Conquista

UOL
  

ATENÇÃO GALERA!
40º ENCONTRO LIGHT DO RJ - É NESTE SÁBADO, DIA 15/11!

IMPORTANTÍSSIMO: O LOCAL DO ENCONTRO MUDOU!
JÁ FOI ENVIADO AO GRUPO E A QUEM SOLICITOU INFORMAÇÕES UM NOVO E-MAIL FORNECENDO O ENDEREÇO, DICAS SOBRE COMO CHEGAR ETC.

VÁ NA SUA CAIXA DE E-MAIL DAR UMA OLHADA!

QUALQUER DÚVIDA, ENTRE EM CONTATO COM A MARSELE OU A JAQUELINE, OS TELEFONES DELAS ESTÃO NO NOVO E-MAIL! OU ENVIEM E-MAIL,L O ENDEREÇO ESTÁ AÍ NO SELINHO (ACIMA)!

ATÉ LÁ!


 



 Escrito por Beth ?s 13h23
[] [envie esta mensagem]


 
  

A semana está na metade. Hoje é 4ª feira e levantei com o ‘ovo virado’, como falamos por aqui.  Mas só percebi isto um pouco depois de levantar. Acordei com preguiça, soninho extra (fui dormir mais tarde, pois saí ontem à noite, fui a um happy hour delicioso com a galera do meu trabalho anterior) .

Demorei a decidir o que vestiria p/ trabalhar optei por um vestidinho de verão, bem fresquinho, que me deixa super à vontade e arrumadinha ao mesmo tempo. Tomei meu banho, me arrumei toda, já com brincos, colar etc. e fui comprar pão para o café da manhã . Qdo entrei no elevador, me olhei no espelho, como sempre faço. Já tinha olhado em casa, mas o do elevador é grandão e pronto, foi o que bastou: me achei horrorosa.

Detestei o que vi! Ué, mas eu adoro aquele vestidinho! Nada contra as bonitinhas senhoras vestidas de baiana que vendem cuscuz, acarajé etc., em alguns pontos, até porque acho-as todas umas fofas e lindas e, embora não goste de acarajé, amo cuscuz, beju etc. Mas a impressão que eu tive era de que estava a caráter para me instalar na primeira esquina com um tabuleiro. Hoje foi o dia.
Na volta, antes de entrar de novo no elevador, pensei assim: “Calma, Beth. Entre de novo no elevador, se olhe com atenção e GENEROSIDADE e verá que está tudo direitinho, você está bonitinha neste vestido que sempre lhe caiu bem” E assim eu fiz.

  Mas não deu certo. Me achei pior ainda. E comecei a pensar: “Estou imensa. Estou uma baleia. Estou um horror.” Tomei meu café da manhã mastigando não só o meu pão como a sensação ruim de “estou horrorosa” e resolvi mudar tudo. Vesti e tirei um monte de roupas, tudo eu achava horrível, nada que eu colocava me parecia estar bem em mim. Acabei escolhendo uma calça e uma blusa que não me causaram tanta insatisfação, escolhi outros acessórios, terminei de me arrumar de novo e fui trabalhar.

O taxista elogiou, mas não foi à toa, é que por ser nosso amigo ele teve que escutar eu contando sobre a minha “manhã de fúria” frente ao espelho. E garantiu, quando eu desci do carro, que eu estava ótima (não é bobo, né, vai se meter com mulher de ovo virado?).  A minha amiga/coordenadora elogiou, garantiu que estava tudo bem. Uma outra colega, que nem imaginava que eu estava de ovo virado, me achou até mais magra. Ok, aí eu avisei a ela que era impressão, fiz questão (olha a fúria voltando...rs) de avisar que eu estou mais gorda, que tudo me cai mal etc. e ela, me olhando sem entender nada, garantindo que eu estava muito bem...rs

Agora, contando aqui, estou rindo de mim mesma (bom sinal, quando começo a rir de mim é porque o piti está passando mesmo hahahah).
Coisas de mulher. Vejam só, ontem mesmo eu estava me achando lindaça! Me olhei mil vezes no espelho, em casa e no trabalho, no elevador etc. e sempre gostei tanto! Hoje é que a coisa pegou. Vai entender!

Mas eu entendi um pouco, sim. Como estou mais roliça e não vou ficar fingindo que não sei que estou, o vestido mostrou um pouco melhor isto e daí houve o “start” para a chateação, que se alastrou depois.  Bom, o negócio é não ficar dando piti e sim agir, já estou agindo, precisando melhorar bastante ainda, mas já houve progresso com relação à semana anterior e à outra também. Mas tem muito que ajustar ainda, não nego.

Até acho que amanhã vou tentar de novo botar o tal vestido, porque passando um dia e o ‘ovo desvirar’, pode ser que eu me olhe de novo e adore o visual, mulher também tem destas né?

Hoje numa reunião de trabalho ouvi de uma colega algo muito interessante, que me fez pensar. Ela disse que na vida, nos projetos de Mudanças em que estamos envolvidos, nós temos que entender uma coisa: a mudança está acontecendo. Elas são como uma locomotiva.

Então, temos que escolher onde ficaremos nisto tudo. Se vamos estar lá na frente, participando da condução da locomotiva rumo ao futuro, às mudanças, aos progressos etc., se vamos simplesmente ficar num vagão, sendo conduzidos, já que a mudança acontecerá com o movimento normal ou se vamos ficar do lado de fora, nos trilhos e seremos esmagados pela mudança, que é a locomotiva passando por cima de nós.

Isto foi dito num determinado contexto, mas que se aplica para tudo. Na mesma hora pensei neste processo todo que é, na verdade, de mudança. Quando me determinei a deixar de ser obesa mórbida e largar tudo aquilo que me colocava em risco e me trazia tantas dificuldades práticas, sem contar aquilo que nem eu sabia que, por dentro, podia estar acontecendo, eu estava decidindo pela mudança.

Uma mudança muito mais profunda, que não envolveu apenas emagrecer e sim promover uma transformação no modo de ver as coisas, de senti-las, de compreendê-las, de as querer ou não, de como fazer, de como não fazer etc. sempre tendo como objetivo a qualidade de vida, o bem-estar, a satisfação comigo mesma e, dentro disto, uma lista enorme de coisinhas e coisonas que eu queria conquistar, ou das quais eu queria me livrar. E valeu a pena, mesmo.

Nesta locomotiva, não escolhi ir no vagão, porque não ia deixar-me conduzir cegamente. Quando fiz isto, no passado, me entregando a tratamentos malucos com remédios, injeções e todo tipo de irresponsabilidade, a dietas de moda, a coisas imediatistas etc.,  eu esperava isto mesmo, que algo ou alguém me levasse ao lugar que eu queria, sem que eu precisasse me preocupar muito. Ia sentadinha no vagão. Felizmente, sempre acabava saltando no meio do caminho, neste caso a falta de perseverança foi positiva, porque eu estava numa locomotiva errada, numa mudança para pior, com condutores péssimos.

Ficar nos trilhos, nem pensar, era me manter onde eu já estava, com um risco tremendo, já tinha dado uma sorte danada de ainda não ter sido esmagada.   Então, escolhi conduzir a minha locomotiva, promover a mudança, me apoiando em um programa sólido e responsável,  me apropriando da direção e entendendo que toda viagem tem seus altos e baixos, seus panoramas mais bonitos e feiosos também, que há muita coisa a ser vivida no caminho e que o destino era importante, estava bem definido, mas que o que me enriqueceria seria tudo que eu iria ver, aprender e desaprender durante o percurso.

Foi assim e deu certo. E agora, por que não daria? Porque eu tenho bobeado, porque eu tenho sido negligente, porque eu tenho sido irregular, tenho ficado no vou-não vou, vou sim, estou quase indo, epa não fui de novo? Ué, e isto lá é uma sina? Claro que não. A escolha é minha! Pode não estar sendo muito fácil, porque só eu sei o quanto ultimamente me desestabilizei com tantas situações e, mesmo tão experiente não consegui desassociar as coisas do melhor jeito. Mas isto não quer dizer que eu tenha desaprendido, nem que eu tenha resolvido ficar nos trilhos de novo.

Tenho convicção disto e me sinto capaz de ajeitar tudo de novo. Felizmente, não tenho todo o percurso para fazer novamente, é um pedaço que uma hora aumenta, outra hora diminui e que neste exato momento está no meu limite, o limite que eu estabeleci e que já está até tolerante demais pro meu próprio gosto.

Então, o que falta? Cumprir. Fazer tudo que eu sei fazer e que venho dizendo que vou fazer, com ainda mais disciplina. Não só dizer CHEGA toda hora e sim praticar o CHEGA.   E sem dar piti na frente do espelho, que assim é que eu fico feia, com uma cara bicuda que é melhor vocês nem verem, nossa, é brabo mesmo...rs

Gente boa, continuem firme aí, vocês que estão bonitinhos na RA. Quem não estiver, vamos lá, hoje ainda dá para ajeitar o passo, vamos juntos resolver isto tá? Sem chiliques no espelho, combinado? hahahaha Beijocas!!!



 Escrito por Beth ?s 19h13
[] [envie esta mensagem]


 
  

ANTES DE QUALQUER COISA: ATENÇÃO GALERA, SÁBADO QUE VEM É O DIA DO NOSSO ENCONTRO DE NOVEMBRO! VAMOS NOS ANIMANDO! QUEM NÃO TIVER AINDA O ENDEREÇO ETC., ESCREVA PARA A MARSELE OU PARA A ISABELLE (ANFITRIÃ DA VEZ), OS E-MAILS DELAS ESTÃO NO SELINHO AÍ EM CIMA! EU VOU! E VOCÊ???


Hoje é domingo. Estou em casa, no sofá, com os pés sobre a mesa de centro. O Mengão joga no Maraca contra o Botafogo, não fui ao jogo porque precisava e queria resolver outras coisas. Estou aqui dividida entre ouvir a partida pelo rádio, conversando no MSN (raridade) e postando. Sem contar o marido, que está vendo televisão do meu lado e não consegue deixar de comentar comigo qualquer coisa que ache interessante na telinha...rs

Coisa rara, estou no MSN, onde demoro muito a entrar e dificilmente fico muito tempo. Neste momento converso com uma moça super legalzinha, que me adicionou recentemente, depois de ler sobre a minha história naquela matéria que saiu há pouco tempo no site do BOL. Converso também com uma querida e antiga amiga a quem não vejo pessoalmente há anos.  Ela mora agora fora do RJ e não tivemos mais oportunidade de nos encontrarmos, espero que logo isto possa acontecer. Nos conhecemos em 1991 e trabalhamos juntas na época, convivemos na empresa por um bom tempo.

Fomos de equipes diferentes e depois da mesma equipe, e sempre nos demos muito bem. Era uma época boa, em que o grupo de trabalho era como uma família unida e apaixonada. Aliás, apaixonante. Ralávamos bastante, mas ríamos tanto, tudo era festa. Comemorávamos os progressos no trabalho, os sucessos de cada etapa dos projetos e quando algo não dava certo, saíamos também para comemorar. Estávamos juntos nas vitórias e nos tropeços. E saíamos demais para dançar. Era farra atrás de farra, numa boa, num clima de amizade, era gostosíssimo.

Foi naquela época que a turma me apelidou de Beth Balanço e um dos rapazes do grupo, o Pimentel, toda vez que me via passar fazia o sonzinho de introdução da música do Barão Vermelho (tchan tchanranranran tchan...)...rs Eu era obesa, já, estava imensa mesmo, cento e trinta e tal kg. E não fugia da raia, saía para a farra com a turma, dançava a noite todinha! Uma vez, num dos lugares onde fomos, participei até do concurso da noite de "Pior cantora da noite" e como o tom que colocaram para mim era bem mais alto do que o meu timbre, desafinei e esganicei tanto, mas tanto, que foi fácil ganhar.

O prêmio era uma camiseta tamanho GG. Que eu recebi enquanto os amigos e até os desconhecidos batiam palmas e gritavam Beth! Beth! Beth! e, ao tentar vestir como pediram, não consegui. A camiseta não passou nem pelo pescoço, se eu forçasse podia morrer enforcada, olha que situação haha Então saí com ela nas mãos, agitando...Tempos depois meu filho a usava para dormir hahahahaha

Nunca deixei de viver por causa de gordura. Ainda bem. Seria triste, hoje, não ter tantas coisas gostosas para lembrar e rir, com saudade. Saudade também de quem fazia parte daquele grupo mas não está entre nós, um deles faleceu recentemente, virou anjinho no céu (já era anjinho na terra). Hoje, no papo pelo MSN, relembramos de muitas coisas e rimos muito. É muito bom ter coisas boas para recordar, por isso eu sou do tipo que VIVE intensamente cada momento, mesmo os mais simples, porque tudo isto fica com a gente, ninguém tira. E lembrar é viver de novo... Que saudade de tanta coisa e tanta gente!

Mas vamos em frente, vivendo mais e tendo mais o que lembrar depois...rs

O final de semana foi bom. No sábado, depois de encher o saco do marido (acordei resmungona e sem vontade de ouvir resmungos dele...rs) tratei foi de ir para a praia. Aproveitei que o tempo deu uma melhorada e, embora em alguns pontos parecesse que não ia firmar, não quis arriscar. Lá fui eu e valeua pena. Fiquei horas lá, quietinha, me bronzeando, curtindo a paz e o bem-estar que a praia me propicia. O Vi não foi, porque tinha coisas para fazer, como cortar o cabelo e depois estudar, preparar trabalho da pós etc.

Depois da praia, dei uma andada e acabei numa loja, onde comprei um vestido de alças bem gostoso, vermelho sangue. Cheguei em casa tranquila, menos amarela (eu estava ficando transparente) e contente com o meu vestidinho novo.  Depois dormi, dormi e dormi. Ai, que delícia, descansei tanto! À noite ficamos em casa, por escolha, para economizar, já que a despesa extra por conta da formatura da filhota e da viagem para participar da festa etc. está sendo bem maior do que tínhamos imaginado. Mas vale a pena.
 
Neste domingo acordamos muito cedo. Tínhamos um compromisso muito especial. Na horinha programada saímos para este lugar onde eu me senti tão bem, onde me reencontrei comigo mesma e com o meu lado espiritual, que nunca esteve abandonado, mas estava precisando de um reforço. Foi uma manhã deliciosa, revigorante. Entreguei, mais uma vez, todos os problemas, angústias, preocupações etc. a Ele e em melhores mãos não poderiam estar. Assim, fiquei aliviada, leve...

Depois, apesar de um mormaço convidativo e da vontade de irmos à praia, resolvemos dar uma cochiladinha. Não deu outra, dormimos mais do que a cama...rs  Acordamos e resolvemos almoçar fora, com o filho. Fomos a uma churrascaria rodízio. Lugar onde não costumo ter dificuldade nenhuma, pois não sou tão carnívora assim. Para terem idéia, de carne eu só comi 1 linguiça, 1 fatia fina de alcatra e 2 fatias finas de picanha. Comi salada, mas pouca, não estava muito para folhas hoje, embora eu goste muito hoje em dia.  Mas eu como todos os dias folhas variadas, então hoje só um pouquinho já bastou. Onde eu excedi um pouquinho? Na farofa de ovos. Sou uma ET. Detesto ovo cozido, ovo frito, ovo mexido etc. Mas adoro omelete e amo farofa de ovos, vai entender! E a desta churrascaria é muito bem feita, comi e repeti.

Não comi batata, nem arroz, nem nada assim. Aliás, lembrei que provei uma colher de sopa de maionese de batata, para ser honesta (tinha só esquecido). Um pedacinho de aipim frito, metade de 1 banana cozida. ESte o meu saldo de uma churrascaria rodízio. Ou seja, nada absurdo. Este tipo de restaurante não me atiça. Ainda bem.

Depois do almoço fomos caminhando até o shopping onde na semana passada compramos o meu vestido e o terno novo do Vi para a formatura da filhota e que tinham ficado nas respectivas lojas para ajustes. Ficou tudo ótimo. Trocamos um presente que vamos levar para um sobrinho. E viemos para casa, felizes, tranquilos.

O Mengão continua jogando, está 0 x 0, eu aqui agoniada, querendo logo ouvir e repetir freneticamente, como faço sempre, o grito de GOLLLLL do meu time. Sinto-me ótima. Desde a manhã, em que fui abençoada com uma paz especial, estou outra pessoa. Percebo isto em todas as minhas reações, nas mais diversas situações.

E noto que o lado emocional que estava, de certa forma, influenciando muito o meu jeito de sentir, pensar e agir no que se refere a alimentação, está diferente, sinto-me abraçada a mim mesma. Agora há pouco me lembrei que sequer pedi ao garçon que trouxesse para a nossa mesa a cebola empanada que é sempre a minha perdição, eu simplesmente não me lembrei dela. E que não dei a mínima para muitas coisas que estavam no buffet e que eu adoro, sequer sei o gosto que tinham.

Notei que aquela coisa de procurar algo para beliscar, que estava me atacando direto, não está acontecendo. Só de pensar em fazer isto, torço o nariz e faço cara feia, sinto repelência. Esta sou eu, pelo menos no dia-a-dia normal!

Me olho no espelho e me dou sorrisos de "oi, moça, como vai hem, há quanto tempo". Papo de maluco? rsss Pode ser. Maluca sim, por mim mesma. E assim, mais capaz de me cuidar melhor.

Bom, gente boa, fico por aqui. Desculpem o post meio assim-assim. Mas esta sou eu, neste momento solene. Desejo a todos uma semana bem bacana tá? A minha será, eu tenho certeza.

Beijocas no coração. Se cuidem!!!!!



 Escrito por Beth ?s 19h59
[] [envie esta mensagem]


 
  

Mais uma semana corridinha, hoje já é 6ª feira e eu nem percebi o tempo passar. Parece que vai chegando o fim do ano e as 24 horas do dia passam mais rapidamente ainda, que coisa! Eu estava ontem conversando com uma pessoa e nos demos conta, de repente, de que tínhamos ficado 6 meses sem nos vermos. Foi um susto,pois parece que foi outro dia!

Ainda ‘outro dia’ eu estava conversando com o Vi e planejando algumas coisas para quando estivéssemos nesta época do ano e agora, a tal época já está aqui, é o tempo presente. Daqui a pouco mais de 2 semanas eu já completarei 1 ano nesta empresa onde estou trabalhando, parece que ingressei há muito menos tempo. Qdo entrei e logo começaram as celebrações de fim de ano, já estamos de novo falando no assunto.  Em casa já se fala sobre onde e como passaremos o Natal, que uma coisa!

Adoro festas em geral, mas não sou muito encantada com o Natal, então acho que esta proximidade me irrita um pouco. Mas depois passa, acabo entrando no esquema. Já adoro o reveillon.

Uma coisa que me enche o saco é entrar em lojas, tipo Americanas, e só ouvir lá dentro, o tempo todo, músicas de Natal.  Nada contras as musiquinhas mas, peralá, estamos ainda no começo de novembro e isto já está rolando desde o final de setembro. Me sinto cutucada, pressionada, como se eu que estivesse atrasada para entrar no clima das festas, quando o consumismo é que faz com que tudo se adiante demais para o meu gosto.

Vocês estão me achando muito ranheta? haha Estou sim, né? Devo estar ficando velha haha Mas não é mau humor.  Para muitas coisas (a maioria, graças a Deus), estou legalzinha, mais tranquilex, talvez até por teimosia, por decisão própria, de ficar bem. Para algumas outras coisas (minoria) estou com certa má-vontade ainda, admito, mas nada que não possa melhorar com o tempo, com a observação das coisas e das pessoas, com interesse verdadeiro de que tudo fique bem.
É assim mesmo, segue a vida.

Os preparativos para irmos à formatura da filhota continuam e têm me ocupado bastante, pois embora não vá fazer nada diretamente para o evento, que será no interior de SP onde ela mora e estuda, sempre há o que providenciar para nós mesmos. Afinal, vamos viajar para lá e isto requer um planejamento básico. E do básico ele vai virando uma coisa mais enrolada. As passagens já foram compradas, roupas também (falta ainda uma camisa nova para o Vi usar com o terno novo), mas ainda faltam coisinhas.

Consegui com a chefia emendar o feriadão de Zumbi (salve ele), então ficarei mais uns diazinhos por lá, então vamos poder curtir a família do Vi, a filhota, rever alguns dos muitos amigos que temos por lá. E por aí vai, da compra de presentinhos para os sobrinhos, a mais um monte de coisinhas que queremos fazer por lá. Ainda precisamos decidir em que hotel nos hospedaremos, pois temos por hábito não ficar na casa da família, para termos liberdade e facilidade de ir e vir, e também para não dar trabalho nem preocupação a ninguém. Bichos soltos, é o que somos...rs Queremos circular, vamos ciscar muito por lá! rs

Ontem recoloquei unhas de silicone, não teve outro jeito. Com o nervosismo que passei, associado a um mau hábito que não venci, cutuquei tanto que arrasei de vez com elas e até deformei a cabeça dos dedos. Estava me machucando, dormindo com os dedos latejando, tem sentido isso? E ficando até envergonhada com o aspecto das minhas mãos. Agora estão bonitinhas, dá gosto. E assim, não cutuco mesmo. Curto estar com as unhas bonitas e, pelo preço que pago p/ colocar e manter, só se fosse louca de pedra eu iria cutucar, sou meio maluquinha, mas ainda não rasgo dinheiro.

As coisas estão melhorando, aos poucos, eu vou tentando me reequilibrar, me reorganizar etc., tem um monte de “re” para aplicar. Inclusive o “re” de retomar a disciplina, coisa que já falei duas vezes seguidas que faria e, sinceramente, não fiz. Melhorei muito mesmo, mas ainda não estou como quero, como sei, como gosto.  Ô trocinho esquisito, este! Mas tudo bem, eu vou ajeitando tudo.

Já fiquei contente porque a minha colega de trabalho, que ficou 35 dias ausente voltou anteontem e garantiu que não notou nada diferente, não me achou mais gordinha. E ela é sincera pra caramba, se fosse o contrário diria sim. Mas isto não muda os fatos, só ameniza os efeitos psicológicos! rs  Estou SIM com um bração maior do que estava, com as costas mais volumosas. A situação deu uma melhoradinha porque eu desinchei um pouco, depois de ter menstruado, mas o que não era inchaço e sim gordura está aqui esperando eu tomar uma dose extra de ‘semancol’, no caso um “memancol duplo”   Em doses homeopáticas, mas vou tomando sim, calma aí...rs

Peço desculpas, pela milésima vez em pouco tempo, pela falta de visitas aos seus cantinhos e, de novo, me comprometo a acertar isto aos poucos, vou demorar sim, mas chegarei lá. Não dá para fazer isto no trabalho, em casa eu dependo de micro disponível (o meu pifou, de vez, faz tempo), sem contar as mil coisas ao mesmo tempo p/ resolver. Mas darei meu jeito. Se faltou linkar alguém que chegou ou retornou à blogosfera, não se preocupem, logo acerto isso também, tá?

Beijocas, tenham um excelente final de semana!



 Escrito por Beth ?s 16h47
[] [envie esta mensagem]


 
  

Demorei de novo, mas cá estou. Tardo, mas não falho. A semana passada foi bem corrida, nem sei como consegui postar no meio dela, foi muita vontade mesmo. Não gosto de ficar afastada do blog, pois de certa forma ele é um dos vários instrumentos que me ajudam a ficar sintonizada comigo mesma. E mais pertinho de vocês, coisa que gosto muito.  Não visitei praticamente ninguém, no fim de semana sequer li comentários, mas isto aos pouquinhos eu vou acertando ok? É uma fase mais difícil e enrolada, mas logo tudo estará normalizado, peço a compreensão e paciência dos amigos.  E agradeço por toda a força que deixaram aqui nestes dias, valeu mesmo!

Hoje é 2ª feira, estou bem-disposta, embora a preguiça de levantar tenha sido tremenda, o que eu embromei pra sair da cama, só eu sei. Acho que foi reflexo do domingo, em que eu basicamente descansei, do jeitinho que precisava e pretendia mesmo. Dormi muito, fiquei de papo pro ar e isto foi ótimo para mim.

No sábado eu tinha batido perna o dia todo. Visitei a mamãe pela manhã e parte da tarde, já que ela saiu do hospital e está em casa, se recuperando gradativamente dos probleminhas que a levaram a ficar internada poucos dias. Estava até um pouquinho menos confusa, dando p/ bater papo direitinho, até que depois começou a ficar meio enrolada de novo, mas aí a gente já sabe, faz parte. Depois fui ao podólogo e bati perna no shopping, onde comprei o vestido p/ usar na formatura da filhota e uma sandália fina, lindona, p/ usar com ele.

A escolha do vestido não foi muito trabalhosa, ainda bem. Fiquei entre 3 lojas no mesmo shopping e zanzando de uma para outra acabei acertando na escolha. Abri mão de um muito lindo e diferentão, mas que tapava muito o colo e eu gosto de colo à mostra, a menos que seja um modelo que feche na frente e abra em outro lugar, não era o caso. Em outra loja, adorei um vestido cor de uva, era muito bonito, mas eu quis dar uma olhada nas outras lojas antes de investir nele. Aí me ferrei, pois quando voltei lá, meia hora depois, o danadinho já estava sendo comprado por outra cliente e era peça única. Paciência né?

Eu queria longuete e não longo, mas acabei comprando um longo que é bem a minha cara. Simples, bonito, de alcinha, com brilho bordado no busto, bem legal. Também não queria preto, embora ache que sempre vale ter um pretinho de festa no armário, mas tinha preferência por outras cores. Vi uns tons muito bonitos de verde, azul petróleo, vinho, roxo... mas roxo já é a cor do vestido da filhota e eu não ia concorrer com a formanda né? Rs  Me encantei com um longo prata, mas com este tempo ainda muito instável eu estou muito desbotada, sem o meu bronze. E sem estar bronzeada aquele tom de prata na minha pele não tinha nada a ver.

Este pretinho, então, acabou me conquistando e fiquei com ele. Está na loja p/ ajustes, pois precisará apertar um pouco nas laterais do busto. A sandália também é muito linda. Uma coisa que eu pude constatar durante estas provas de roupa é que eu realmente estou com as costas mais volumosas, alguns modelos não ficaram bem em mim (ou não couberam direito) por causa de uma concentração especial de gordura onde antes, já há muito tempo, não havia.

Não tive maiores problemas com as roupas em outras partes do corpo e sim ali, nas costas. Comprei o vestido na minha numeração mesmo, não foi preciso apelar p/ numeração maior não. Mas sei que algumas peças que eu gostei muito teriam ficado ótimas se eu estivesse com uns 5 kg a menos, vejam só, nem é tanto assim, mas faria a dirença, sem dúvida, principalmente naquele pedaço de costas do qual estou falando.  Claro que não estou com excesso só nas costas, mas é ali que a coisa está mais evidente, foi onde 'o bicho pegou'...rs

Bom, na semana passada eu contei aqui que estava há uns dias meio desregrada, fazendo uma bobagenzinha ao menos por dia e que daquele dia do post em diante iria acertar o passo. Só que não acertei coisa nenhuma. Continuei do mesmo jeito e, para ser sincera, até piorei. Saí bastante do meu esquema normal. Me permiti isto e aquilo também. Apelei para o “já que”, coisa que eu não gosto de fazer e nem recomendo, mas foi o que fiz. Chutei o balde, a bacia e a lata de lixo, um de cada vez...rs

E no sábado à noite, enquanto comia com o Vi uma fatia de torta crocante e sentia que ela estava me enjoando, pois eu a estava comendo por olho grande e não por vontade ou fome, disse a ele: “Já enchi o saco. Eu não estou gostando mais de brincar disto. Vou brincar de outra coisa.” Bom, eu estava cansada era da indisciplina, da falta de critério. Uma semana inteirinha sem me manter mais disciplinada, mais controladinha poderia ter sido, em outros tempos, algo bastante prazeroso. Mas os outros tempos já eram, já foram, não voltam mais. Eu não sou mais a Beth dos outros tempos, e já faz muito tempo que esta mudança começou e ela não é uma historinha que eu conto ou que me contaram, ela é real.

E a Beth de hoje derrapa sim, cai, faz besteira, mas não sabe mais e não gosta mais de passar dias e dias sem fazer as coisas de um jeito mais legalzinho. Esta Beth aqui não tem nada de santinha, mas este oba-oba que ela pensa que dá pra fazer de vez em quando, em sequência, não dá e não é só por ser inadequado. É, principalmente, porque eu não me sinto bem. O meu corpo não gosta e manda avisos claros de que não quer nunca mais aquilo, através de gases, diarréia, aerofagia, desconfortos que já foram normais e agora não são e não mais serão uma rotina.

A minha cabeça também não gosta, pois há a consciência do quanto isto é diferente de tudo que foi enraizado ao longo destes cinco anos e meio de processo, de aprendizagem, de conquistas. Bom, então se o corpo não gosta, a cabeça não gosta e acho que nem a alma gosta, o negócio é mudar né? Eu não tive jamais a intenção de me manter assim, eu só me permiti continuar mais um pouquinho no oba-oba, ‘já que’ vinha nele há dias.

Ainda dei um derrapada totalmente desnecessária no domingo pela manhã, mas depois tudo foi se ajeitando e hoje estou retomando a disciplina. Só que não vai ficar nas palavras, como foi há poucos dias. Sei direitinho me comprometer, gosto de me comprometer e gosto mais ainda de ser leal ao meu compromisso, que é comigo mesma.

Claro que uma semana de oba-oba não desmerece cinco anos e meio de pensamento e atitude melhorados. Mas eu não posso e não vou deixar de levar em conta que já estou há muito tempo fora da minha meta e que fico tocando sanfoninha com o meu corpo, sem deixar que ela abra muito, mas também sem permitir que ela feche onde tem que fechar.

Agora é seguir. Ajuda bastante o fato de ter ficado menstruada e o percentual de ‘falta de saco’ etc. que cabia à TPM já não existe mais. Se bem que eu não vou ser falsa e dizer que todo o descaso foi por causa disto, eu sei que não foi. Mesmo considerando que o mês de outubro foi uma coisa de louco, não me eximo da minha responsabilidade em tudo que faço ou não faço.

No mais, tudo indo direitinho. Os problemas vão amenizando aos poucos, a saúde da família vai melhorando, o meu cachorrinho continua se recuperando muito bem da cirurgia, eu e o Vi trabalhando muito e numa boa, então vamos em frente. Tenham (FAÇAM) uma ótima semana! Eu farei. Lá vou eu! Beijos.



 Escrito por Beth ?s 10h14
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!