Conquista

UOL
   A GENTE SÓ MUDA QUANDO QUER MUDAR. E SÓ QUER MUDAR SE ACHA QUE VALE A PENA. E SÓ ACHA SE ASSOCIAR A MUDANÇA A CONQUISTA. É UM EXERCÍCIO.

O dia-a-dia nos mostra, qdo queremos realmente ver, que de fato em tudo na vida as coisas são mais ou menos feias ou bonitas, complicadas ou simples, insuportavelmente demoradas ou demoradas, mas dá p/ tolerar, chatíssimas ou interessantes etc. conforme nossa forma de ver. É a tal da percepção de novo e o nosso padrão mental conduzindo.

Por ex., sempre detestei esperar. Não suporto filas e ainda criancinha tinha pavor de salas de esperas como as de ambulatórios médicos etc. E não era por medo da consulta não, eu ODIAVA aquele ambiente mesmo que fosse bonitinho, limpinho e cheirosinho, como é o caso do hospital em Copacabana onde costumamos ir em casos de emergência etc., pois nosso plano é aceito.  Lá tudo é 5 estrelas, mas eu já fiz cara feia pq mudaram a arrumação das cadeiras na sala de espera, é mole? Mesmo sabendo que ficou melhor p/ todos, eu implico.

Mas, vejam só, as reuniões do VP acontecem em salas onde as cadeiras são arrumadas deste mesmo jeitinho e eu não implico, acho ótimo desde o 1º dia, não me recordo de nenhum momento ter sentido a tal repulsa. Ou seja, meu padrão mental e minha motivação p/ estar ali muda tudo.

Outro ex.:
Em 1996 eu estava começando a me relacionar c/ o Vi pela net e um dia fui ao DETRAN resolver algo do meu carro, não me lembro o que era. Estava lotado e eu levei nada mais, nada menos que 5 (cinco) horas p/ ser atendida. Porém, nem senti o tempo passar, sabiam? Em qquer outro dia talvez eu desse piti, reclamaria muito, mas naquele dia fiquei quietinha, sentadinha segurando o papelzinho c/ a senha que indicava que a coisa ir demorar. Resolvi me entregar aos meus pensamentos. Viajei na maionese, sonhei acordada, lembrei mil fatos, pensei nos papos que eu e o Vi estávamos tendo pelo MirC e nos e-mails trocados, os telefonemas, na atração que começava a rolar e a impressão de que aquilo ali podia ir p/ a frente (como foi, né?) Qdo chegou minha vez eu estava super bem-humorada, resolvi tudo e fui p/ casa tranquila, como se tivesse levado 1/2 horinha apenas. É que eu me desliguei da parte chata e me dediquei a algo que era mais agradável, um bate-papo legal comigo mesma. Foi muito melhor p/ mim, principalmente.  Não infernizei meu próprio dia, não minei minha própria boa vontade e minha paciência (nem a dos outros).

Podemos transformar, muitas vezes, as coisas e nem sempre é mudando-as e sim, mudando a nós mesmos, alterando nosso jeito de ver e administrar, sempre que possível. Só que a gente tem que ESCOLHER isto. Nem sempre eu escolho bem, admito, mas tenho tentado, só que aplico bem em alguns segmentos e em outros continuo tenebrosa, Deus que acuda! Tenho consciência de que posso e sei mudar isto, desde que faça a opção e procuro ficar atenta, já que a 1ª pessoa que se irrita c/ minha irritação sou eu mesma, além dos que nem sempre podem evitar os respingos (ou verdadeiros jatos) disto.
O meu emagrecimento foi vitorioso tb em função deste trabalho que fiz/faço comigo mesma. Um processo como este pode ser um sacrifício, um troço chato pra chuchu, insuportável, impossível de ser levado adiante, dificílimo de ser cumprido e tudo mais de ruim, de acordo com o jeito escolhido p/ ser feito (e não feito, pois este monte de sensações ruins a respeito dele só podem mesmo levar a não se fazer nada direito). Mas pode ser um grande barato, uma viagem fascinante, uma escola bacana onde a gente tem vontade de estar, pois tudo que ensina é interessante, útil, gostoso da gente aprender e aplicar. Pode ser uma oportunidade especial de conhecer pessoas especiais, principalmente a pessoa mais especial de todas que é a gente mesma!

Isto foi determinante no meu processo desde que resolvi seguir pelo caminho certo, a reeducação. Em vez de pensar: 'pombas, vou ter que comer legumes, que detesto'  já pensando em chuchu e cenoura cozidas, que não gosto mesmo, eu pensei: 'O que será que cada item destes que eu preciso, embora eu não goste, me fornece em saúde e me ajuda a emagrecer?'   Fui pesquisar na Internet, em artigos diversos e até ganhei um livrinho de bolso que me ajudou muito.  Assim, me acendeu a vontade de consumir aquelas coisas, sabendo o que me davam e querendo receber. E parti p/ o passo seguinte: 'De que outros jeitos posso preparar isto p/ que fique legal?' Aí fui lembrando de pratos de legumes/verduras que sempre via nos restaurantes, já que eu como muito fora, pensando em receitas nos meus livros e revistas, recortes de jornais e na internet que sempre achei bonitos mas não fazia afinal eu não gostava daquilo, fui me interessando em inovar p/ que aqueles itens passassem a me agradar e, me agradando, eu conseguiria consumir. Consumindo, estaria me fazendo bem.
 Vale tb p/ a disciplina em contar os pts da minha alimentação e tb anotá-la. Há quem já comece assim: “Isto é chato, não tenho tempo, não gosto, acho neura”. Mas se pensar que isto pode ser interessante, se enxergar o lado bom, o qto ajuda a controlar-se melhor e a conhecer as respostas do seu organismo, a avaliar os resultados e saber entender onde precisa ajustar e onde está indo super bem etc., já começa a achar menos chato. Aí se interessa em comprar um caderninho bonitinho ou até em criar um blog específico p/ o cardápio, ou prefere trazer p/ o próprio blog principal, ou não mostra a ninguém mas anota num cantinho simpático, tudo muda. A coisa chatíssima vira ótima e não demora muito, vc está indicando a alguém que tb faça.

Tirei esta foto hoje, qdo estava caminhando.
Vejam que motivação linda p/ minhas caminhadas no fim da madrugada!
Ver a cidade acordar, o sol nascer não é tudo de bom? Vale pular da cama!

A mesma coisa pode/deve ser aplicada à ativ. física, às visitas à balança, as reuniões do VP p/ quem é associado (há quem se pese e vá embora em vez de sentar e ouvir, compartilhar), com a compreensão de cada fase do processo (que tem a ver com a nossa própria fase e forma de ver) e tudo mais.
ASSOCIAR AS MUDANÇAS DA FORMA DE PENSAR E AGIR A SUCESSO, CONQUISTA, REALIZAÇÃO DE SONHOS, ALCANCE DE OBJETIVOS E, CONSEQUENTEMENTE A MAIS SAÚDE, FELICIDADE, BEM-ESTAR, BELEZA ETC. É A CHAVE QUE ABRE A PORTA ONDE A VONTADE DE MUDAR ESTÁ ESCONDIDINHA. ABRA E LIBERTE ESTA VONTADE, QUEIRA MUDAR.

Há mil situações na vida da gente que podemos melhorar assim, às vezes sem mexer nelas e sim na gente, mudando nosso padrão mental. Descobrir isto e tentar vale a pena. Estou nesta, sempre. Foi a dica de hoje.
No mais, tudo bem, estou indo direitinho, a semana está legal. Beijos!


 Escrito por Beth ?s 10h36
[] [envie esta mensagem]


 
   PARA QUEM EMBARCA EM CANOA FURADA: E QUER CHEGAR AONDE, AFINAL?

ATENÇÃO! 23º ENCONTRO OFICIAL DA BLOGOSFERA LIGHT DO RJ, SÁBADO 31/03!  Detalhes c/a Marsele (maryrj19@hotmail.com)! APAREÇA! Nossa anfitriã desta vez será a LEKA!

Meu final de semana foi ótimo. Fiz muita coisas legais. Mas teve jacada sábado (caí de boca no almoço gostosíssimo feito pela cunhada). Paciência, agora é dar o máximo p/ Filizola não me atirar isto na cara! haha Os cardápios da semana estão planejados, a geladeira tem tudo que quero consumir e até os lugares onde almoçarei na semana já programados. A ativ. física da semana tb toda planejada.

Quero voltar hoje a algo importante: AS DIETAS QUE JÁ FIZ. Não, eu não as listarei, daria uma relação enorme e nem caberia no post. Tb não dá p/ lembrar dos nomes, mas no que consistiam, claro que lembro. Era sempre privação, fome, regras absurdas e resultados que iam embora mais rápido ainda do que vinham, QUANDO VINHAM. Qta bobagem eu já fiz!
 
Cada um segue a estrada que acha que deve seguir. Mas não posso deixar de alertar sobre o desperdício de tempo, energia, dinheiro em muitos casos e o pior desperdício de todos: o da saúde, o da própria vida, qdo se teima em praticar coisas que definitivamente não trazem resultado e ainda botam a criatura em risco.

Só por Deus eu não tive um treco c/ tanta coisa errada p/ tentar emagrecer no passado, tantos maus hábitos enraizados e teimosamente mantidos, tantas canoas furadas em que embarquei e em vez de me levarem ao peso desejado me descompensavam cada vez mais, me frustravam e eu cheguei a 140kg. Quem embarca em canoa furada pode além de se frustrar não emagrecendo, aumentar cada vez mais e virar obeso mórbido como aconteceu comigo.

Qdo eu ainda começava a pensar em emagrecimento/c/ poucos kg a mais,  nunca imaginaria que um dia seria obesa mórbida. Achava que me garantia muito, que a qquer momento estalaria os dedos e tudo se resolveria. Em vão. Aí recorri aos métodos ‘milagrosos’, às fórmulas mágicas de todo tipo, aos ‘magos do emagrecimento’ ou  seja, continuava de certa forma apelando p/ o estalar de dedos, pois só tentava coisas tidas como fabulosas. Sim, era mesmo fábula, tanto que não me trouxe o que eu queria.

Qdo falo que só a reed. alimentar c/ mudança e hábitos, emagrecimento da mente acima de tudo, paciência, persistência etc. é que realmente resolve, não é à toa. É vivência! Um dia acordei, saí da inércia, parei de estalar os dedos já gastos de tanto plic plic inútil e parti p/ ação, tomei uma atitude de gente grande (e não de gente gorda).

A diferença é que ‘gente grande’ age c/ responsabilidade, maturidade, bom senso, procura aprender c/ os erros, não fica repetindo ações que já sabe que são infrutíferas, não patina no sabão pq sabe que vai cair. Não faz como a criatura que vem andando, vê a casca de banana e diz: ‘Ah, não! Lá vou eu cair de novo!’  Já conhece a casca de banana e desvia dela. Pode até cair por descuido, não por teimosia.

Mas ‘gente gorda’ e NESTE CASO FALO DE GENTE C/ A MENTE CONVICTAMENTE GORDA só pensa, fala e vive em torno de emagrecer mas não faz nada de efetivo. Não resiste a uma dieta da moda, adora saber de algum novo método incrível que emagrece num instante,  se vira ao avesso p/ ir naquele médico que a fulana foi e tomar as fórmulas ‘totalmente naturais’ que ele indica ‘emagrecem’ XX kg em pouquíssimo tempo. E aí, não dá outra, cai de novo na casca de banana, a mesma casca da mesma banana. É persistente,  mas só p/ o que não leva a nada e se considera incapaz de ser persistente p/ o que resolve. Vá entender! Mas eu também fui assim por muito tempo.

Torço p/ quem ainda estiver nesta linha acorde tb e se dê, finalmente, a chance de vencer de verdade, parando de inventar moda, acreditar em tudo que ouve falar sem usar sua razão, sua capacidade de obter conhecimento, a informação está em toda parte, por que insistir em só absorver informações que não trazem nada de bom e ignorar o que é positivo? Seria um certo apego à mesmice? Um certo gostinho pelo “não consigo, faço e fico na mesma, quebrei a cara de novo”?
 
Quem quer só brincar de emagrecer, murchar e inchar de novo, continuar tocando sanfona e neste caso a sanfona é seu próprio corpo, mantém-se na canoa furada. Sabe que é furada, finge que não vê o furo, numa de “quem sabe desta vez eu chego lá antes de afundar”? Não chega! E há quem embarque e leve outros juntos.  Mas isto só acontece pq se há quem se deixe levar! Assuma o amor por si mesmo e se cuide de verdade, conquistando sua vitória mesmo que demore um pouco mais a chegar onde quer.  E o que é este ‘onde quer chegar’?

Se quer chegar c/ saúde a um peso bacana, sem riscos, sem frustrações seguidas, muda tudo, FUJA deste monte de coisas que não são novidade coisa nenhuma, algumas voltam c/ nomes diferntes mas são as mesmas porcarias que eu conheci e tentei POR QUASE 30 ANOS e se funcionassem, não haveria mais gordo no mundo.

A gente todos os dias tem chance de absorver algo bom e se livrar de algo ruim. ESCOLHA FAZER ESTA TROCA. Vamos lá, sugiro à galera que está aí enfiada em dieta 'disto e daquilo': desembarquem agora e peguem TERRA FIRME, pois garanto que assim vocês saberão definir o que querem de um jeito melhor e chegarão lá sim e chegarão BEM! Beijos e juízo!
 TÔ DE OLHO!



 Escrito por Beth ?s 16h04
[] [envie esta mensagem]


 
   FIM DE SEMANA! OBA! EBA! VIVA! UH UH !


Enfim, chegou a 6a feira, meu diazinho muito querido. Até aqui a semana foi bem legal, c/ muito trabalho, algumas preocupações, mas muitas gratificações também. Estou satisfeita. No processo, dei o meu melhor, não foi 100% mas foi quase e não fosse a bobeadinha de ontem (5a feira) à noite, a nota seria 10. Mas não é!
Mas quem disse que a gente só pode tirar 10? Nem na escola, na faculdade, no cursinho precisa ser assim! Todo mundo quer se sair bem, todo mundo quer ter um ótimo resultado naquilo que está investindo mas, como em tudo na vida, há momentos em que a gente se esforça, dá o melhor, outras vezes já não se dedica tão bem, ou seja, é vida normal, acontece com tudo e não seria diferente neste processo. Isto vale p/ mim e p/ todos vocês, que são tantas vezes rígidos demais na auto-avaliação, entrando numa de que se não foi 100%, então mela tudo de uma vez e aí é que a vaca vai pro brejo. Nada a ver.

Não dá p/ ser 100% vamos tentar 90, 80, 70... sempre buscando o melhor, fazer o que é viável. Senão a gente pira, fica insatisfeito o tempo todo e este processo requer um estado de ânimo elevado, requer pensamento positivo, requer compreensão, boa vontade e se a gente ficar girando em torno só do que não foi legal e usar isto como referência negativa que vai influenciar tb negativamente o pensamento e a atitude a seguir, aí meleca tudo de vez, qual é, nada a ver também.

O que eu digo a mim sobre isto e compartilho aqui é: Se foi super bem, parabéns, vá em frente, curta muito esta satisfação e tenha-a como força extra p/ continuar nos eixos, dando o seu melhor. Nada de aproveitar que está com tudo em cima p/ exagerar no final de semana, senão vai ficar como eu disse em outro post, dando um passo pra frente e outro pra trás ok? E se a semana foi quase boa, média ou até ruim, não importa. Hoje mesmo se organize e siga.
Lamuriar-se não muda nada, só baixa o astral e baixo astral atrai mais pensamento ruim, mais atitude errada e mais chateação. Então faz assim: xinga, chora, dá siricotico e curte o ‘bode’. Depois se livra dele de uma vez, pq vc tem mais o que fazer, que é se acertar p/ que não tenha mais que ficar borocoxô por conta do seu comportamento e dos resultados ok?

Sejamos PRODUTIVOS. Ser produtivo neste caso é ASSUMIR O CONTROLE, determinar nosso rumo de um jeito melhor. E nada de esperar chegar a 2a feira, pq HOJE, seja que dia for da semana (até mesmo um domingo), é sempre o dia D p/ a gente se acertar. Quem adia a atitude certa, adia a felicidade pelo resultado positivo que ela traz. 
Uma coisa é certa. No ZERO a gente nunca pode dizer que está, mesmo que tenha recuperado alguns ou praticamente todos os que havia eliminado, muita coisa mudou. Alguns hábitos já estão mudando mesmo que relutantemente, a cabeça já funciona pelo menos um pouco diferente, a atenção já é maior (antes talvez nem existisse), já houve avanço mesmo que nem sempre o peso e as medidas neste exato momento indiquem isto, mas o que já foi vivido, experimentado neste processo, não deixa de ser fato, mesmo que algo tenha atrapalhado. Até quem está começando hoje o processo não sai do zero, pois se parou, pensou, determinou-se a botar o pé na estrada, já fez algo a respeito e isto não é zero. Pode ser zero vírgula alguma coisa, mas não é zero, sacaram? É importante mudar este jeito de perceber as coisas, qdo ele sempre for muito negativista, senão a gente complica o que já não é tão simples.
Li um artigo bem legal outro dia, sobre mudança de percepção, que ajuda muito a entender e melhorar a nossa forma de encarar as coisas. O autor deu como exemplo uma pessoa viajando de carro, tendo percorrido metade dos 1000km totais do percurso. Com minhas palavras, pelo que entendi, o que pode acontecer, conforme o seu modelo mental, a percepção dela vai ser: a) puxa, ainda faltam 500 km! Ou b) nossa, já consegui percorrer 500km, metade do caminho! O que a anima mais? O que faz com que respire fundo e siga a viagem c/ boa vontade, sem ficar amuada e se prender aos probleminhas que podem ter havido até aqui ou à expectativa do que virá pela frente? Pensar no que ainda falta ou no que já venceu?  O autor tb falava que a tal pessoa podia, também, não estar nem aí, pensando em nada, simplesmente viajava sossegada, aproveitando cada pedacinho do percurso, sem ver o tempo passar. O que ele na verdade quis enfatizar com este exemplo é que as coisas só existem p/ nós se prestarmos atenção nelas e conforme a maneira como as percebemos.

Vou catar este artigo p/ linkar aqui, ele é bacana. Mas na linha dele, a gente pode levar o processo de emagrecimento/manutenção de peso, aliás, de reeducação (alimentar, de pensamento, de atitude no geral). Eu sempre digo, porque acho mesmo, que as coisas têm o tamanho e a importância que a gente atribui a elas e são mais ou menos positivas conforme nossa forma de encarar. Há quem encare suas falhas como ‘sinal de que é incompetente, portanto não vai conseguir mesmo, então vai chutar o balde’ e aí, vira seu próprio adversário. Há quem encare suas falhas como algo que é chato, mas que pode ser avaliado e corrigido e que estimula ao acerto justamente p/ que os resultados mudem p/ melhor. A escolha é de quem, hem? Hummmm

Às vezes estamos tão envolvidos com algo legal que nem damos bola p/ um problema, ou até damos mas não muita, levamos ele melhor, sem negligenciá-lo, mas tb sem torná-lo um monstrengo. Às vezes resolvemos nos concentrar nele de um jeito pesado, o problema fica maior, a gente alimenta ele, deixa-o parrudão a um ponto que a gente então o enxerga como invencível. Automaticamente, se o vemos como invencível, nos colocamos na posição de perdedores. Às vezes vemos que ele não chega nem a ser um problema! E se for um problemão, de verdade, cabe a nós encarar de um jeito que ele seja solucionado ou diminua e não vamos nós sermos os causadores dele ficar ainda mais cabeludo, né?
 No processo de emagrecimento/manutenção de peso eu vejo assim, tb. Por isso, qdo vcs comentam: “Nossa, mulher, vc não se abate não?”  eu digo: Sim, eu me abato conforme a situação, mas eu não vou ficar a vida toda choramingando, senão eu não dou a virada, não conserto o que deu errado! A dificuldade pode ser grande, eu me faço maior que ela, vem que tem, ué!

Então, hoje eu quero deixar aqui o recado: a semana foi como deu pra ser e ela ainda não acabou. Boa ou ruim, é pra frente que se anda, sempre percebendo a evolução, o que já ficou pra trás como vitórias e nos estimulando p/ o que vamos encarar daqui em diante, desde este exato momento. Desejo a todos um maravilhoso final de semana, cheio de alegria e paz.
Obs.: E continuo sem poder linkar ninguém, desculpem-me, mas o UOL está tratando disto (pelo menos, dizem que estão...rs)
Beijocas!



 Escrito por Beth ?s 11h21
[] [envie esta mensagem]


 
   APRENDER E NÃO COMPARTILHAR É COMO ESCONDER O CADERNINHO DE ANOTAÇÕES, IMPEDINDO UM AMIGO DE TB TER CHANCE DE SE APRIMORAR. OU DE NOS MOSTRAR QUE TAMBÉM PRECISAMOS AJUSTAR ALGO!

Eu estou ótima, fora uma rinite alérgica chatinha. Estou firme e muito entusiasmada. O cardápio está bem equilibrado, conforme planejado. Anoto, avalio e registro no outro blog  Cardápio da Conquista.  Já noto nas roupas e no espelho os efeitos positivos. Não sei o peso atual, pois a pesagem do VP agora é mensal, já que sou vitalícia (ai, é tão bom dizer isso! rs). Mas quero continuar pesando semanalmente (aos sábados pela manhã) e p/ isto vou comprar uma boa balança digital, em breve. Sem nenhum medo de ficar fissurada na dita cuja, pois sou vacinada contra a neura da balança em casa.

Sei bem como é ruim isto. Vejo sempre gente se exasperando sem necessidade, numa ansiedade absurda, se fazendo mal em vez de ser agente do seu aprimoramento por causa de pesagens constantes. A balança é aliada, é ferramenta p/ medição de um dos indicadores de sucesso (o peso). Mas tê-la como instrumento de insegurança, medo, ansiedade, não!  A reeducação envolve bem mais do que comer menos, comer regradamente etc. Conta tb a maneira de encarar a estória, o funcionamento do organismo, compreender que não adianta pesar todo dia, toda hora que isto só vai gerar dúvidas etc.

Nos últimos posts, tenho deixado dicas que, na verdade, condensam coisas que vou aprendendo e já mencionei aqui várias vezes, antes. É que eu tb preciso delas. Relembrá-las é registrá-las de novo na minha mente, reforçando a importância das atitudes adequadas p/ a efetividade de tudo que já conquistei e vou manter.

Não sou professora, tutora, orientadora ou algo assim, sou aprendiz mesmo. E tb absorvo muito c/ cada um de vcs, sempre.  A idéia não é ensinar nada a ninguém e sim alertar, sugerir, contar como faço / não faço / tento fazer.  E a primeira que recebe o cutucão sou eu mesma. Assim como o músculo se tonifica à medida que vai sendo trabalhado continuamente e o cofrinho enche a cada moedinha depositada, as idéias vão se fixando qdo vão sendo repensadas, fortalecidas, testadas, compartilhadas etc. Para mim tem sido bom, espero que p/ vcs também.

Agora, mais algumas dicas, na sequência:
23) Ter em casa variedade e qtde de itens calóricos para o caso de ‘de repente precisar’ é o mesmo que deixar um buraco aperto bem do lado do seus pés. Ao menor movimento em falso PUMBA, está você lá dentro. Eu não compro o que não quero ou não pretendo consumir, compro quando e SE realmente sei que vou precisar. Fazendo isto, descobri que minha necessidade de muitas coisas não existia em 90% dos casos. Era o contrário!  Saber que havia no armário aquele leite condensado, aquele biscoito X é que me levava a aproveitar p/ fazer algo.
Hoje, qdo compro, é uma lata só ou a qtde certa que usarei  e, mesmo assim, se tiver certeza de que será logo usada em algo que pretendo realmente fazer muito breve. Senão, eu só vou comprar qdo chegar a ocasião de fazer. E isto pq eu não tenho mais fissura nenhuma, posso perfeitamente conviver c/ lata de leite condensado etc. no armário sem ficar desejando, mas ainda assim evito dar mole.
 E mais: entender o que é item essencial, que não pode deixar acabar em casa e o que é 'plus', ou seja, aquilo que come-se de vez em quando e se acabar, não faz falta. Antigamente eu não deixava acabar pão de queijo, hamburguer, nuggets de todo tipo e não estava nem aí se estivesse acabando o arroz. Legumes e verduras? Nem comprava! Isto mudou.

24) O mesmo vale p/ a gaveta da mesa de trabalho, a bolsa etc. Temos que ter itens p/ emergências como barrinhas, frutas etc., m
as não precisa ser em grande qtde, senão vamos comer mais do que precisamos, mesmo sendo algo mais saudável. E pra que ter na bolsa e na gaveta bombons, docinhos etc. se a intenção é não comer? Eu estava guardando o pacote de club social e algumas barrinhas na gaveta. Qdo vi que estava pegando mais do que devia, parei. Agora, só a quantidade de um dia, se for o caso.

25) Gosto de sanduiche farto. Este negócio de botar uma única fatia fininha de algo não me agrada tanto, depende do tipo de frios (resquício do pensamento de gordo). P/ garantir a saciedade psicológica, eu peço ao funcionário da loja, padaria etc. onde compro frios p/ cortar tudo bem fininho. Fino mesmo, quase transparente, chega às vezes a dar uma rasgadinha. Mas assim, numa mesma porção eu tenho mais de uma fatia e distribuo no pão etc. do jeito que quero com a impressão de que estou botando um monte. Afinal, posso ter 30g de blanquet de peru em uma única fationa, em 2 fatias normais ou em 4 e até 5 fatias finíssimas. Prefiro assim. E encho ele tb de alface, tomate, cenoura ralada, coisas assim, ele fica uma delícia, substancioso e nada prejudicial

26) Gosto de repetir pratos como: empadão, torta salgada, panqueca, algo assim. Mas como fazer p/ que isto não seja abuso? Normalmente, em casa, eu me sirvo primeiro de metade da porção. Como calmamente, curtindo cada pedacinho. E se continuar querendo mais, pego então a outra metade. A sensação é de que comi duas vezes, eu realmente repeti não foi? Mas comi uma única porção, no final das contas. Não é sempre que faço isto tão direitinho, mas no dia-a-dia pratico sim e é legal. Detalhe: há ocasiões em que me sinto saciada na 1ª metade e nem faço questão do resto, sabiam? Mas não vou mentir, não é sempre não!

Tudo depende da maneira como vemos as coisas, digo sempre. E isto se reforça cada dia mais na minha mente e na minha atitude. Se tendo a sair muito dos eixos, paro e comparo meu antes e meu depois, de diversas maneiras e constato, de novo, que vale muito a pena mudar hábitos p/ melhor. Vejam e comprovem na montagem abaixo. Em que foto eu estou mais bonita, mais saudável, mais de bem comigo mesma hem? Beijos e força, vamos em frente, tem semana ainda p/ rolar,então caprichando tá?
 
Vamos ajudar a uma blogueira que encontra-se com o filhinho internado numa UTI c/ leucemia, precisando constantemente de doação de sangue. Vamos visitá-la p/ dar uma força e pedir doações, é um jeito de contribuir para este menino valente ficar bom! O end. dela é  http://www.marinheira.blogger.com.br/



 Escrito por Beth ?s 20h24
[] [envie esta mensagem]


 
   NOTÍCIAS E MAIS DICAS! VAMOS APLICANDO E VENCENDO JUNTOS!

Meu final de semana foi ótimo. Abusei um pouquinho no sábado, mas já no domingo voltei p/os eixos e a semana há de ser bacana, estou caprichando. Vou continuar hoje a passar dicas que ajudaram no meu emagrecimento. Tudo coisa que a gente já sabe, mas é bom não distrair...

No outro post parei na dica 12, então continuo:
13) Não encare o processo como tormenta e sim uma viagem bacana que sempre quis fazer e agora está concretizando. P/ chegar lá tem que se planejar e botar o pé na estrada (ou já sabe se teletransportar ?) Tb não adianta sonhar em pesar X kg sem querer  planejar, agir corretamente, avaliar sempre as ações e os efeitos, identificar ajustes a serem feitos, promovê-los e seguir, mesmo que haja contratempos. Eles são comuns!

14) Qdo vc está viajando de carro e o pneu fura no meio do caminho vc simplesmente larga o carro na estrada e volta p/casa, desiste da viagem? Ou tenta resolver o problema p/seguir, chamando o socorro ou tentando trocar o pneu, alguma coisa deve ser feita, não é? No emagrecimento é a mesma coisa. Não é pq teve um incidente que vc vai largar mão do seu projeto, desistir do seu sonho. Aprenda com o que houve, se organize melhor e continue. Se a estrada for muito esburacada e problemática (mais do que o normal) veja se está no caminho certo que leva mesmo ao que vc deseja.  Se for, firme o passo e siga. Se não for, pule fora! Não entre, nem permaneça em furada.

15) A paciência é essencial. N
unca fui muito paciente e meu processo me ajudou a melhorar isto em mim, mas ainda há muitas coisas p/as quais eu sou bem impaciente. Não engordamos num estalar de dedos, não vamos emagrecer no vapt-vupt. Quem se impacienta demais fica ansioso e a ansiedade aconselha sempre mal. É o que mais eu vejo: gente se estrepando por conta da ansiedade.

16) QUERER estar no processo é tudo. PRECISAR estar nele não é o que basta. Quem faz algo só pq precisa, faz de má vontade, geralmente. Quem faz algo porque QUER vai com tudo, se anima, não esmorece à toa.

7) Qdo for comer algo pergunte-se ANTES: “-Estou com fome de que?”  Responda honestamente e se ouça c/ atenção. Qdo é fome de comida, sendo mesmo a hora de se alimentar, pensando antes vc tem chances enormes de comer direito. Se a fome não for de comida e sim p/ saciar coisas como amor, atenção, tédio, falta do que fazer, tristeza, mágoa, decepção, raiva ou algo assim, quanto mais vc comer, mais sentirá a tal fome, pq ela não vai suprir o que está realmente carente. É como tentar tampar uma panela c/ uma tampa menor, que entra na panela mas a deixa aberta do mesmo jeito. E mesmo que enfie mil tampas menores, a panela vai ficar cheia, mas não vai ficar tampada. Ou seja, panela pesada e cheia, mas descoberta. Não é isto que vc quer, nem eu!

18) Não adianta fazer hoje e desfazer amanhã. Caprichar hoje e amanhã jacar, aí no outro dia capricha de novo e no seguinte jaca geral, que nem passar esmalte nas unhas e vendo-as bonitas, passar acetona.  No emagrecimento é a mesma coisa. Se ficar indo e vindo todo dia, não sairá do lugar. Um passo p/ frente, um p/ trás, outro p/ frente, outro p/ trás leva aonde? Lugar nenhum.

19) LIVRE-SE DAS ROUPAS LARGONAS. Ajuste logo ou passe adiante, compre outra no seu tamanho, assim que for possível. Ter roupa grande no armário remete à idéia de que “se engordar de novo já tem roupa esperando” e este é um jeito negativo de se programar. Tem que pensar que daqui só p/ melhor, sempre. As raras peças que eu guardei, foi só p/ ter com que depois comparar peças antes e depois. Fora isto, nem pensar! Se é grande, dê p/quem precisa ou aperte, mas não guarde.

E mais: se vc emagrece. mas ao se olhar no espelho está sempre c/ a roupa antiga, mesmo larga, não acompanha direito sua evolução, perde a chance de curtir seu novo visual à medida que ele vai ficando mais fino, acaba tendo aquela falsa noção de que não está mudando em nada, não enxerga seu progresso e isto é desestimulante. Use TUDO p/ manter-se mais motivado, entusiasmado! Eu uso!

20) Ajeite-se! Passe batom, arrume os cabelos, inove no jeito de se produzir, coloque cor na sua vida, quem disse que gordinho tem que andar só de preto, marrom, cinza escuro e azul marinho? Tem que usar cores, p/ se olhar no espelho e se sentir bonita e VIVA, isto refletirá no olhar e na apreciação de quem o vê, é impressionante como a gente se sente melhor, mais pra cima e todo mundo nota! Saia desta de que cores engordam, o que engorda é comer muito / comer errado, é não se amar e se respeitar!

21)Mexa-se! Use todas as oportunidades que tiver, não se limite a academias. Use escadas em vez de elevador sempre que possível, ande a pé em vez de carro sempre que der, levante-se p/ falar c/o colega de trabalho em vez de gritar, mandar e-mail ou telefonar, e coisas assim que não parecem nada, mas somadas umas às outras, dão efeito.

22) Sorria p/ o mundo, mas PRINCIPALMENTE P/ SI MESMO. No espelho, na vitrine, no retrovisor do carro, onde der de cara consigo mesmo, sorria, cumprimente-se com a alma, com olhar de aprovação, mesmo que não esteja lá muito satisfeito com alguma coisa, pois vc precisa receber afagos p/ sentir-se bem. E se vc não for o primeiro a se afagar, quem será?

Claro que eu não sou perfeitinha e nem é a proposta, mas aplico isto pq realmente dou valor a mim mesma e isto envolve valorizar tudo que me aprimora. Tem mais, aos poucos vou trazendo. Beijão, vamos caprichando, a semana segue e a gente também!

IMPORTANTE: 1) Continuo sem poder linkar novos blogs, o UOL não me atendeu ainda, estou prestes a acioná-lo judicialmente;
2) Tardo mas não falho!Demoro a visitar os blogs amigos por falta de tempo, mas volto! Se a coisa ‘apertar’ grite por socorro e eu tento ir voando, tá?
3) Veja o meu novo blog
CARDÁPIO DA CONQUISTA. Os cardápios anteriores estão no CARDAPIO DA BETH, que ficou sem espaço.



 Escrito por Beth ?s 20h46
[] [envie esta mensagem]


 
   RELEMBRANDO DICAS

Comigo continua tudo bem, graças a Deus.  Animada, feliz, totalmente atenta. Caprichando nas caminhadas, vejam a foto abaixo!
Calçadão de Copacabana, na altura do Leme. Eu (bermuda laranja)e meu cachorrinho
na caminhada, testemunhando o acordar da cidade, o nascer do sol. O maridão mais
atrás fotografou, por isso não aparece.


Hoje vou repassar algumas dicas que p/ mim funcionam muito bem qdo as aplico e, mesmo não sendo novidade, sempre é bom relembrar.

1) Todos os dias ao acordar mentalizo que é um novo dia, uma nova oportunidade de me dar o melhor. Mesmo que ontem não tenha sido tão bom assim, hoje é possível dar um gás a mais, ajustar o passo e caprichar dentro do possível

2)Promessas geralmente não são cumpridas. Então em vez de prometer eu ME COMPROMETO comigo mesma. Se cumpro compromissos com os outros (banco, lojas, amigos, familia, trabalho etc.)
por que não cumprir os que assumo comigo? Não sou digna de atenção, consideração, respeito? Sou sim, ué! Se eu falho nisto, me zango, mas me perdôo e me ajusto..

3) Evitei sempre ficar martelando que o processo era longo, demorando etc.e não ficava me fixando em qto tempo já tinha passado, pelo aspecto negativo, só me importou sempre o positivo Sempre procurei/ procuro concentrar-me no AGORA. O legal é fazer o HOJE como se fosse o 1º dia, não importa se é o milésimo. HOJE me darei o melhor, mesmo que não seja 100%, amanhã farei  um novo HOJE legal e vou evoluindo, cada HOJE somado aos demais gera o meu resultado final em aprimoramento, auto-conhecimento, aprendizado e resultados na balança, nas medidas e em outros tantos indicadores.

4) Fiz e sigo o processo p/ mim mesma e não pensando em agradar aos outros. O benefício é meu em 1º., 2º, 3º ... enésimo lugar. É a minha saúde, beleza, vida prática, bem-estar, auto-estima, evolução,  alegria e tantas outras coisas minhas que estão em jogo.

5) Não me permito jogar conscientemente contra mim.  Valorizo cada passinho dado. Por isso, sempre recomendo que pensem e digam coisas como:  “Oba! Já eliminei 1 kg (ou 100g, qto for)!”. Fixem-se no que já conseguiram andar e não em tudo que ainda falta. Comemorem cada cm de estrada percorrido, cada grama eliminado, antes a gente estava no zero e agora já evoluimos, isto não é bom?

6) Evitei comparar meus resultados c/ o de outras pessoas, principalmente se fosse p/ desvalorizar o que já havia conquistado. Cada um é um, cada organismo funciona de um jeito, cada pessoa vive seus próprios momentos, suas próprias emoções e mesmo que duas pessoas façam tudo igualzinho, cada uma terá uma resposta, pois há particularidades muito sutis que não podem ser comparadas. É claro que às vezes ficava chateada (e ainda fico) qdo minha evolução não ia tão bem qto os demais, isto já aconteceu. Mas não deixei que me derrubasse, ao contrário, usei como estímulo a mais.

7) É importante não se exasperar pq numa semana não emagreceu tanto quanto nas anteriores. O emagrecimento não é linear, não existe esta coisinha fixa de emagrecer X kg certinho toda semana. A gente não é igual todos os dias, nosso corpo não funciona igualmente o tempo todo, os fatores internos e externos que nos influenciam são muitos e são variados, como querer que o emagrecimento seja sempre igual, mesmo que você faça tudo igual? Você vai todos os dias do mesmo jeito p/ o trabalho, pelo mesmo caminho, com o mesmo veículo, sai de casa na mesma hora e tudo mais. Ainda assim, pode ser que chegue atrasada ou adiantada, pois o trânsito pode estar diferente naquele dia/hora, pode ser que chova ou que o sol esteja escaldante, pode ser que você encontre alguém no caminho e pare p/ conversar, pode ser que você não perceba mas está indo mais devagar por algum motivo etc. No emagrecimento é assim, também.

8) Qdo o resultado não é legal paro e penso nas causas, procurando ser bem honesta nesta análise. Verificoi se houve alguma coisa diferente, reviso minha alimentação (daí a importância de ter anotações), observo como está meu emocional, a fase hormonal, tudo mesmoEnfim, em vez de gastar energia me maldizendo ou amaldiçoando a balança, procuro AGIR
PRODUTIVAMENTE A MEU FAVOR. Não preciso de adversários, muito menos ser eu mesma a pior adversária.  Mesmo que me chateie às vezes, coisa que não escondo de ninguém, procuro ser inteligente na reação, senão eu só piorarei as coisas

9) Tudo aquilo que achava ou acho chato fazer mas descobrir que é mesmo benéfico, procurei e procuro ver c/ outros olhos, dar mais uma chance p/ as mudanças que me ajudam a vencer.  Se a gente já começa cheio de resistência, cheio de "não me toques" e "isto não faço mesmo", já inicia se programando p/ perder a parada. Tô fora.

10)  Não conjugo os verbos desistir, desanimar e outros assim, pois qto mais os usamos, mais eles vão se impregnando  no nosso cérebro e conduzindo a ações que levam a insucesso, ou seja, seresmos agentes da nossa falha e isto vai alimentar a idéia de chutar o balde, é jogar contra o próprio time. Nada a ver

11) Sumir não emagrece, esconder-se do mundo tb não. Abandonar o blog, deixar de ir aos encontros light muito menos! Ao contrário, isto tudo engorda. A pessoa fica triste por estar entocada, sente-se infeliz e sozinha, a carência aconselha mal e ela vai compensar na comida. Aí engorda mais e some mais., fica ali fazendo gol contra o tempo todo e se lamentando pq o time está perdendo. Faz algum sentido isto?

12) Compartilhar vitórias c/ outras pessoas é muito bom, mas qdo a gente falha tb deve compartilhar, principalmente com quem entende, pois vive as mesmas coisas. Isto ajuda a trocar idéias, a ver que não se é o único a falhar e dá força p/ continuar em frente e vencer. Nos momentos bons, ótimos ou muito ruinzinhos, sempre estive e estou por aqui. Sozinha eu sou uma só. Com vocês eu sou mair forte.

Eu procuro aplicar isto e qdo falho, vcs me ajudam muito, às vezes sem nem saberem. Obrigada.  Tem mais coisa, aos poucos eu vou trazendo, tá?  Beijos e maravihoso final de semana!



 Escrito por Beth ?s 00h01
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!