Conquista

UOL
   MELHOR E MELHOR!

Meiuca de semana, eu aqui fazendo minha avaliação, dando notícias. Está tudo indo bem. Estou legalzinha, cada dia me sinto melhor. Ainda estou pendente de marcar consulta médica, para iniciar o checkup. É que, desta vez, vou agendar com um profissional que atenda pelo meu plano de saúde e que seja bem indicado. Gosto demais do meu médico, confio nele e adoraria ir lá, mas não ando bem de grana para pagar consulta, já que tenho um plano bacaninha para me suprir.  E quero retornar ao meu homeopata unicista, deste não abro mão e a consulta dele é bem carinha, mas vou me organizar para isto. Este é uma luz na minha vida, não troco de jeito nenhum.
 Tenho procurado manter-me bem zen, ligando o botãozinho, aquele, sabem, o do f...-se, para não esquentar muito a cabeça, já que não sou palito de fósforo, assim a pressão fica bonitinha no lugar dela. É complicadinho, já que os problemas não querem nem saber se a gente está ou não está podendo see irritar, mas já que eles não estão nem aí para mim, eu é que tenho que estar não é? E estou. Sou eu a meu favor.

Me permiti a reabilitar-me direitinho antes de retomar a caminhada e agora já me sinto em ordem, espero que nesta 5ª feira, feriado, o tempo colabore, já que ontem à noite começou uma chuvarada por aqui que ninguém merece (só as plantinhas, que ficam felizes da vida...rs).

A alimentação está legalzinha. Ontem a escolha do meu prato, no almoço, não foi a mais adequada, mas eu comi com imenso prazer (me enche a boca d´água só de lembrar..rs) e não foi uma quantidade comprometedora, mas faltou uma saladinha, coisa que geralmente não abro mão. Mas compensei na refeição noturna, mesmo usei alguns pontos flex. Isto faz parte, embora eu prefira não fazer uso deles, mas é para isto que eles existem mesmo, para ocasiões especiais.

Ontem (3ª feira), quando terminei de almoçar, tive uma surpresa super agradável. A Rosesinha me viu no restaurante e veio ao meu encontro, se apresentou e foi super legal, ela é um barato, lindinha e simpaticíssima, tinham que ver o jeitinho dela perguntando: “Você é a Beth do blog A conquista?” E eu, já com vontade de rir: “Sou sim”. E ela: " Eu sou a Rosesinha" Fiquei tão contente!

Muito legal. Rosesinha, vamos marcar nosso almoço, ainda mais que trabalhamos bem perto, vamos fofocar muiiiiiiiiito!

Outra coisa ótima de ontem, foi o show do Luiz Melodia ao qual fui com o maridão. Eu amo o Luiz Melodia, ele canta muiiito, é uma presença fortíssima, eu queria que o show não acabasse nunca mais, foi emocionante, lindo mesmo.

Hoje tenho um jantar de comemoração de aniversário de um amigão, vai ser numa pizzaria excelente, mas estou tranquila, pois lá há outras opções legais. Estou me preparando para usar o bom senso, sem perder o prazer, na hora de decidir o que consumir. E vou na boa, porque ninguém está postulando a vaga da Madre Tereza e, sim, procurando ter um comportamento NORMAL, sem privações, mas sem desesperos, sem achar que tem que comer tudo, em demasia, só porque é bom, só porque está ali, na nossa cara. E se eu errar? Ora, estou me programando para acertar, é no que eu penso. Depois a gente vê como foi, garanto que contarei aqui, seja bom ou ruim ok?

 Neste feriado, se o tempo colaborar, vou pegar uma prainha e dar uma boa caminhada, vou curtir a natureza (está difícil, tudo cinzento por aqui). E se o tempo ficar ruim, vou ficar quietinha no meu canto, descansar, aproveitar para atualizar visitas, eu estou tão atrasada, mas não é por falta de consideração, é tempo curto e necessidade, também, de me dividir melhor, em todos os segmentos da vida, tá?

Minha mãe deve vir passar uns dias conosco, talvez chegue justamente na 5a à noite, mais um motivo para eu ficar bem tranquilinha, porque não é moleza, conforme o estado dela a coisa pega, principalmente o emocional. Mas há de dar tudo certo.

Fiquem com Deus, descansem no feriado, divirtam-se, e tratem de caprichar, porque o nosso corpo não quer saber se é tia útil ou feriado, o que a gente mandar ele vai absorver. Quem estiver indo super bem, continue assim!
E quem não estiver, pode perfeitamente HOJE se ajustar e seguir.

E vamos vencendo a parada, dia após dia, ok? Beijinho.



 Escrito por Beth ?s 16h51
[] [envie esta mensagem]


 
   DE OLHO NAS METAS

Era uma vez um cocheiro que dirigia uma carroça cheia de abóboras. A cada solavanco da carroça, ele olhava para trás e via que as abóboras estavam todas desarrumadas. Então ele parava, descia e colocava-as novamente no lugar. Mal reiniciava sua viagem, lá vinha outro solavanco e... tudo se desarrumava de novo.
Então ele começou a ficar desanimado e pensou: "jamais vou conseguir terminar minha viagem! É impossível dirigir nesta estrada de terra, conservando as abóboras arrumadas!". Quando estava assim pensando, passou à sua frente outra carroça cheia de abóboras e ele observou que o cocheiro seguia em frente e nem olhava para trás: as abóboras que estavam desarrumadas organizavam-se sozinhas no próximo solavanco.
Foi quando ele compreendeu que, se colocasse a carroça em movimento na direção do local onde queria chegar, os próprios solavancos da carroça fariam com que as abóboras se acomodassem em seus devidos lugares.
Assim também é a nossa vida: quando paramos demais para olhar os problemas, perdemos tempo e nos distanciamos das nossas metas.

Autor desconhecido



Eu toda derretida, entre a Nina (beijinho) e a Cacauzinha, no encontro de sábado passado.

E tudo vai se ajustando.  Não estou ainda 100%, mas logo estarei. Estou me cuidando bem direitinho, do jeitinho que preciso e mereço e isto envolve tudo: fachada e interior. Para ajeitar a fachada, fui ao podólogo, à manicure e à depiladora (sobrancelha e buço) e retoquei a pintura do cabelo. E ainda comprei um sapatinho novo muito fofo (este é um indicador e tanto de melhora haha).

Para ajeitar o interior, tenho refletido bastante, procurando melhorar minha forma de ver / sentir certas situações, entendendo que esta desconexão entre o que eu penso, o que eu sinto e como eu ajo, em determinados setores, precisa ser ajustada e vou trabalhando nisto. A saúde está melhor, continuo tomando um dos medicamentos receitados, mas a sinusite ainda perturba um bocado e eu tb ainda me sinto um pouco debilitada, mas é muito diferente de antes, é mesmo um processo de recuperação, em que eu me sinto cada dia melhor.

O apetite andou ruinzinho por uns dias, pudera, eu sentia um gosto horroroso na boca, nem dava mesmo vontade de nada. Mas outro dia ele reapareceu e tem horas que vem com tudo, mas eu não tenho dado bola. Eu sei que depois de uma convalescença a gente tende mesmo a ter um apetite melhor e isto, se a gente não controlar, acaba levando a excessos desnecessários. Porém, estou atenta e firme por saber que, se eu estou alimentada adequadamente, aquilo não pode ser fome física e se não é fome física, não é comida que vai resolver. 
Se este apetite maior for um mecanismo da mente ou das emoções p/ me sabotar, não vai se criar aqui não. Mas não vai mesmo!

Depois, eu realmente não quero e não vou sair da linha, por uma questão de saúde e de foco mesmo, tenho objetivo e sou responsável por trabalhar em prol dele. E eu vinha muito bem no plano alimentar, então quero continuar assim. Se tiver que abrir alguma brecha, que seja com algo que eu realmente queira e ache que vale a pena, em um momento que eu tb considerar conveniente. Até dei umas beliscadas boas no encontro de sábado, mas não foi nada demais, até porque não tinha almoçado.

E falando no 34º Encontro da Blogosfera Light RJ, ele foi ótimo. Fomos recebidos carinhosamente pela amiga Claudinha e sua família sempre tão parceira e carinhosa. Desta vez, contamos com as seguintes presenças: Claudinha (óbvio...rs), eu, Cacau, Jaqueline, Nina, Carol, Janaína “Carmem”, Marsele, Lucília e as estreantes Bianca e Jeane. Ah, e a nossa Marília querida, que participou por celular, falando com a gente da Alemanha, com direito a U-Hu internacional, que chique! Rs

Muita gente faltou, afinal é difícil todo mundo estar disponível no mesmo dia e hora. Alguns tinham avisado que não poderiam ir, outros apenas não apareceram, tudo normal. Mas tem pessoas sumidinhas há tempos, o que é uma pena. Além de deixarem saudade na gente, elas perdem a chance de compartilhar, aliás perdemos todos, pois todos nos aprimoramos,  nos enriquecemos com a troca que fazemos não só pelo blog, mas também nestes contatos ao vivo e a cores, nesta coisa boa de estar perto, olhar nos olhos, ouvir a voz, rir e chorar juntos, vibrar com as conquistas e nos apoiarmos naquilo que não vai tão bem. Mas teremos outro em breve, vou tentar divulgar com ainda mais antecedência, para que mais pessoas possam se organizar direitinho ok?

No domingo o dia estava lindo e, mesmo tendo crescido e me criado curando minhas ziqueziras na praia, eu achei conveniente não encarar o sol forte. Dei uma volta na feira hippie de Ipanema, onde fui buscar uma encomenda, depois voltei p/ casa, onde fiquei quietinha ao lado dos meus amorecos (marido, filho, cachorrinho e periquitos). Com direito a torcer muito pelo meu Mengão, com o coração na mão porque não estava lá no Maracá vibrando ao vivo e a cores.

Amanheci bem disposta nesta 2ª feira, antes de levantar da cama já mentalizei bastante, fiz minhas orações, bati um papo comigo mesma, me comprometi a fazer a minha parte para ter um dia bem legalzinho e assim está sendo. Até aqui está tudo nos eixos e assim vai continuar.
Como na metáfora que inicia este post, não é parando toda hora p/ ficar pensando e mexendo nos problemas que eu vou resolvê-los.Não vou fugir deles, mas certamente não vou deixar que me derrubem de novo, nem que me tirem da estrada.

Há coisas que se acomodam por si só, eu tenho é que seguir e é assim que eu vou em frente. A saúde mostrou, mais uma vez, que é a maior prejudicada quando a gente não encara bem as coisas, quando não administra bem certas circunstâncias. Então, aviso dado e entendido, estou na minha, sem dourar a pílula, mas também sem fazê-la pior do que é.
Vamos lá, semana nova na área, vamos também renovados em frente, combinado? Vejam fotos do encontro. Beijoca!

Da esquerda p/ direita: Nina, Janaína, Bianca, Carol, Marsele,Beth, Jeane e na frente
o filhotinho fofíssimo da Bianca


Da esq. p/ dir.: Marsele, Cacau, eu (que bico era este?), Lucilia, Jaqueline e Bianca.



 Escrito por Beth ?s 14h09
[] [envie esta mensagem]


 
   NOTÍCIAS

Obrigada pela força de sempre. Estou melhorando, aos poucos. Pelo menos, há 2 noites eu consigo dormir sem o desespero das dores fortes em todo o corpo. Na noite de 3ª para 4ª feira foi uma bênção dormir, depois da massagem e todo o tratamento que o massoterapeuta fez em mim. Aliás, dei um trabalhão danado para ele!

Na noite passada (de 4ª para 5ª) já não foi aquela maravilha toda, mas descansei, dormi mais ou menos bem, não foi tão horroroso como vinha sendo antes. E assim, aos poucos tudo vai se ajustando. Hoje fui trabalhar, forçando um pouco a barra, o ideal era fazer um pouco mais de repouso. Mas, era preciso ao menos tentar e eu fui. Consegui dar conta de parte das minhas atividades, mas peguei leve, claro.

Pela manhã foi mais fácil. À tarde, fui ficando meio caidinha de novo, já com o corpo cansado e dolorido pedindo cama. Quase assustei com a minha cara de novo, quando fui ao banheiro, tenho estado horrorosa...rs Cheguei em casa antes das 18h, fiz um lanche e pumba, num instante apaguei, já fui acordar quase 21h. Tinha tocado telefone fixo, celular, interfone e o escambau, eu não ouvi nada, só fui saber depois. Como é bom a gente dar esta desligada, né?


No mais, tudo indo. Vim só dar notícias, agradecer este monte de energia positiva que estou recebendo e contar que daqui a pouquinho, se Deus quiser (Ele quer) estarei 100%.

Minha alimentação está legal, nestes dias me faltou apetite. Mas procurei comer direitinho, privilegiando legumes e verduras, frutas e muito liquido. No almoço de hoje eu comi legal, já com muito prazer, porque o sabor da comida do Delírio Tropical realmente ajuda muito, desperta o apetite.

Comi uma salada (ótima, por sinal) que misturava acelga com frutas e uma generosa fatia de quiche de palmito e foi mais que suficiente para me saciar. Assim que cheguei em casa, como já estava sentindo uma fome mais acentuada, lanchei e dei aquela dormida que falei lá em cima.

A atividade física, obviamente, aguarda o meu restabelecimento, por enquanto ela se limita a agüentar firme ficar de pé, andar, sentar, trabalhar...rs Mas isto passa, daqui a pouco estarei nos trinques.

Vou, sim, ao nosso encontro de sábado,  espero encontrar bastante gente lá, a Claudinha do blog www.conseguindovencer2007.zip.net é a nossa anfitriã desta vez e nos aguarda com muito carinho!

Quem ainda não recebeu o endereço ou precisa saber algum detalhe, me escreva (para o e-mail que está no selo aí em cima, por favor) que eu envio. Débora, que me escreveu no dia 8 e eu só respondi há 2 dias, entre em contato para receber as dicas!!!
Beijos em todos, vou ficando por aqui, desejo a vocês tudo de bom!



 Escrito por Beth ?s 23h07
[] [envie esta mensagem]


 
   ESTOU DODÓI

Por isso, o sumiço nestes dias. Agora mesmo estou forçando a barra, ao sentar-me diante do micro para escrever este post, pois o desconforto físico é tremendo, sinto dor da cabeça aos pés. Mas queria dar um oizinho.Gosto da companhia de vocês em todas as horas.

 

Na 5ª feira passada eu trabalhei normalmente, remando meu barquinho por águas que não estão muito do jeito que eu gostaria (e, sinceramente, acho SIM que mereço), mas sempre com coragem, sempre me superando. À noite e fui ao happy hour de aniversário da minha colega de trabalho, tinha música ao vivo e eu mandei o baixo astral se danar, dancei desde que a banda começou até o final, o Vi foi ao meu encontro quando a aula dele acabou e foi ótimo, mesmo.

Mas, na 6ª feira, amanheci me sentindo meio mole, com sintomas de gripe. Durante a manhã ainda deu p/ segurar bem, até fui a outro almoço de aniversário, mas à tarde comecei a ficar com febre e tive que sair mais cedo do trabalho, já totalmente entregue às baratas, sem forças para nada, pálida, com dores em todo o corpo, enfim, doente. À noite fui parar no hospital, pedi arrego mesmo, vi que a coisa não estava legal.

Além da suspeita de dengue, mas que só poderia ser diagnosticada através de exames depois de mais tempo de sintomas, pois antes não aparece nada no exame de sangue, eu ainda estava com a pressão arterial nas alturas. Me deram um tranqüilizante, pois é o que basta para a pressão dar uma calibrada e voltei para casa com a orientação de repousar, me hidratar, ficar observando e, não melhorando, retornar para então poder ser reavaliada, fazer exames etc. E o meu médico particular foi contactado, na hora mesmo falei com ele a respeito, para obter respaldo para o que fosse seguir.

Foram 3 dias de febre, mal-estar, dores no corpo e muita dor na cabeça, no caso uma dor bem característica de congestão nasal. Tudo indicava não ser dengue e sim gripe, mas a simples possibilidade de ser dengue, por causa deste surto maldito que toma conta da cidade, não permitia que tomasse qualquer remédio para aliviar o desconforto. No máximo, o antitérmico aprovado, mas o meu médico pediu que eu moderasse o uso. Então, era banho, banho e banho, para tentar abaixar a febre, para não abusar do antitérmico.

Ontem (2ª feira), sendo o 4º dia de desconforto intenso, fui de novo para o hospital. Cansada de sentir dores, de não dormir por não encontrar posição com o corpo moído, de sentir-me toda entupida e não saber se poderia tomar algum remédio (e eu nem gosto de remédios, mas já queria todos). Bom, o fato é que fiz exame de sangue, raio X do pulmão e da face, além dos exames físicos normais pelo médico. Por sinal, um anjinho de médico, uma bênção. Ele que me acalmou, que me fez sentir menos pavor quando novamente a pressão subiu muito, agora a um ponto que jamais eu tive antes, nem quando estava naquela situação de risco de antes. Conversou muito comigo, me ajudou a desabafar, chorei muito e tal, falei que ando triste e zangada com algumas coisas e tal, e ele me transmitindo uma paz tremenda. Aí ele mesmo resolveu medir novamente a pressão e sorriu para mim, dizendo: “
Viu só, a gente conversou, você foi se soltando, ficando menos nervosa e a pressão já baixou bem, 4 pontos a menos, tem mesmo é que se tranquilizar”.

Claro que isto vai ter que ser verificado, meu médico está acompanhando por telefone e já está me aguardando para uma consulta e para fazermos novo check-up. O fato  é que meus exames, que costumam ser bem completos, mostram que está sempre tudo bem e que a pressão só sobe por stress. Antes, era por stress associado a obesidade mórbida e sedentarismo. Eliminei dois fatores de alto risco, mas ainda tenho que lidar muito melhor com as emoções e algumas contrariedades da vida, né? Mas vou novamente fazer tudo direitinho, é hora de nova avaliação.

Quanto aos exames que fiz no hospital, o resultado é que eu continuo com suspeita de dengue, sendo que não é hemorrágica, pois as plaquetas estão normais, graças a Deus. Mas não dá p/ dizer que não é dengue. Tenho que observar, qualquer coisa voltar para novo exame de sangue. Mas apareceu no exame um quadro inflamatório, apareceu também a sinusite, estou toda entupida, o que justifica toda a dor desesperadora na face.

Agora estou de molho, ainda. A febre cedeu, ainda tenho o tal do estado febril, que é aquela coisinha entre 37 e 37,5, a dor no corpo é intensa, eu chego a chorar em alguns momentos de tanto desconforto. Mas estou medicada, tomando direitinho o que foi prescrito, tenho que esperar o efeito. Para ajudar, o meu massoterapeuta já foi chamado, ele vem aqui em casa logo mais para massagear meu corpo, ele trabalha com várias terapias e tem uns toques bons para a sinusite e também boa parte desta dor é derivada deste monte de coisas físicas e emocionais, coisa que ele sabe cuidar direitinho.

Nem fui trabalhar hoje, eu não ia emendar o feriadão e acabei emendando, mas deste jeito, de molho, de mau humor, com uma cara horrorosa (só vendo como estou feiosa, de tão abatida). Ainda estraguei o feriadão da família, o Vi não descansou nada, coitado. Mas fazer o que? A gente não escolhe ficar doente. E tadinho, ele nem reclama, mas a gente olha e vê que está esgotadinho. Tínhamos uma linda festa de amigos queridos para ir no domingo, foi impossível, eu não conseguia quase me movimentar em casa!

Então é isso, gente. Vou deitar, porque já estou piorando por ficar nesta posição digitando, não dá mesmo. Quando melhorar eu volto. Vou me cuidar direitinho, tenho que estar bem para voltar ao trabalho na 5a feira e quero muito estar no encontro de sábado, o 34º Encontro Light do RJ, viram? Se animem hem?
E se cuidem. Desculpem, mas vou ficar ainda sem visitar vocês uns diazinhos. Depois vou à forra, distribuindo beijinhos e puxões de orelhas...rsssssssss
Beijo carinhoso.

Update 23/04/08
SALVE MEU QUERIDO SÃO JORGE GUERREIRO



 Escrito por Beth ?s 14h49
[] [envie esta mensagem]


 
   E AÍ?

Quarta-feira, a semana na metade, até aqui tudo direitinho. Na 2ª feira, finalmente, retomei a caminhada no fim da madrugada. O despertador tocou às 5:15 e eu não pensei duas vezes, tratei de levantar logo, para não correr o risco do olhinho fechar de novo, aí já viu o que ia acontecer, né? O Vi tb estava animadinho, deixamos de véspera nossas roupas, tênis, meia etc. separadinhos, assim nada nos atrasaria. Logo estávamos na rua, com nosso cachorrinho (ele também todo feliz, pois adora nos acompanhar nestas caminhadas). Foi bem gostoso. Pegamos leve, nada de muita afobação, caminhada moderada por 40 minutos, afinal estávamos há um tempinho sem caminhar pra valer. Foi um bom recomeço.

Foi gostoso sair de casa ainda no escuro e ver o amanhecer, o céu no começo estava tão bonito! Mas depois ficou esquisitão, o tempo foi nublando, ficando abafado, não deu outra: mais tarde mudou de vez e começou a chover, chover e chover. E nos atrapalhou, pois não deu para caminharmos na terça e nem hoje.  Mesmo indo deitar com chuva e ouvindo-a durante a madrugada, acordamos nestes 2 dias cedinho, na esperança de dar para sair. Mas não dava, não valia a pena, a gente não dissolve na água feito açúcar, mas com o tempo muito ruim é complicado, afinal não era um chuvisquinhio à toa. Então, voltamos a dormir gostosamente!

Hoje (4ª feira) o tempo foi melhorando ao longo do dia, mas agora à noite já saí da manicure debaixo de um chuvisco chatinho e frio. Vamos ver como vai ser amanhã. Não adianta a gente entrar numa de que tudo tem que dar totalmente certo o tempo todo. No que depende de nós, vamos nos virando. No que não depende, vamos contornando, paciência!
 A minha alimentação nestes dias continua bem reguladinha. Tenho procurado ficar bem atenta, evitando muitas concessões, embora de vez em quando haja uma beliscadinha. Mas tenho evitado. E se acontece, vou lá e anoto direitinho, ajusto o cardápio e vou em frente.
Ontem foi aniversário de uma colega de trabalho e houve um almoço comemorativo. O local escolhido, um restaurante de comida a peso com grande variedade de saladas e pratos quentes, carnes diversas grelhadas etc.

Eu gosto muito de restaurante a kg, não me sinto nem um pouco intimidada pela variedade. Geralmente é onde eu me alimento com mais qualidade e em quantidades legais. Então, fui na boa e montei meu prato com bastante carinho e atenção, sem olho grande e comi com prazer. Quando eu estava na fila p/ pesar o prato, uma colega que olhou o meu prato e disse, de um jeito muito legal: “Que prato bonito!”  Eu sorri, concordei com ela e me senti muito orgulhosa, mesmo. Meu prato estava lindo, saudável, colorido. E saborosíssimo!

Não nego que na hora de me servir, fiquei tentada e pensei em pegar um bolinho de bacalhau. Mas olhei bem para a travessa e pensei: “-Está tão gorduroso, vai valer a pena?” Concluí que não valeria e passei direto. Depois, eu fiquei meio tentada com a batatinha corada. Até que ela estava sequinha e caberia no meu dia. Mas olhei bem e pensei, de novo: “Está bonita, mas parece estar meio fria. Vale a pena arriscar e comer sem prazer batata corada fria?”. De novo achei que não valeria, então não peguei.  E não fez falta nenhuma no meu almoço. São c
oisas simples, que se a gente der uma pensadinha antes, acaba agindo melhor e uma coisinha aqui, outra ali...pode fazer a diferença.

Há dias em que evito os buffets, aqueles em que se paga preço único e come-se à vontade. Depende da época, do quanto estou me sentindo mais firme.  Tanto que na semana passada não fui ao almoço de aniversário do meu gerente, como contei aqui.
Mas não sou do tipo que foge de comemorações, mas há situações e situações, momentos e momentos. Amanhã (5a feira) eu já tenho uma festinha, um happy hour comemorativo deste mesmo aniversário do almoço de ontem, num lugar legalzinho aqui perto de casa e já confirmei que vou. E vou com a certeza de que não cometerei abusos, porque eu estou determinada a fazer as coisas do melhor jeito possível, em meu benefício.

Estava até pensando nisto, estes dias. A gente quer ter coisas boas p/ contar, quer dar um exemplo bacana de comportamento, quer comemorar uma atitude positiva e quer obter um resultado bacana. Para isto, é preciso uma coisa muito importante: a gente fazer com que seja assim! Não vai rolar nada se a gente não fizer a nossa parte.  Se quero mostrar que comi direitinho, o que tenho que fazer é comer direitinho. Se quero me orgulhar de ter montado um prato equilibrado e gostoso, tenho que montar um prato equilibrado e gostoso. Se quero poder contar que venci o sono e um monte de trique-triques e levantei de madrugada p/ caminhar, eu tenho que vencer e levantar p/ caminhar.

Pode ser que nem sempre eu consiga, por motivos diversos, fazer exatamente como eu quero, cada dia é um dia, eu não sou igualzinha todos os dias e tudo mais que a gente já sabe de cor e salteado. Mas eu posso, devo e mereço cumprir a minha parte, sempre que possível, me esforçar ao máximo, com boa vontade e carinho, para que as coisas dêem certo. Foi isto que me fez conquistar tanta coisa, é isto que me fará reconquistar e manter.

Tenho dito isto há tanto tempo, não é? Bem que queria já ter chegado novamente lá. Mas, o negócio é seguir, é ajustar sempre, é trabalhar, ter perseverança e paciência. Está dureza sim, mas eu não vou amarelar mesmo,não amarelei quando estava nos primeiros metros desta estrada quilométrica, não irei amarelar agora que a venci e tenho uns "metrinhos" para percorrer de novo, isto é certo. "Metrinhos" que dão um trabalho danado, mas eu sou mais eu.

Digo e repito a mim mesma, diante do espelho e reforço em muitos momentos, todos os dias: sou agente da minha própria transformação, é um trabalho diário, requer disciplina,  requer atenção, requer muitas coisas que cabem a mim. Nem todos os dias estou um espetáculo de comportamento, nem todos os dias estou com tudo em cima. Mas uma coisa é certa: todos os dias, rigorosamente todos os dias, eu reforço em mim a vontade de estar bem e de fazer o meu melhor.

Piti de mulher menstruada: Hoje foi engraçado. Ao me arrumar para o trabalho, coloquei um vestido vinho, clássico, que sempre me cai muito bem. Ele tem uma faixa na cintura e sempre que eu o uso, recebo elogios e eu mesma gosto de me ver nele. Mas hoje, ao me olhar no espelho já vestida, dei um ataque, pois me achei horrorosa, imensa, um hipopótamo.
  Continuei me arrumando, pensando em como aquilo era injusto, afinal eu não me largo, eu não chuto o balde, como poderia estar daquele jeito? O que me deixava irada era que a faixa não ficava no lugar certo e eu pensava se era o inchaço (estou menstruada) ou se eu estava mesmo imensa. Aí fui até a sala, onde o Vi estava e falei com ele, chorando, que estava me sentindo horrível, que eu estava imensa, que eu não sabia o que estava acontecendo, mas que nem o cinto do vestido queria ficar no lugar etc.  E ele me olhava com atenção e dizia que era impressão minha, chegou a falar que estava achando a minha cintura mais fina, mas eu não me conformava e pedia a ele: “Seja sincero! Fala a verdade!” E ele: “Gatinha, eu juro pra você, você está ótima, não tem nada disto que você está falando não!”. 

Mesmo revoltada, terminei de me ajeitar e fui trabalhar. Chegando na empresa, ao entrar no meu setor e me ver refletida no vidro da porta, percebi uma coisa: eu tinha amarrado a faixa do jeito errado. Ela é presa no vestido e tem um jeito certo de atar. Do jeito que eu fiz, ela não tinha como ficar no lugar, mesmo. Escorregava, ficava esquisita. Inclusive eu amarrei para trás, quando ela é para a frente. Eu sei disto, ué, mas devo ter distraído muito, fiz tudo errado. Aí, percebendo isto, soltei o nó, arrumei novamente, agora do jeito certo. Fui ao banheiro e olhei no espelho, me achei tão bonitinha hahaha  Comecei a rir sozinha, de alívio e, ao mesmo tempo, de mim mesma, do ataque ridículo que dei logo cedo.

Viram só? A gente é capaz de fazer com que o dia seja um horror ou  não, basta só atentar para o que incomoda e deixar de ver o que tem que ser visto.  Hoje fui eu! haha  Beijos, vamos em frente!



 Escrito por Beth ?s 17h22
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!