Conquista

UOL
  

Alô, alô! Eu na área!  Semana a todo vapor, acabei não tendo condição de vir antes contar como vão as coisas. Mas não tenho lá grandes novidades. Está tudo bem.

Primeiro, vou mostrar uns selinhos que ganhei, responder Memes, tudo aí embaixo.  

  Este MEME quem indicou foi a Leila Batista. O lance é dizer aqui SEIS coisas que vocês ainda não saibam sobre mim. Só lembrei de 4 coisas, certamente há milhares, mas por enquanto vão estas:

 1) Tenho menos de 20% de audição no ouvido direito (sequelas de sarampo aos 2 aninhos). Em compensação, o esquerdo é supersônico, perigosíssimo, 'de dar medo'.Ouve TUDO e mais um pouco! 
 2) Sempre gostei de homem com barba. Ainda mais se ela tiver uns fiozinhos ruivos! E não é que o maridão cumpre este requisito? rs
 3) Converso com as estrelas no céu. De verdade, falo e acho que 'ouço' na alma as respostas.
 4) Tenho sonhado demais em poder arrumar o meu piano, há tempos encostado (desafinado e com muitos consertos a fazer), para voltar a tocar. Sinto falta. Mas não pude ainda priorizar isso, o que tem que ser feito custa uma grana preta.

Fui indicada de novo para o Prêmio Dardos, agora pela outra Leila Eu já tinha participado antes, indicada por outras amigas, vai agora de novo com o meu MUITO OBRIGADA!

 

 Selinho indicado pelas amiguinhas Pri e Lisa. Tenho que dizer porque o meu blog é apaixonante. Bom, eu sou apaixonada por ele pela força adicional que eu consigo trocar com cada um de vocês através dele. E porque eu escrevo com o coração, com muito carinho e responsabilidade.

 

 

 Este aqui foi a Miriam que me deu, olhem que delicado! As regras são:
1) Colar o selinho no blog: está aí ao lado
2) Linkar quem te indicou (está linkada aí em cima) o selinho e dizer o que vc acha dessa pessoa: o que eu percebo da Miriam é que é uma pessoa doce, meiga, determinada e que usa o blog dela de uma forma positiva, trocando idéias, conversando com a gente com sinceridade, é muito bacana.
3) Enviar para 10 amigas que (tanto elas quanto os seus blogs) te inspiram: Eu sou inspirada, de verdade, por muita, muita gente aqui. Sempre digo, isto aqui é uma troca e tanto. Não poderia indicar 10 pessoas apenas. Indico todo mundo que vier aqui e se considerar inspirador combinado?
4) Avisar as amigas indicadas... : considerem-se avisadas!

 

 

 Agora, as notícias. Um registro legal é que fiquei menstruada anteontem e, pelo 2º mês seguido, não tive aqueles sintomas todos de TPM que me incomodavam tanto. Nada de seios inchados e super doloridos. Nada de sentir como se fosse explodir por dentro e por fora. E nada de ficar com aquela sensibilidade exagerada e com aquela instabilidade de humor terrível. Dois meses seguidos sem tanta chatice, que beleza! Mas não estou fazendo nada específico para isso. Acho que a TPM  resolveu atazanar outro alguém, me deixou de lado, ainda bem.

Até teve um dia, na semana passada, em que dei um ataque de pelanca. Mas não tinha nada a ver com hormônios. Fiquei mesmo P da vida com uma determinada coisa e cuspi marimbondo, bem do meu jeito, independentemente de período menstrual ou algo assim. Então, achei isto ótimo e espero que até a menopausa chegar de vez, continue assim, sem TPM.

Bom, mas não passei totalmente incólume. A minha região lombar nestas épocas fica sensível, o nervo ciático incomoda, é coisa de anos e anos. Aliás, foi justamente pela dor no ciático que eu fui me dar conta de que estava para menstruar. A dor incomodou bem e até interferiu na minha caminhada (deixei de caminhar na 2ª e na 4ª feira) mas já melhorou.  Já caminhei hoje de novo, numa boa, mas pegando leve, para não me estrepar.

A alimentação está ok, controladinha. Ontem à noite eu senti uma vontade especial de comer uma coisinha diferente. Não tenho cedido geralmente, mas ontem me permiti e comi uma cocada daquelas do bendito saco que veio de Salvador, como contei há alguns posts. Aliás, o saco continua lá, de vez em quando quem o visita é o marido, mas sem abusar. O saco não está escondido. Fica numa prateleira na cozinha, por onde passo o tempo todo. Mas não me sinto instigada, o controle está sendo algo muito natural.

E isto vale a pena. Nada como ir trabalhar hoje com a calça preta 'sambando', as pernas dela bem maislargonas e com isso ficando mais compridas, a ponto de eu pisar sem querer na barra e ter que dar uma puxadinha pra cima de vez em quando. Nada como separar para ir trabalhar amanhã, se o tempo não mudar, uma calça que usei no final de 2006 e que estava horrorosa em mim e hoje, ao experimentar, ficou legalzinha, faltando alguma coisa para ficar excelente. Vou usar assim mesmo, porque é motivador.

Está chegando o Dia dos Namorados. Ainda não comprei o presente do maridão, amanhã vou ver isso com carinho. E tenho que comprar 2 presentes, pois ele faz aniversário no dia 14. Estamos ainda programando como vamos curtir o dia 12, estou pensando em um jantar romântico em algum lugar bem gostoso e de lá... bom, aí é programação completa, a gente vai em frente...

Desejo a vocês um ótimo final de semana, um Dia dos Namorados bem gostoso. E você, que está aí com cara de "ah, eu não tenho namorado", nada de ficar de bico. Afinal, você antes de tudo e qualquer outra pessoa, deve NAMORAR A SI MESMO. Aproveite para afirmar/reafirmar o seu amor por si mesmo! Aproveite para dizer o quanto se quer bem, o quanto se gosta! Diga com palavras na frente do espelho. Diga com ações a seu favor! Diga se cuidando com respeito, responsabilidade e carinho! Curta-se! Abrace a si mesmo! Se faça feliz!

Beijos



 Escrito por Beth ?s 21h02
[] [envie esta mensagem]


 
  

Noite de sábado, o dia foi chuvoso e agora chove também, um friozinho que não combina com carioca. Mas está bem, não vou reclamar, só de vez em quando pode!

Mais uma semaninha acabou e, mais uma vez, me sinto satisfeita com a forma como me tratei e como agi, no geral, em diversos segmentos da minha vida, isto é que é bom. Não dá para todo dia a gente se dedicar a todos, mas eu consegui dar uma boa equilibrada, não deixar de dar atenção a boa parte das coisas que eu sabia que precisava e queria tratar.

Quanto à alimentação, ela foi legal, controlada, na boa. No feriado eu mudei um pouco o meu planejamento p/ o almoço, me permiti fazer diferente, mas não houve nenhum abuso e ajustei todo o cardápio do resto do dia para ficar bem.

Por mais disciplinada e tranquila que eu esteja, não sou imune a tentações, elas me cutucam sim. Na 6ª feira eu fui resolver assuntos na hora do almoço (cartório, banco etc.) e só depois fui comer. Já havia perdido bastante tempo com os tais afazeres e  pensei em trocar o almoço por um salgado numa lanchonete próxima de onde eu estava (pensando na rapidez). Não sou paranóica, mas sei que não seria uma troca legal, a menos que não houvesse por perto nada mais adequado que eu pudesse comer. E havia! Era pura tentação boba.

Só que eu pensei antes e, quando a gente pensa antes, se dá a chance de fazer melhor. Atravessei a rua, entrei em um restaurante onde há opções excelentes e almocei direitinho (só que um pouco mais rápido do que deveria, para não me atrasar).

Cheguei no trabalho e comi morangos de sobremesa (tinha levado de casa) e ao terminar, senti uma imensa satisfação por ter sido firme. E vejam bem, não perdi nada com essa firmeza, o salgado eu como um outro dia, não é crime, mas ontem não tinha sentido, eu tinha opções boas por perto, era questão apenas de não ser impulsiva. E valeu a pena.

No meio da tarde, algo cutucou de novo e cheguei a ligar para o meu marido, pensando em convidá-lo para uma pizza à noite. Mas, enquanto eu ligava, ia pensando se aquilo valeria a pena, pois eu achava que não estava querendo tanto assim, tinha um 'sei lá o que' cochichando no meu ouvido, tentando me tirar da linha, esta era a minha sensação.

Quando o Vi atendeu o telefone eu embromei, meio sem assunto, tipo "liguei só pra ver se está tudo bem" e pronto. Não falei nada sobre a noite. Resolvi que quando chegasse a noite, aí sim, eu veria se aquilo era o que eu queria, se valeria a pena e se fosse o caso, faria a proposta. Mas por estar mesmo a fim e não por um grilo chato tentando me desencaminhar!

A caminho de casa, passei no mercadinho do meu condomínio e comprei 1 pé de alface, pois meu planejamento original envolvia uma saladinha na janta e ela teria alface, que tinha acabado em casa. E em vez de convidar o maridão para uma pizza, propus prepararmos juntinhos uma salada bem colorida, bonita e gostosa.

Ele topou e fomos para a cozinha, fizemos a quatro mãos uma salada maravilhosa com folhas, tomate, manga, queijo ralado, kani-kama picadinho e só para arrematar, um pouco de batata palha. Ficou linda e deliciosa. Preparei um molho light bem gostosinho e aquela foi a nossa refeição, acompanhada de limonada caseira, com adoçante. Nós dois comemos com imensa satisfação.

Aí eu comentei com ele que tinha pensado em desviar, ele riu e falou: " Eu sei, você estava com cara de querer pizza!"  Rimos juntos. Principalmente, porque eu já não tinha vontade nenhuma de comer pizza, não era vontade pra valer, como eu suspeitara antes. Era pura sem-vergonhice encostando, mas foi devidamente convidada a se retirar.

Posso comer pizza, sim, e gosto. Mas vou comer no dia que eu realmente deejar e achar que vale a pena, não por impulso.

Mais tarde, vendo televisão juntinhos e conversando sobre o que faríamos no sábado, decidimos que, entre outras coisas, iríamos almoçar no SIRI, restaurante especializado em frutos do mar, para comermos um bom risoto de camarão, o de lá é excelente e há muito, muito tempo, não comíamos aquele prato. E eu pensei em como foi bom não ficar cedendo a vontadezinhas bestas aqui e ali, e agora ir tranquilamente almoçar, mais substancialmente, algo que realmente valeria a pena.

O risoto de lá é muito bem servido. Meia porção dá p/ 4 pessoas comerem bem, e estou falando de pessoas que comem com vontade, boas de boca. Claro que há quem seja esganado e ache que aquela porção não dá para tanta gente, mas dá sim.

Eu comi bem, claro que mais do que no meu dia-a-dia normal (mas sem me empanturrar), o Vi comeu pra caramba e a gente não chegou a consumir metade daquela ½ porção. Antes, cada um comeu um único pastelzinho de camarão, que o de lá é muito bom.
Sobrou uma quentinha (em algumas regiões são chamadas de marmitex) cheia, pesada, de tanto risoto que era, para terem noção.

De lá fomos para o Maracanã, assistir ao jogo do Flamengo (perdeu, aiiiii). Com a quentinha na mão? Sou meio cara de pau e pedi a uma das moças do bar do estádio, no caso o mais perto de onde eu assisti ao jogo, para guardar a quentinha numa das geladeiras e ela gentilmente guardou. Quando acabou o jogo peguei e trouxe para casa.

Vai ser parte do almoço do marido no domingo. Eu não comerei mais, já cumpri a minha cota, já me dei este gosto com bastante consciência e prazer, a programação do domingo é toda levinha, justamente para compensar e ficar na boa.

Depois do jogo, agora há pouco, já em casa, tomamos chá com torradinha (a minha foi a Marilan light, a do marido foi tradicional, de pão francês) e requeijão light. E estou satisfeitíssima. E é isso. A gente não precisa se fechar para o mundo, nem para as coisas gostosas que nos apetecem. Só precisamos usar o bom senso.

Eu comi mais no almoço do que é a minha rotina, mas não exagerei e em nenhum momento cheguei a me sentir estufada, cheia, com risoto querendo sair pelas orelhas. Saí do restaurante satisfeita, mas leve. Em nenhum momento fiquei ‘tendo notícias do almoço’.

Foi diferente da tal pizza que cutucou na véspera, se a vontade fosse de verdade não teria passado e passou, tão logo resolvi preparar e comer a tal salada. É isso que quero fazer sempre, é isso que acho bacana, que sempre funcionou bem quando eu não deixei a arrogância e o ‘me garanto’ empurrarem para a frente coisas simples que eu podia fazer naquele mesmo dia.

Sabem aquela sacola cheia de doces da Bahia que comentei há uns posts? Continua lá, do mesmo jeito que ficou naquele dia que eu contei a vocês. Ainda não deu vontade nenhuma de ir lá buscar nada. Então, enquanto não der, lá ficarão. Se o marido quiser, que pegue, mas ele tem procurado ser mais cauteloso.

Desejo a todos um ótimo domingo e uma semana repleta de renovação da determinação, da disciplina, do amor por si mesmos que impulsiona a um jeito cada vez melhor de se cuidarem. Vale a pena. Nós valemos a pena e valemos todo esforço que fizermos por nós. Quando fazemos algo por amor, nem achamos que é tão pesado assim. E nem é, mesmo, se estivermos num caminho legal.

Beijo grande!



 Escrito por Beth ?s 00h08
[] [envie esta mensagem]


 
  

Pássaro obeso que não conseguia mais voar, depois da dieta e personal trainer, só precisa perder mais 20 gramas

Esta eu li AQUI no site do jornal O GLOBO! (a imagem do passarinho também foi obtida lá)

Um pássaro australiano foi internado no hospital veterinário do zoológico de Taronga, na Austrália, tão acima do peso que não conseguia mais voar.  Ele estava com 545 gramas, 40% acima do peso normal e ganhou um personal trainer e uma dieta especial para emagrecer.  A obesidade foi consequência de uma alimentação à base de salsichas, que eram dadas por frequentadores de um parque em Sydney. Agora, faltam só 20 gramas para o bichinho voltar ao seu peso adequado.  O passarinho foi levado para o hospital por uma pessoa que o viu sendo perseguido por cachorros no chão.


Quarta-feira, dia de fazer o balancete de meio de semana!

Tudo belezinha. Caminhei no domingo e na segunda-feira. Não caminhei ontem porque a chuva não deixou. Eu não sou de açúcar, não dissolvo na água, mas dependendo do toró (era o caso) não há como sair no fim da madrugada para caminhar, fica complicada a coisa.

Hoje o tempo já está legal, voltamos a ter céu azul. Mas só vou caminhar depois do trabalho, excepcionalmente.  É que ontem eu fui ao teatro e cheguei em casa 1:30 da manhã, e fui dormir praticamente às 2h. Não dava para dormir apenas 3 horas e sair p/ andar, aí eu não teria condições de trabalhar, ia ficar que nem um zumbi. Mas a ativ. física será feita. Ainda mais que amanhã é feriado, a noite está liberada, sem hora pra nada.

Então, ontem fui ao VIVO RIO assistir ZÉ - Zenas Emprovisadas, um espetáculo de humor sensacional.  Ri muito. Foi o último dia da temporada, os convidados (Marcius Melhem e Marcio Ballas) arrasaram também. Fui na sessão das 22:30, que começou com algum atraso (normal) e levou mais tempo que o habitual, acabando bem mais tarde do que o previsto. E valeu demais a pena. Rir é bom demais! Desopila o fígado, diziam os antigos e eu concordo (ok, também sou meio antiguinha, eu sei...rs).

A alimentação está bacaninha, o controle está firme, a disciplina continua mantida. Ontem fui almoçar em um restaurante que adoro, no Centro, onde há pratos realmente deliciosos, de todo tipo (mais e menos calóricos) e as sobremesas são de comer rezando!

Mas isto depende só da gente. A minha escolha foi legalzinha e como tem sido ultimamente quando vou lá, dispensei a sobremesa, apesar da costumeira (e simpaticíssima) tentativa de persuasão dos garçons (o serviço lá também é excelente).

Hoje fui almoçar num restaurante a kg do qual gosto muito, era reencontro com um colega que não está mais na nossa equipe. Não tenho problemas com restaurantes a kg, como neles com certa frequência e não me intimido com a variedade. Mas sei que nem todos lidam bem com uma oferta tão grande e variada, aí é cada um aprendendo, no dia-a-dia, o seu jeito de conviver com aquilo e se sair bem.

Há quem pense que, estando em processo de emagrecimento/manutenção através de reeducação, não se pode sair, ir a bons restaurantes, festas etc. Não é verdade. Tudo depende da maneira como a pessoa encara e do quanto ela realmente se compromete a aproveitar a ocasião com bom senso, sem privações, mas de um jeito que depois não a leve a se lamentar.

Fala sério! Se jacar de forma adoidada (seguidamente) fosse algo tão prazeroso assim, ninguém ficava com cara de bunda no dia seguinte (às vezes, meia hora depois, nem precisa de tanto tempo). O prazer de comer não precisa sumir. Ele pode ser adaptado. Para ter prazer em comer não precisamos comer até estourar, sentir a barriga estufada.

O prazer está na degustação, é curtir o sabor, é saber que está comendo algo que gosta e que estava com vontade e possibilidade de comer. Mas será que só há prazer se houver exagero? É mesmo uma delícia ficar com a sensação de que vai explodir a qualquer momento por ter exagerado?

Outra coisa importante de lembrar é que não é preciso comer de tudo que há disponível numa única ocasião. A menos que se tenha convicção de que dali a poucas horas o mundo vai acabar e aí, não se sabe se 'do outro lado' haverá tanta coisa boa para comer (e achar que realmente lá você vai pensar nisso...rs). Se bem que não sei se é uma boa idéia usar as últimas horas do mundo para sentir-se mal, cheio de gases etc. né?

Então, se vamos a um lugar onde há uma boa variedade  de alimentos, não precisamos colocar de tudo no prato. Um dia, escolhe-se algumas coisas, combinando corretamente, para não haver exagero (e chororôs depois). Outro dia, pode-se ir lá de novo, já que achou tão bom, e escolher outras.

Sei lá, não sou a palmatória do mundo, tenho minhas falhas. Mas eu realmente penso assim e procuro agir de um jeito coerente. Já sei onde estão minhas fragilidades nesta questão, já sei que não é com quantidades e nem com interesse em misturar tudo num prato (detesto prato assim).

Sei que o meu problema é mais com 'coisinhas' onde o 'inha' acaba somado com outro 'inho' e vira 'ão'. Já sei que a minha atenção deve ser muito mais voltada para a qualidade, para não tender a  beliscar, que é um hábito que eu venço mas que sempre me espreita.

Tenho conseguido passar muito bem sem beliscar. Um tanto pela firmeza do pensamento, pela FIDELIDADE ao que tracei para mim como projeto (que é me manter firme, para chegar ao que desejo e mereço retornar) e, também, porque não é mais tão prático ficar comendo fora de hora...rs

Com esta prótese na boca, a cada vez que eu como é recomendável (necessário, mesmo) escovar novamente os dentes e o bendito aparelho. E a escovação passou a ser algo ainda mais cuidadoso. Uso isto como um pretexto extra para não comer fora de hora. Claro que não é isso que move efetivamente a disciplina, mas dá uma ajudinha.

A gente sempre acha um motivo para fazer errado, por que não aproveitar tudo para usar como motivo para fazer o certo?

Outra coisa legal: quando voltei de férias, havia uma sacola repleta de doces enviados de Salvador pelos colegas de equipe de lá, me esperando. Imaginem um monte de cocadas, de tipos e sabores variados. Agora, imaginem que junto delas há um pacote fechado de bijus em miniatura, com cara de "sei que eu sou bonito e gostoso". E agora, imaginem que, para fechar com chave de ouro, há um outro pacote com vários embrulhinhos de palha de milho, como se fossem bombons (aliás, é este o formato), contendo cada um uma 'bola' de doce de leite. Uma espécie de 'pingão' de leite.

Pois é. Quando recebi, estava ainda impedida de mastigar. Levei pra casa, dei ao marido e avisei que ele não poderia abusar, ele respeitou, pela saúde. Ontem, 2 semanas depois, eu resolvi olhar o tal saco. Já posso mastigar com cuidado, deu vontade de comer um doce de verdade. Mas peguei apenas 1 daqueles pingões de leite que falei aí em cima, abri para ver como eram, nem isso eu sabia.

Não comi inteiro. É do tamanho de um bombom. Com uma colher de chá (update, pois havia escrito antes, por engano, colher de café), peguei um pouquinho e botei na boca, saboreei, é uma coisa de louco, delicioso. O resto, doei ao marido. Não é lindo? hahahahaha  E garanto: nem doeu. Fiquei satisfeita, senti o gosto, já sei que é bom e pronto.

Daqui a uns dias, sei lá quando, se eu achar que devo, comerei mais uma coisinha. Sinceramente, acho que vai demorar, estou bem, focada mesmo. Se comer, eu conto.

Bom, então está tudo bem. Já estreei o cinto vermelho. Não é que tenha ficado maravilhoso em mim, no provador da loja eu acho que ficou ótimo. Ele é elástico (todo coberto por um tecido) e na parte de trás da cintura está dando uma dobradinha. Não daria se eu fosse retinha né? Nem liguei. Curti muito meu cintinho e, cá entre nós, eu sei que em breve ele ficará ainda melhor.

Estreei a botinha preta que ganhei do marido no Dia das Mães, com um vestidinho de frio mega barato (29.90) que comprei na ponta de estoque da Marisa e guardei para um dia como o de ontem. Ficou legal, embora um pouquinho mais curto do que uso, as pernocas grossas ficaram mais expostas, mas a meia fina fumê deu uma disfarçada. Gostei do efeito, apesar de não ter modos e vez ou outra ter que ser avisada pela amiguinha ao lado para ajeitar tudo hahahaha

Quero falar com vocês agora sobre o Projeto "Doe Palavras", do Instituto Mario Penna que fica em Minas Gerais. A gente entra no site, escreve uma  mensagem para os pacientes internados e, depois de passarem por um filtro, elas são exibidas em salas onde os pacientes estão fazendo algum tratamento (como quimioterapia, por exemplo). Agora imaginem só que conforto para a pessoa, naquela situação, submetida a um tratamento às vezes tão invasivo e doloroso (conforme o caso), tão preocupada com o que vai ser da sua saúde etc., saber que gente de todo canto do Brasil está mandando mensagens positivas para o seu tratamento! Não custa nada, só um tempinho mínimo que vai dar uma força especial a alguém que está numa situação mais especial ainda! Eu participo disso.

Então, é isso! Boa continuação de semana, ´ótimo feriado, fiquem com Deus e 'inté'!



 Escrito por Beth ?s 08h52
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Livros, Praia, Dançar, Curtir a vida
MSN -



EU ERA ASSIM  

ESTOU ASSIM Meu nome ? Elizabeth, sou conhecida como Beth
Analista de Sistemas, especialista em Metodologia, Processos e Qualidade em TI, Ger?ncia de Projetos,An?lise de Neg?cios, Auditora ISO, sou leonina do dia 10/08, carioca da gema, moro na minha na cidade maravilhosa (RJ), adoro fazer amizades, sonhar, ler, escrever, sou casada c/ Vicente - meu grande amor, m?e do Alexandre, um filh?o maravilhoso, que ? universit?rio e "boadastra" da Mimi, minha enteadinha adolescente linda a quem chamo aqui de filhotinha.

Meu e-mail: beth.ebprs@gmail.com
Meu MSN: ebprs@hotmail.com



Objetivo deste Blog: Compartilhar meu processo de reeducação alimentar e mudança de hábitos que resultou no meu emagrecimento, me tirou da obesidade mórbida e me ensinou e ensina tanto!



Meu processo: Fui beb? 'cheinho',crian?a de peso normal, na adolesc?ncia tinha ?timo corpo. No in?cio da fase adulta comecei a engordar c/facilidade em fun??o de uma mudan?a p/ pior dos h?bitos alimentares e tb devido a dificuldade que tive em enfrentar alguns problemas pessoais, decep??es e m?goas que se transformaram em Kg a mais (eu as COMI). Durante anos optei por m?todos indevidos, tomei rem?dios, f?rmulas, inje??es, fiz dietas mirabolantes e isto tudo me ajudou a virar uma sanfona que cada vez abria mais e fechava menos. Cheguei ao auge da obesidade c/ 140 kg e dei o basta. Primeiro, fiz um pequeno controle que me ajudou a emagrecer quase 5 kg. Depois, entrei para o Vigilantes do Peso, onde emagreci 53kg c/equil?brio, seguran?a e muita alegria. Aprendi muito, o caminho foi t?o importante quanto os resultados. Eliminei 53 kg com o método do Vigilantes do Peso e atividade física. Aumentei depois alguns kg e agora prossigo, para reconquistar a minha meta e mantê-la para sempre.

Cr?ditos Imagens: Google
Comunidade no Orkut!


Comunidade Orkut: Eu sou f? da Beth - A Conquista! criado com carinho pela amiga Lili (obrigada, lindinha!)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2052374


 
Clique AQUI e veja
o que eu como!




HIST?RICO
 01/01/2011 a 15/01/2011
 16/12/2010 a 31/12/2010
 01/12/2010 a 15/12/2010
 16/11/2010 a 30/11/2010
 01/11/2010 a 15/11/2010
 16/10/2010 a 31/10/2010
 01/10/2010 a 15/10/2010
 16/09/2010 a 30/09/2010
 01/09/2010 a 15/09/2010
 16/08/2010 a 31/08/2010
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 01/06/2010 a 15/06/2010
 16/05/2010 a 31/05/2010
 01/05/2010 a 15/05/2010
 16/04/2010 a 30/04/2010
 01/04/2010 a 15/04/2010
 16/03/2010 a 31/03/2010
 01/03/2010 a 15/03/2010
 16/02/2010 a 28/02/2010
 01/02/2010 a 15/02/2010
 16/01/2010 a 31/01/2010
 01/01/2010 a 15/01/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006
 01/10/2006 a 15/10/2006
 16/09/2006 a 30/09/2006
 01/09/2006 a 15/09/2006
 16/08/2006 a 31/08/2006
 01/08/2006 a 15/08/2006
 16/07/2006 a 31/07/2006
 01/07/2006 a 15/07/2006
 16/06/2006 a 30/06/2006
 01/06/2006 a 15/06/2006
 16/05/2006 a 31/05/2006
 01/05/2006 a 15/05/2006
 16/04/2006 a 30/04/2006
 01/04/2006 a 15/04/2006
 16/03/2006 a 31/03/2006
 01/03/2006 a 15/03/2006
 16/02/2006 a 28/02/2006
 01/02/2006 a 15/02/2006
 16/01/2006 a 31/01/2006
 01/01/2006 a 15/01/2006
 16/12/2005 a 31/12/2005
 01/12/2005 a 15/12/2005
 16/11/2005 a 30/11/2005
 01/11/2005 a 15/11/2005
 16/10/2005 a 31/10/2005
 01/10/2005 a 15/10/2005
 16/09/2005 a 30/09/2005
 01/09/2005 a 15/09/2005
 16/08/2005 a 31/08/2005
 01/08/2005 a 15/08/2005
 16/07/2005 a 31/07/2005
 01/07/2005 a 15/07/2005
 16/06/2005 a 30/06/2005
 01/06/2005 a 15/06/2005
 16/05/2005 a 31/05/2005
 01/05/2005 a 15/05/2005
 16/04/2005 a 30/04/2005
 01/04/2005 a 15/04/2005
 16/03/2005 a 31/03/2005
 01/03/2005 a 15/03/2005
 16/02/2005 a 28/02/2005
 01/02/2005 a 15/02/2005
 16/01/2005 a 31/01/2005
 01/01/2005 a 15/01/2005
 16/12/2004 a 31/12/2004
 01/12/2004 a 15/12/2004
 16/11/2004 a 30/11/2004
 01/11/2004 a 15/11/2004
 16/10/2004 a 31/10/2004
 01/10/2004 a 15/10/2004
 16/09/2004 a 30/09/2004
 01/09/2004 a 15/09/2004
 16/08/2004 a 31/08/2004
 01/08/2004 a 15/08/2004
 16/07/2004 a 31/07/2004
 01/07/2004 a 15/07/2004
 16/06/2004 a 30/06/2004
 01/06/2004 a 15/06/2004



OUTROS SITES
 Site do Vigilantes do Peso
 Ação pelo semelhante
 Nutrella
 MC DONALDS - Tabela Nutricional
 Site ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 Saudável.Info
 Vegê Gourmê - Blog da Chef Michele Maia
 Lu Francesa
 Selma Guerreira
 Meu Emagrecimento (Sara)
 Serei magra (Andreia)
 Renascer (Thuca)
 Valquíria
 Blog da Magui
 Neblina
 O sabor da vitória (Electra)
 Entretanto, eu (Jana)
 Diva esbelta e feliz (Diva)
 Miss Blueberry
 Vida boa é vida saudável (Cristy Costa)
 Diário light (Sylmara)
 Blog da Eloyza
 Veneno urgente (Flavia Rocha)
 Blog da Fafá
 Espelho light (Elaine)
 Blog da Cynthia (Londres)
 Agora eu emagreço (Aline) Brasília
 Never give up (Renata - Tita)
 Blog da Micha - RJ
 Homem também faz dieta (Carlos) RJ
 Jaqueline
 Mulher de Atitude - Cacau RJ
 Serei sereia (Fabi) RS
 A caminho da vitória (Elaine Regiane) SP
 Blog da Rogeria
 Blog da Georgia
 Escrevendo emagrecendo (Lisa)
 Diet Forever (Zá)
 Garotinha ruiva (o outro blog da Lu Russa)
 Dieta urgente (Luciana Alexandrino)
 Space Cris
 Tetê Sereiah
 Andréa Aoki
 Gordinha da Silva
 O sucesso da Lorena
 Renata sem firulas
 Valérie Roberto
 Arianna
 Clara - RJ
 Andréa Cordoniz
 Ana Carolina grávida
 Ana Carolina
 Miss Slim
 Drica (Paraty-RJ)
 Ada Sheila
 Anselmo
 Sueli
 Sol
 Kelly
 Jessica (Elite)
 Nilce
 Leila (Ninguém merece ser 3G)
 Fanta Diet
 Infobeso
 Cris Lopes
 Aline Tomaz (RJ)
 Roberta Alves
 Sue - gravidinha
 Cris fit
 Annie
 Novidades da Cris
 Leila Batista
 Clarita
 Rebecca sapeca
 Lua emagrecendo
 Brian
 Diario da bonita Andrea
 Marilia
 Marilia Vitória
 Aline Virtus
 Paula pra melhor
 Cristiane
 Teresinha
 Ana Cleide
 
 Marcia (Marquinhas)
 Pri 2
 Ludmila
 Lela
 Jana Carmen
 Pri emagrecendo...
 Luzluzinha
 Barbarella (Andrea Glauce)
 Raiane
 Luciana Kotaka
 Vanessa (Campinas)
 Patty emagrecendo de bem...
 Nanda (Idade da Pedra)
 Carlos Medeiros
 Lara
 Dani - Brasília
 Teresa Cristina
 Sisi
 Miriam - RJ
 Kaká
 Gabi e Ana Luiza
 Diário de Macherrie
 Catia
 Amanda Costa
 Rosimeyre
 Alice
 Walkiria
 Crizinha
 Char
 Lu Pinheiro
 Elisandra
 Lahys
 Cotidiano (Zany)
 Karen
 Kika
 Nicky
 O novo blog da Taty Carioca
 Isabela
 Lisandra
 Ju sem pressa
 VIGILANTES DA AUTO ESTIMA
 JT
 Barbarella
 Angelica Fernandes
 Claudia
 Lagarta de borboleta
 Alisson
 Nova Jacque
 Patty Roberta
 Michelle 2
 Elissandra
 Juliene
 Ana Paula
 Annie emagrecendo
 Lili Bolero
 Fernanda Betini
 Karina Torres
 Valqs
 Ana Telma
 Lilian Raquel (Lee)
 Cáritas
 Baxie
 Cacau II
 Renatita
 Nando Neri
 Isabelle
 Nanda
 Edite
 Way to go (Clara )
 Bartira
 BLOG COMER SEM CULPA
 Andreia Cantelli
 Lu Mme Light
 Magali
 Lu
 Aline RJ


VOTA??O
 D? uma nota para meu blog!