Conquista

UOL
  

Antes de qualquer coisa, um apelo: se você  puder, ajude aos desabrigados das chuvas, que causaram tanta tragédia no RJ. Alimentos não perecíveis, artigos de higiene pessoal, agasalhos, roupa em geral, água mineral, o que estiver ao seu alcance. Cada latinha de leite em pó que seja, um sabonetinho, um pacote de papel higiênico etc. , tudo ajuda! A união faz com que o pouquinho de cada um se transforme no TUDO de alguém que perdeu tanto!
No seu guarda-roupa tem uma peça que você não usa e talvez nem venha a usar mais? Doe! Um casaquinho que parece tão surrado, mas que para quem perdeu tudo vai ser maravilhoso! 
 Em nome dos necessitados, obrigada.


Então, nova semana na área. O fim de semana foi legal. Ia ser ainda melhor, pois íamos passar fora do RJ, mas a pequena viagem foi adiada por causa de tudo que houve na cidade e no estado por conta da chuva, a instabilidade do tempo que prossegue, bom senso não faz mal a ninguém.

No sábado saímos apenas p/almoçar no shopping, não tinha nada pronto em casa e o maridinho botou o fogão de molho para ele mesmo dar uma boa limpada depois. Aiiii como faz falta a minha diarista, que fala mais que pobre na chuva, cansa a gente com o bla-bla-bla interminável, mas que trabalha tão direitinho!

Depois passamos rapidamente no horti-fruti e supermercado para umas comprinhas rápidas, voltando para casa a jato, porque o céu estava de novo ficando escurão, com aquela cara de 'vou desabar'.

No domingo o dia começou bonito, larguei o marido vendo os seriados dele, que tinha baixado no micro e fui sozinha (aliás, eu e Deus) fazer uma caminhada na praia. Há tempos vinha protelando o retorno das caminhadas, numa sem-vergonhice tremenda que tem um preço bem alto, no corpo e na disposição. Resolvi dar um basta nisso de vez em pleno domingo e valeu a pena.

Caminhei moderadamente, por um tempo que considerei adequado para quem estava parada há um tempão, pois a idéia não era sair arrebentando a boca do balão e, sim, sair do 'amanhã eu vou'. Mesmo sentindo o pé esquerdo (algum mal jeito que dei, estabanada como sou), fiz o que tinha que ser feito (e queria fazer). 

Hoje (2ª feira) acordei bem cedo e às 6h da manhã já estava na rua.  O marido disse que ia, mas hoje ficou agarrado com o travesseiro, deixei-o pra lá e fui na boa. E irei amanhã, depois, depois e depois...isto já é certo. Não estou prometendo nada, estou me comprometendo, estou assumindo isso, assinando embaixo.

Também dei uma boa reprogramada no meu cardápio, avaliei tudo que estava fazendo de errado (e me fazendo de besta), não importa se são deslizezinhos, coisa pouca, porque pouco com pouco dá muito, estou careca de saber. Me comprometi a fazer uma semana perfeita e vou fazer, já estou fazendo. Ok, hoje é segunda-feira, ainda, mas se estou no pique desde 5:45 da matina, o compromisso é manter-me assim até deitar para dormir. E vou.


É certo: quando a gente quer, pra valer, meter bronca, não enxerga as dificuldades e, sim, as possibilidades e as oportunidades de fazer melhor aquilo que tem que ser feito. Sem ilusões, sem me convencer de que serei uma santinha daqui para a frente. Mas com consciência, afinal, querer ir para um lado e persistir balançando para o outro não combina não é?

Falando em balançar, outro dia em um e-mail que enviei para uma nova amiga, com quem troco idéias sobre o processo de emagrecimento e manutenção de peso, escrevi para ela algo que na verdade estava me ocorrendo naquele exato momento, fluiu naturalmente e achei legal trazer para cá. Eu estava comentando sobre a forma como ficamos, muita vezes, bem zangados por não sermos sempre tão centrados, tão dedicados ao nosso projeto, tão REGULARES no nosso procedimento melhorado.

E eu não sou diferente, também me cobro muito. Ainda mais por ter em mim mesma o exemplo de perseverança, de superações, de vitória, então tem horas que eu fico zangadona mesmo, porque mais é cobrado de quem mais tem condições de fazer as coisas de um jeito melhor, não é? E se eu já sei que posso, fico P da vida comigo quando não faço.

Porém, depois eu paro e penso, separo as coisas, vejo o que realmente é bobeira minha, o que é realmente fruto de um momento mais complicado pelo qual passo, vou ajustando o meu jeito de me avaliar. E lembrei, falando sobre isso com a nova amiga, de como os equilibristas fazem para manterem-se sem cair, nos seus números. Em especial, aqueles que atravessam uma certa distância em cima da corda bamba. Lembram?

O equilibrista não atravesse retinho, ele não bota o pé na corda e sai correndo até a outra ponta. Ele vai devagar, ele balança para um lado, ele balança para o outro, vai dando os passos um de cada vez. Alguns passos ele dá com firmeza, nem parece estar na corda e sim no chão. Outros, são bem incertos, trôpegos, a gente que assiste fica até aflita, parece que ele vai falsear e tem horas que falseia mesmo, mas ele prende a respiração, se concentra ainda mais, dá um jeito e segue. Pende para cá e para lá, mas segue. Ninguém exige dele (nem ele próprio) que atravesse aquela distância sem qualquer falha, sem balançar.

Todos entendem que é difícil, que é preciso calma, paciência, perseverança, concentração! E ele também sabe disso. Já pensaram, se este equilibrista resolvesse que tinha porque tinha que atravessar a jato, sem estudar cada movimento, sem focar onde quer chegar mas, principalmente, se concentrar em cada passo? Se ele esquecer que só dando um passo de cada vez, seja mais firme ou mais "epa epa" ele chegará onde quer? E se ele simplesmente desistir?

Aí, o que ele faz? Pula da corda e se estabaca lá embaixo? Fica ali parado ao sabor do vento esperando que uma rajada o derrube e ele, então, seja o coitadinho que o vento derrubou? Desiste e vai devagarzinho para trás, com o mesmo esforço que o levaria para a frente e depois se sente uma besta frustrada?

Então, acho que é isso que a gente precisa pensar. Nesta história somos como o equilibrista, na corda bamba. A corda é segura, se estivermos tentando chegar ao objetivo de forma correta, com segurança. Mas é o equilíbrio que nos fará chegar lá. Equilíbrio na avaliação do próximo passo, na compreensão de que há momentos em que é preciso mesmo cambalear para depois sentir-se de novo no eixo, é um trabalho e tanto.

Isto me fez pensar melhor em mim, no meu momento e me ajudou a desencanar (sim, sou macaca velha mas encano, minha gente) e seguir, em paz.  Nos últimos dias estudei melhor os passos, dei os novos primeiros passos, a corda é outra, a distância é tão menor que antes, mas exige de mim a mesma disciplina, a mesma calma. A gente aprende o tempo todo. Reestuda as lições que pensava ter de cor, mas ter de cor é diferente de exercitar, de saber de verdade, de aplicar não é?

 

A Jessica (Elite), é uma amiga blogueira bacana pra chuchu, uma vitoriosa que está sempre atenta aos melhores hábitos, reeducada que é. No seu último post ela fala sobre uma coisa simples, que nem sempre a gente pratica, mas é importante para nos manter afastados dos chamados da gula e dos chamados à geladeira que esta danadinha faz. Eu gostei muito, espero que para vocês também seja interessante. O blog dela tem acesso reservado, quem desejar conhecer envie um e-mail para sweetromanza@gmail.com ok?

Beijos, boa continuação de semana. E firme aí nesta corda, balança mas não cai tá?



 Escrito por Beth ?s 14h57
[] [envie esta mensagem]


 
   Notícias (08/04/2010)

Olá. O feriadão foi ótimo, gostosinho, em família.  Deu para descansar, passear, matar a saudade da filhota, bater perna pelas ruas da SAARA (com direito a umas comprinhas).  E ainda deu para curtir praia bem gostosa no sábado. Tudo bem do nosso jeito: simples e gostoso.

Levei a sério a determinação de não me enfiar na cozinha, exceto na 6ª feira, quando resolvi preparar algo caseiro para o nosso almoço. Mas fiz algo bem rápido e nada trabalhoso, e como o Vi me ajudou (picando temperos e lavando a louça), a quatro mãos a coisa fluiu muito bem.

É que lembramos que havia um pouquinho de camarão no freezer, daquele miudinho mesmo, bom para molhos.  Num instantinho fizemos uma torta salgada de liquidificador, bem basiquinha,  recheada com o tal camarão e com kani-kama (item que sempre tenho, é uma opção boa de proteína, bem light). Refoguei com azeitona, tomate, coentro, em um quase nada de azeite extra-virgem, acrecentando requeijão light. Ficou deliciosa, perfeitinha p/ acompanhar uma saladinha e arroz branco.

Mas depois, não me meti mais com nada, mesmo. Sábado foi cada um por si e no domingo almoçamos fora.

Na 2ª feira veio a chuvarada que está abalando tanto nossa cidade e também a região metropolitana. Muita tragédia, tanta gente perdendo suas casas, seus familiares, uma tristeza!

Eu e minha família, graças a Deus, estamos bem, não fomos diretamente afetados, estivemos sempre em segurança. Na 3ª feira ninguém daqui de casa foi trabalhar, atendendo às recomendações do Prefeito e da Defesa Civil e, principalmente, usando o bom senso. Ficando em casa evitamos nos expor a riscos maiores e, também, a atrapalhar a movimentação voltada ao resgate de vítimas, aos trabalhos nos pontos alagados etc.

Como pude trabalhar em casa mesmo, não houve qualquer prejuízo para os meus prazos, foi tranqüilo.

E o tempo não firmou ainda, fica alternando um pouco de sol com nuvens pesadas, de repente em algum ponto chove muito, enquanto o tempo está bom em um lado da cidade do outro a água está desabando, é uma doideira.

Ontem mesmo, houve mais deslizamentos durante a noite na região metropolitana, onde a coisa está bem mais horrorosa, eu até chorei hoje vendo o Bom Dia Brasil, me atualizando sobre o que rolou na madrugada antes de sair para o trabalho.

Enfim, peço a Deus que proteja a todos, que dê forças aos que perderam tanto, que dê esperança aos que ainda aguardam desdobramentos de toda esta tragédia, ainda há pessoas desaparecidas.

E por aí, como vai tudo? Foram bem de Páscoa? Mantiveram-se firmes ou deram aquela balançada? Seja lá como tenha sido com cada  um de vocês, o importante é seguir, é aprender com tudo. Quem se controlou bem, parabéns, use isto como lição do quanto consegue ser firme quando se determina e leve adiante isto. E quem não foi tão bem assim, tudo bem, use isto também como lição do que precisa ainda ser melhor trabalhado, melhor planejado, melhor realizado.

Mas, por favor, sem culpas, sem desespero e, principalmente, sem desânimo. Eu não fui tãoooooo linda assim e também não fui nenhum horror. Na média, fiquei meio no mais ou menos que tem sido a minha rotina atualmente.

Rotina que é bonitinha pra chuchu se a gente comparar com o que eu mantive de maus hábitos por quase 50 anos de vida e que se for comparar com o que precisa, mesmo, ser aplicado para eu ficar realmente bacana, tem que ser melhorada. Mas, a Bethinha aqui ainda não está 100% firme não, fico  um QUASE que não é suficiente para me levar de volta ao ponto onde deveria ter ficado. Mas eu continuo na estrada, dela ninguém me tira.

Sempre avalio: os acertos que preciso fazer são tão simples, tão pequenos aparentemente!

Mas talvez por isso mesmo eu ainda relute em ficar firme no combate a estas ‘coisinhas’ que me atrapalham. Olho para elas e as vejo tão ridículas que acabo subestimando-as.

Mas quando a gente subestima um adversário, acaba não lutando direito para vencê-lo, sacaram? Bom, sacar eu saquei, agora resta então agir direito, pois pequenos adversários juntos se agigantam.Será que estou esperando isto para então me sentir realmente desafiada e exercer o meu poder de mudar logo as coisas? Serei eu tão arrogante assim? Credo!

Aviso: A amiga blogueira Lúcia está de volta com o seu blog e pediu para eu avisar, para que vocês possam ir lá no cantinho dela! Seja bem-vinda de volta, Lúcia!

Beijão, fiquem com Deus!



 Escrito por Beth ?s 11h49
[] [envie esta mensagem]


 
   BOA PÁSCOA! RENOVEMO-NOS!

Como vão todos? Por aqui, tudo bem. A semana transcorrendo bem, graças a Deus. Tudo direitinho em casa e no trabalho (embora o pique não esteja lá estas coisas, minha produtividade deu uma quedinha estes dias, compensarei depois, tenho prazos a cumprir).

Tudo quase direitinho com a alimentação, por conta de alguns ‘pequenos’ deslizes (sempre eles, estou dando bobeira). Coloquei  entre aspas porque quando é só um deslize tudo bem, mas quando é um aqui e outro ali, o que era pequeno soma com o outro e vira grande.

 

Vem aí o feriadão da Semana Santa, ficarei aqui mesmo no RJ, a filhota virá passar conosco. Será a primeira vinda depois que ela começou as aulas na Universidade. Cheia de novidades, entusiasmada por estar agora meio que morando sozinha, em outra cidade que não é a nossa e nem a dela, dividindo apartamento com mais 3 colegas, está feliz como pinto no lixo.

 

Quando aos cardápios da Semana Santa, não tenho a menor idéia de como vai ser, até porque não tenho intenção nenhuma de encarar cozinha. A única coisa que está programada, especificamente para mim, é não cometer abusos.


Se bem que eu não associo Semana Santa a comilança, nunca na minha casa isto foi diretamente ligado. A saída da rotina sempre que pode, realmente, dar uma balançada, eu sei. O que estou falando é que vejo sempre muita gente preocupada, geralmente porque tradicionalmente associa certas datas a muita comida.

 

Ok, pode-se pensar em cardápios mais elaborados para alguns dias especiais, mas daí a fazer um absurdo de comida e comer demais, vai uma distância muito grande.

 

Uma coisa é seguir a tradição, como muitas fazem, de não comer carne. Daí a ter um rodízio de peixes e frutos do mar acompanhados por trocentas coisas e seguido de mil doces, há uma diferença enorme. E vamos lembrar que, para quem se liga na questão religiosa, a mensagem de Jesus não dizia “Comei muito, bebei até cair e empanturrai-vos em Meu nome”, nem de longe!

 

A história é outra, a mensagem também e o que deve nos inspirar, então, é muito mais profundo, bonito, verdadeiro, edificante. Independentemente da religião de cada um e da forma como vai sentir e viver estes dias, vale não misturar as coisas de um jeito ruim, combinado?

 

Hoje no trabalho houve reunião da nossa Gerência, envolvendo também uma dinâmica de troca de lembranças. A orientação era levar algo barato, no valor máximo de R$ 10,00, para dar a um colega, algo que a gente achasse que iria fazer o colega ficar feliz.

Imaginei logo que haveria um sorteio, tipo ‘amigo oculto’ instantâneo e pensei em levar uma caixa de bombons ou algo assim, da Cacau Show.

 

Quando vi, ontem, a fila da Cacau Show, quase tive um treco, desisti no ato, a fila era enorme, já no meio da rua. Resolvi fazer algo diferente, fui numa barraquinha de sabonetes, essências, cremes etc. artesanais que tem na feirinha em frente ao trabalho e montei um Kit com sabonetes em forma e aroma de chocolate e frutas. A moça fez uma embalagem de presente super charmosa, ficou bem legal.

 

Mas imaginei que, dependendo de quem fosse ganhar a lembrança, pudesse adorar ou detestar. Já pensaram, alguém olhar e achar que é uma caixa de chocolate e ver que é sabonete? Torci para sortear uma mulher (que sempre gosta destas coisinhas) ou alguém de dieta! Haha

 

Mas a brincadeira surpreendeu a todos, pois era para cada um ganhar o seu próprio presente, ou seja, cada um comprou para si mesmo. A mensagem era justamente pensar no quanto de carinho, boa vontade e capricho, criatividade etc. foi empreendida para a compra do presente, sem saber que era para nós mesmos. Achei bonito. E fiquei mega-feliz, afinal eu não suporto chocolate e aquele presente tem tudo a ver comigo!

Detalhe: depois, ganhei de um colega de equipe uma linda e maravilhosa caixa de geléia de frutas, tipo jujuba, da Lidador, que me fez quase chorar de emoção, de tanto que AMO aquilo! Sem contar que me comovi pelo rapaz ter-se lembrado de um papo antigão nosso, sobre jujubas, uma promessa antigona dele, agora cumprida! Muito carinhoso o gesto! Beijo

 

Aliás, para a minha amiga/chefe e para minha amiga/parceira de trabalho na equipe, em vez de chocolates eu dei sabonete em forma de bombom, bem fofo e cheiroso, afinal ambas estão se cuidando, batalhando no seu emagrecimento e eu sou aliada e não adversária.

Falando em chocolates, todo mundo já sabe que detesto, não como de jeito nenhum Então, a Páscoa não me assusta, não me faz tremer nas bases por conta disso.

 

Sei que não é assim para quem gosta, principalmente para quem tem fissura pelo chocolate. Mas, gente boa, vamos lá, pensem que vai continuar existindo chocolate no mundo, não há nenhuma previsão de sumir do mercado, não é espécie em extinção. Vendem-se em todo canto, o ano inteirinho! Por que, só por ser Páscoa, tem que exagerar?

 

Coma sim, se permita curtir algo que tanto adora, mas não abuse, porque a Páscoa é mais que isso. Páscoa é Renovação, então aproveite o sabor do seu chocolate, mas principalmente trabalhe na sua renovação interior, que o(a) levará a muito mais paz, alegria, amor, felicidade, saúde, bem-estar geral etc. ok?

 Desejo a todos TUDO DE BOM, Deus os abençoe e a todos os seus! Até semana que vem!



 Escrito por Beth ?s 15h48
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!