cardápios variados, saborosos, atraentes justamente p/ ter vontade de cumprir e não ficar c/ a sensação de “sou uma pobre coitada”.3) Vou me matricular na ginástica localizada (detestando ginástica). Ativ. física é essencial, mas não concordo que se faça algo que não agrade, vira um martírio. O lance é descobrir que tipo de movimento lhe faz bem e traz prazer.
4) O único doce que posso comer é gelatina diet de preferência de limão (pq é verde e gorda precisa de muito verde). Quase morri de rir com esta. Deve ter quem pense assim mesmo. E aí, qdo dá de cara c/ algo bonito e gostoso, se entope!
5) Não vou mais a festa. Coisa de quem acha que festa é só p/ comer  e comer muito e se não pode comer muitoo, melhor não ir. Ninguém lembra que festa é p/ ver gente, se divertir, dançar, conversar, comer é um dos atrativos e não o principal.

Estas e tantas outras atitudes que o pessoal acha que precisa adotar p/ emagrecer só fazem efeito contrário, mas eu canso de ver, ouvir e ler coisas que mostram que são pensamentos e práticas ainda muito comuns.

Volta e meia me perguntam o quão sacrificante p/ mim é este processo e não acreditam qdo falo que não há sacrifício. Vejam bem, eu não nego que ele requer esforço, atenção, comprometimento etc., dá trabalho sim! Mas sacrifício não é, pq eu ESCOLHI não associar estas coisas todas a sacrifício, eu ENTENDI que se vai me trazer benefícios, se vai me fazer conquistar o que quero e o que quero é bom, então só pode ser algo legal e não um martírio.
Não precisei, nem preciso passar fome ou privações, não me senti nunca uma pobre coitada que só pode comer isto e aquilo enqto o povo à volta come um prato cheiroso, bonito e gostoso. Qdo abro mão de um destes pratos p/ comer algo mais leve é escolha minha, uso o bom senso e prefiro deixar p/ outra ocasião. De tanto procurar compreender o processo e aplicá-lo da melhor maneira possível e por trabalhar sempre a cabeça antes de tudo, fica cada vez mais natural parar e pensar antes de decidir. Não quer dizer que eu sempre decido o melhor, mas ao menos sei sempre o que poderia ter feito,onde acertei ou errei e posso fazer melhor da próxima vez.

Quem não procura mudar o que realmente precisa ser mudado e insiste em promessas vãs e ações que envolvem restrições e sacrifícios (difíceis de se praticar por muito tempo) geralmente se perde. Vamos combinar? Quem gosta de dieta é gordo. A gente gosta de emagrecer e se sentir bem. A dieta, reeducação ou o nome que dermos ao processo é MEIO e não fim. É CAMINHO p/ chegar onde quereremos. Vamos seguindo, então!
Beijos, um excelente final de semana!



 Escrito por Beth ?s 15h31
[] [envie esta mensagem]


 
   CALÇA BRANCA...E VERMELHA... E ROSA... E AMARELA... E VERDE.....E...

Entre os comentários sobre o último encontro blogueiro light do RJ, sábado passado, alguns se referiram ao fato de eu estar usando uma calça comprida branca. Achei engraçado e como não lembro se já fiz um post sobre isso, aproveito p/ dar um toque na galerinha sobre algo que gosto sempre de ressaltar: a gente não tem que esperar ficar no peso X e c/ o corpo "assim e assado" p/ só então começar a usar cores, enfeites etc.
Qdo eu tinha 140kg usava vermelho, branco, verde, azul, amarelo, roxo, preto, rosa, laranja, listras, estampados etc. sem problemas. Nem precisa muito, vejam na minha foto de Antes aí o lado, estava de blusa na cor cenoura! Até maiô eu sempre usei de tudo que é cor! E agora, que já uso biquini de novo, tb não me aperto não. Tenho rosa, laranja, amarelo, azul, estampados e lisos. E estou maluquinha procurando um biquíni branco, sabiam? Aguardem!

Estou rindo lembrando de um maiô que tive, há muitos anos, o fundo era roxo e a estampa era de frutinhas. Abacaxis, uvas, cerejas, papayas...mimosos abessa. Na época era moda este tipo de estampa e como encontrei um que achei que me caberia (não provei por estar com pressa) comprei. No dia em que o estreei, foi hilário. Aliás, na hora não foi nada engraçado, só depois que eu ri. Vesti o dito cujo e aí vi que não me cabia direito. Qdo conseguia que a alça ficasse no ombro, a cava embaixo subia tanto que quase me estrangulava a virilha. Força daqui, ajeita dali, o tipo de corte onde ficava o peito não era muito adequado ao meu seio e eu suei até ficar razoável. Teimosa, fui com ele p/ a praia. Mas o detalhe principal foi que de tanto que estiquei o bendito, qdo dei por mim, já sentadinha sob o sol, fui ver que as frutas estavam imensas.
Aquela estampa mimosa se transformou numa verdadeira barraca de feira. Era abacaxizão, papayão, pedaço de melancia do tamanho de um bonde...rs Corria o risco de levar uma dentada ao passar por alguém faminto hahah Bom, mas isto foi um “acidente de percurso”.

É um engano achar que usando só cores escuras a gordura da gente fica disfarçada e que usando cores mais claras ela realça. Isto até pode acontecer qdo a gente tem uma coisinha de nada a mais. Eu sempre adorei e usei calça branca, em todas as épocas da minha vida. Nem sempre encontrava, já obesa mórbida, então mandava fazer. Até macacão branco eu mandei uma costureira fazer, certa vez. Usei no meu aniversário de 38 anos, c/ uma blusa estampada transparente esvoaçante aberta, por cima e no auge da farra, logicamente tirei a blusa.

O fato é que as pessoas que estão acima do peso, geralmente desgostosas c/sua forma física, acabam muitas vezes tentando se esconder atrás de roupas sem muito detalhe e cor. Mas aí, o efeito disto é ruim p/ elas mesmas. Imagine só toda vez que vc se olhar no espelho, ver uma pessoa c/ roupa sóbria, só em tons de preto, marrom, cinza? São bonitos, mas não dá p/ usar só isso.
As cores fazem parte da vida, estão em tudo, na natureza, todo canto. E aí, se a gente entra numa de só usar cor escura, ao invés de nos escondermos vamos é destoar de tal forma de todo o resto do mundo, que é colorido, vamos é aparecer mais. E aparecer de um jeito sombrio, escuro, sem graça, a menos que joguemos um enfeite mais vivo, um detalhe colorido, um algo mais.
E mais: qdo nos olhamos e vemos cor, vemos vida e transmitimos vida.
Uma colega minha só andava de preto, não por questão de corpo, mas pq achava prático p/ o dia-a-dia de trabalho. Coincidentemente, vivia emburrada, resmungando, nada estava bom, implicava com um e outro e igualmente as pessoas se irritavam com ela. Um dia, num dos muitos papos que tivemos, eu falei um monte de coisas, mostrando a ela o qto seu procedimento não estava legal, aproveitei p/ sugerir que ela colocasse cor na sua vida. E mencionei algo que já havia lido e ouvido antes: o efeito das cores na retina de quem nos olha. Somos os primeiros a nos olharmos qdo nos arrumamos, qdo vamos ao banheiro e damos de cara com o espelho etc. Então, a primeira retina que recebe uma informação pra cima ou pra baixo é a nossa. E a maneira como vamos nos sentir e ser sentidos pelos outros é influenciada.

Claro que não é só a cor que dita isto, afinal se eu andar toda colorida e for insuportável não há como alguém me aturar, né? Ela se tocou, realmente procurou dar uma melhorada no seu estado de espírito, no seu relacionamento c/ as pessoas e dali em diante (já fazem quase 3 anos) passou a usar cores, cada dia está com uma combinação diferente, só vendo!
Vai chegando o fim do ano e lembro que nos anos anteriores nesta época já começava a ler em alguns blogs o desejo de "este ano usar uma roupa branca no reveillon". Use! Não precisa já estar magrinha, ué!
Se um determinado modelo não cai bem, escolhe outro. Se o vestido dos sonhos ainda não vai ficar legal, faz uma outra coisa que tb seja bonita. Mas nada de se privar de algo que é bonito, que é altíssimo astral, por não se achar digno de usar. Não importa o quão gordinho cada um está, use todas as cores que existem, desde que goste delas. Tenha bom senso, p/ que a peça lhe caia bem. mas isto não está associado só à forma física, tem muito magrinho que não fica bem com determinadas roupas.
 
Na 2a feira entrei na Renner e já gamei num short que vi lá. Tinha meu número e em 2 cores: azul claro e azul marinho (cor do momento, principalmente usando c/ branco). Pensei: poxa, queria este shortinho em branco. Abusada, eu? Sem dúvida. Pernocas molengas, varizes prestes a serem operadas e eu pensando em short e ainda por cima branco? Isto mesmo. Sou abusada né? rs Beijocas!



 Escrito por Beth ?s 22h49
[] [envie esta mensagem]


 
   DICA DA BETH

As fotos e notícias do nosso último encontro arrasaram! Tantos comentários e elogios, não dá p/ deixar de ficar orgulhosíssima por toda a galera que proporcionou isto. E muito especialmente à Marsele, que sempre se desdobra p/ organizar, enviar e-mails, correr atrás de local, endereço, dicas de condução, mapas etc.
Image Hosted by ImageShack.us A rainha dos encontros é ela, nossa incansável Sele.

A todos que me elogiaram agradeço muito, qta generosidade hem! Ok, eu estou bonitinha sim...tb acho! Não vou ficar c/falsa modéstia, já que sou a 1a a me olhar c/ generosidade e carinho, embora tenha os mesmos piripaques de todos, vez ou outra, frente ao espelho. No encontro mesmo eu contei que qdo estava me arrumando em casa dei mil ataques, troquei 5 blusas pq achava que nada estava ficando bem em mim e que eu estava imeeeeennnnnsa. Passado o PITI, botei a verdinha que tanto gosto e pronto, me achei linda de novo haha! Isto é normal.

Falando em lindas, mais algumas que estavam no encontro de sábado (claro que eu tb estou na foto...rs):


Da esq.p/dir.=> No alto, eu e Clarice.
Embaixo: Janna Rodrigues, Czinha e Marcia (anfitriã)

Hoje trago um texto que levei p/ o encontro. É algo que usei p/ reforçar em mim mesma algumas coisas importantes (eu tb tenho minhas recaídas de vez em quando) e achei positivo compartilhar.

18º Encontro da Blogosfera Light Carioca – 16/09/06 DICA DA BETH
JOGUE NO SEU TIME!!!!

 Digamos que você tenha feito algumas avaliações e esteja nos casos abaixo (ou algo parecido):

- Fez tudo direitinho, pesou-se e o resultado foi insatisfatório;  e/ou
- Estava indo super bem, mas de repente deu bobeira e cedeu a tudo quanto foi apelo de comida, bebida etc.; e/ou
- Ainda comete muitos erros, embora esteja carca de saber qual é o jeito certo de agir; e/ou
- Achou que estava super bem, mas ao tentar vestir aquele jeans que está aguardando no armário ele ainda não fechou, levando vc a pensar que “não está adiantando nada” o seu esforço;
- Recebe mil elogios, sente-se mais magra porém ainda não está vestindo o manequim que desejava vestir exatamente nesta época; e/ou
- Outras tantas situações/sensações/percepções que cada um poderá acrescentar a esta lista...

Então, p/ “celebrar” estas constatações, que tal entrar na primeira lanchonete e enfiar a cara em um monte de coisas bem engordativas?
Ou então chutar o balde, largar tudo de uma vez? Topa?

Antes, porém, pense direitinho e responda:

- Isto vai fazer c/ seu resultado modifique p/ melhor?
- Isto trará a satisfação que você não conseguiu obter na pesagem, na prova da roupa etc.?
- Isto lhe trará os avanços que você precisa/quer p/ chegar aos seus objetivos?
Se a resposta for SIM, vá fundo. (mas duvido que será)
Se for NÃO, vá fundo tb. Mas neste caso, vá fundo em si mesmo, reflita melhor, avalie o que pode estar havendo, veja se realmente está seguindo seu processo como deve, veja se os erros cometidos poderiam ter sido evitados, imagine o que poderia ter feito melhor, compreenda que falhar é humano e que é melhor tentar e errar do que ficar esperando que caia do céu o que vc quer obter.
Pode ser até que descubra que não está falhando e sim que está com uma expectativa maior do que é possível realizar em X tempo através do método que você adota p/ emagrecer.
Aceite que os tropeços fazem parte de qualquer caminhada e que nos ensinam a prestar mais atenção no caminho e em nós mesmos, justamente p/ não tropeçar de novo adiante, pelo mesmo motivo.
Entenda que tudo requer tempo p/ acontecer e tb que projetos iguais em lugares / pessoas / circunstâncias etc. diferentes variam de prazo. E que projeto de sucesso não é aquele que começa e termina sem falhas e sim aquele que é bem gerenciado, inclusive nas falhas.

Reavalie suas expectativas, p/ não se frustrar sem necessidade.

Veja se suas metas não estão aquém ou além do que é possível na sua situação específica. Li em algum lugar (e concordo) que metas arrojadas demais geram ansiedade, metas pouco desafiadoras geram tédio e falta de comprometimento (sensações ruins e prejudiciais).
E DECIDA SEMPRE QUE QUALQUER ATITUDE A SER TOMADA, SERÁ A SEU FAVOR E NÃO CONTRA VOCÊ.  JOGUE NO SEU TIME. 

 

É assim que vou conversando comigo mesma e reparto com vocês porque sei que sempre tem um dia em que precisamos ouvir/ler e pensar de novo, lembrar de coisas que nos ajudam a seguir, haja o que houver.
Beijocas!



 Escrito por Beth ?s 08h42
[] [envie esta mensagem]


 
   BOMBOU, NOVAMENTE! LINDO E EMOCIONANTE O 18º ENCONTRO DA BLOGOSFERA LIGHT DO RJ!!!

É chover no molhado dizer que foi bom demais! Sempre é! Mas cada encontro é ainda melhor que os anteriores, uma superação que encanta e dá gostinho de quero mais.


No sentido horário:Denise (blusa verde), Marcinha, Mari, Jackie, Janna, Beth,
Marília, Janice (no chão), à frente dela Luiza,Czinha (de azul), Marsele,
Clarice (em pé), Daniela, Vera e Regina. Lalá e Juliana não tinham chegado ainda.

Marcinha, seu maridão Leandro e a filhota Isabella nos receberam c/ carinho em seu gostosíssimo sobrado em Campo Grande.
Quem mais estava lá? Eu. 
Marsele, Marília, Maria Clara, Denise,Juliana, Czinha c/ nossos respectivos amores; Jackie c/ a filhinha Luisa; Daniela; Lalá; Vera;Regina; Janice; o casal campeão Clarice e Euler, ela grávida esbanjando elegância e felicidade; Janna Rodrigues; Jaqueline. A querida Ana Marinho nos deu um delicioso "alô" lá de Curitiba, por telefone!

Celebramos cada chegada c/sorrisos, gritos, abraço e beijo daqui e dali, quem chega pela 1a vez logo se sente em casa, da mesma forma como quem já participa há mais tempo.

Mais uma reunião abençoada, regada a carinho verdadeiro, união, vontade vinda do coração de compartilhar, de ouvir o outro, de falar para o outro, de pensar no que cada um apresenta sobre seu momento no processo e mesmo na vida, pois o que estamos fazendo por nós transcende a questão do emagrecimento.  Investimos no nosso auto-conhecimento e real aprimoramento. Emagrecer passou a ser uma consequência natural de tudo de mais profundo e bonito que estamos promovendo.
E se trocar isto através dos nossos blogs já é muito gostoso, poder fazer pessoalmente como desde 2004 a gente vem conseguindo, é especial demais.
 
Nossa roda p/ o "Momento Light": ouvindo, falando, aprendendo uns c/ os outros

É um privilégio ver de perto toda a evolução e beleza por dentro e por fora desta galera que se ama, que se descobre/redescobre a cada dia e caminha junto rumo à realização dos seus objetivos, com cada vez maior consciência, responsabilidade e procurando transmitir isto a todos.

Vemos o resgate da auto-estima onde antes ela não estava sendo percebida/exercitada. Vemos o orgulho e o respeito por si mesmo provocar um brilho especial em cada olhar. Vemos as posturas cada vez mais elegantes, mais bonitas, de gente que vai se aprumando. Vemos sorrisos que vem da alma.

Aprendemos/reaprendemos uns com os outros o tempo todo. Cada relato é recheado de emoção, de vida, de lições que todos aproveitamos. Cada um de nós é instrumento de força, de apoio, de coragem para o outro. Cada um de nós é fonte adicional de alegria, cada sorriso provoca outros tantos sorrisos. E havendo lágrimas, sempre há outras solidárias que caem junto e mais sorrisos e palavras/ações de apoio carinhoso e todos saímos de lá com a bateria recarregada.

Eu c/  Marilia "Vitória" e c/Marsele (atrás o papagaio de pirata, meu maridão...rs)

Não levei máquina, então estou pegando as fotos divulgadas pelas amigas p/ tb mostrar aqui. Visitem os blogs da galera e poderão ver muito mais do que foi esta delícia de encontro!

Abaixo a foto do 1º Encontro, em out/2004 , c/ apenas duas pessoas, eu e Valeria.Foi assim que tudo começou. Dá gosto ver que naquele dia foi plantada uma sementinha. Ao lado, outra foto de ontem. Eita semente que não para de dar frutos maravilhosos! Que venham mais!!!
1º Encontro RJ (Out/04)   
 Valéria e eu


E agora, uma galerona linda. E olhe que faltou gente abessa hem? A gente sabe
como é,todos têm compromissos e nem sempre se consegue conciliar tudo.
Por isso, mensalmentea gente se encontra e aí, conforme a disponibilidade de
cada um, a gente se vê e se curte.

Mais uma reunião coroada de êxito no que é sua principal proposta: dar as mãos, transmitindo mutamente força p/ continuarmos numa trajetória feliz. E assim há de ser.
Beijos mil!



 Escrito por Beth ?s 12h59
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!