Conquista

UOL
  

É domingo à noite, na TV rola o Fantástico, estou aqui na sala postando, só olho para a TV se algo me chama mais a atenção. O Vi está no nosso quarto assistindo algo em outro canal. Está zangado, pois eu fiz malcriação com ele...rs Ah, veio reclamar de uma bobagem, eu lá estou a fim de encher a cabeça com besteira? Mandei catar coquinho...rs

Bom, tudo está bem por aqui, graças a Deus. Desde 5a feira à noite estou me sentindo muito bem, muito tranquila, legalzinha mesmo. Menstruei na 6a feira e como a TPM desta vez foi bem amena, foi rapidíssimo para sentir desinchar, enfim, tudo normalizado. Também influencia muito o fato de estar, realmente, administrando melhor os sentimentos, os pensamentos e, consequentemente, as ações.

Bendita a hora, mesmo, em que fui ao meu médico na outra semana, mesmo para ouvir coisas que já sei, mesmo para receber chacoalhões esperados, mesmo para simplesmente me reconectar comigo mesma. Não, não há mágica, nem milagres. Apenas um processo contínuo, de auto-conhecimento, de aprendizagem, de conscientização, que envolve acertos e erros o tempo inteiro, mas onde não pode haver um desequilíbrio tão acentuado, só isso. Só TUDO isso...rs

Me ajuda nisto a minha disposição total em ficar mesmo melhor, associada ao meu remedinho homeopático que tomo uma vez por semana, tendo uma outra versão dele para emergências, que felizmente não têm ocorrido. O que seriam estas emergências? Qualquer sintoma de mal-estar, de qualquer tipo, principalmente associado a sentimentos, a sensações, a medos, a preocupações etc. Mente e corpo em sintonia, se um está mal o outro acompanha, né? E a mente comanda. Então, é nela o investimento especial.

Estou bem, mesmo. E sei que é porque eu quero estar. Problemas? Continuo tendo, os mesmos de outro dia, somados a alguns novinhos em folha..rs    Alguns outros já foram solucionados ou, simplesmente, estão esperando a soluçÃo. Mas eu não vou pifar por causa deles, isto é decisão.
Alimentação: está bem melhorzinha, no final de semana não houve abusos, mesmo tendo comido pizza no lanche de sábado e mesmo o almoço de domingo tendo sido simples, mas com uma torta salgada cuja massa não é tão light, mas eu fiz recheio leve, com legumes e frios, ficou ótima. Comemos com salada. Sem arroz, sem mais nada. Nem precisava! 

Neste domingo, durante a tarde, estava assistindo ao jogo do Flamengo na TV (perdeu, snifff) e de repente, estava indo para a cozinha. No meio do caminho, perguntei a mim mesma: Vai pegar o que lá? E respondi: Ah, só um pedacinho da torta salgada que sobrou do almoço. Ela é de legumes, legumes poooooooooode! haha Aí, voltei a perguntar: Mas está com fome? Respondi honestamente: Não. É gula, porque sei que ela está lá. Então, na mesma hora, eu e minha consciência entramos em um acordo super amistoso, substituindo a torta que seria comida só de olho grande por um copão de água que estava ótima, por sinal. Só à noite, na hora da janta, peguei o tal pedaço, matando a vontade e já considerando uma janta. Agora vou comer uma frutinha, possivelmente morangos e pronto.

Meu cachorrinho dorme aqui aos meus pés, ele quer dar uma volta na rua, mas está chovendo. Ainda bem que ele faz as suas necessidades também na área, onde há um espaço seu, forrado com jornal,não é dependente de rua para isto. Mas ele ama passear, fazer o que se a chuva não está permitindo? Ah, este meu bichinho querido, como é guerreiro. Há 2 dias me assustava, com o retorno de uma doença que há pouco tempo nos apavorou e o abateu tanto, mas como desta vez percebemos logo que algo estava acontecendo e levamos correndo na veterinária, ele começou a tratar antes de haver um prejuízo maior e já está outro, de novo. Cheio de apetite, de alegria... E este olhar gostoso que me dá o tempo todo, como se quisesse me dizer um "valeu mamãe, vamos vencer de novo!". Agora ele dorme e eu aqui, escrevendo, na boa, feliz da vida. E o marido no quarto, emburrado, até que eu vá lá dar uma beijoca e pronto...rs

O filho está no quarto, hoje não saiu. Meu filho querido, de quem tanto me orgulho e a quem amo tanto. Ontem (sábado) se ofereceu para ir comigo ao supermercado. Agora motorizado, estou com motorista, que bom. Minha carteira de motorista está vencida, eu deixei rolar por estar sem carro. Agora vou renovar, porque vou usar de vez em quando o carrinho do filho...rs Já me foi oferecido, hem...Não sou eu me oferecendo não...rs

Estávamos no supermercado, ele à frente de tudo, pois eu estava proibida de qualquer esforço, qualquer coisa por causa do siso extraído no final da 5a feira. Aliás, correu tudo bem, bem mesmo, foi tranquilíssimo. Então, algumas vezes eu quase peguei algum item mais calórico, alguma coisa de fritar, não para mim (mesmo), mas algo que ele goste, como se fosse para mimá-lo por ter me levado ao supermercado, vejam que besteira! E ele, que já vai mudando aos poucos o jeito de pensar, me disse mais de uma vez: "Deixa isto aí, mãe, não leva não, melhor não ter em casa, isto vai me tentar, vamos evitar estas bobagens!". Ei, esta fala é minha!!!! Tive que rir. Eu quase fazendo coisas que não costumo mais fazer, que são erradas, para mimar o garoto que já é um homem com quase 25 anos e ele, que antes me faria comprar aquelas coisas, me dizendo para não levar. Hilário. Adorei. Calma, gente, não estou retrocedendo não, foi só um rompante e foi contido...rsss

Voltando à extração do siso, no fim da tarde de 5a feira passada: como eu disse antes, foi tranquilíssimo. Mãos de fada, as desta dentista. Mais uma etapa vencida. Agora, é seguir com o tratamento, na semana que vem já tem periodontista. E vamos em frente, eu disse que não ia mais bobear com a saúde da boca. Aliás, com a saúde de um modo geral, mas não dá para fazer tudo ao mesmo tempo, né...

Detalhe: recomendações da dentista seguidas direitinho. Sem caminhar, sem pegar sol, sem andar muito pela rua, shopping etc., sem comer nada duro, sem comer coisas muito quentes e preferir alimentos e bebidas frias e geladas. E quem disse que alimentos e bebidas frias e geladas têm que ser sorvetes, milkshakes hem? É o que mais vejo por aí, em todo canto: o povo interpreta estas orientações do jeito que mais convêm. Como se só sorvete fosse gelado. E os chás gelados? E a água? E os sucos e refrescos, preferencialmente naturais? E gelatina? E outras coisinhas lights ou simplesmente leves, frias e geladas? E sopinha cremosa, sem ser quentona?  E vitaminas de frutas com leite desnatado e coisas assim? Só sorvete ajuda a cicatrizar, a curar extração de dente etc.? Eu hem! Mas nada de mentiras, tomei sorvete sim, mas moderadamente, foram 2 porções apenas, em dias diferentes.

Bom, nova semana começando. Meus planos para ela são simples, objetivos: seguir, dar o meu melhor em tudo. O que é este melhor? Depende. Para algumas coisas, o melhor será o arrojamento, a ousadia. Para outras, será a calma, a serenidade. Para outras ainda, pode ser a indiferença possível. COmo diz meu médico querido, cada onda é uma em especial, em cada uma a gente desce de um jeito. Então, vamos lá.

Agora vou lá dar bitocas no maridinho, para ele desarmar o bico, aliás, montar outro bico, mas para dar beijinho...rs 
Para todos, uma maravilhosa semana. Paz e luz para nós! Beijos.



 Escrito por Beth ?s 21h37
[] [envie esta mensagem]


 
  

Segue a semana, tudo está indo bem, agradeço pela solidariedade e carinho. Podem ter certeza, eu sou do tipo que escorrega mas não cai e, se acabar caindo, não demoro a levantar. Sempre comento que não tenho o hábito de me apegar aos ‘bodes’.  Estou bem, sinto-me animada e até tranqüila. Mesmo aguardando a chegada da menstruação, que já está mais que na hora de aparecer e só enviou sinal através dos seios doloridos (levemente, ainda).  Ou seja, até aqui uma TPM levinha, sem maiores impactos no meu humor. Que ótimo!

No trabalho está tudo bem, o que precisa melhorar é questão de tempo, estou de novo numa época de plantio, portanto, até a colheita, o investimento é no que planto e na forma como cuido para que frutifique. Está sendo interessante esta fase. Sempre é, embora nestes 33 anos e meio de vida profissional, eu já tenha passado inúmeras vezes por ela, sempre há algo diferente, algo novo. A gente se recicla o tempo inteiro, com tudo, em tudo.

Em casa está tudo direitinho, marido e filho ótimos. O cachorrinho me preocupando, fazendo novos exames, mas não há de ser nada, espero em Deus. Os periquitos estão bem, continuam fazendo muito barulho, se beijando o tempo inteiro e brigando também mil vezes por dia, para depois tudo terminar em mais beijinhos e algo mais.... Só não termina em mais periquitinhos, já vi que não tem jeito, não quiseram me dar “netos de penas”...rs

A mamãe está na casa dela (do meu irmão), onde ela vive, só de vez em quando ela fica uns dias comigo. Mas, em função da situação atual dela, temos evitado mudá-la de ambiente, pois isto a deixa ainda mais confusa. Continua alternando os momentos mais lúcidos com as ‘viagens’ e agora a novidade é que às vezes pensa que o meu irmão é marido dela, em vez de filho.
Ontem ela conversou muito comigo por telefone e me contou que estava chateadona, porque, segundo ela, “deu um flagrante nele”, vendo-o beijar “uma colega” bem na frente dela. A 'colega' era simplesmente a minha cunhada, esposa dele há quase 35 anos!  Já viram o tamanho da confusão? Tadinha! Mas a gente vai contornando, explicando as coisas, ela entende e logo depois desentende, mas no final tudo se ajeita. E assim, há um monte de situações que ela embaralha, algumas a gente consegue desembaralhar, outras não, aí neste caso a gente vai levando e ela também.

Sobre o cumprimento do meu planejamento alimentar p/ a semana, eu disse que estava fazendo só 50% até 3ª feira não foi? Pois já ajustei tudo direitinho e já posso dizer que estou fazendo 80% legal. Daqui para a frente, só melhorando, é o que estou me comprometendo a fazer e vou sim cumprir.

Hoje, no final da tarde, vou extrair um siso problemático e que já não tem função nenhuma na minha boca e isto já adianta mais um pouquinho o tratamento que foi retomado e, desta vez, vai até o fim. Agora falta agendar o angiologista, pois já estou atrasada com este retorno, com os exames que preciso fazer e já estou sentindo a minha perna doer de um jeito que eu já conheço bem, é sinal de que ela precisa de atenção especial urgente. E terá.

Continuo mega atrasada com as visitas aos seus blogs, mais uma vez me desculpo, mas realmente tem sido inviável.
Devagar, devagarzinho, estou conseguindo ir a um e outro cantinho, demoro mas chego...
Beijo grande em todo mundo.



 Escrito por Beth ?s 13h04
[] [envie esta mensagem]


 
  

O final de semana foi ensolarado e muito quente, parecia verão.  Aproveitei bem a praia no sábado e, mais uma vez atenta às chacoalhadas muito bem dadas pelo meu médico tentei desencanar, dar uma esquecidinha básica de tudo que tem me deixado chateadinha etc. Relax total. Pena que o mar estivesse tão bravo, não deu para dar um mergulhinho gostoso.
À noite íamos sair p/ dançar, a convite de um casal amigo, que em boa hora nos ligou, já com sugestão de lugar e até reservas feitas. Adoramos, claro e topamos na hora.

Mas, no fim da tarde, depois de dois telefonemas, me entristeci muito por causa do estado mental e emocional da minha mãe, que está se agravando muito rapidamente e acabei perdendo totalmente a vontade de sair. Claro que seria ótimo me divertir, rir, bater papo, dançar etc. como estava programado, isto até iria desanuviar um pouco. Mas eu percebi que não ia aproveitar a noite tanto quanto gostaria, seria quase um desperdício. O Vi concordou imediatamente, o casal amigo compreendeu e adiamos a saída. Não fiquei totalmente 'de bode' não, apenas respeitei meu sentimento, meu momento, fiquei na minha e foi bom.
  No domingo fomos vê-la, em casa (mora com o meu irmão). Ela atualmente não tem passado dias conosco porque as mudanças de ambiente acabam deixando-a ainda mais confusa e desconectada e sem haver alguém da família em casa durante o dia, por estarmos trabalhando, deixando as acompanhantes totalmente sem suporte em momentos que às vezes são muito difíceis não seria legal.

Ela simplesmente não me conheceu, ao me ver. E nem depois que falei com ela e ela me respondeu, cordialmente, duas vezes. Mas depois que foi informada sobre quem eu era, aí sim, caiu na real e por algumas horas tudo pareceu normal. Depois, viajou de novo na maionese. E agora, náo há um dia inteiro na real.

Fico pensando. Tanto tratamento, tantos bons médicos e remédios, tantas coisas... mas de repente, aquele stress todo, aquela ansiedade toda, aquele inconformismo todo mostrando o resultado. E tanto adiamento de coisas que deveriam ser prioridade, quando ela quem decidia tudo... Deixou tanta coisa para depois... e o depois? Como está sendo duro o seu "depois"...

Bom, isto foi um desabafo, vamos em frente.

 Começou uma nova semana e eu toda programadinha para fazer tudo, tudo, tudo bem direitinho. Tinha feito mil planos, assumi compromissos muito bacaninhas comigo mesma, só vendo que bonitinha! Faltava só cumprir né? Até aqui, muito sinceramente, só cumpri 50%. Estava agora mesmo pensando em como vacilei bobamente, nas mesmas situações, nas mesmas horas, com as mesmas coisas. E em como isto me deu a mesma sensação ruim de "pombas, não ia ser assim!".

Aí, conversando com os meus botões, falei a mim mesma agora há pouco: "Beth, você fez só 50% até aqui, mas tem o 'daqui para a frente' para melhorar isto. Então, mãos à obra."
E é isso! Coincidentemente (e é claro que não acredito em coincidências), abri minha caixa de correio pessoal, agora há pouco, e dei de cara com a seguinte mensagem:

"É no Agora que tudo acontece."

 

Pois é! O que há de mais concreto? O AGORA! É o único que a gente tem garantido! Vamos esperar o que, hem? Vamos ficar resmungando pelo que não foi feito antes, seja há meia hora atrás ou na semana passada, ou no mês passado, ou sei lá quando?  Ou vamos aproveitar para AGORA fazermos o que temos que fazer, o que QUEREMOS fazer, o que realmente vai nos fazer bem? Sem perder tempo. Sem querer atropelar o tempo, também, claro. Simplesmente o agora. Já. Então, é o que estou fazendo.

Beijocas, boa continuação de semana.



 Escrito por Beth ?s 21h47
[] [envie esta mensagem]


 
  


Sexta-feira, graças a Deus! A semana foi corrida, só vendo! Mas foi produtiva, é o que vale! Etapas cumpridas no cronograma das atividades no trabalho e também, em grande parte, no que foi planejado para a semana. Fui ao médico, à dentista (cirurgiã) e já agendei uma extração de siso p/a próxima semana. Também já marquei a outra especialista (gengiva), este é o tratamento mais essencial na minha boca, neste momento. É o que há de mais crítico e que requer mais atenção e cuidados e agora estou correndo “na frente” como disse a cirurgiã, para evitar impactos ainda maiores.

O que ficou pendente? Sinceramente, foi a retomada da atividade física, que eu ainda estou protelando de bobeira, é impressionante como eu estou irreconhecível neste quesito. Isto porque eu gosto de caminhar, não é sacrifício nenhum. Já vou dar um jeito nisto, ou não me chamo Elizabeth. E eu me chamo Elizabeth!!!

A alimentação foi QUASE boa, mas podia ter sido muito melhor, em alguns momentos. De forma geral, não comprometi a qualidade do meu cardápio na maior parte da semana, não comi demais, não me entupi de bobagens, nada disto. Comi legumes, verduras e frutas de forma equilibrada. Só no almoço de hoje eu não comi nenhum vegetal, aliás o prato foi bastante calórico. Mas foi o prato que eu escolhi, que eu estava mesmo a finzona de comer. E está comido. Pra onde foi, já chegou.

Tirando esta refeição, durante toda a semana consumi beterraba, alcachofra, alho-poró, alface  (verde lisa, roxa, verde crespa, americana...rodízio de alfaces? rs), cenoura, tomate fresco, tomate seco, palmito, pimentão, brócolis, rúcula, cebola, agrião.  E consumi as seguintes frutas: banana prata, maçã, laranja, abacaxi, manga, uvas-passas, uva chilena, morangos, maracujá, limão.  Também consumi alimentos ricos em cálcio e proteína animal nas porções adequadas.

Também bebi muita água, mas isto é simples para mim, eu adoro água mesmo. Mas, em compensação, também consumi umas coisinhas extras gordurosas, algumas vezes sem necessidade, algumas vezes em quantidade maior do que deveria. Não comi quilos delas, claro. Mas não foi bacaninha, não tenho porque mentir. A gente sabe, direitinho, onde a coisa está direitinha e onde não está não é mesmo? A gente se faz de boba, mas sempre sabe!!!!! rs 


Por exemplo consumi um pouco mais de frios/embutidos do que é adequado, principalmente mortadela, que é muito gordurosa (tanto quanto gostosa...rs, que comprei para o Vi, em pouca quantidade para não haver tanto abuso, mas não fiquei em uma só fatiazinha como seria legal. Também teve um dia em que já havia feito a refeição noturna e, de pura gula, fui catar mais uma salsicha, coisas bestas assim. Bestas que quebram o esquema, não há dúvida. Também botava sempre uma coisinha a mais no prato ou comia uma porção a mais de fruta quando já tinha consumido o limite diário, sempre uma coisinha extra assim.

No mais, foi uma coisinha aqui e outra ali, que somadas sempre ‘pesam’. Mas eu não fiz nada inadvertidamente. Fiz sabendo o que estava fazendo, e querendo mesmo fazer, consciente de que eram abusinhos, mas que eu queria cometer e pronto. Claro que não vou continuar neste esquema, não estou podendo né? Não mesmo! Registro, avalio e sigo. Afinal, não dá para voltar ao passado, o lance é daqui para a frente.  Mas ir mesmo, eu não estou podendo brincar não, gente, verdade seja dita, encarada e trabalhada, porque senão a casa cai. E não vai cair não!



Depois da conversa de mais de 1 hora com o meu homeopata, na consulta de 3ª feira passada, venho me sentindo cada dia melhor, mais em sintonia comigo mesma, de novo começando a tratar as coisas do jeito mais correto, com mais leveza, menos rigor comigo mesma. O que não significa negligenciar, apenas dar-me mais compreensão, mais paz para ajustar as coisas.

E quando falo de coisas, não me refiro só a esta questão de corpo/peso/alimentação etc., falo do geral, que eu estava ultimamente pensando, falando e agindo de um jeito e sentindo de outro. Este descompasso não podia dar certo mesmo, não é? Então, é esta harmonização que está agora sendo o meu foco. E eu já não sei que a vida é um dia de cada vez? Por que, então, já estava sofrendo justamente por não conseguir em um único dia solucionar tudo na cabeça e na prática, em um monte de segmentos?

E refletia, e me acusava por não estar conseguindo compreender tudo que estava gerando estes conflitos em mim, ai, estava pirando né? Afinal, quem disse que eu tenho sempre que saber sempre o que é que está causando isto e aquilo? É bacana a gente pensar, observar, o auto-conhecimento é uma busca eterna, aos poucos, sim. Mas tem coisas que a gente não consegue mesmo ver a explicação, às vezes ela é simples e a gente torna complexa, às vezes ela é difícil mesmo e a gente acha que TINHA QUE sacar logo de primeira, eu hem... Isto é bem a minha cara...rs

Eu disse ao médico que tenho consciência de tanta coisa, que sei tão direitinho os meus mecanismos, então por causa disto ficava zangada por não conseguir controlar tudo, sempre. E ele, sorrindo daquele jeito manso e sábio bem dele, me disse: “Ter consciência não torna ninguém imune”. Ai, meu Deus, que frase simples, básica e que na mesma hora me deu um “toin” na cabeça, uma luz que reacendeu, né? Concordo, claro!

Outra coisa que ele me ajudou a ver, que eu estou careca de saber e estou sempre conversando sobre isto, dando toques aqui e ali, inclusive em mim mesma,  mas no rolo todo acabei deixando de aplicar na prática, é que não somos sempre iguais. Nem sempre o que funcionou perfeitamente até outro dia vai funcionar igualzinho hoje. Porque o momento é outro, as circunstâncias podem ser outras, o organismo da gente é outro, nossas emoções são outras, tudo é AGORA de um jeito que não era há 1 segundo atrás, não será daqui a 1 segundo. E que a gente precisa reinventar, sempre, os nossos caminhos. De um jeito legal, que realmente nos leve onde queremos, de forma bacana.

Eu fico muito amarrada a um modelo que funcionou maravilhosamente bem comigo e do qual gosto mesmo, mas que precisa, vez ou outra, de um jeitinho novo, para que as coisas funcionem. Sou meio radical às vezes, sabem? Embora pense que não sou e diga que não sou, percebo que muitas vezes sou, sim. E fazer o que, tenho que admitir né? Rs Já estou fazendo minhas re-descobertas...

Desejo a todo mundo um excelente final de semana. O meu há de ser gostoso, Deus é pai! Rs Hoje depois do trabalho pretendo dar umas bordejadas por aí com o marido, amanhã quero curtir uma praia gostosa, à noite quero sair, domingo sei lá o que vai ser, mas uma coisa é certa: no que depender de mim, vai ser tudo gostoso, leve, alegre, pacífico. Principalmente, dentro de mim.
Ah! E vou atualizar as visitas aos seus cantinhos, ah vou!!!!!

Beijo grande!


 Escrito por Beth ?s 11h17
[] [envie esta mensagem]


 
  

Domingo (31/08) foi o Dia do Blog. A  e a Arianna postaram a respeito e citaram este bloguinho aqui como um dos seus favoritos, na postagem de celebração. Fiquei contente, obrigada meninas. Aproveito para mandar um beijão a todos os blogueiros parceiros nesta estrada, agradecendo como sempre a companhia em todas as horas e desejando muitas alegrias com seus blogs!

E de novo peço desculpas por não estar conseguindo visitar vocês, mas eu vou dar um jeito, tá?


O final de semana foi bom. O sábado foi bem legal, pois tivemos o 37º Encontro da Blogosfera Light RJ, mais uma vez especial, gostoso e revitalizante. Estava procurando uma palavra para expressar a maneira como ele age na gente e, neste momento, me ocorre SEMEADOR. Sim, os encontros semeiam força, solidariedade, carinho, compreensão, vontade, auto-conhecimento, conhecimento do próximo, alegria. Semear é lançar sementes para que frutifiquem. É espalhar.

A gente procura fazer isto, nestas ocasiões, de um jeito mais próximo do que os blogs permitem, por ser ao vivo e a cores: semear. Estou falando por mim, estou falando pela forma como encaro e como aproveito estes momentos tão ímpares. Nenhum encontro é totalmente diferente do outro, nenhum encontro é totalmente igual ao outro. Mas todos os encontros deixam suas marcas, graças a Deus prevalecem as positivas, se é que há algo negativo, verdadeiramente, em algum destes nossos encontros.Gostei muito, mais uma vez. Senti falta de muita gente que não pôde ir, mas como digo sempre, faz parte. Cada um tem sua vida, conciliar disponibilidades de tanta gente é complicado, mesmo.

Há épocas em que conseguimos um quorum bem grande, o encontro ‘bomba’. Há épocas em que ele é menorzinho, e ‘bomba’ do mesmo jeito. Porque é a intensidade, é aquilo que a gente promove ali, juntinhos, numa boa, que faz bombar. Então, resumindo a história toda: o 37º Encontro bombou.  Vejam a foto do grupo!

Esq. p/ dir.: Marsele, Janaína, Isabelle, Karina (de vermelho), Cacau, eu, Cristina, Anne e Clarice com a sua princesinha no colo.


Os maridos/namorados presentes, se divertindo enquanto nós curtíamos o Momento Light.
O meu enrolou minha echarpe na cabeça, pq estava com frio nas orelhas..rs


Nossa anfitriã foi a Karina, valeu amiga, tudo estava ótimo! Tivemos 2 estréias muito bacanas, a Anne Resende e a Cristina (que não tem blog), super legais, adorei vocês meninas!  E quem ainda não foi ou costuma ir mas desta vez não pôde, lembro que sempre teremos mais encontros! A data do encontro de setembro ainda não está marcado, mas já temos a oferta do lugar, então preparem-se e fiquem atentos, logo será divulgado.

O domingo foi calminho, já que o tempo estava xôxo. Dei um passeio pela manhã com o Vi, o meu filhão e nosso cachorrinho, depois fiquei em casa mesmo. Quietinha. Até queria ter ido ao Fla-Flu, mas não pudemos comprar ingressos com antecedência, então não deu, não queria arriscar, tentar comprar na hora etc., assim é chato. Mas foi uma pena, o Maracanã é uma terapia e tanto para mim, e o Flamengo uma paixão, mas tudo bem, outros jogos virão.

Domingo pensei muito, também. Aliás, eu tenho pensado muito, talvez até demais.  Mas foi bom! Tomei decisões importantes, relacionadas à vida como um todo, principalmente que não mais adiaria a ida ao meu homeopata unicista, o médico que me conhece há tantos anos, a quem devo tanto de tudo que promovi em mim mesma, mas ia empurrando, preocupada com isto e aquilo, com a grana da consulta num momento em que estamos mais apertados etc., querendo ser a salvadora da pátria antes de ser a salvadora de mim mesma. E me cobrando pra caramba, por tudo, pra tudo, logo eu que não acho que ninguém tenha que ser tão duro consigo mesma estava fazendo isto comigo! Eu hem? Qual é?
CHEGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!! 


Então, começou uma nova semana. E começou linda, ensolarada, depois de um final de semana nublado e chuvoso. Na 2a feira, a caminho do trabalho, passando pelo Aterro do Flamengo, tive vontade de pedir ao motorista que parasse para eu descer. Ah se eu pudesse! Ia passear muito por ali! É também um pedacinho do Rio que eu adoro.  Para quem não conhece, uma imagem para terem idéia!


Nesta foto dá p/ ver até minha casa!

O contraste entre os azuis do céu e do mar  e do verde das árvores e do gramado, é lindo. Aí a gente se depara com o Pão de Açúcar de um lado, vira a cabeça e vê o Cristo, respira fundo e diz “Obrigada Papai do Céu!".  Foi um dia normal, de bastante trabalho e a coisa boa foi que consegui marcar o médico, embora não houvesse data disponível a secretária, sabendo que eu estava precisando muito, conseguiu fazer uma troca com outro paciente. Que bom!

Hoje, 3a feira, de novo um dia bonito demais. Fui ConseguDia de ir ao médico, o meu homeopata unicista. Como estava precisando desta consulta, conversar com ele, expor tudo que venho passando, sentindo, tanto no físico como no emocional e, como sempre, foi uma consulta especial, maravilhosa. Falei muito, chorei muito, ri também...ouvi muito, claro ,e saí renovada p/ tratar melhor de mim, da forma como venho administrando a minha vida, no geral.
 
E agora, ainda 3a feira à noite, estou aqui postando, dando notícias. Depois vou ler mais um pouco do meu livro, que estou adorando (Amar Comer Rezar, de Elizabeth Gilbert), ganhei de aniversário do meu filho e estou lendo devagarzinho, curtindo muito!  E depois, vou dormir. Amanhã será um dia cheio, muito trabalho e ainda a consulta com uma odonto-cirurgiã para mais uma etapa do tratamento da minha boca. Que está muito melhor, graças a Deus, parou de doer, o antibiótico também já terminou.

Desejo a todos uma ótima continuação de semana, tá? Beijoca.



 Escrito por Beth ?s 21h13
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!