Conquista

UOL
   EM FRENTE...

Eu e meu maridao na festa da
amiga, no domingo passado

Depois de um final de semana agitado, que culminou na festa de aniversário da minha queridíssima amiga no domingo, com direito a música ao vivo, uma roda de samba de primeira, admito que na 2ª feira estava no bagaço. Zilda, eu ri muito com o seu comentário, porque fiquei quebradinha sim, só que bastou um dia para voltar a me mexer sem fazer Aiii Uiii ...rs

Doía o quadril, os pés,  as pernas e a cabeça (esta já por conta do tempo ruim e da TPM encostando). Fora a preguiça horrorosa. Na 2ª feira, qdo o despertador me chamou no fim da madrugada p/ a caminhada, eu nem quis saber. Decidi que não me lentaria nem que a vaca tossisse e o marido aderiu, estava moidinho também.  Deixei p/ caminhar depois do trabalho. Porém, com o passar do dia, vi que não ia dar mesmo, seria uma forçada de barra tremenda. Ouvi minha sábia amiga Débora e tratei foi de descansar, não sem antes planejar uma forma de repor durante a semana a atividade física do dia.

Fiz bem, pois hoje (3ª feira) acordei muito bem disposta e pulei da cama sem embromação. Fui para a hidrobike numa boa e, propositalmente, cheguei 35 minutos antes da hora da aula e pulei na piscina, passei meia hora correndo dentro dela e movimentando também os braços, já compensando em parte a caminhada que não fiz ontem. Enquanto uma galera nadava nas outras raias (alunos da natação), eu ali sozinha correndo, me exercitando entregue aos meus pensamentos, estava uma delícia. O professor chegou e logo começou a aula, que foi ótima. E depois, os benditos abdominais, foram 200 de novo hoje.

Cheguei no trabalho me sentindo leve, animada, bem-humorada. Ou seja, bem diferente do que estava ontem. Ajudou muito o fato de ter vestido hoje um terninho cuja calça há pouco tempo andou bem mais justa, dando a sensação de que se eu sentasse podia causar um acidente (botão pulando na cara de alguém, por exemplo hahaha) E hoje está boa no corpo, sento e levanto confortavelmente, sem medo de a roupa explodir...rs Ainda bem! Ela ainda vai ficar mais folgadinha, é questão de paciência e persistência. Vai ficar como era quando eu a comprei, disto podem ter certeza. E falta pouco.

Vou seguindo, também bem atenta na alimentação, ontem na refeição noturna furei o planejamento, o que eu comi não tinha nada a ver com o que havia programado. Mas, sem problemas. Qdo notei que estava QUASE saindo do controle, tendendo a beliscar novamente algo do que eu já havia me servido suficientemente, não tive dúvidas: disse a mim mesma CHEGA e pedi à filhota para me dizer um alto e sonoro NÃO caso eu me ‘distraísse’ e fosse novamente cutucar a travessa. E antes mesmo que eu tentasse, ela riu e puxou a travessa, dizendo ‘NÃOOOOO’, mas que garotinha obediente hem...rs Saímos da mesa, esta sim é a melhor maneira de não ficarmos comendo mais do que o necessário.

Aliás, fica aqui um alerta: este negócio de ficar papeando na mesa, em volta de uma vasilha onde ainda há comida, dependendo do dia, da hora e do estado da gente, pode ser perigoso. É agradável, por um lado, mas se a gente não estiver muito atento, acaba comendo mais só porque está ali, de frente para a travessa. Naquela de ‘pegar esta casquinha aqui’, ‘recolher aquele pedacinho que caiu ali” etc., acabamos botando dentro de nós mais um tantinho daqui e outro tantinho dali de algo que já foi consumido na medida, ou seja, é excesso. Excesso que entra em nós, acaba virando excesso que APARECE em nós (na balança, no espelho etc.). Melhor conversar em outro lugar. Ou tirar tudo da mesa, deixa só o cafezinho, se for o caso, aí pode ficar ali de papo horas e horas.

Falei outro dia que ia contar sobre alguns ajustes que fiz recentemente na minha alimentação, para aprimorar mais. Foram simples, mas são as coisas simples que, muitas vezes, fazem a diferença.
 AJUSTE 1 - A SALADA: Em um dos restaurantes onde almoço durante a semana, há as opções de saladas simples (uma salada), dupla (2 tipos diferentes de salada) e a tripla (3 tipos de salada). Eu geralmente comia a dupla, acompanhada de um grelhado ou fatia de quiche. Mas, ultimamente, vinha deixando comida no prato e,  pior ainda, estava saindo de lá me sentindo meio empanturrada. Eu pegava a dupla não pela quantidade, mas p/ diversificar, ter 2 tipos diferentes de salada no prato. Mas as as porções de salada são generosas e é comum eu pedir a quem está me servindo p/ colocar menos, algumas vezes.

A mudança que fiz foi a seguinte: passei a pedir uma única salada e, naturalmente, um acompanhamento. Saio de lá saciada, mas sem a sensação de empanzinamento que estava tendo antes. Só pegarei 2 saladas em casos ou dias especiais, como por exemplo, depois da praia, no final de semana, pois muitas vezes eu e o Vi vamos comer lá (só que em outra filial). Esta é uma mudança que, na verdade, reflete uma preocupação com os limites. Não tenho necessidade de me sentir estufada para só então entender que já comi o suficiente. A sensação de estar lotada é ruim, eu não gosto dela. E mesmo considerando que o excesso era de salada, quase sempre bem leve, ainda assim não temos que comer mais do que realmente é suficiente p/ estarmos alimentados.

Isto me lembra de pessoas que se enganam, quando acham que só por um alimento ser light ou pelo fato de um prato ser de baixa caloria, podem comer em quantidade exagerada. Traçam um pratão de estivador, mas argumentam que ‘tudo ali é light’. Pode até ser um prato lotado de legumes, verduras e carnes grelhadas, certamente é mais saudável do que um outro tipo de prato, mas que ainda assim é exagero, que ainda assim a pessoa está comendo muito e isto precisa ser mudado, não há dúvida.
  AJUSTE 2 - A SOPA: Em outro lugar onde como muitas vezes, que tem uma variedade legal de comidas saudáveis e as sopas servidas são deliciosas, eu geralmente pegava uma sopa tamanho normal (4 conchas) e um tipo de carne, ou fatia de quiche, algo assim.  Às vezes pegava a sopa, uma porção pequena de salada (geralmente folhas) e um tipo de carne. Mas notei que também estava começando a me sentir saciada antes mesmo de terminar de comer. Estava deixando, às vezes, quase metade da sopa.  Isto só não acontecia quando eu não comia mais nada, ou se o acompanhamento fosse realmente muito leve. Senão, ou sobrava sopa, ou eu ficava com sopa saindo pelas orelhas caso insistisse em tomar quase tudo.

A mudança que fiz foi, simplesmente, tomar a sopa pequena (metade da outra), quando quiser algum acompanhamento. E tomar a inteira apenas se não for acompanhar com mais nada, além das 3 torradinhas integrais que são servidas. E já notei também que, dependendo do acompanhamento, mesmo tomando a ½ sopa eu já fico meio lotadinha, ontem a sobremesa (que seria uma goiaba) nem foi tocada, eu não agüentei. Que bom...rs

Como vêem, nada demais. Porém, são detalhes que me ajudam. Vou observando, aprendendo, sacando meu funcionamento, sempre dando valor também às minhas preferências. E,  cada vez mais, procuro associar minhas preferências ao que é realmente bom p/ mim, pelo menos assim, nas refeições normais do dia-a-dia. E vamos em frente. Beijoca.

 Escrito por Beth ?s 14h57
[] [envie esta mensagem]


 
   SEMANA QUE VAI... SEMANA QUE VEM!

Mais uma semana acabou e o saldo dela é positivo. Alimentação OK no geral, mesmo com algumas situações especiais. Na 6ª feira, teve a festa de aniversariantes do mês na empresa, que foi um café da manhã 'daqueles' e me saí bem. Comi sim, claro, mas não achei que tinha que provar de tudo que havia na imensa mesa, fiz escolhas. Claro que foi diferente, foi mais do que o café da manhã normal, em casa, mas não houve exagero, desespero em pegar de tudo.

O tema da festa foi "Alimentação Saudável", com direito a palestra de 2 nutricionistas que falaram de forma clara e agradável sobre a pirâmide alimentar, sobre a importância de cada tipo de alimento, dicas sobre as refeições. Teve sorteio e um QUIZ sobre o tema, com distribuição de brindes e todos ganhamos tb uma Cartilha Nutricional bem legalzinha. Foi divertido. Depois, fomos trabalhar né? Rs

A atividade física também foi OK  na semana. Fui às aulas de hidrobike, onde tenho dado o meu melhor possível, tem horas que a coisa pega, mas não há dificuldades por falta de fôlego, a parte respiratória está ótima, a freqüência cardíaca é monitorada o tempo todo e eu tenho me saído bem, podendo até aumentar a carga um pouco mais.

O condicionamento físico é que ainda não permite mais, chega uma hora da aula que eu sinto a coxa pesar como se estivesse carregando uma Beth em cada uma, mas a cada aula melhoro isto. E os abdominais, estão à toda, estou adorando fazê-los porque na água a gente não sente tanto, né? As corridinhas dentro da água também são boas de fazer (eu estou curtindo muito também).

E a caminhada, que foi prejudicada pelo mau tempo que se encostou por aqui durante a semana, foi compensada principalmente ontem (sábado), com muito carnaval. Me acabei no bloco Simpatia É Quase Amor, tradicional de Ipanema, por mais de 2 horas e meia e depois, uma parada básica num barzinho com o Vi, a filhota e um casal amigo, para nos reabastecermos.

Na foto acima (do jornal O GLOBO), vejam que depois da bateria, tem a corda de isolamento, nós estávamos exatamente ali atrás da corda, onde eu marquei em vermelho com um círculo. Claro que não dá para nos ver, mas era exatamente ali que estávamos.

E após o reabastecimento, fomos para a quadra da escola de samba Acadêmicos da Rocinha, onde foram mais de 4 horas de farra, eu suei por TODOS os poros... eu disse TODOS, cheguei em casa pensando que as roupas para estas ocasiões deveriam ser descartáveis, as minhas podiam bem ir para o lixo, de tão úmidas de suor e sujas que estavam... eca!


Mestre Sala e Porta-Bandeira da
Acadêmicos da Rocinha dando show no último ensaio
na quadra, em 2008, ontem
.

Quando deitei, latejava o corpo todo, têm noção disto? A filhota estava no bagaço, foi a estréia dela nas quadras, ria de felicidade e gemia de dor no joelho hahahahahahah E o marido, que foi direto do trabalho para o bloco, onde nos encontrou e depois participou de todo o resto? Está até agora desmaiado roncando aqui do meu lado, enquanto escrevo este post...rs E hoje (domigo) ele ainda tem uma prova para fazer à tarde (seleção para uma empresa), Deus que o ajude...hahaha

O sol reapareceu, embora ainda haja bastante nuvem no céu e já estou me preparando para pegar uma praia. A filhota me pediu para puxá-la pelos cabelos caso ela embrome para acordar, porque não quer perder nada hahahah Esta aí, se fosse minha filha de verdade, não poderia puxar mais a mim hahaha Já gosta de uma folia!

E no final da tarde, tenho ainda a festa de aniversário de uma amiga queridíssima, uma irmã de coração que eu tenho nesta e em todas as vidas, ela vai comemorar entre amigos com direito a musiquinha ao vivo, no caso os cantores seremos nós, os convidados, acompanhando uma galera amiga dela que toca MPB, samba etc.

Bom, como vêem, a coisa aqui está legal. Com toda esta programação, tenho queimado mais kcal do que consumido, estou bebendo muita água, toda a farra de ontem foi regada, no meu caso, a água mineral, refri light (sem exagero) e H2O, a eleita por mim neste carnaval para me refrescar na folia. Os planos para a semana envolvem disciplina, controle, manter alguns ajustes que promovi na semana passada (e que contarei num próximo post), observar onde posso melhorar mais e seguir, aplicando tudo mais que funciona bem.

Fui ao angiologista/cirurgião vascular na 4ª feira, ele pediu exames que vou tratar de marcar logo (esqueci de fazer isto na semana passada) e tenho que mandar fazer alguns medicamentos e uma pomada, eu reclamo que este tratamento é caro, chatinho, mas se não fosse isto eu hoje teria acordado com as pernas roxas, cheias de vasos estourados e uma determinada parte estaria inchada. E acordei sem problema nenhum, acho que ajudou o fato de ter massageado bem com uma das pomadas que ainda tenho, antes de deitar, tem uma região que até achei que está mais clara na perna. E a hidrobike tem ajudado muito, o professor sempre fala dos benefícios desta atividade física para a circulação.

Bom, é isso aí. Tenhamos todos uma nova semana bem bacana, cheia de boa vontade para conosco, antes de tudo.  Vamos associar o esforço, a atenção, a disciplina e a concentração que devemos aplicar ao nosso processo a PROGRESSO na nossa caminhada, a SUCESSO na conquista dos nossos objetivos, a BEM-ESTAR, a SAÚDE, a ALEGRIA. Assim, até o que de repente parece chato, acaba ficando com uma cara melhor, a gente olha e diz: eu quero isto, sim. Depende mais de nós do que de qualquer outra coisa, pessoa etc.

E o carnaval vem aí, por que não capricharmos nos dias que o antecedem, para chegarmos nele ainda melhores do que estamos hoje? Independentemente do que cada um vai fazer durante os dias de carnaval, todos merecemos estar bem, satisfeitos com o jeito que estamos nos tratando e, quem sabe, até um pouco mais levinhos, por que não?

Beijoca!



 Escrito por Beth ?s 11h03
[] [envie esta mensagem]


 
   QUER SENTIR O QUE?

A sensação de estar nos eixos, ou seja, disciplinada, focada, fazendo as coisas da melhor maneira possível e vendo que este possível é cada dia melhor, é deliciosa.  Em contrapartida, a sensação de falhar, de andar na contramão é ruim, incômoda. Qual a sensação que preferimos? Como queremos nos sentir quando pararmos para avaliar nosso comportamento no dia, na semana, no mês? Claro que ninguém quer ter uma sensação ruim, para nada. O lance, então, é capricharmos e, no que depender só da gente ou no que pudermos interferir, mesmo que indiretamente, vamos meter bronca!

Pode ser que alguém nos perturbe, nos atice, fique nos tentando a sairmos da linha. Mas é importante a gente saber que nada acontece sem a nossa permissão. Ninguém nos enfia goela abaixo o doce, o salgado, o pedacinho a mais de alguma coisa, uma porção extra e indevida seja lá do que for  ou mesmo algo que teoricamente não prejudicaria, se o momento fosse mesmo oportuno.

Então, se cedermos ao empurrão do outro que não está na nossa pele, nem na nossa carne, nem no nosso problema com peso e, portanto, não será prejudicado com o nosso deslize? Não será no peso, nem nas medidas dele que os abusos aparecerão, não será na cabeça dele que aquele descontrole ficará martelando, não será a roupa dele que ficará mais justa, não será ele que continuará tendo dificuldades em comprar uma calça, ou uma blusa, ou usar aquela outra peça...É ou não é?

Então, o negócio é a gente se apropriar, sempre, da nossa responsabilidade neste processo. Se fizermos algo a mais ou de menos, certo ou errado, que seja porque nós assim decidimos, conscientes do que aquilo representa, de preferência de forma planejada para compensarmos direitinho, inclusive para não exagerarmos tanto. Não adianta dizer: ah, foi o fulano que insistiu. Fulano é fulano, eu sou eu, você é você. Cada um na sua.

Mas, e quando não é o fulano, nem beltrano, que nos atiça? E quando é a nossa cabecinha, o nosso olho grande? Dureza né? Sei que não é fácil resistir sempre. Por isso gosto do esquema de RA e não de esquemas restritivos. Não sendo proibidos de nada, podemos ajustar nosso cardápio, mudar alguma coisa para comermos algo que não é proibido, mas que deve ser consumido de forma mais controlada e não com tanta regularidade.

Tem horas que a gente vai e pega mesmo, quando vê já foi, e a gente para e pensa que nem queria tanto, foi no impulso. Paciência, o jeito então é pensar direitinho em como a coisa aconteceu, em como reagimos, se foi bom mesmo, que ótimo, pelo menos a gente sabe que valeu a pena e trata de ajustar as coisas para que aquilo não prejudique nosso progresso.

Mas, se não tiver valido (e isto acontece muito), pois nem era nada tão especial, nem era uma hora boa para comer, ou nem havia fome ou vontade tão grande, nem estava tão bom assim, aí é mais uma oportunidade de pararmos, avaliarmos e, em vez de ficarmos nos achando uns bobocas, em vez de nos açoitarmos mil vezes, de nos apropriarmos de uma culpa horrorosa que só leva a pensamentos errados e atitudes piores ainda, é hora de entendermos melhor o que aconteceu, o que nos levou àquilo e nos prepararmos melhor para a próxima vez. Porque sempre haverá uma ocasião em que estaremos mais ou menos preparados, em que algo ou alguém vai nos tentar, ou nós mesmos...

Esta semana eu continuo indo bem, graças a Deus, bem focada, bem determinada. A alimentação está legal. Mas ontem dei uma tropeçada boba, que me irritou. Não tenho neuras, não sou proibida de nada, mas uma coisa é pegar algo porque eu realmente quero e acho que vale a pena, outra é dizer a mim mesma que não é aquilo que eu quero e ainda assim, me fazer de boba e pegar.

Resultado: uma única fatia de uma torta deliciosa que não me deixou satisfeita, pq eu comi por impulso, sabendo que estava somente transgredindo, desnecessariamente, algo a que havia me proposto. Como se estivesse desafiando minha própria vontade. Burrice. Não vai acontecer nada por causa dela, não vou engordar por causa desta fatia, até porque compensei direitinho no resto do dia e vou continuar compensando hoje e amanhã, mas incomodou o fato de eu me dizer uma coisa e fazer outra.

Por isso eu comecei este post falando das sensações boas e ruins e da importância de escolhermos qual sensação queremos ter mais vezes. Guardei bem a sensação que eu tive ontem, desagradável e quando for agir novamente por impulso, por bobeira, vou lembrar dela. Garanto que não vou querer repeti-la. Ninguém bate o martelo no dedo de propósito, por lembrar-se da dor que sentiu e querer repetir né? Só masoquista.

Vou comer mais muitas tortas e coisas deliciosas para sempre na minha vida, mas de uma forma mais consciente e não por bobeira, esta é a idéia.  Mas de resto, está tudo belezinha mesmo, tanto que continuo bastante orgulhosa de mim mesma.

A atividade física está parte em dia, parte em débito. As caminhadas foram prejudicadas pela chuva que só hoje está se despedindo daqui, ela que vá para longe, chega. Bom demais ver o sol de novo, desde a tarde de domingo que chovia aqui. Não deu para caminhar na 2ª, não é que eu dissolva na água, mas eu saio de casa ainda de madrugada, quando está escuro e com a chuvarada ficava complicado e até mesmo inseguro, já que na orla há quem corra e caminhe mesmo com chuva, mas diminui bastante o movimento, claro, pelo menos àquela hora.

Eu e meu amor no click da filhota, no show do Skank
na praia de Copacabana, domingo passado (ele sorrindo por
amor, porque estava estourando de dor de cabeça, coitado)


Eu até poderia ter andado no próprio condomínio, mas dormi e acordei sentindo dores fortes nas pernas, por conta da farra no show do Skank. Ainda bem que a filhota também sentiu, senão eu ia achar que estou mesmo enferrujando hahaha  Se ela com 16 anos pode, eu com 51 posso né? haha E na 4ª feira, chovia de novo. Deixei para tentar caminhar depois do trabalho, mas tive consulta com o angiologista e quando cheguei em casa, fui tratar de outras coisas. Porém, vou compensar dando um gás especial na 6ª e no próprio final de semana.

Mas a hidrobike está totalmente em dia. Amo aquelas aulas. Na 3ª feira acordei cedinho e vi que continuava chovendo bem. Mas eu já tinha deixado tudo preparadinho de véspera e levantei animada, fui mesmo assim! Pouca gente faltou. Eu e mais 3 alunos estávamos lá, na boa.  O professor atrasou um pouco e até pensamos que ele faltaria, então resolvemos encarar a água e nos exercitar independentemente dele. Foi a melhor coisa.

Dei diversas voltas na piscina correndo na água, me sentindo né, só assim na água p/ conseguir correr, saltando igual a uma gazela haha, enquanto movimentava também os braços, p/ aquecer e fortalecer. Uma nadadinha aqui, mais corridinha ali, até que o mestre chegou e eu não dispensei a piadinha: “Amarelou com a chuva, professor?” Ele riu e admitiu que não esperava que a gente aparecesse, disse que geralmente com este tempo ruim os alunos somem, ninguém aparece p/ as aulas na água. Avisamos a ele que esta turma é diferente, estaremos lá sim, a menos que haja raios e trovões, a idéia é queimar kcal e não torrar literalmente hahaha Hoje a aula foi ótima de novo. Saio de lá super feliz, leve, cheia de energia.

Amanhã tem festa no trabalho, aniversariantes do mês, vai ser pela manhã, então o café da manhã já será na empresa. Orgia gastronômica à vista? Bom, eu sei é que estou desde já programando minha mente p/ não chegar lá com cabeça de gorda e sim com educação, com bom senso. E o tema desta festa vai ser “Alimentação Saudável”, boa idéia né? Depois eu conto como foi e como eu me comportei.
 
RECADO:  Luciana do Piauí, do blog
http://minhameta-euposso.blogspot.com/, não consigo comentar no seu blog também...rs

Beijos em todos, vamos adiante, a semana ainda tem o que nos dar de bom. Caprichando hem! Beijos

Picture Captions
Texto imagens para Orkut de www.Caption.iT

 Escrito por Beth ?s 11h20
[] [envie esta mensagem]


 
   E O 31º ENCONTRO LIGHT FOI BOM DEMAIS!

E rolou o 31º encontro da Blogosfera Light do RJ. Foi muito bacana, abrimos os encontros de 2008 com tudo em cima. Dêem uma olhada em uma das fotos do grupo presente, abaixo:


Da esquerda p/ a direita:
Alice (de amarelo), abraçada a ela Carolina, depois a Raquel, no fundo eu com o braço levantado,
Claudinha, Marília, Janaína, Cacau, Mariléa (de azul) e atrás delas, no meio, a
Clara (com a gola branca).
Na frente Jaqueline (de litras), Marsele (de verde)
A Janice e a Lis ainda não tinham chegado.

A Cacau foi nossa anfitriã, mais uma vez, nos recebendo com carinho, nos deixando muito à vontade, como sempre. Obrigada de novo, Cacauzinha!
Além da nossa anfitriã querida, quem participou: eu, Marília, Claudinha, Janice, Janaína ‘Carmem’, Marsele, Jaqueline, Mariléia, Raquel Messou, Alice e, estreando nos encontros: Clara, Carolina e Lis.


Da esquerda p/ a direita:Lis, eu, Jana, Marília e Cacau

Sentimos falta de um monte de gente que faltou, mas isto é bem normal, pois conciliar a disponibilidade de todo mundo é impraticável, quem não vai em um aparece nos outros e por aí vai. Ainda mais em janeiro, um mês de férias, em que muitos estão viajando ou mesmo curtindo outras programações! Quem não foi neste, aparecerá nos próximos, é assim. E é sempre muito gostoso.

O Momento Light novamente bem produtivo, alegre e profundo, pois é quando cada um de nós expressa o que vem vivenciando no seu processo, esteja num momento muito feliz, de muito ânimo e entusiasmo ou numa fase mais esquisitinha, porque ali estamos nos abrindo com quem nos entende, com quem vive as mesmas coisas, com quem está na mesma estrada. Nos ouvimos, nos solidarizamos, vibramos com as vitórias de todos, trocamos incentivo, damos palpites, vamos nos ajudando. Saímos com gás reabastecido.

 
Da esquerda p/ a direita: Clara, Marileia, Alice e Raquel

Agora, é cada um tratando de seguir em frente, acertando o passo ou mantendo-o firme conforme cada situação, acreditando sempre na sua possibilidade de conquistar sua vitória. Sempre digo, e é verdade: somos vitoriosos desde o momento em que decidimos sair da inércia, resolvemos nos cuidar melhor e mesmo quando erramos, mesmo quando sentimos as pernas bambas, continuamos vencendo, pois antes a gente nem se dava conta e agora, estamos na caminhada, um hora de forma alegre e decidida, outra hora aos trancos e barrancos, mas estamos e vamos continuar porque isto nos leva a benefícios que nós merecemos.

Eu, na minha vez de falar, contei sobre minha lua de mel comigo mesma e com meu processo, o entusiasmo renovado e a alegria que venho sentindo por estar tão sintonizada comigo mesma e com meus objetivos, o que me leva a ter a disciplina, a concentração e a perseverança necessária para vencer a parada de novo. Me apoiando no que aprendi e venci com o VP, na minha motivação que não é pouca, na concentração que é essencial, na atividade física retomada com todo gás.

Adorei rever as meninas tão queridas, adorei conhecer a baianinha (agora carioquinha) Clara, a Carol (que é minha colega de trabalho, mas em unidade diferente, então não nos conhecíamos ainda pessoalmente) e a Lis, todas muito lindas, simpáticas e que agregaram muito mesmo ao grupo!

Agora, notícias ‘extra-Encontro’ do meu final de semana, começando pelo final de 6ª feira. Conforme havia planejado e registrado no outro post, quando cheguei do trabalho me arrumei rapidamente e fui fazer a caminhada no calçadão, desta vez acompanhada pela filhota. Andamos nbem, fizemos 4,5 km em ritmo mais forte, estava muito quente, o calçadão lotado de gente, uns correndo, outros caminhando, outros passeando, outros pedalando, a cara do Rio mesmo, até pq estamos em pleno horário de verão, só escureceu por volta das 20h. Depois de descansamos em um quiosque tomando uma gostosa água de coco e prosseguimos a caminhada por mais um pedaço, só que agora passeando e batendo papo. Foi ótimo. E a sensação de ter cumprido com minha programação de não ficar sem a atividade física naquele dia foi ótima.

Obs.: Por falar em atividade física, recebi alguns comentários elogiosos e surpresos sobre os 200 abdominais. Valeu, gente, mas vejam bem, estou longe desta capacidade toda, foram 200 sim, mas NA ÁGUA, onde tudo fica mais simples. Fora da água, não garanto nem 20... acho que nem 10 hahahaha

No sábado, embora durante a manhã o tempo não estivesse muito aberto ainda, fomos cedinho para a praia, já que teríamos que voltar bem cedo também, por causa do Encontro Light. O sol custou um pouco a aparecer para valer, mas o mormacinho estava delicioso e queimando bem (engana-se quem pensa que só o solzão bronzeia, o mormaço pega que só ele). Depois, eu e a Thamiriz (filhotinha) fomos para o Encontro e o maridão foi dar aula, por isso desta vez ele não pôde me acompanhar.

À noite nos frustramos, pois pretendíamos ir para o Sambódromo ver os ensaio técnicos de Escolas de Samba programados para aquele dia, mas nos confundimos com o horário, quando chegamos em casa pensando que iríamos só mudar a roupa e partir para a folia, vimos que uma das escolas já tinha ensaiado e a outra já estava acabando, não valia a pena irmos. Paciência...snif    

No domingo acordei cedo e não embromei muito na cama, para não pegar gosto (rs), pois nos demais dias eu acordo pouco depois das 5h da manhã por causa da caminhada, não quero perder o pique. Claro que não levantei de madrugada, mas também não fiquei até tarde. Fui ao horti-fruti e ao supermercado, depois eu e o Vi preparamos um almocinho para a família, só então fomos para a praia, já bem mais tarde do que o nosso normal. Começou a chover, resolvemos bater perna pelas ruas e pela Feira Hippie de Ipanema, que adoramos. Lá pelas 17h saímos de Ipanema e fomos para Copacabana, onde assistimos na praia ao show do Skank, que foi bom demais, cantamos e dançamos muito. Eu tive que tomar Dorflex de madrugada de tanta dor nas pernas e no pé, daí vocês imaginam a coisa toda hahaha E o fim de noite foi tranqüilo, em casa, juntinhos e felizes.

A alimentação no final de semana foi mais ou menos, mas sem nenhuma grande jacada. As beliscadas no Encontro estavam previstas, eu nem almocei antes já prevendo isto. No domingo comi um pãozinho a mais no café da manhã, mas durante todo o resto do dia segurei bem as pontas, queimei muitas kcal ao som do Skank na areia e a refeição noturna (que foi tudo junto, jantar e almoço haha) foi legalzinha, ou seja, estou satisfeita comigo mesma sim.

E começou uma nova semana, para a qual já estou programadinha, cheia de vontade de caprichar bastante. Desejo que cada um de vocês tenha uma semana bem feliz, que cada um faça a sua parte para que ela seja produtiva, positiva, uma semana de vitórias. E já sabem, vencer não é simplesmente acertar o tempo todo, é estar no comando, seja acertando ou errando, mas sempre procurando o acerto. Beijos!



 Escrito por Beth ?s 12h59
[] [envie esta mensagem]


 
  

Hoje é sexta-feira. Pela milionésima oitava vez, registro: dia que eu a-do-ro.  Vem aí o fim de semana, que de certa forma já começa hoje. E para complementar, véspera do 31º Encontro de Blogueiros Lights (e simpatizantes) do RJ, o primeiro de 2008. Claro que eu vou, né? Ainda não faltei a nenhum! Gosto demais. Teremos participantes estreando, sabiam? Aguardem! Vai ser bem legal. Quem ainda não pegou o endereço etc. com a Marsele, ainda há tempo.
 É muito bom este contato pessoal, a troca que fazemos por blogs etc. fica ainda mais rica quando nos vemos, nos ouvimos, se você puder, participe, vale a pena!

Ontem fiz a minha 2ª aula de hidrobike, minha mais nova paixão e mais novo recurso p/ ajudar a queimar kcal, fortalecer músculos, botar o corpo em movimento. Novamente, foi ótima. E o professor já botou as manguinhas de fora, ontem ele apertou ainda mais, eu cheguei a pedir arrego já quase no final em uma das séries, as pernas já não agüentavam mais, pareciam pesar 100kg cada uma! rs  Mas o bacana é que a parte respiratória etc. estava ótima, não tive cansaço além das pernas, acho que isto é um bom sinal de que eu estou legal né?

Depois das séries na bike, hora dos abdominais. Ontem eu contei, fiz 200. Fora os de ‘abrir/fechar pernas’, que devem ter sido uns 20 ou 30, estes não contei. O mais legal é a sensação deliciosa ao terminar tudo, depois do banho. Vou para o trabalho me sentindo feliz, leve, fresquinha, bem disposta. Pareço criança que acabou de sair daquela aulinha legal onde a gente canta e dança hahahaha  
Mas eu não estou pensando em virar atleta não, hem gente, no outro post eu só comentei que se for na onda do professor, que logo de cara foi falando de mil coisas que poderíamos fazer, aí sim viraríamos atletas haha

Mas saio da aula com fome e mal chego na empresa, já faço meu lanchinho, que é uma espécie de complemento do café da manhã. Antes da aula, faço uma refeição mais leve, geralmente tem sido banana amassada com farelo de trigo e adoçante em pó, mas eu pretendo comprar aquela geléia real (aquele melzinho que vem na almofadinha) para estourar umazinha na banana com o farelo, para dar energia.  Depois da aula geralmente é um iogurte e fico me sentindo ótima. Chazinho e muita água direto durante o dia, naquela canequinha esperta que mostrei aqui outro dia.

Mas à noite, desta vez, eu já senti um pouco de dor muscular nas coxas, mas também, se não sentisse, ia achar que morri e esqueci de deitar né? A aula foi puxada mesmo! Chatinha pra caramba a dor, tanto que nesta 6ª feira, ao acordar, ainda sentia bastante e resolvi não caminhar pela manhã, p/ me poupar. Ainda mais que tinha que estar cedo num treinamento da empresa, num local um pouco mais distante de casa, não queria que nada me atrasasse. Porém, não ficarei sem atividade física hoje, já me planejei e vou caminhar depois do trabalho. Vou chegar em casa, mudar a roupa e sair de novo, para andar por pelo menos 1 hora.
Depois vou pintar meu cabelo, porque já estou parecendo um gambazinho, estes brancos cada dia mais brancos são impossíveis...

Bom, tudo continua bem. O controle está beleza. No almoço desta 6ª eu comi uma sobremesa doce, que estava ótima. Almocei num lugar onde não ia há bastante tempo, cerca de 2 anos e, quando vi a “Maravilha de Banana”, a saudade apertou, doeu...rs Mas, também, com este nome, tinha que doer né? Maravilha no nome e no sabor. Porém, ai porém...o bom senso me cutucou. Tinha também uma torta light de ricota com damasco, que é boa e bem menos calórica. Foi ela que eu botei no prato como a sobremesa e, só para não ficar babando a 'Maravilha', botei um pouquinho dela também, só que muito menos do que teria feito antes.Sem culpa, sem grilos. Tudo que tenho feito me permite isto. Como eu disse, não posso é todo dia, toda hora achar que dá para pegar isto e aquilo.
Na 5ª à noite, por exemplo, eu já tinha lanchado direitinho e meu filho pouco depois chegou do curso que está fazendo, louco de vontade de comer uma pizza, pensando em pedir uma em casa. Eu já avisei que estava satisfeita e meu marido também já tinha lanchado. A filhota ainda não, ela adora pizza e aprovou a idéia, aderiu na hora, claro. O Vi, mesmo já tendo comido, avisou que pelo menos um pedacinho ia querer. Já eu, voltei a dizer que estava satisfeita e não queria mesmo. E era sincero. Pois a pizza chegou e nem sei a cara que ela tinha, porque fui para o quarto numa boa, deitei para descansar enquanto via mais um pouquinho de televisão, e sinceramente, não tive vontade, nem curiosidade, nada mesmo.

Um grande problema muitas vezes para quem está em processo de reeducação/manutenção é justamente desvincular-se de um hábito antigo e ruim, que é o de achar que tem que comer só porque a pizza, doce ou o seja lá o que for, estiver ali, na sua frente. Como se fosse obrigatório, uma questão de consideração para com o alimento, imagine só, ele ali e a gente nem tchum, ele pode ficar tristinho né? Coisa nenhuma. A comida não fica tristinha, a gente é que fica, quando faz bobagem.

Eu sei porque eu tive este hábito por anos, anos e anos (quase 30, é tempo pra chuchu). E se hoje eu der bobeira, ele encosta, é um dos velhos hábitos mais resistentes, mas aí é questão de mostrar quem é mais resistente, ele ou eu. Ah, eu vou perder a parada? Qual é! Tem dias que até perco sim, mas tenho estado atenta, concentrada e assim, quem vence sou eu sim.  Prefiro mil vezes deixar para comer algo na hora que realmente der vontade, for oportuno e eu achar que vale a pena, mesmo sendo calórico do que entrar na onda dos outros. Com toda a certeza eu iria ficar com um tremendo mal-estar se pegasse um pedacinho que fosse, pois estava realmente saciada pelo meu lanche. E acho que a gente tem que priorizar o bem-estar. O físico e o emocional.

Outro problema nesta questão é achar que se controlar e não comer algo que está atiçando, mesmo sabendo que nem vai caber dentro da gente (mas sempre se acha um cantinho), é sinal de que vai se frustrar, se sentir tolhido. Não é assim. Se controlar é gerenciar a situação, entender antes de comer se aquilo realmente vai cair bem, se vale a pena, se a satisfação que sentiremos será verdadeira, aquela que a ente continua sentindo tempos depois ou se será aquela que mal a gente engole é substituída por culpa, por azia, má disgestão, estufamento por gases etc.


Aí, se a gente parar um pouquinho e pensar antes, pode ser que muitas vezes a gente faça o que for melhor. Pode ser que a gente faça o pior, afinal ninguém é santinho, mas pelo menos pensou, se permitiu avaliar melhor, se deu a chance de fazer as coisas com mais consciência, seja acertando ou errando, seja a mais ou a menos.

Esta tem sido a minha linha. Era assim que eu procurava fazer na minha outra fase do processo, aquela em que 53kg  foram mandados embora. É assim que eu procuro agora, para enviar os que faltam para recuperar meu peso-meta. O professor de hidrobike já alertou mais de uma vez que por enquanto não devemos nos prender tanto a peso e sim a medidas, já que vamos queimar kcal, mas vamos adquirir massa magra, haverá um tempo para que o peso diminua. Estou tranqüila. Vai dar certo, já está dando. Porque estou me sentindo muito bem com isto, o que já considero uma vitória e tanto. O resto virá. Está vindo. Estou buscando né?

Picture Captions
Texto imagens para Orkut de www.Caption.iT

 Escrito por Beth ?s 15h12
[] [envie esta mensagem]


 
   QUARTA-FEIRA

Meio de semana, quarta-feira, bom dia para um balanço, vendo o que precisa de um gás especial, ou correção. Eu estou bem satisfeita, até aqui está tudo direitinho.

A atividade física está em dia. Fazendo
minha caminhada no fim da madrugada (e agora já está demorando mais a clarear, qdo saio de casa ainda está bem escuro) e agora também a hidrobike, que comecei ontem. Amei a aula, é super gostosa e o professor é ótimo. Além das pedaladas fizemos também muitos abdominais (mais de 100) fora da bicicleta e mais alguns movimentos orientados por ele.

Depois da aula conversei com ele sobre minha situação e expectativaS e ele me orientou a chegar mais cedo, pois vai me colocar para fazer uns 15 min de hidrojump antes da aula começar. Isto também vai me ajudar bastante a queimar kcal. Claro que topei e amanhã já vou chegar lá cedão, para aproveitar mais este exercício.

A vantagem da atividade aquática é que a gente se esforça bastante, mas sem sentir e como a água ameniza o impacto, evita os problemas nas articulações etc. Na água a gente consegue fazer coisas que fora dela, nem sempre. Sem contar que um solzinho gostoso, a água estava deliciosa, tudo a ver. Eu estava receosa de amanhecer hoje toda dolorida, mas que nada, apesar de tudo que fizemos ontem estou ótima. E hoje caminhei bastante mesmo, sem sentir nada.

Caminhei sem o Vi, já que esta semana ele tem que chegar mais cedo numa unidade onde dá aulas, o horário desta turma é diferente do habitual. Se fosse caminhar acabaria tendo que correr muito para fazer as coisas e ele é meio enroladinho para se arrumar (parece uma noiva hahaha), arriscaria se atrasar. E eu vou numa boa. Nem ia levar o cachorrinho, para não ter nada com que me preocupar, mas o meu bichinho implorou, subiu no meu colo, só faltou falar “me leva mamãe”, claro que eu botei a coleira nele e levei né? Haha Mas ele é ótima companhia.

Mas voltando à hidrobike: o professor é super atencioso, muito falante, contou que tem uma empresa de assessoria esportiva, é super falantejá falou em futuramente treinarmos à noite p/ fazermos mergulho um dia em Angra dos Reis, já falou em caminharmos nas Paineiras, já me falou em mais para a frente combinarmos de andarmos de bicicleta fazendo algum percurso legal, já vi que se deixar por conta dele, viro atleta! haha 

Muito legal. O cara sabe vender o peixe dele que, no caso, é atividade física, saúde, disposição, coisas legais. Ele também se colocou à disposição via e-mail e telefone, inclusive nos finais de semana, caso a gente queira alguma informação, dica sobre exercícios, sobre alimentação etc.
 Falando em alimentação, continua tudo nos eixos. Estou comendo bem, de forma controlada, bonitinha mesmo. E está sendo prazeroso. Aliás, é sempre prazeroso a gente se sentir no caminho certo, fazendo as coisas de um jeito que nos beneficia. Tanto que quando a gente vacila, dá logo uma sensação ruim. Evitemos, então, ter a tal sensação  ruim, vamos investir na boa, na que nos agrada, ué! Não estou fazendo nada demais, apenas evitando gorduras, frituras e doces, mas sem abolir radicalmente nada. Só usando o bom senso, mesmo. Aplicando aquela máxima que a Cíntia, orientadora do VP sempre repetiu: “Nada é proibido, mas nem tudo é oportuno!”.

Imagem:http://www.plenarinho.gov.br/saude/imagens


O resultado disto acabará aparecendo, aos poucos, estou realmente procurando não ficar fissurada nisto. Curtindo a viagem, porque se eu a fizer de uma forma bacana, aproveitando-a mesmo e estiver no rumo certo, se eu perseverar, se eu não buscar atalhos, se eu não me abalar com os percalços, se eu aprender com as dificuldades e me mantiver firme, mesmo que falhe, o destino será alcançado. É este o principal trabalho que estou fazendo comigo, porque sei como a ansiedade faz mal, atrapalha, aconselha errado.

Tenho repetido incessantemente que estou determinada. Cada vez que menciono isto, a determinação se fortalece. Então penso e falo, mais e mais: estou determinada. E ela se torna poderosa, inabalável. Pelo menos, eu acredito nisto e acreditando, me torno mais ainda determinada.  Falar é fácil, agir nem tanto, mas se a gente não se determinar e alimentar a determinação, acaba não indo adiante porque além dela precisamos de outras coisas que ela impulsiona. Tenho pensado e falado bastante, mas tenho agido e quero continuar assim.

Pessoal que ainda está baqueando, vamos firmar o passo, não se apeguem aos erros antigos, ao que deixou de ser concretizado ontem, anteontem, ano passado ou sei lá quando. Olhem para onde querem chegar, tenham foco e sigam, mesmo que errem. O acerto de ontem estimula a acertar mais, o  erro de ontem ensina e ajuda a acertar a partir de agora.
A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás; mas só pode ser vivida olhando-se para frente (Kierkergaard)”

Picture Captions
Texto imagens para Orkut de www.Caption.iT

 Escrito por Beth ?s 10h47
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!