Conquista

UOL
   QUE VENHA 2007!!!!

E mais um aninho está de malas prontas, prontinho para partir. E outro, novinho em folha, já está na porta, esperando só a hora de entrar e dar o seu recado.
Para mim, 2006 foi um ótimo ano, cheio de emoções, de alegrias e sustos, mas muito produtivo e com saldo positivíssimo. Não faltou trabalho, aliás trabalhei até demais, porém isto foi bênção, eu bem sei como Deus tem sido generoso comigo neste aspecto, pois me tirou 3 vezes de situações de risco, sempre de forma muito especial e por mãos que nem eu podia imaginar que Ele usaria como instrumentos a meu favor.
Continuei firme na minha reeducação, renovando a cada dia tudo que me move na direção dos meus objetivos e embora tenha eliminado poucos kg durante este ano, o saldo total foi de 53 kg emagrecidos, fui reavaliada pelo médico e pela nutricionista e veio a constatação de que cheguei ao meu peso aceitável, em função do meu histórico e composição corpoal. Meu limite p/ emagrecimento natural estava sendo alcançado, eu lutava p/ chegar na praia já estando nela, sem saber.   O que falta em kg p/ a meta estabelecida anterio rmente, tenho em pele e gordura não metabolizável. Entrei em manutenção no VP, recebi meu certificado de peso ideal e chorei muito de alegria. Agora, faltam 3 semanas p/ ser vitalícia. Uma nova etapa foi iniciada, esta é para toda a vida: manter-me no peso.
Acredito-me capaz disto, sei que isto vai exigir a mesma atenção, esforço e dedicação do emagrecimento e estou disposta dar minha cota de esforço, numa boa. É um trabalho que virou prazer, fiz mudanças que jamais poderia antes imaginar que seriam possíveis, mas foram e há uma razão para isto: eu quis. Eu me determinei a fazer o que por dezenas de anos disse que não faria, eu cismei que podia comer coisas que jamais aceitei, eu resolvi que podia mudar estilo de vida sem me privar de nada e a partir deste momento em que decidi vencer, eu venci.

Por isso sou tão enfática e até mesmo chata demais, qdo sacudo aqui e ali os amigos que se mostram em dúvida sobre sua capacidade. Vejo em muitos as relutâncias que eu mesma tive por mais tempo do que muitos têm de vida! E como não sou melhor, mais forte nem mais capaz do que ninguém, saio em campo puxando um daqui, empurrando outro dali, dando toques amigos em todo canto e, garanto, aprendendo muito, muito mesmo, com cada um.
 
Eu e Luisa, filhotinha linda da Jackie, no encontro light de dez/06
Sintam-se abraçados assim, todos vocês!


Mais um ano de convívio alegre, harmonioso e cada vez mais próximo na blogosfera light. Os encontros mensais continuaram acontecendo, não perdi nenhum e sempre me emocionei muito, conheci mais e mais pessoas lindas e reforcei minha crença sobre o quanto é importante, lindo e abençoado este nosso compartilhamento que de virtual tem só o meio de comunicação, pois a sintonia, a energia, o carinho e a amizade são mais que reais! Como digo sempre, somos elos de uma corrente e todos nos seguramos com força, com carinho, com dedicação. O fecho é o amor, o interesse em estarmos todos bem.
Eu agradeço a cada um de vocês pela companhia amorosa, pela receptividade, pela força que me dão, embora vivam me agradecendo. Mas quem tem que agradecer sou eu. Sempre digo que toda vez que de alguma forma eu tento ajudar alguém, estou antes de tudo sendo ajudada pela pessoa em questão. Não poderia me dispor a estender a mão se não me fortalecesse antes, senão cairíamos os dois! Então, cada SOS recebido, cada dúvida apresentada, cada situação boa, ruim, mais ou menos etc. com a qual me deparo e me esforço em estar junto, é antes de tudo oportunidade para que eu cresça, me fortaleça, me aprimore e cada vez que me dou, de alguma forma, a quem está precisando de uma força extra, na verdade não estou dando somente minha força, estou é devolvendo a força que recebi, sendo que agora renovada, pois ela está ligada a tantas outras forças que tb chegaram.
 Sou vitoriosa sim, mas sei o quanto, nesta caminhada, tantas vezes fui empurrada p/ a frente e até legada no colo qdo meus passos não estavam tão firmes como podia parecer. Se eu teria chegado sozinha, não sei, embora goste de acreditar que desta vez eu iria até o final, de qualquer jeito. Mas no fundo eu sei que teria sido muito mais difícil, muito menos gostoso.  OBRIGADA DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO E CONTINUEM CONTANDO SEMPRE COMIGO, POIS EU QUERO MUITO CONTINUAR CONTANDO COM CADA UM DE VOCÊS!
Em 2006 meu filho amado se formou, aos 23 anos,  nos dando imensa alegria, principalmente por sabermos que foi um curso feito com paixão, dedicação, responsabilidade e isto é uma bênção, saber que ele conseguirá trabalhar naquilo que gosta, para o que tem vocação e que é uma profissão muito bacana.

Também neste ano completei 10 anos de namoro com meu maridão fofo, 8 anos e meio de casamento na prática e 7 anos de casamento civil e comemoramos tudo. Mais um ano contando com a parceria amorosa, compreensiva e até benevolente ao extremo, diante das minhas chatices rotineiras, da minha TPM pavorosa e tudo mais, deste amor que Deus me mandou de presente já na maturidade!
Foi um ano de muita saúde, em que progredi em alguns cuidados (como o caso das pernas, que está em andamento), mas negligenciei outros que são importantes e em 2007 já estão priorizados, como é o caso dos dentes e da gengiva.
Nem tudo correu tão bem assim, tive problemas com grana, negligenciei tb algumas coisas importantes, só porque não queria me envolver com nada que me irritasse ou não fosse prazeroso, desde que não fosse obrigatório. Deixei de lado algumas coisas que não devem ser tão abandonadas assim, já estão listadas e vou dar foco desde já, está decidido. Aos poucos irei contando aqui.
Mas saio de 2006 com alegria, muita mesmo!

O que eu espero de 2007? Bom, eu sinceramente não espero nada, não sou mulher de esperar...rs Eu vou é fazer acontecer o que eu desejo e dar minha parte com amor e garra, sempre respeitando a vontade de Deus. Ele há de continuar me iluminando, me guiando e protegendo e proporcionando, conforme meu merecimento e Sua generosidade e justiça.

E a vocês todos, desejo exatamente isto! Que Deus os abençoe, ilumine e proteja e que cada um tenha dentro de si todo o amor e energia necessários para tocarem a vida com garra, com determinação, com vontade e confiança, conquistando a cada dia a renovação de ânimo, de força, de fé e auto-confiança que nos leva para a frente. Continuamos de mãos dadas, podem ter certeza!
 Obrigada, 2006, vai com Deus e descanse em paz! Eu continuo! Que venha 2007, que a gente traça! Beijos!



 Escrito por Beth ?s 10h10
[] [envie esta mensagem]


 
   ENTRE O NATAL E O ANO NOVO... PENSAR, PLANEJAR E AGIR, MAS DESDE JÁ!

 Desejo que o Natal de todos tenha sido muito feliz e que a sua verdadeira essência esteja no nosso pensamento e ações em todos os dias de todos os anos! Desculpem-me todos a quem não consegui visitar a tempo, bem que tentei. Continuo me esforçando, quero muito terminar o ano c/ as visitas em dia! Também agradeço pelos comentários e msgs carinhosas que me enviaram, mil beijos a todos! Um grande presente na minha vida, sem dúvida alguma, que se reforça a cada ano, é esta blogosfera light, um grande coração elástico onde sempre cabe mais um amigo!

Passei tranquila e feliz, em família. A noite do dia 24 foi na casa do meu irmão, brindamos à meia-noite e ceamos, trocamos presentes e confraternizamos. Ganhei muitos presentes, adorei todos e os que dei  tb agradaram. No dia 25 fiquei em casa c/ o Vi e o filhão, em paz e harmonia, c/ muito descanso. Estávamos tão cansados que nem pensamos em praia, vejam só que milagre!Fiz um almoço gostoso, c/ destaque para o chester desossado recheadoi c/ farofa, estava de lambuzar os beiços, sem modéstia alguma., ficou espetacular.

Falando em comida: não me excedi na ceia do dia 24,  mas à tarde eu já tinha abusado. Fiz rabanadas p/ deixar em casa e comi 4 ainda quentes, uma delícia,  entraram queimando do céu da boca até o esôfago, é minha marca registrada, amo comer rabanadas na hora em que ficam prontas! Mas só elas já praticamente bateram a minha pontuação normal do dia, pois fiz a versão tradicional, calórica pra chuchu..rs

No dia 25 eu jaquei, aliás, “rabanadei”. Comi várias durante o dia, pois gosto tb fria, gelada, velha...caí de boca. Bom, a Filizola é que vai ter orgasmos múltiplos na minha pesagem, né? Tudo tem seu preço!  Mas estou na boa,  fiz o que tive realmente vontade.  Acho muito importante a gente ter consciência e assumir o que faz e não faz, seria muito simples dizer que fui dominada pela rabanada e não fui coisa nenhuma, eu tenho livre arbítrio e escolhi que queria comer e até compensei de alguma forma, mas claro que não houve o cuidado que seria mais adequado. Assumo e agora, boquinha fechada e atenção p/ que o impacto disto seja o menor possível.

Nesta 3a feira, vida normal, de volta ao trabalho e ao controle total. Antes mesmo de sair da cama me programei e determinei o que iria consumir ao longo do dia e sinceramente, qdo abri a geladeira e vi a vasilha das rabanadas já não senti nada, como se fossem qquer outra coisa! Eu mesma me impressiono c/ esta facilidade que já possuo, no dia-a-dia, de transformar a forma de ver e de me comportar de acordo com minha conveniência. O tanto que me permiti sair da linha durante 2 dias eu já hoje decidi que era algo do passado e com a mesma naturalidade já voltei totalmente ao esquema normal.

Trouxe frutas e iogurte light p/ o trabalho, almocei um prato bem equilibrado, tudo belezinha. Ainda por cima, meu organismo resolveu ajudar, pois já desabituado a excesso de doce e gordura, desde ontem no final da tarde estou c/ dor de barriga, mas sem incômodo, apenas uma super limpeza básica, espontânea, que acabou sendo muito bem-vinda.
 Uma novidade: agora eu tenho uma nova aliada em casa p/ minha manutenção de peso. É a nossa geladeira nova, que compramos na semana passada e que eu chamo de ‘dedo-duro’. Ela tem um alarme que toca sem parar se a porta ficar aberta por mais que X segundos (não lembro quantos). Então, abrir a geladeira e ficar olhando lá pra dentro, sem fome, mas por bobeira, procurando ‘algo’ p/ beliscar ficou mais difícil, pois a danada começa a fazer piiii piiiii piiiii piiiii ! Bom né? Haha
 
Fim de ano, hora de fazer o balanço de como ele foi p/ nós. E eu penso que a gente deve ver de outra forma, avaliando na verdade como nós fomos, como nós conduzimos nossa vida, nossos assuntos, o que fizemos e não fizemos. O ano é p/ nós, em grande parte, aquilo que permitimos que ele seja, o que nós deixamos ele nos proporcionar, que nós nos abrimos p/ receber e nos esforçamos p/ dar. Pelo menos no que depende de nós e que está sob nosso controle,. Acho que as retrospectivas devem ter 2 finalidades básicas:

1) Identificar, avaliar e compreender o que vivemos, celebrando as coisas boas e conquistas, valorizando tudo que fizemos e/ou recebemos de bom e tb pensar no que não foi tão favorável, mas não p/ lamentar e sim p/ entender o que, como, onde e porque foi assim. De tudo que vivemos seja bom, médio ou ru im, tiramos lições que nos ajudam a prosseguir de uma forma melhor, a nos conhecermos melhor e aos que nos cercam e tudo mais;

2) Projetar um novo ano positivo, não só tendo mil desejos,  mas sabendo desejar coisas que realmente serão boas p/ nós direta ou indiretamente e o mais importante, planejar nossas ações p/ que estes desejos possam se realizar, no que depender da gente. Sonhar é o começo de tudo, mas se só ficarmos sonhando, desejando, imaginando como seria bom e náo fizermos nada a respeito, realmente não teremos chances significativas de concretizar.
 Vejamos, dentre o que desejamos, o que realmente QUEREMOS e que sabemos que é factível, desde que estejamos dispostos a dar nossa cota de esforço, dedicação,  atenção e desde que nos favoreça de verdade. Nesta reflexão, cabe avaliar tb o qto e de que forma expressamos nosso amor por nós mesmos e pelo próximo, através de pensamentos e atitudes corretas, dando valor a tudo, por mais simples que seja, que tenhamos feito e signifique progresso, mesmo que ainda não tenha trazido tudo que gostaríamos e usando as falhas e omissões como lições a serem melhor estudadas e aplicadas, p/ que façamos melhor daqui por diante.

Porém, importante: ainda faltam 6 dias p/ 2007,  não precisamos esperar o dia 1º p/ dar início ou continuidade ao que nos compete! 2006 continua no ar, vamos sacodindo aí pessoal! Beijos e até mais, este ano ainda eu volto aqui, claro!



 Escrito por Beth ?s 15h33
[] [envie esta mensagem]


 
   Você e eu, eu e você (Tim Maia)

Você e eu, eu e você / Eu e você, você e eu /Juntinhos
Você e eu, eu e você /Eu e você, você e eu
Juntinhos, sempre lado a lado /Vamos ver o dia amanhecer
Enrolados nesse abraço louco / Nunca mais você vai me esquecer
No nosso caso estava previsto / Esse nosso encontro casual
Do encontro eu nem sabia / Que seria assim sensacional
Então não percamos tempo /Vamos desta vez nos divertir
Jantar juntos, dançar juntos

 

Há exatos 10 anos, numa sala de bate-papo do MirC, um certo carinha chamou um certo nick feminino e deu ‘bom-dia”. Tomou um fora, coitado, ela estava num péssimo dia, humor de cão...rs Ele insistiu, delicadamente. Foi simpático, atencioso, sem cantada barata, queria só bater papo mesmo. Ela relutou, mas o jeitinho meigo dele acabou fazendo-a ceder e ser um pouco mais...educada! haha
O papo durou HORAS! Conversaram sobre um monte de coisas, riram bastante e qdo o dia acabou, se falaram por telefone, trocaram e-mails e foram se encantando pela essência um do outro durante 1 mês, até que veio o encontro pessoalmente e a confirmação de que duas almas gêmeas estavam realmente se entrelaçando.
Ela, carioquíssima da gema, morando na sua cidade mesmo (RJ), 40 anos, 1 filho adolescente, independente, mais de 11 anos de solteirice, muitos amigos, obesa porém desencanada, muita alegria porém num momento meio triste, muitas saídas p/ dançar e se divertir, faltava um amor. Mas um amor de verdade!
Ele, piracicabano morando na própria cidade no interior de SP, 31 anos, separado, 1 filha de 5 anos, muitos amigos,  gordinho, alegre mas num momento meio triste, muitas saídas p/ dançar e se divertir, mas faltava um amor. Porém, um amor de verdade!

Começava uma história linda entre a carioca Elizabeth (euzinha, né?) e um paulista interiorano chamado Vicente. Era o amor de verdade que ambos esperávamos, sonhávamos e acabamos encontrando do jeito mais inusitado (para nós, pois para Deus, todo jeito é jeito).
 Dez anos depois, casados e felizes, comemoramos a data c/ o coração em festa e ainda apaixonado, até mais que antes! Tanta coisa passamos juntos, já rimos e choramos bastante, dificuldades aqui e viradas bacanas dali, sempre juntos, sempre coladinhos, sempre nos amando, namorando, dando beijo na boca, sempre dizendo “Eu te amo” com sinceridade, mesmo depois de um qüiproquó qquer que tenha dado vontade de dizer “vá à merda”. Até pq do jeito que somos e como nos amamos, se um for à merda, o outro vai junto mesmo hahaha
Meu amor, obrigada novamente por tudo, pela alegria e felicidade que trouxe a mais p/ minha vida, por me olhar e me ver além da minha aparência, por agüentar meus pitis, minha TPM, meus resmungos e chatices e ser meu grande incentivador, companheiro de vida, meu namoradão, meu amante, meu tudo.  Parabéns e vamos em frente! Amo você!

Ganhei uma blusa branca muito linda (eu mesma havia escolhido) e um buquê de rosas vermelhas (estas foram surpresa) com um cartão no qual ele escreveu coisas lindas! Dei a ele uma sandália tb bacana!

A semana foi boa. Muito trabalho, mas dei conta. Uma certa falta de disciplina na alimentação e a avaliação honesta de tudo mostrou que ainda assim eu não fui tão mal, pois compensei tudo direitinho, tanto que continuo na meta, a manutenção está seguindo bem. Fiz algumas reflexões importantes, entendi mais alguns gatilhos que não estavam tão claros p/ mim como eu pensava e assim, me preparo p/ passar melhor por situações que dispararam, recentemente, o tal jeitinho errado de administrar algumas emoções. Estou satisfeita.

Na 5ª feira encontrei as meninas na Cinelândia, foi uma delícia! Bom rever e abraçar estas parceiras de estrada, uma pena a Czinha já ter ido qdo cheguei, mas peguei um trânsito FDP da Barra até o Centro.  Muitos risos, muito papo “cabeça” (rsss) e fotos p/ registrar esta união que só cresce e transcende os encontros lights oficiais, vira amizade cada vez mais consolidada. Fala-se de tudo, ri-se de tudo e se precisar, chora-se também. Com direito a um “certo mico dentário” que eu paguei, mas tudo bem, levei com certa classe embora a vontade fosse sair de fininho, como quem vai ao banheiro, e dali direto p/ uma clínica odontológica em que os cimentos utilizados p/ prender pivôs sejam poderosos haha
Tiramos fotos, ainda não consegui ver todas, mas no blog da Déia já  há algumas!

Na 6ª feira trabalhei só até as 13h e saí da empresa direto p/ a praia, pois ameacei cortar meus pulsos se o angiologista não me liberasse p/ pegar meu sol e ele não deve ter achado prudente arriscar...rs Da praia fomos direto p/ as últimas comprinhas e chegamos em casa esbudegados já às 22h. Mas tranqüilos, pois o único item que ficou faltando eu já sabia como resolver no sábado cedo, como foi mesmo resolvido. Ufa!
Há 2 dias venho percorrendo blogs amigos p/ atualizar a visita, saber notícias e deixar meu recado c/ um beijo especial de fim de ano. Estou me esforçando, entre tantas coisas a fazer, p/ conseguir concluir antes do Natal. Se eu não conseguir, quem ficar p/ depois por favor compreenda e pode ter certeza de que chegarei aí ok?

Então é Natal! Data que, sinceramente, não gosto tanto (pela forma como muitas coisas acontecem e são conduzidas) mas na qual acabo sempre refletindo bastante e agradecendo muito mesmo a Deus por tudo de bom que a cada ano Ele me concede em forma de oportunidade de crescimento, aperfeiçoamento, alegrias, saúde e tantas coisas que se eu fosse listar, não acabaria mais.

Desejo a todos vocês, do fundo do meu coração, um Natal de muita paz e muto amor. Que acima de tudo, a verdadeira essência desta data seja lembrada e valorizada. Mais que presentes, ceias, festas e tudo mais, vamos dar valor ao que Ele, na Sua infinita bondade, nos propicia a cada dia de nossa vida e vamos tb pensar que se Ele, que é tão perfeito, nos ama tanto e faz tudo por nós, nos perdoa e compreende sempre, então como é que pode, tantas vezes, nos olharmos c/ tanta dureza, tanta exigência, sem enxergar o que realmente precisa ser visto, deixando de nos amar e nos cuidar do jeito que merecemos e que ele mesmo gostaria?

Vamos então, em homenagem a aniversariante do dia 25/12, repensar certas coisas e presenteá-lo com a nossa gratidão e mostrar que compreendemos direitinho o que Ele nos ensina através do jeito como nos amaremos e nos trataremos e ao nosso próximo também? Vale a pena.

Feliz Natal, amigos queridos, Deus os abençoe!



 Escrito por Beth ?s 14h32
[] [envie esta mensagem]


 
  

O final de semana foi exaustivo. Detalhe: saí p/ comprar presentes p/ outras pessoas e cheguei em casa cheia de coisas p/ mim, é mole? Rs A TPM bombou, felizmente a M deu as caras hoje e já me sinto melhor. A alimentação não foi muito legal no final de semana e na 2a feira, mas já está novamente ok.

Ando preocupada c/ amigos da blogosfera (e de fora dela) que estão numa ansiedade  excessiva c/ as festas e o fim do ano que se aproxima. Grande apreensão por não terminarem 2006 no peso/forma física que desejaram. Sei como é, já me aconteceu em outras ocasiões.
Antes de tudo, é preciso que cada um avalie direitinho como foi seu processo ao longo do ano.

Quando começou? Qual o caminho escolhido / percorrido? Que tipos de dificuldades encarou e como cada uma delas foi administrada emocionalmente e na prática? O que esperava, realmente, conquistar até o final deste ano? Esta meta era mesmo factível ou será que foi mal dimensionada, foi muito ousada? A relação META x PRAZO que vc determinou era algo normal_possível ou será que era tb muito arrojada?
É comum a ansiedade e/ou até um puco de inexperiência (natural) nos levar a estimar uma eliminação de peso X em tempo Y nem sempre adequados e depois, ficarmos aborrecidos, sem que seja necessário este desgaste. E mesmo qdo a gente define tudo direitinho, ainda assim é normal haver distorção entre o que projetou e o que realizou, por conta de muitas coisas, nem sempre por falha nossa. Cada organismo reage de uma forma, cada um de nós tem um histórico, passamos por situações de todo tipo durante o processo, nosso emocional também influencia muito etc.

Mas algumas vezes é mesmo por não nos dedicarmos tanto ou do jeito certo. Então, também é preciso avaliar o seguinte: você caprichou, deu o melhor de si, dentro do possível, durante este período mesmo que tenha falhado bastante (como todo ser humano) ou deixou rolar, tentando correr atrás do preju já com a proximidade das festas? Se a resposta for não, então em vez de se zangar, pare e pense no que poderia ter sido feito melhor, no que levou você a vacilar mais ou menos, em que ocasiões foi mais fácil ou mais difícil manter o controle, que tipos de situações, sentimentos e sensações levaram vc a acertar mais ou errar mais.
O fato é que leite derramado não se chora, pois não resolve nada, a gente tem é que entender, procurar se ajustar e seguir em frente, de um jeito melhor.

Mas o que tenho observado é que nem sempre a pessoa está chateada pq não chegou ao que queria, em função da sua própria expectatva e sim por causa dos outros. E isto acontece tanto com quem engordou, como tb com quem emagreceu um pouco e até quem emagreceu muito! Gente, não dá p/ viver em função do que os outros esperam da gente, ainda mais qdo é algo que é tão nosso.

Se alguém, sei lá por que cargas d´água acha que vc tem que aparecer neste Natal com X kg a menos, problema dessa pessoa, ela que vá cuidar da própria vida! Se quer ajudar, que então apoie, incentive, diga coisas que enalteçam suas qualidades e compreenda, caso vc ainda não tenha evoluído, mas com interesse em ver vc feliz, saudável, mais bonito etc.! Já não é mole termos que tentar suprir nossas próprias expectativas, imagine se formos nos preocupar com as expectativas dos outros?

Se vc emagreceu e alguém notar e elogiar, ótimo. Se ninguém notar, e daí? Vc não sabe que já está se cuidando e que já evoluiu? Então sabe que se agora ainda não está aparecendo tanto, mais para a frente vai aparecer e que se lixe quem cobrar, não dê a ninguém este direito! E tem gente que até nota, mas não fala (se fosse o contrário, faria questão de falar) ou então, se bobear critica, acha pouco, compara com fulano que emagreceu trocentos kg com as fórmulas do Dr Fulaninho das Couves ou com siclano que operou o estômago. E não tem que comparar nada, cada um é um, cada caminho é um e seu processo é seu. 

Nada de entrar em agonia preocupada se vai ou não ter o reconhecimento do que já conseguiu até aqui. Senão, corre assim o risco de deixar a ansiedade aconselhar mal e meter os pés pelas mãos e acabar engordando, vai dar este mole?

E se vc não emagreceu ou até engordou, entendo que se ressinta, a auto-avaliação acaba mostrando que poderia ter sido difernte. Mas e aí? Ressentimento não emagrece!!! Ah, mas todo mundo vai notar que vc não mudou nada, que chato! Volto a dizer: todo mundo não vive sua vida, nem sente nossas dores, nem encara as suas dificuldades ou passa por vc o que vc tem que passar. E ainda assim há quem pense que pode criticar de forma destrutiva ou minar sua alegria e auto-confiança (que nem sempre está nas altura) e pisotear a auto-estima (que tb às vezes está em baixa) como se fosse dono da razão? Que pense, mas que não consiga, pq vc não vai deixar!

Seja mais você! Pq mesmo que não tenha sido tão bem sucedido este ano no seu processo, certamente vc evoluiu sim, alguma coisa mais vc aprendeu, está se capacitando p/ seguir e vencer! E mais: nem sempre quem aponta p/ nós de jeito tão duro está com esta bola toda. Pode até estar fisicamente, mas não é só isto que vale, certo? Então, não se constranja, não permita que outros o influenciem negativamente, mesmo que não façam por mal. Não se angustie desde já pensando no que vão ou não vão achar de você por causa do seu corpo, vc é mais que isto.
Quem tiver que falar mal, se não tiver motivo arruma, então se vc estiver magra e saradona, linda de viver, ainda assim corre o risco de ouvir bobagens, basta ler o post da Jaque Saradona de 2 semanas atrás, ela conta como estar mais magra, mais bonita, arrasando num vestido vermelho incomodou alguns parentes num casamento! rs
 Pela milionésima vez: quem se ama e se respeita, reconhece seu próprio valor, não se intimida diante das próprias falhas, procura entendê-las e corrigir p/ continuar caminhando e vencendo. Quem não é o primeiro a se discriminar, a se colocar pra baixo, não dá valor a nenhuma tentativa deste tipo que venha dos outros, seja quem for ok?
Beijos e até mais! Antes do Natal ainda venho postar pelo menos 1 ou 2 vezes! E as visitas? Ai, eu vou me virando devagarinho, chego lá!



 Escrito por Beth ?s 08h55
[] [envie esta mensagem]


 
  


Foi uma semana puxada em que trabalhei até tarde alguns dias. Ontem deu a hora e tirei meu time de campo, precisava e queria muito espairecer, o Vi até me convidou p/ sairmos, mas mamãe está aqui e não pode ficar sozinha. Mas ele até a olharia p/ eu poder dar uma fugidinha, no entanto... não rolou. Tarde da noite estava meio triste, mas notei que estava me apegando muito à chateação, fazendo-a crescer em vez de se esvair. A TPM está por trás disto, veio bombando, mas não é só ela. Engana-se quem pensa que eu estou acima de um monte de mazelas. Ter consciência delas e trabalhá-las continuamente é um passão à frente, mas não me torna um ser superior a quem nada abate.


A alimentação da semana foi boa, sem exageros, mas alguns detalhes podem ser melhorados. Não deu p/ ir ao VP por causa da mamãe, que está confusa demais, toda hora esquece onde está e até quem eu sou. Morou neste apto 30 anos e de repente não sabe o caminho do banheiro, troca tudo e fica aflita, não é fácil. O risco de acidentes é alto tb. Acordei hoje muito cedo c/ ela chamando na sala (dizia Eiii Eiiii), sem saber de novo onde estava e qdo eu disse que era minha casa ela queria saber 'como veio parar aqui, se não tinha vindo’! E agora há pouco ela queria de todo jeito entrar no guarda-roupa achando que era o banheiro...rs
Excepcionalmente, a empregada virá hoje e ela olhará a mamãe, vou sair c/ o Vi p/ as compras de Natal. Vai ser ótimo, pois além de tirar o atraso (até agora só comprei 1 presente) vou dar uma rasteira no baixo astral, já que adoro uma muvuca
.

Estar em manutenção, efetivamente, é bom e ao mesmo tempo esquisito, algo com que preciso me habituar. Antes de o VP me promover, eu já estava em manutenção por orientação médica, mas no íntimo era diferente. Agora, eu realmente me sinto nela, mas é um estágio novo, que envolve tb muita concentração, atenção, aprendizado como a fase anterior, mas com objetivo diferente. Por exemplo, hoje mesmo eu pensei em como será a próxima pesagem, mas não c/ a visão de manter a meta alcançada e sim c/ a visão do avanço mas logo depois lembrei que não preciso pensar em reduzir, se acontecer ótimo, mas não é mais minha obrigação.

Lembro de qdo casei com o Vi e fui morar na cidade dele (Piracicaba-SP) e no começo, acordava e pensava: ‘será que é hoje que voltarei ao RJ?’ Mas, logo depois, abria um sorrisão e me conscientizava novamente que ‘não, não voltarei hoje nem dia algum, só se a família inteira for para lá’. E assim foi. É parecida a situação.

Minha nova mania é experimentar roupas em lojas. Se gostar de algo da vitrine ou nas araras das lojas e der na telha, levo p/ o provador mesmo que não haja a menor intenção de comprar. Gosto de ver como fico c/ algumas peças que antes e até depois de ter emagrecido bastante ainda não ficavam tão bem e o gostoso é que boa parte fica legal. Claro que não é tudo, ontem mesmo quase me matei tentando entrar num vestido lindo lá no Barra Shopping, aquele eu até compraria, pois estava muito barato. Coube mas eu teria que optar entre ficar nele ou respirar, achei melhor a 2ª alternativa..rs  Talvez a mania seja tb um pouco de vingança pelo tempo que não conseguia provar nada...rs

Mas sério mesmo, eu faço tb p/ avaliar a numeração das roupas, por mais que haja diferença entre fabricantes vou descobrindo que meu manequim continua alterando e vou redefinindo o que chamo de número-limite p/ cada tipo de roupa. Não é frescura, tem lógica, como já contei aqui antes. Este limite tem a função de estabelecer claramente que meu corpo não pode e não vai aumentar p/ que o manequim passe do tal limite. Não há concessões p/ isto e não importa se a modelagem é que é pequena, se for este o caso, vou procurar outra coisa em outra loja, ou de outro fabricante.

Se tivesse feito isto qdo ainda começava a engordar, há tantos anos atrás, não teria chegado onde cheguei. Se tivesse definido limites p/ manequim e peso e batalhado p/ não ultrapassar a fronteira, tudo teria sido diferente. Não foi assim e já passou. Mas o que aprendi, aprendido está e só tem valia se eu aplicar. Fica então a dica, de novo: seja qual for o seu manequim agora, se ele está acima do que deveria, estabeleça que daqui não pode passar. Mexer, só p/ baixo.

Defina e DECIDA que vai agir, primeiro p/ não aumentar o n º e a seguir p/ que ele reduza, aos poucos, até chegar a algo mais adequado. E se vc já está com o corpo legal, faça o mesmo.  Defina o máximo que vc sabe que representa uma 'normalidade' na sua forma física e c/ atenção, responsabilidade, carinho e seriedade, não se permita ultrapassar a fronteira que estabelecer, salvo em condições muito especiais. Há situações de saúde que às vezes requerem uma concessão, mas aí é diferente. Na gravidez, é claro tb que haverá uma modificação nisto. Bom senso e canja de galinha não fazem mal a ninguém, né? Agora vou mostrar mais algumas comparações de roupas.

 Primeiro, uma blusa que usei há quase 15 anos atrás, no casamento do Tavinho, meu super-querido-amigo-maninho. Tinha uma faixa do mesmo tecido na cintura (ou onde deveria haver uma...rs),  pois no início ela ficava levemente soltinha, como túnica., mas depois ficou muito justa e passei a usar sem faixa. Pensei que tivesse dado esta peça há tempos, mas a encontrei outro dia, guardadinha dentro de um saco plástico no fundinho do armário. Abri sobre minha cama e meu marido, que não lembrava dela, ficou de olhos arregalados, só dizia 'Morzãooooooo!!!'. Resolvemos comparar c/ peças atuais e geramos as fotos abaixo, que tb estão no fotoblog, p/ quem não conseguir ver aqui.
 Notem a diferença entre a blusa antiga e a batinha que usei em agosto deste ano na comemoração dos meus 50 anos e é de tecido similar. Vejam depois que eu fui acrescentando peças e a delícia: guardadas as as devidas proporções, c/ o tecido de uma única peça de antes faria hoje 5 peças p/  mim.
 
FOTOS TB NO FOTOBLOG!
Isto me estimula, me ajuda na manutenção, me lembra direitinho para onde não quero e não vou novamente, de jeito algum e onde quero e vou ficar, pois se cheguei aqui é porque sou capaz. E desejo que todos se conscientizem e reforcem a cada dia esta convicção de que podem chegar e manter o que conquistarem, também. 
Desejo a todos um final de semana maravilhoso e caprichadinho!
Recados: Rose Assis, seu blog não aceita comentários? Lu da Alemanha, o meu filho tem 1,97 de altura! SELE QUERIDA: FORÇA!



 Escrito por Beth ?s 08h37
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!